Organização interna da assembleia local. Cultuar regularmente, por: pregação, adoração, louvor, oferta, oração, comunhão, batismo, ceia, testemunhos, decoro, disciplina, beneficência; Um padrão doutrinário; Homens-dons, apóstolo, profeta, evangelista, pastor, doutor-mestre; Carta de recomendação ou informação, não de transferência.

9. ORGANIZAÇÃO [interna] DE CADA ASSEMBLEIA LOCAL

 

(Quanto à organização EXTERNA de uma assembleia local, ver, por exemplo, da Igreja Batista Fundamentalista de Campina Grande: os Estatutos (mas precisa ser adequado às mudanças do Código Civil), o Regimento Interno (bastante detalhado e minucioso, mas é assim que deve ser; deve ser tornado mais forte e detalhado na área da música), Artigos de Fé (mas uma adaptação da Declaração de Fé de Hélio de M. S. seria mais mais forte, mais detalhada e mais rica em versículos) e Normas Parlamentares (para condução das assembleias). Também consultar advogado, contador, administrador, Ministério da Fazenda, Estado, Prefeitura, Junta Comercial, etc.)



a. Tempos de Reunir Específicos

(pelo menos nos domingos): Jo 20:19,26 (ofertas); At 20:7 (Paulo falou aos crentes em Troas); Ap 1:10 (João foi arrebatado no Espírito).

   Chegada, pois, a tarde daquele dia, O PRIMEIRO DIA DA SEMANA e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, CHEGOU JESUS, E PÔS-SE NO MEIO, e disse-lhes: Paz seja convosco. (Jo 20:19)
   E oito dias depois estavam outra vez os seus discípulos dentro, e com eles Tomé. Chegou Jesus, estando as portas fechadas, e apresentou-se no meio, e disse: Paz seja convosco. (Jo 20:26)
   E no PRIMEIRO DIA DA SEMANA, ajuntando-se os discípulos para PARTIR O PÃO Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a PRÁTICA até à meia-noite. (At 20:7)
   Eu fui arrebatado no Espírito no DIA DO SENHOR !, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta, (Ap 1:10)

b. Cultuar Regularmente Através de

(todos, todos juntos):

b.a. - Pregação da Palavra, em instrução, exortação, repreensão 1Co 1:17-27; 2:1-4,13; 1Ts 2:3-8,11; 2Tm 3:16-17; 4:2; 
   Mas nós pregamos a CRISTO crucificado, que é escândalo para os judeus , e loucura para os gregos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a CRISTO, poder de Deus, e sabedoria de Deus. (1Co 1:23-24)
   TODA A ESCRITURA é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. (2Tm 3:16-17)
   Que pregues A PALAVRA, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. (2Tm 4:2)


b.b. Adoração Sl 27:4; 95:6; 96:9; 122:1; Jo 4:23-24; Fp 3:3; He 10:25; 12:28; 1Pe 2:5

   O, vinde, ADOREMOS e prostremo-nos; ajoelhemos diante do SENHOR que nos criou. (Sl 95:6)
   Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores ADORARÃO o PAI em ESPÍRITO e em VERDADE; porque o Pai procura a tais que assim o ADOREM. Deus é Espírito, e importa que os que o ADORAM o ADOREM em ESPÍRITO e em VERDADE. (Jo 4:23-24)
   Por isso, tendo recebido um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e piedade; (He 12:28)
   Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo. (1Pd 2:5)


b.c. Louvor 

l. Não cantado, ver He 13:15 e Capítulo 17 "Propósito De Cada Assembleia Local" seção 17.a "Glorificar A Deus"; e
2. Cantado [música espiritual!], ver Capítulo 19 "Música Santa Na Assembleia Local".

   Portanto, ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de LOUVOR, isto é, o fruto dos LÁBIOS que confessam o seu nome. (He 13:15)


b.d. Ofertas:

i. SISTEMÁTICA-REGULARMENTE (1Co 16:1-2)
   Ora, quanto à coleta que se faz para os santos, fazei vós também o mesmo que ordenei aos igrejas (sempre locais!) da Galácia. No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade, para que não se façam as coletas quando eu chegar. (1Co 16:1-2)

ii. PRIMÍCIAS;
   As PRIMÍCIAS dos primeiros frutos da tua terra trarás à casa do SENHOR teu Deus; não cozerás o cabrito no leite de sua mãe. (Ex 34:26)

iii. PROPORCIONAL, VOLUNTÁRIA, LIBERAL E GOZOSAMENTE (2Co 8:1-5,7-9; 9:6-7)
   1 ¶ Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus dada às igrejas da Macedônia; 2 Como em muita prova de tribulação houve ABUNDÂNCIA do seu GOZO, e como a sua profunda pobreza abundou em riquezas da sua GENEROSIDADE. 3 Porque, SEGUNDO O SEU PODER (o que eu mesmo testifico) e ainda ACIMA DO SEU PODER, deram VOLUNTARIAMENTE. 4 Pedindo-nos com muitos rogos que aceitássemos a graça e a comunicação deste serviço, que se fazia para com os santos. 5 E não somente fizeram como nós esperávamos, mas A SI MESMOS SE DERAM PRIMEIRAMENTE AO SENHOR, e depois a nós, pela vontade de Deus. (2Co 8:1-5)
   Portanto, assim como em tudo abundais em fé, e em palavra, e em ciência, e em toda a diligência, e em vosso amor para conosco, assim também abundeis nesta graça. Não digo isto como quem manda, mas para provar, pela diligência dos outros, a sinceridade de vosso amor. Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis. (2Co 8:7-9)
   E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundancia, em abundância ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com ALEGRIA. (2Co 9:6-7)


iv. (Ou mesmo SACRIFICIALMENTE: A viúva Mr 12:44; Macedônia 2Co 8:1-5 [acima], exemplo a ser seguido 2Co 8:6-9:5)
   Porque todos ali deitaram do que lhes sobejava, mas esta, da sua pobreza, deitou TUDO o que tinha, TODO o seu sustento. (Mr 12:44) (Só estamos chamando a atenção que, SE foi DEUS, Deus SOZINHO, que te levou, excepcionalmente, a fazer uma oferta que te custará sacrifício, renúncia a algo importante, obedece-O e encontrarás alegria e sustento! Mas note que aquela incomum oferta da viúva foi absolutamente espontânea, nunca foi ordenada, nem esperada, nem solicitada! Nenhum pastor lobo e mercenário tem autorização para nem de longe insinuar ou exigir o mesmo de nenhum crente. Cuidado com lobos!)
  
(7-9 acima) 10 E nisto dou o meu parecer; pois isto convém a vós que, desde o ano passado, começastes; e não foi só praticar, mas também querer. 11 Agora, porém, completai também o já começado, para que, assim como houve a prontidão de vontade, haja também o cumprimento, segundo o que tendes. 12 Porque, se há prontidão de vontade, será aceita segundo o que qualquer tem, e não segundo o que não tem. ... 14 Mas para igualdade; neste tempo presente, a vossa abundancia supra a falta dos outros, para que também a sua abundancia supra a vossa falta, e haja igualdade; 15 Como está escrito: O que muito colheu não teve de mais; e o que pouco, não teve de menos. ... 19 ... nesta graça que por nós é ministrada para glória do mesmo Senhor, e prontidão do vosso ânimo; ... 24 Portanto, mostrai para com eles, e perante a face dos igrejas (sempre locais!), a prova do vosso amor, e da nossa glória acerca de vós. 9:1 Quanto à administração que se faz a favor dos santos, não necessito escrever-vos; 2 Porque bem sei a prontidão do vosso ânimo, da qual me glorio de vós para com os macedônios; que a Acaia está pronta desde o ano passado; e o vosso zelo tem estimulado muitos ... 4 A fim de, se acaso os macedônios vierem comigo, e vos acharem desapercebidos, não nos envergonharmos nós (para não dizermos vós) deste firme fundamento de glória. 5 Portanto, tive por coisa necessária exortar estes irmãos, para que primeiro fossem ter convosco, e preparassem de antemão a vossa bênção, já antes anunciada, para que esteja pronta como bênção, e não como avareza. (2Co 8:6-9:5)

v. COM GOZO E ALEGRIA (2Co 9:7)
   CADA UM CONTRIBUA SEGUNDO PROPÔS NO SEU CORAÇÃO; não com tristeza, ou por necessidade; porque DEUS AMA AO QUE DÁ COM ALEGRIA. (2Co 9:7)

vi. ANONIMAMENTE (Mt 6:2-4).
   Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita; Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente. (Mt 6:2-4)


b.e. Oração 2Cr 7:14; Mt 7:7 18:19-20; At 1:14; 13:1-3; Ef 6:18-19; Fp 4:6; 1Ts 5:17; 1Tm 2:8; He 4:16; 10:25; Jd 1:20;
   E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se HUMILHAR, e ORAR, e BUSCAR A MINHA FACE e se CONVERTER dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. (2Cr 7:14)
   Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. (Mt 18:19-20)
   Todos estes perseveravam unanimemente em ORAÇÃO e SÚPLICAS, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos. (At 1:14)
   1 ¶ E na igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores, a saber: Barnabé e Simeão chamado Níger, e Lúcio, cireneu, e Manaém, que fora criado com Herodes o tetrarca, e Saulo. 2 E, servindo eles ao Senhor, e JEJUANDO, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. 3 Então, JEJUANDO e ORANDO, e pondo sobre eles as mãos, os despediram. (At 13:1-3)
   ORANDO em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e VIGIANDO nisto com toda a PERSEVERANÇA e SÚPLICA por todos os santos, E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho, (Ef 6:18-19)
   Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas PETIÇÕES sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela ORAÇÃO e SÚPLICA, com ação de GRAÇAS. (Fp 4:6)
   ORAI sem cessar. (1Ts 5:17)
   Quero, pois, que os homens OREM em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda. (1Tm 2:8)
   Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. (He 4:16)
   Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, ORANDO no Espírito Santo, (Jd 1:20)

b.f. Comunhão espiritual (trabalhar e servir juntos e unânimes; concordância na comunicação de idéias); Sl 133:1; Ec 4:9; Jo 17:21; At 1:14; 2:1 e 41-47 (ver Capítulo 7 "Características Das 1as Assembleias"); Rm 15:5-6; 1Co 1:10; Ef 2:21; Fp 1:27; 2:1; Cl 2:2; He 10:24-25;
   Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união. (Sl 133:1)
   Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. (Jo 17:21)
(Esta união é dentro de uma assembleia local, ou, no máximo, entre crentes de assembleias locais que igualmente crêem e praticam tudo que a Bíblia diga em pelo menos um verso claro e explícito [claro, dentro da sua dispensação e contexto], não é união ecumênica, com professos crentes que rebeldemente se apegam a um erro ou pecado. União em torno de toda a verdade bíblica.)
   Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer. (1Co 1:10)
   Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho. (Fp 1:27)


b.g. Submersão nas águas (ver Capítulo 14 "Ordenança Simbólica da Submersão");

b.h. Ceia Do Senhor (ver Capítulo 14 "Ordenança Simbólica da Ceia do Senhor");

b.i. Testemunhos At 1:8; 4:20; 2Co 4:13; 2Tm 1:8; 1Pe 3:15
   Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis TESTEMUNHAS, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. (At 1:8)
   E temos, portanto, o mesmo espírito de fé, como está escrito: CRI, POR ISSO FALEI; nós cremos também, por isso também falamos. (2Co 4:13)
   Portanto, não te envergonhes do TESTEMUNHO de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa das aflições do evangelho segundo o poder de Deus, (2Tm 1:8)


b.j. Decoro nos cultos 1Co 14:26-40
   26 Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se TUDO para EDIFICAÇÃO. ... 31 Porque todos podereis profetizar, UNS DEPOIS DOS OUTROS; para que todos aprendam, e todos sejam consolados. ... 33 Porque DEUS NÃO É DEUS DE CONFUSÃO, senão de paz, como em todos os igrejas dos santos. 34 As vossas mulheres estejam caladas na igreja; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. 35 E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja. ... 37 Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor. 38 Mas, se alguém ignora isto, que ignore. ... 40 Mas FAÇA-SE TUDO DECENTEMENTE E COM ORDEM. (1Co 14:26-40)

b.k. Disciplina (ver Capítulo 16 "Disciplina")

b.l. Tomada de decisões administrativas e espirituais (ver Capítulo 13 "Governo")

b.m. Ajuda aos membros em necessidade (ver Capítulo 17 "Propósito De Cada Assembleia Local", seção 17.f  "Promover Tudo Que é Bom Para ...")

c. UM, UM só e mesmo Padrão Doutrinário

(explícito em detalhadíssimo Artigos de Fé, profusamente acompanhados de referências bíblicas que, nos seus contexto e dispensação, solidamente lhes provem. CADA parágrafo e subparágrafo deve ser individualmente ASSINADO por cada membro, na sua admissão. E, ANUALMENTE, por cada oficial, cada membro da diretoria geral, cada líder de departamento e cada professor. E deve ser o fervente ensino e convicção e prática de todos).

   E perseveravam na DOUTRINA DOS APÓSTOLOS, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. (At 2:42)

d. Cinco Tipos de Homens que são "Dons do Espírito Santo"

   E ele mesmo deu uns para APÓSTOLOS , e outros para PROFETAS , e outros para EVANGELISTAS , e outros para PASTORES e DOUTORES, (Ef 4:11)

   APÓSTOLOS literais não mais existem (tinham que ter sido testemunhas oculares de todo ministério do Cristo, particularmente de sua morte, sepultamento e ressurreição At 1:22-23; etc.). Mas devem existir missionários que tenham os mesmos alvos deles: de espalhar o evangelho e salvar almas entre os perdidos longe da assembleia que os enviou, plantando novas assembleias locais;
   PROFETAS literais, trazendo revelação nova e direta de Deus, não mais existem (a revelação está encerrada em Apo 22). Mas devem existir pregadores pregando somente a encerrada revelação de Deus (a Bíblia) e denunciando o erro e o pecado com a mesma coragem e fidelidade dos profetas;
   EVANGELISTAS devem se dedicar a espalhar o evangelho e salvar almas entre os perdidos mais ou menos próximos da assembleia local a que pertencem;
   PASTORES PASTOREADORES (= BISPOS= SUPERVISORES) (ver Capítulo 11 "Ancião - Pastor"): têm coração de "pastor [apascentador, alimentador, zelador, sarador, disciplinador, atalaia, defensor, exemplo, guia, líder] que dá a vida pelas ovelhas" e de "supervisor- líder, profeta- pregador, apóstolo- enviado com missão especial, douto ensinador, evangelista, atalaia."
   PASTORES MESTRES- ENSINADORES devem ter toda a dedicação ao estudo sério, prolongado, profundo; devem ser aptos para o ensino (isto inclui muito mais que meras genialidade intelectual e didática: inclui uma vida que não tenha nada que lhe manche, e que exemplifica o que ensina!)

e. Cartas de Recomendação

(muito diferentes de "Cartas de Transferência", antibíblicas em razão de cada assembleia ser totalmente independente. Uma assembleia pode prestar (algumas) informações sobre seus membros para outra assembleia; no máximo pode recomendar um seu membro a outra assembleia de mesma fé e prática; mas não pode transferi-lo, nem pode aceitar ninguém por transferência: quem faz isto é o Exército, o Banco do Brasil, etc., onde cada filial é propriedade e controlada pela matriz). At 18:24-28; Rm 16:1-2. Também 2Co 3:1.
   27 Querendo ele [Apolo] passar à Acaia, o animaram os irmãos, e escreveram aos discípulos que o recebessem; o qual, tendo chegado, aproveitou muito aos que pela graça criam. (At 18:24-28) (Obviamente isto foi pedido e informação, não foi ordem irrecusável de Áquila, nem da assembleia dos Efésios, à assembleia de Acaia)
   RECOMENDO-vos, pois, Febe, nossa irmã, a qual serve na igreja que está em Cencréia, Para que a recebais no Senhor, como convém aos santos, e a ajudeis em qualquer coisa que de vós necessitar; porque tem hospedado a muitos, como também a mim mesmo. (Rm 16:1-2)
   Porventura começamos outra vez a louvar-nos a nós mesmos? Ou necessitamos, como alguns, de cartas de RECOMENDAÇÃO PARA vós, ou de RECOMENDAÇÃO DE vós? (2Co 3:1)


ACEITAR A ORDENAÇÃO DE UM PASTOR POR OUTRA ASSEMBLEIA LOCAL (ou, pior, por qualquer seminário/ missão/ denominação/ convenção/ associação/ qualquer organização diferente da assembleia local que ele está por pastorear):
   Estas coisas não têm exemplo nem se harmonizam com a doutrina global no Novo Testamento (quem discordar, exiba as provas de que estamos enganados; e, também, de que não estamos do lado da segurança)! São herança de tradição humana religiosa (a Romanista, a das sociedades secretas tais como a Maçonaria, etc.) e de tradição humana profissional (um empregado do Banco do Brasil sendo transferido, um advogado formado em São Paulo, e com carteira da OAB, tendo que ser aceito em concurso na Paraíba, etc.)
   Mas talvez a raiz do problema (arrancar a raiz é mais que a solução de esconder cada fruto, pois evita o nascimento de todo o problema) esteja na observação de que, dentro das páginas do Novo Testamento, cada pastor pastoreou uma só e mesma assembleia, toda a sua vida (ou exibam as provas de que estamos enganados; e, também, de que não estamos do lado da segurança) ...


Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas. Para começar a ter uma idéia da gravidade de muitas das MILHARES de deturpações de todas as "Bíblias" alexandrinas (baseadas no Texto dos incessantes Críticos), em relação às Bíblias do TR, leia, por EXEMPLO, http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/AAlmeidaAtualizadaExposta-Helio.htm
http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ExpondoErrosNVI-Jun2000-Emidio.htm




(retorne a http://solascriptura-tt.org/EscatologiaEBatistas/00Helio-index.htm
retorne a http://solascriptura-tt.org/EscatologiaEBatistas/
retorne a http://solascriptura-tt.org/)