Resposta a Um Ateu

(eminente Doutor em Física, Professor de Universidade, ex-colega meu)





Olá, amigo DDDD.



Não li os detalhes dos seus cerca de 10 arrazoados que me enviou, pregando Ateísmo e Evolução, pois sempre parei assim que encontrei algum erro básico e muito conhecido da (pseudo)- ciência.

Um erro muito comum é o "uniformitarismo", isto é, o erro de pressupor que todas as constantes (e leis) físicas sempre, incessantemente foram exatamente as mesmas de hoje. Ora, não havia nenhum homem medindo e documentando fatos 10.000 anos atrás, portanto tudo é suposição, não é?

Próximo a uma das entradas da Faculty of Mathematics, da University of Waterloo (em Waterloo, Ontario, Canada), onde estudei desde 1977 a 1981, havia um paraboloide de revolução, de bronze escuro, grandão, onde o escultor escavou uma profunda depressão por onde uma torneirinha incessantemente pingava água.


(ver foto em https://www.google.com.br/imgres?imgurl=http%3A%2F%2Fwww.bulletin.uwaterloo.ca%2Fimages%2F2005%2F0823dryice.jpg&imgrefurl=http%3A%2F%2Fwww.bulletin.uwaterloo.ca%2F2005%2Faug%2F23tu.html&docid=si4lmx9XnyIWwM&tbnid=4nm6XHkuhsqmwM%3A&w=257&h=352&safe=active&bih=752&biw=1517&ved=0ahUKEwjE8IXtvv3MAhWKSyYKHR9EA2IQMwgjKAYwBg&iact=mrc&uact=8 )

Se algum físico, em 1977, medisse a velocidade de erosão da água, digamos que ela desgastasse, destruísse, baixasse a superfície do bronze à razão de 10 -80 m/ano (isto significa 1 zero seguido de vírgula, seguido de 70 zeros, seguido de 1 um, a unidade sendo metro), e se esse físico medisse a profundidade da fenda e ela fosse de 0,30m, e se ele assumisse que a fenda começou com profundidade 0 (zero), e se assumisse que a velocidade de erosão sempre foi constante, então chegaria à conclusão de que o processo de erosão tinha sido de 0,30 / (10 -80) = 0,03 x 10 80 = 3 x 10 178 anos (três, seguidos de 178 zeros, anos)!!!! Mas o escultor, o criador da escultura, sorriria e saberia da verdade: a escultura tinha sido feita em 1967, tinha pouco mais de 10 anos.

DDDD, durante uns 3 anos estudei um bocadão de falaciosos mas impressionantes arrazoados contra o criacionismo (criacionismo é simplesmente crer na declaração- revelação pelo Criador de que Ele criou tudo a partir do nada e em apenas 6 dias (e dias são literais, uma revolução da terra em torno de seu eixo), e um pouco de estudo da Bíblia mostra que isso pode ter sido a apenas uns 6.000 a 10.000 anos). Mas fiquei profundamente enfadado e desinteressado com todos arrazoados ateístas- evolucionistas, sem exceção, em todas as áreas do conhecimento (Física, Geologia, Astronomia, Biologia, etc.), pois sempre partem de SUPOSIÇÔES sem nenhuma evidência concreta. E completamente desinteressei-me do assunto.

Em resumo, DDDD, a (verdadeira) ciência deveria se limitar a ser observadora, descritiva, formar leis para com as coisas funcionam agora, sem se preocupar com o início nem com o fim do universo. Milhares de cientistas com doutorado em todas as áreas da ciência fazem assim, veja, por exemplo, os cientistas de http://www.icr.org/ . Muitos prêmios Nobel foram crentes na Bíblia, e isso não lhes foi absolutamente nenhum obstáculo para avançarem as fronteiras da Ciência verdadeira, que se limita a fatios comprovados pela experimentação e observação, descreve e se ocupa de fatos sobre como o universo se comporta hoje, fatos que podem ser observados e testados.

Exemplo de uma lei da verdadeira ciência (verdadeira ciência porque se refere ao que pode, hoje, ser testado e observado): a lei da gravidade:
"[no macrocosmo] tudo [hoje] se passa como se matéria atraísse matéria na razão direta do produto das suas massas e na razão inversa do quadrado da distância entre elas"

Exemplo de falsa "indisputada lei da ciência" (falsa porque baseada em mera "fé" (sim, mera "fé") em suposições que não podem ser observadas nem testadas):

SUPOMOS (apenas supomos, sem possibilidades de testes) que finíssima poeira sobre o solo da lua, devida ao impacto dos meteoritos, acumula-se à média de 1mm a cada 1000 anos. SUPOMOS (sem ninguém estar observando sempre) que foi sempre assim. SUPOMOS (sem ninguém estar lá para observar) que a origem da lua foi a 4,53 bilhões de anos (4.530.000 milhares de anos). Portanto, a camada de poeira (tão fina que tudo afunda nela) da superfície lunar tem 4.530.000mm = 4.530m = 4,53km)

Esta lei caiu no maior ridículo e foi abandonada depois que a Apolo 11 aterrissou na lua em 1969 e instrumentos mediram e constataram o fato que a camada era apenas de 65mm = 6,5cm. Ver http://ncse.com/cej/4/3/space-dust-moons-surface-age-cosmos.



OK, DDDD? Por favor, não mais me envie esses enfadonhos e desinteressantes arrazoados ateístas, tão errados.

Realmente, enfadei-me dos (desnecessários) erros do ateísta Evolucionismo de Darwin, dos ateístas Astrônomos, Físicos, Geólogos, Historiadores, etc.




Passe bem, DDDD.



Hélio.



PS -  Comecei a ler a Bíblia para "ganhar uma briga" contra um pastor crente e provar que a Bíblia estava cheia de erros. Mas, lendo-a, só descobri o quanto eu era errado, pecador, infeliz, sem esperanças, e maravilhei-me com várias coisas da Bíblia, particularmente com

a) inexistência de qualquer milímetro de comprovado erro (medido, pesado, contado) em qualquer assunto científico ou histórico. Nem mesmo 1 mm, nunca, sobre nada;

b) revelações de fatos científicos que só descobrimos milhares de anos depois, mas, na época em que foram escritos, pareciam errados para os pseudo- cientistas da época;

c) inexistência de qualquer milímetro de comprovado erro (medido, pesado, contado) em qualquer profecia que já se cumpriu. Lembra de Probabilidade Composta? Pois, somente no dia da crucificação de Cristo, se cumpriram com perfeita exatidão dezenas de profecias feitas centenas ou milhares de anos antes. Por exemplo, digamos que havia 1000 aldeias em Israel, e uma profecia dizia que Ele nasceria em Belém, e assim ocorreu, a probabilidade disso ter ocorrido por acaso é de 1/1000. Fácil, não é? Outra profecia dizia que Ele seria conhecido com Nazareno (isso pareceria uma contradição, mas ocorreu porque Ele cresceu em Nazaré), digamos que a probabilidade disso ter ocorrido por acaso também é de 1/1000. Portanto, a probabilidade de ambas as coisas terem ocorrido por acaso é o produto das duas probabilidades isoladas, isto é, 10 -3 x 10 -3 = 10 -6. Não lembro agora, mas foram cumpridas, com toda exatidão, umas 60 ou 70 profecias somente no dia da crucificação, a probabilidade composta disso ter ocorrido por acaso é na ordem de 10 -200 (1 dividido por 1 seguido de 200 zeros, o que é menor que você e eu pensemos, ao mesmo tempo, por acaso, em uma só e mesma das 10 135 partículas subatômicas do universo conhecido. Pense sobre isso. (E a Bíblia tem alguns milhares de profecias que já foram cumpridas com perfeita exatidão!!! A probabilidade disso ter ocorrido por acaso é inimaginável.



Para darmos o assunto por encerrado, DDDD, então, uma vez que já li pelo menos partes de 10 e-mails seus pregando o evolucionismo e ateísmo, posso agora lhe pedir o favor de ler as descobertas científicas que já estavam na Bíblia? Isto é curto, está em uma tabela de 17 linhas que escrevi na nota de fim, em http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-InspiracApologetCriacionis/Bibliologia-EsbocoCurso-Helio.htm

Depois, por favor, para seu bem eterno, não deixe de ler http://solascriptura-tt.org/ComoSerSalvo.htm e de tomar sua decisão de modo a ser salvo.

Ficarei orando por você, amigo. Que seja salvo e se liberte da loucura da pseudo-ciência.






Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Ide/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )