Nunca Fez Jesus Nenhum Milagre Em Seu Próprio Poder Inerente, No Seu Ministério Terrestre?





Vou me restringir somente aos leitores que creem, biblicamente, que Jesus, no Seu ministério sobre a terra (antes de Sua ressurreição e ascensão), sempre foi 100% Deus enquanto sendo 100% homem perfeito, e simplesmente Se restringiu, em muitas ocasiões, de modo a não exercer plenamente alguns de Seus atributos de poder, mas sempre manteve a posse deles, a plena posse de todos eles.

Rejeito e distancio-me ao máximo dos ensinos antibíblicos de que Jesus, ao ser concebido no ventre da virgem Maria, então, pelo menos parcialmente, por algum tempo se despiu de Sua divindade, por algum tempo a deixou de lado numa prateleira, por algum tempo não possuiu toda Sua natureza e atributos de Deus eterno, de tal forma a, consequentemente, viver como mero homem e nada mais, não tendo em Si nada de Deus, até que, depois de ser ressurreto, voltou ao céu, e retomou toda a Sua natureza e atributos de Deus.

Agora (restringindo-me aos que creem, biblicamente, que Jesus sempre e ininterruptamente foi, é, e será, pleno Deus, possuindo toda a natureza e todos Seus atributos de divindade durante todos os segundo de Sua vida sobre a terra), tenho uma observação a fazer:

Durante meus 41 anos após ser salvo, já li muitos livros e ouvi muitas pregações que, parecendo muito bem apoiados em talvez uma dúzia de versículos, ensinaram que, sem exceção, todos os milagres realizados por Cristo durante Seu ministério sobre a terra foram feitos pelo poder NÃO dEle (em nenhum tipo ou grau) mas (sempre e somente) pelo poder do Espírito Santo.

Alguns destes versículos que sempre me apresentaram foram:

Mt 12:28 Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus. ACF2007
Lc 11:20 Mas, se eu expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente a vós é chegado o reino de Deus. ACF2007
Jo 5:30 30 Eu NÃO posso de mim mesmo fazer coisa alguma. Como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou. ACF2007
Jo 14:10 Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras. ACF2007




Bem, eu concordaria imediata e totalmente com tais afirmativas desses livros e pregadores ("os milagres realizados por Cristo durante Seu ministério sobre a terra foram feitos, sempre e somente, pelo poder do Espírito Santo") se os versos citados por eles usassem termos tais como "sempre e somente", ou "sem exceções", ou "100% das vezes", ou termos equivalentes.

Mas há alguns versos que, a não ser que me provem o contrário, me fazem entender que, pelo menos aparentemente, podem ter existido algumas exceções para tais afirmativas tão universais. Isto é, Jesus pode ter feito alguns milagres pelo Seu próprio poder inerente. Por exemplo, os versos das 8 passagens: Mt 8:2-3; 8:7; 8:15; 9:28; 2:10-11; Mc 2:10; Lc 8:46; Jo 10:18.

Mt 8:2-3  2 E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se [tu] quiseres, [tu] podes tornar-me limpo. 3 E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: [Eu] Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra. ACF2007
Mt 8:7 E Jesus lhe disse: Eu irei, e [Eu] lhe darei saúde. ACF2007
Mt 8:15 E [Ele] tocou-lhe na mão, e a febre a deixou; e levantou-se, e serviu-os. ACF2007
Mt 9:28 E, quando chegou à casa, os cegos se aproximaram dele; e Jesus disse-lhes: Credes vós que Eu possa fazer isto? Disseram-lhe eles: Sim, Senhor. ACF2007
Mc 2:10-11  10 Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder para perdoar pecados (disse ao paralítico), 11 A ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa. ACF2007
Lu 8:46  E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude. ACF2007
Jo 10:18 Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; [Eu] tenho poder para a dar, e [Eu] poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai. ACF2007





Até hoje, nenhum escrito que li ou pregação que ouvi me convenceu total e definitivamente de que é totalmente impossível, nestes versos, que Jesus usou Seu próprio poder que é inerente ao fato de ser Deus.

Com o objetivo de sistematizar a Bíblia, comentaristas usam a dúzia de versos que indisputadamente ensinam que Jesus realizou milagres no poder do Espírito Santo (e eu creio e concordo com eles, claro), e fazem arrodeios nas 8 passagens acima (Mt 8:2-3; 8:7; 8:15; 9:28; 2:10-11; Mc 2:10; Lc 8:46; Jo 10:18) para fazê-las significar o que não foi escrito se enquadrar na sistematização que querem fazer. Mas não me convencem completamente. Estarei eu demasiadamente acostumado a tomar cada verso literalmente demais, mesmo que aparentemente contradigam algum outro?

Muitas vezes me pergunto: Será que podemos sempre sistematizar tudo da Bíblia? Porventura será que, às vezes, simplesmente não é melhor aceitarmos simplesmente e literalmente (no valor literal e usual das palavras) tanto o que 100 versos dizem aqui, quanto o que 5 versos dizem ali e parecem destoar meio tom dos primeiros 100 versos? Não será melhor aceitarmos os 105 versos como perfeitas verdades, mesmo que não saibamos reconciliá-las?

Eu estou propenso a ser da posição de que, quase sempre e quase todos os milagres realizados por Cristo durante Seu ministério sobre a terra foram feitos pelo poder não dEle, mas, sim, do Espírito Santo, estando Jesus na dependência e obediência a Deus Pai, agindo sob Sua autoridade e no Seu poder.
Mas creio também que não se pode trocar a expressão acima ("quase sempre e quase todos") para a expressão "com toda certeza, absolutamente sempre, todos, sem nenhuma exceção". Creio que há uma possibilidade de alguns milagres de Cristo terem sido realizados em Seu próprio poder.




Hélio, 2015.



P.S. 1:
Se eu disse alguma asneira, por favor perdoe-me, instrua-me, e dê-me tempo para eu entender e aprender.



Post-Scripta 2:

Sei que nós dois concordamos em que, em Filipenses 2:5-11, não é dito que Jesus em algum momento e algum grau ou alguma forma se despiu de algum de Seus atributos de divindade, e sim é dito que Ele fez a Si mesmo de nenhuma reputação [entre os homens descrentes], assumindo a forma de servo: Sei que ambos concordamos com http://solascriptura-tt.org/Cristologia/Kenosis-EsvaziamentoDeCristoFp2-5-11-Helio.htm . Por favor, leia.




Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Cristologia/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )