Por Que Alguns Fundamentalistas Às Vezes Belicosamente Arengam Entre Si Por Coisas Indefinidas?





"Prefácio" por Hélio:


Alegro-me em ser um crente, salvo, batista (da linhagem fundamentalista, independente, bíblica), crente 100% na Bíblia eterna, que é a tradução do TT (o Texto Tradicional). Defendo que devemos ter não apenas os 5 "sola ..." tradicionais, não apenas os 5 pontos tradicionais do fundamentalismo, mas uns 20 a 30 pontos doutrinários em que devemos ser absolutamente intransigentes (ver http://solascriptura-tt.org/ConfissaoDoutrinariaHelio.htm e ver os platôs 1 e 2 de http://solascriptura-tt.org/SeparacaoEclesiastFundament/QuestionarioParaDeterminarGrauCooperacaoEIdentificacao-Helio.htm), jamais cedendo nem sequer 1 mm de terreno, defendo que primeiramente devemos instruir firme mas mansamente os ingênuos que estão sendo ensinados errados, depois temos a ordem de Deus de apaixonadamente denunciarmos e combatermos todos os que conscientemente ensinam 1 mm de desvio daqueles pontos doutrinários onde a Bíblia tem pelo menos um verso totalmente claro, irrefutável, indiscutível, sobre o assunto.

Mas entristeço-me porque uma cruel caricatura que fazem de nós, às vezes, com alguns de nós, tem um fundo de verdade. A cruel caricatura diz que sempre que dois batistas fundamentalistas como nós se conhecem, por algum tempo eles se interrogam um ao outro, primeiro com desconfiança, depois com crescente entusiasmo, e, a cada dia, voltam para casa exultantes e cada um telefona para seu pai, dizendo "Papai, este está sendo o melhor dia de minha vida. Finalmente encontrei um crente tão batista fundamentalista quanto eu e minha esposa, já o examinei em 38 pontos e ele passou com nota 100% em todos eles, estamos tendo a mais doce comunhão, estamos na mesma igreja, estamos evangelizando juntos, etc., etc., etc." Examinam-se sobre quem são os "filhos de Deus" em Gênesis 6, quem são as 2 testemunhas de Apocalipse, se Judas participou ou não do pão da última ceia, se o homem se divide em 2 partes( corpo e "alma igual a espírito") ou em 3 partes (corpo + alma + espírito), se o pão da ceia deve ser com ou sem fermento, quão freqüentemente a ceia deve ser celebrada, qual a melhor cor para a cortina da igreja, e examinam-se em mais 100 das coisas mais debatidas nos seminários, e (incrivelmente, coisa que nunca ocorreu assim na história) eles têm as mesmíssimas posições sobre tudo isto. Finalmente, algum dia, eles discordam sobre um assunto completamente secundário (Importante: uma doutrina é secundária somente se a Bíblia não tem nem sequer UM versículo totalmente claro, indiscutível e definitivo sobre o assunto, do tipo "Não matarás"; se houver pelo menos um tal verso, a doutrina é essencial, não podemos transigir, ceder 1mm dela, por exemplo, "cânticos espirituais", em oposição a música carnal), cada um fica considerando o outro um herege, e se apartam magoadíssimos e para sempre. Esses tipos de crentes tendem a terminar seus dias achando que somente eles estão absolutamente certos, achando que todos os outros crentes apostataram! Na prática, é como se cada um desses crentes hiper- ultra- super fundamentalistas formasse uma igreja de UM só membro (pois nem mesmo sua esposa nem ninguém será um clone perfeito dele!!!).

Por causa disso, para equilibrar a tendência de certos valentes e elogiáveis guerreiros não embainharem suas espadas mesmo quando voltam da guerra contra os inimigos e estão gozando a companhia de seus irmãos e familiares, repasso um email do irmão Teno Groppi, traduzido por minha esposa, Valdenira.

Hélio.





 


Por Que Alguns Fundamentalistas Às Vezes Belicosamente Arengam Entre Si Por Coisas Indefinidas?

(título original: "Why do we Bicker?")






Quando a discussão se torna um pouco calorosa, esta é uma boa mensagem para se postar de vez em quando [,com dois motivos:]
[a] Para nos relembrar porque é que [alguns de] nós [batistas fundamentalistas, crentes 100% na Bíblia eterna, do TT], algumas vezes, arengamos pelo gosto de brigar com petulância; e
[b] Para nos ajudar a nos guardarmos para não causar divisão.
Esta mensagem se originou em uma outra lista [batista fundamentalista, crente 100% na Bíblia eterna, do TT], mas eu tenho postado esta minha resposta em diversas listas [batistas fundamentalistas, crentes 100% na Bíblia eterna, do TT].

[Alguém me fez a seguinte acusação:]
<<Uma outra coisa, a sua página principal [,Teno,] diz: "Um dos princípios de nossa fé batista é aquele da 'liberdade da alma', a qual [liberdade] nos permite respeitar diferenças e variações em doutrina." Se isto é verdade, por que é que você não deixa os TJs (Testemunhas de Jeová), os ASDs (Adventistas do Sétimo Dia), os Campbellitas, e coisas semelhantes, debaterem ao lado dos ultradispensacionalistas que desonram a Cristo? > >

Permita-me oferecer meus 2 centavos de opinião.

Eu tenho estado em ambos os lados de alguns destes debates. Meu Pastor original (meu ex-sogro) foi um homem da Comunhão Batista Bíblica (CBB), que tinha fortes crenças que [na atual dispensação, e sobre a terra,] só há igrejas locais [não há igreja universal, nem hierarquias denominacionais, etc.], foi um proponente de que "todas a pessoas sempre são salvas da mesma maneira, nós olhamos para trás, para a cruz do passado, eles olhavam para a frente, para a cruz que estava no futuro", foi um calvinista moderado, foi contra qualquer base ou motivo para divórcio ou recasamento e umas poucas outras coisas que eu mudei em mim mesmo, depois de ter crescido no Senhor e ter estudado a Bíblia por mim mesmo.

Mesmo depois que eu mudei, eu continuei sabendo as Escrituras usadas pelo outro lado (eu mesmo as tinha usado ), e eu sabia porque eles criam daquela maneira. Eu sabia que eles estavam honestamente derivando as suas crenças a partir das Escrituras, e que eles, honestamente, acreditavam [estar crendo] no que a Bíblia ensina. Eles não estavam tentando ser enganadores, nem estavam tentando distorcer as Escrituras. Assim eu posso entender o que eles crêem, e porque eles crêem naquilo em que crêem, e eu tenho comunhão com eles em Cristo.
Não ocorre a mesma coisa com os TJs (Testemunhas de Jeová), com os Moonitas (adeptos do Rev. Moon), etc. [Eles não têm a mesma honestidade do lado batista fundamentalista que se opõe a mim, nem se baseiam nos mesmos sãos princípios de aproximação da Bíblia, e eu não posso ter o mesmo relacionamento com eles]

Eu também entendo que na maioria destes tipos de questões, cerca de 80% dos versos usados podem ser usados por ambos os lados [batistas fundamentalistas, crentes 100% na Bíblia eterna, do TT] e os 20% dos restantes estão igualmente divididos [10% pró um lado, 10% pró o outro lado]. É quais Escrituras um indivíduo enfatiza que usualmente determinará sua posição. Um lado [batista fundamentalista, crente 100% na Bíblia eterna, do TT] toma os seus 10% e soma isto aos 80% que são neutros, e percebe que eles têm uma imensa maioria de Escrituras ao lado deles, e assumem que eles simplesmente não entendem perfeitamente as poucas Escrituras que parecem discordar. Agora alguém [do outro lado dos batistas fundamentalistas, crentes 100% na Bíblia eterna, do TT] se aproxima e lhes mostra um punhado de versos entre os 20% em uma maneira que eles não tinham previamente pensado. Isto muda o equilíbrio para o outro lado [batista fundamentalista], e os 80% neutros parecem agora se encaixar com o outro lado tão bem como eles se adequam  ao primeiro lado (o lado que eles realmente tomaram).
Isto não ocorre em relação aos Mórmons, ASDs (Adventistas do Sétimo Dia), etc. [Eles não têm a mesma honestidade do lado batista fundamentalista que se opõe a mim, nem se baseiam nos mesmos sãos princípios de aproximação da Bíblia, e eu não posso ter o mesmo relacionamento com eles]

Eu também entendo que nenhum de nós chega a ser 100% correto- embora nós todos *acreditemos com toda convicção* que nós estamos corretos (se não fosse assim, nós teríamos mudado ou mudaríamos as nossas crenças). Provavelmente eu estou correto a respeito de umas poucas coisas nas quais Herb Evans está errado, ou vice-versa (embora eu nunca vá admitir isso! ;-)
Assim, eu ainda posso ter comunhão com alguém [batista fundamentalista, crente 100% na Bíblia eterna, do TT] que não crê exatamente como eu. [É muito duro admitir isto, mas] ele pode estar correto em algumas das diferenças!

Eu posso entender também que algumas questões não estão 100% "cortadas--e--secas" [isto é, plenamente resolvidas] em minha própria mente.
Por exemplo: eu acredito que Melquizedeque é uma aparição de Jesus Cristo antes de sua encarnação e há algumas Escrituras que ninguém tem refutado com sucesso as quais indicam que Melquizeque não é um homem normal e tem definidas qualidades divinas. No entanto, John See, uma vez, me deu alguns versos que eu não pude reconciliar e que apontavam uma outra direção. Portanto, enquanto eu ainda creio que Melquizeque foi Jesus, e creio que a maioria das Escrituras indicam isso, eu vejo, por mim mesmo, que alguns versos  não se encaixam perfeitamente.
Portanto, em umas poucas doutrinas, eu discordo comigo mesmo de tempo em tempo :-)    Portanto, eu não estou propenso a quebrar comunhão com nenhum dos lados de uma tal questão, ou eu teria que quebrar comunhão comigo  mesmo.

Mesmo em algumas sólidas doutrinas, como segurança da salvação, eu posso ver uma grande quantidade de Escrituras que podem facilmente ser tomadas (ou mal tomadas) para mostrar que salvação pode ser perdida. Algumas delas são facilmente explicáveis, mas outras necessitam ser batidas com um martelo para que se encaixem em um particular sistema de crença. Freqüentemente, [o modo] como a pessoa explica os versos difíceis afeta como eles vêem outras doutrinas.

Nós também tendemos a tentar fazer encaixar todas as coisas logicamente no nosso próprio sistema de crença. Mas, não importa qual seja este sistema, sempre há algumas conversas fiadas naquele livro que não se adequam  com nosso sistema de crença de modo totalmente correto. Nós poderíamos ter a habilidade para forçar uma oval para dentro de um buraco redondo, mas nós sabemos que ele não se encaixa de modo perfeitamente adequado. Parece que virtualmente toda doutrina tem ao menos um verso ou dois que que nos fazem erguer nossas sobrancelhas [em sinal de estranheza, de dificuldade que temos para com ela].

Nenhuma doutrina é sem importância, mas o fato de que reconhecemos que nós todos somos pecadores humanos imperfeitos deveria permitir lidar com os outros irmãos [batistas fundamentalistas, crentes 100% na Bíblia eterna, do TT] com graça quando umas tais diferenças existem.

Eu também compreendo que nós, pela nossa natureza, vamos gastar mais tempo DISCORDANDO e lidando com coisas que nós discordamos, do que com coisas com as quais nós concordamos. Se nós concordarmos a respeito de algo, o máximo que isto usualmente gera é um monte de e-mails sem utilidade que simplesmente dizem: "Amém, irmão!". É quando nós diferimos que nós iremos gerar muito mais discussão e debate. Isso é especialmente verdade quando alguém defende uma posição com ardor e paixão, como devem fazer todos os crentes [100%] na Bíblia [eterna, do TT].

Nós, simplesmente, precisamos estar advertidos e sermos cuidadosos a respeito destas coisas, quando um assunto se torna um pouco quente. Nós podemos ter um debate animado sem causarmos [ofensas e] divisão.



[Este email foi primeiramente postado em torno de 2005, no contexto de uma lista de debates, norteamericana, batista, fundamentalista, crente 100% na Bíblia eterna, do TT]





Teno Groppi, Feb.2006
 
Traduzido por Valdenira N.M Silva, Fev.2006





Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ SeparacaoEclesiastFundament/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )