Oração, intercessão, súplica, petição, ações de graças, comunhão com Deus. Devemos orar, interceder, pedir, fazer petições e ações de graças, suplicar ao Pai em nome de Cristo, em fé e submissão

18. ORAÇÃO


   VERSOS CHAVE: Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; (1 Timóteo 2:1) (Deprecar = pedir com instância e humilde submissão; rogar, suplicar, implorar)
   Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, (Efésios 6:18)
   Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. (Filipenses 4:6)



Nenhum pecador é salvo sem nunca ter orado e sem outros terem orado por ele; e nenhum crente é santificado (para crescer em graça) sem nunca ter orado e sem outros terem orado por ele, sem uma vida de oração.
Às vezes a oração pode ser longa como a de Salomão em 1Rei 8:23-53 (30 versículos, ler depois) ou curta como a de Pedro em Mat 14:30 (3 palavras: "Senhor, salva-me"). Mas, de qualquer modo, oração tem que ser exercitada. Muito, muito exercitada.

1. Oração é:

Orar é falares (expondo tua alma) intimamente a Deus, é manteres doce comunhão com Deus, é teu coração (crente, grato e adorador) comunicar-se com o coração de Deus. Orar é mais do que simplesmente falares à Deus (em monólogo): é manteres doce conversação (comunicação em mão dupla: falar e ouvir; enviar e receber), íntima comunhão com Deus.

   23 E disse: O SENHOR Deus de Israel, não há Deus como tu, em cima nos céus nem em baixo na terra; que guardas a aliança e a beneficência a teus servos que andam com todo o seu coração diante de ti. ... 25 Agora, pois, ó SENHOR Deus de Israel, guarda a teu servo Davi, meu pai, o que lhe falaste, ... 27 Mas, na verdade, habitaria Deus na terra? Eis que os céus, e até o céu dos céus, não te poderiam conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado. 28 Volve-te, pois, para a oração de teu servo, e para a sua súplica, ó SENHOR meu Deus, para ouvires o clamor e a oração que o teu servo hoje faz diante de ti. ... 38 Toda a oração, toda a súplica, que qualquer homem de todo o teu povo Israel fizer, conhecendo cada um a chaga do seu coração, e estendendo as suas mãos para esta casa, 39 Ouve tu então nos céus, assento da tua habitação, e perdoa, e age, ... (1 Reis 8:23-53)
  
Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me! (Mateus 14:30)

2. Por que orar? Orar é:

a. Repetida ordem de Deus 1Sam 12:23; Rom 12:12; Col 4:2; 1Tes 5:17; 1Tim 2:8; Ler depois: Gên 18:22-23; 2Re 19:15; Sal 5:2; 32:6; Jer 29:7; Mat 5:44; 26:41; Luc 18:1; 21:36; Efé 6:18; 1Te 5:25; Tia 5:13-16;

   E quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o SENHOR, deixando de orar por vós; antes vos ensinarei o caminho bom e direito. (1 Samuel 12:23)
   Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; (Romanos 12:12)
   Perseverai em oração, velando nela com ação de graças; (Colossenses 4:2)
   Orai sem cessar. (1 Tessalonicenses 5:17)
   Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda. (1 Timóteo 2:8)
b. Exemplo de Cristo Heb 5:7 (abaixo); 1Pe 2:21-23; ler depois: Luc 9:28; 11:1; 23:46. Cristo viveu uma vida de orações (somente em Lucas, há o registro de 11 ocasiões em que Cristo orou): ante os discípulos (mas nunca é dito COM os discípulos! Por que?), longas sessões, noites inteiras (Mat 14:23; Luc 6:12 abaixo), levantando-se ainda escuro e separadamente (Mar 1:35 abaixo), antes de grandes tarefas (Mar 1:35-38; Luc 6:12-13; Mat 26:38-46), depois de grandes sucessos (Joã 6:15), por Si, pelos seus e crentes (Luc 22:32; Joã 17), ardentemente (Luc 22:42,44; Heb 5:7), perseverantemente (Mat 26:44, no Getsêmani), em fé e gratidão até mesmo antecipada (Joã 11:41-42, na ressurreição de Lázaro) e submissão (Mat 26:39, acima).

   ... 44 E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão. (Lucas 22:42,44)
   O qual, nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia. (Hebreus 5:7)
   41 Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido. 42 Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste. (João 11:41-42)
   21 ... Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas ... (1 Pedro 2:21-23)
   E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só. (Mateus 14:23)
   35 E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava. ... 37... Vamos às aldeias vizinhas, para que eu ali também pregue; porque para isso vim. (Marcos 1:35-38)
   12 ¶ E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus. 13 E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos: (Lucas 6:12-13)
   ... 39 E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres. 40 ... Então nem uma hora pudeste velar comigo? 41 Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca. ... (Mateus 26:38-46)
   Sabendo, pois, Jesus que haviam de vir arrebatá-lo, para o fazerem rei, tornou a retirar-se, ele só, para o monte. (João 6:15)
   Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. (Lucas 22:32)
c. Exemplo das igrejas primitivas Ato 1:14; 12:5; ler depois: 2:42; 6:4;
   Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos. (Atos 1:14)
   Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. (Atos 12:5)
d. Método escolhido por Deus para:
   (1) Derrotar a tentação (Mat 26:41, abaixo) e o Diabo Luc 22:32; 1Ped 4:7.
   Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça ... (Lucas 22:32)
   ...
sede sóbrios e vigiai em oração. (1 Petro 4:7)
   (2) Salvar o pecador Luc 18:13; ler depois Luc 23:42-43;
   O publicano ... O Deus, tem misericórdia de mim, pecador! (Lucas 18:13)
   (3) Restaurar os desviados [e evitar que nos desviemos] Tia 5:16;
   Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. (Tiago 5:16)
   (4) Fortalecer os santos Judas 1:20; 
   Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, (Judas 1:20)
   (5) Enviar ceifeiros Mat 9:38; ler depois: Ato 13:2-3 (escolha e imposição de mãos sobre Paulo e Barnabé);
   Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara. (Mateus 9:38)
   (6) Curar o doente Tia 5:13-15;
(Note: nunca esqueçamos a soberania de Deus, as doenças de Paulo, Timóteo, Epafrodito, etc., e a inevitabilidade do final por decadência e morte; "Astheneô" = "estar sem forças", mais propriamente é sintoma e não a doença em si (noseô, etc.); O contraste contente-doente sugere doença mais de estado de ânimo, ou de causa espiritual; "chame" fala de iniciativa do doente, com visita só dos anciões [da sua assembleia local], coletivamente (sem estrelismos), privadamente, ao leito de enfermidade, ao invés de trazer ao "culto de curas" na igreja; "Havendo-o ungido com azeite" vem primeiro e podia ser da Medicina; Tudo se ajusta ao tipo de doença como disciplina por pecados, e.g. 1Co 5);
   13 Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores. 14 Está alguém entre vós doente? CHAME os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, HAVENDO-O UNGIDO com azeite em nome do Senhor; 15 E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. (Tiago 5:13-15 Tradução literal)
   (7) Glorificar o nome de Deus Apo 5:8; ler depois: Apo 8:2-4;
   E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. (Apocalipse 5:8)
   (8) Realizar o impossível Tia 5:17-18; ler depois: Mat 21:22 (aos 83); Mar 9:29 (expelindo definitivamente casta de demônios); Ato 12:5-7 (Pedro liberto da prisão); 
   17 Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. 18 E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. (Tiago 5:17-18)
   (9) Dar as coisas boas Sal 102:17; Mat 7:7-11;
   7 ¶ Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á ... 9 E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? ... 11 Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? (Mateus 7:7-11)
   (10) Conceder sabedoria Tia 1:5;
   E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. (Tiago 1:5)
   (11) Dar a paz de Deus, que é a verdadeira paz Flp 4:6-7;
   6 Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. 7 E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. (Filipenses 4:5-7)
   (12) Guardar-nos do pecado Mat 26:41;
   Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca. (Mateus 26:41)
   (13) Revelar a vontade de Deus Luc 11:9-10;
   9 E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; 10 Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á. (Lucas 11:9-10)
e. Exemplo do maior cristão de todos os tempos - Paulo Ato16:25; 20:36; 21:5; Rom 1:9; Efé 1:16; Flp 1:4; 1Tes 1:2; 2Tes 1:11; 1Tim 2:8; 2Tim 1:3; Ler depois: Ato 9:10-11; Rom 10:1; Col 1:3;

   Por isso também rogamos sempre por vós, ... (2 Tessalonicens. 1:11)
   Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda. (1 Timóteo 2:8)
   ... sem cessar faço memória de ti nas minhas orações noite e dia; (2 Timóteo 1:3)

   E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. (Atos 16:25)
   ..., pós-se de joelhos, e orou com todos eles. (Atos 20:36)
   ... postos de joelhos na praia, oramos. (Atos 21:5)
   ... incessantemente faço menção de vós, (Romanos 1:9)
   Não cesso de dar graças a Deus por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações: (Efésios 1:16)
   Fazendo sempre com alegria oração por vós em todas as minhas súplicas, (Filipenses 1:4)
   Sempre damos graças a Deus por vós todos, fazendo menção de vós em nossas orações, (1 Tessalonicens. 1:2)
f. É vitalmente importante: Deus disse que é mais importante:
   . Em Esd 8:21-23 -- que um exército de soldados e cavaleiros;
   . Em Mar 1:35; Luc 6:12 -- que comida e sono;

Em Ato 6:4, Deus põe a oração até mesmo antes do pregar.
   21 ¶ Então apregoei ali um jejum junto ao rio Aava, para nos humilharmos diante da face de nosso Deus, para lhe pedirmos caminho seguro para nós, para nossos filhos e para todos os nossos bens. 22 Porque tive vergonha de pedir ao rei, exército e cavaleiros para nos defenderem do inimigo pelo caminho; porquanto tínhamos falado ao rei, dizendo: A mão do nosso Deus é sobre todos os que o buscam, para o bem deles; mas o seu poder e a sua ira contra todos os que o deixam ... (Esdras 8:21-23)
   E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava. (Marcos 1:35)
   ... passou a noite em oração a Deus. (Lucas 6:12)
   Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra. (Atos 6:4)

3. Naturezas de Oração

No aspecto focalizando em Deus (que deve ser o 1o. aspecto em ordem, duração e importância), a oração deve ser / incluir:

a. Confissão de pecado, diretamente a Deus

Mat 6:12; Sal 51:4; 1Joã 1:9; ler depois: 1Re 8:47; Esd 9:5-10:1; Nee 1:2-11; 9:5-38; Dan 9:3-19;

   E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; (Mateus 6:12)
   Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares. (Salmos 51:4)
   Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. (1 Joãn 1:9)

b. Adoração e louvor

Mat 6:9,13b; Apo 4:11; Sal 95:2; 100:4; ler depois: Sal 45:1-8; Isa 6:1-4 (Santo, Santo, Santo); Mat 14:33 (no barco, após tempestade); 28:9 (mulheres abraçando os pés do ressurreto);

Adorar é amar com todo o coração e reverentemente render culto ou serviço; enfatiza o coração, mesmo que inclua palavras.
Louvar, mesmo tendo que ter origem no coração, tem que ser em palavras (de bendição, glorificação, magnificação, glorificação, enaltecimento.) (Quão errado a tendência moderna de igualar louvor só ou principalmente com música! Pior, com música só ou principalmente instrumental. Ainda pior quando a música ou palavras não são totalmente espirituais!) (Evitemos "Passemos agora à parte do Louvor" [o "resto" não é louvor?], "Com vocês, nosso Grupo de Louvor" [o "resto" não louva?], etc.). 

   9 ... Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome ... teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém. (Mateus 6:9,13b)
   Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas. (Apocalipse 4:11)
   Apresentemo-nos ante a sua face com louvores, e celebremo-lo com salmos. (Salmos 95:2) (louvores podem não ser musicados; salmos eram só, ou principalmente, musicados)
   Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome. (Salmos 100:4)

c. Comunhão (por comunicação, conversação)

Gên 5:24 (com Enoque); Êxo 25:22 (com Moisés, de sobre o propiciatório); ler depois: Gên 3:8a (com Adão, no Jardim de Éden); Êxo 18:33 (com Abraão, sobre Sodoma e Gomorra);  31:18 (com Moisés, no Monte Sinai); 

   E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou. (Génesis 5:24)
   E ali virei a ti, e falarei contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins (que estão sobre a arca do testemunho), tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel. (Êxodo 25:22)

d. Gratidão

Gratidão em música: Êxo 15:1-18 (canção de Moisés); Juí 5 (de Débora); 2Sam 23:1-7 (de Davi);

Exortações para gratidão: Sal 95:2; 100:4; Efé 5:20; Fp 4:6; Col 4:2;

   Apresentemo-nos ante a sua face com louvores, e celebremo-lo com salmos. (Salmos 95:2)
   Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome. (Salmos 100:4)
   Dando SEMPRE graças por TUDO a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo; (Efésios 5:20)
   Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. (Filipenses 4:6)
   Perseverai em oração, velando nela com ação de graças; (Colossenses 4:2)


No aspecto focalizando em nós mesmo e nossas necessidades, a oração deve ser / incluir:

a. Petição

(Fazer conhecer nossos pedidos): Flp 4:6; ler depois: Dan 2:17-18 (para decifrar o mistério e para viver); 9:16-19 (por Jerusalém e todos os israelitas); Ato 4:29-30 (por coragem ante ameaças).

A infalibilidade do atendimento prometida aos 83 apóstolos e discípulos (ler depois: Mat 7:7-11; Joã 14:13-14; 15:16; 16:23-24) nos encoraja: nossos pedidos PODEM ser atendidos, se forem da vontade de Deus. 

   Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. (Filipenses 4:6)
   7 ¶ Pedi, e dar-se-vos-á; ... Porque, aquele que pede, recebe ... 9 E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? ...  (Mateus 7:7-11)
   13 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. 14 Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. (João 14:13-14)
   ... a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda. (João 15:16)
   23 ... tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar. 24 Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra. (João 16:23-24)

b. Suplicação

(Implorar com clamor, humilde mas ardentemente, pelos pedidos pelos quais mais ansiamos). Fazem petição e súplica: Daniel (Dan 6:11); Israel convertida (Zac 12:10); a Cananita (Mat 15:22-28); os eleitos (Luc 18:1-8);
   

   ... acharam a Daniel orando e suplicando diante do seu Deus. (Daniel 6:11)
   Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e ... (Zecarias 12:10)
   22 ... Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada. ...  (Mateus 15:22-28)
   ... 5 Todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte, e me importune muito. ... 7 E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? ... 
(Lucas 18:1-8)

c. Perseverança

Efé 6:18; 1Tim 2:1; Ler depois Luc 18:1-8 (acima)

   Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, (Efésios 6:18)
   Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; (1 Timóteo 2:1)

d. Intercessão

- O Senhor procura por intercessores Isa 59:16;

- Não interceder é pecado 1Sam 12:23;

- Jó intercedeu pelos seus "confortadores" Jó 42:8;

- Devemos interceder por todos 1Ti 2:1 (como a 1a. assembleia local definidamente fazia At 12:5 (por Pedro na prisão),

   E vendo que ninguém havia, maravilhou-se de que não houvesse um intercessor; por isso o seu próprio braço lhe trouxe a salvação, e a sua própria justiça o susteve. (Isaías 59:16)
   E quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o SENHOR, deixando de orar por vós; antes vos ensinarei o caminho bom e direito. (1 Samuel 12:23)
   ... ide ao meu servo Jó, e oferecei holocaustos por vós, e o meu servo Jó orará por vós; porque deveras a ele aceitarei, para que eu não vos trate conforme a vossa loucura ... (Jó 42:8)
   Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; (1 Timóteo 2:1)

- Mais especificamente, devemos interceder por:
  . Governantes, autoridades 1Ti 2:2;

  . Israel Sal 122:6;

  . não salvos Luc 23:34; Ato 7:60;

  . os novos convertidos 2Te 1:11;

  . todos os santos Efé 6:18; 1Ti 2:1 (acima); Tia 5:16;

  . desviados 1Jo 5:16 (note: vida FÍSICA e não espiritual; morte FÍSICA e não eterna; é por disciplina);

  . os obreiros cristãos Efé 6:19-20; 1Te 5:25;

  . nossos inimigos Mat 5:44
   Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; (1 Timóteo 2:2)
   Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam. (Salmos 122:6)
   ... Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem ... (Lucas 23:34)
   E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu. (Atos 7:60)
   ... rogamos sempre por vós, para que o nosso Deus vos faça dignos da sua vocação, e cumpra todo o desejo da sua bondade, e a obra da fé com poder; (2 Tessalonicens. 1:11)
   Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por TODOS  os santos, (Efésios 6:18)
   Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. (Tiago 5:16)
   Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. (1 Joãn 5:16)
   19 ¶ E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho, 20 Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar. (Efésios 6:19-20)
   Irmãos, orai por nós. (1 Tessalonicens. 5:25)
   Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; (Mateus 5:44)

4. [dez] Elementos na oração (MODELO de Mat 6)

(de acordo com o modelo dado em Luc 11:1; Mat 6:9-13):

a. Pessoal Filiação de Deus: "9 Pai nosso."
- "Pai": para orar, o homem, que por natureza é filho do Diabo (!!!... ler depois: Joã 8:44), já deve ter sido adotado e se tornado filho de Deus (Joã 1:12), portanto já deve ter recebido a mesma natureza dEle. (Ou deve estar arrependido e crendo e recebendo a Cristo). 
- "Nosso": indica a relação fraternal (de humilde igualdade e terno amor) entre todos os verdadeiros crentes. Enquanto a Bíblia em nenhuma parte apresente a paternidade universal de Deus, ela declara a fraternidade universal dos verdadeiros crentes.

   ...: Senhor, ensina-nos a orar, ... (Lucas 11:1)
   9 ¶ Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10 Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; 11 O pão nosso de cada dia nos dá hoje; 12 E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; 13 E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém. (Mateus 6:9-13)

   Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; (João 1:12)
b. Sincera, bíblica Fé: "que estás nos céus." Sem este elemento nossas orações são inúteis Heb 11:6.    Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. (Hebreus 11:6)
c. Adoração em Espírito e verdade: "Santificado seja Teu nome." Esta parte (adoração) da oração é extremamente importante (um grupo seleto de homens não fazia nada além de orar e louvar a Deus [ler depois: 1Cro 23:5; 25:1,7]. Quatro anjos dedicam-se exclusivamente a louvar a Deus Apo 4:8). Mas a adoração tem que ser em Espírito (no contexto, contrasta com coisas físicas e humanas) E em verdade Joã 4:23-24.    E os quatro animais tinham, cada um de per si, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir. (Apocalipse 4:8)
   23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. 24 Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. (João 4:23-24)
d. anelante Expectativa: "10 Venha o Teu reino", aquele literal e abençoado reino milenar de Apo 20:1-6; ler depois Isa 2:2-4 (espadas convertidas em enxadas, etc.); 25:8 (morte e lágrimas ausentes); 35:1,8,10; 65:20 (longevidade); 65:25 (lobo e cordeiro se apascentarão juntos, etc.);    1 ¶ ... um anjo, ... 2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. 3 E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pós selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. ... 4 ... e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. 5 Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos. (Apocalipse 20:1-6)
e. Doce, confiante Submissão: "Seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu." Jesus daria mais tarde o melhor exemplo deste elemento no Getsêmane Mat 26:39.    E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres. (Mateus 26:39)
f. Humilde Petição: "11 O pão nosso de cada dia nos dá hoje."
- Nosso orar deve ser como nosso comer - várias vezes por dia. 1Te 5:17; Sal 55:17; Ato 12:5; Ver "Horário de orar".
- Devemos orar, de forma específica, pelas nossas NECESSIDADES (Mat 14:17-19 = 5 pães, 2 peixes), necessidades do DIA Mat 6:34. 
   Orai sem cessar. (1 Tessalonicens. 5:17)
   De tarde e de manhã e ao meio dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz. (Salmos 55:17)
   Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. (Atos 12:5)
   Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. (Mateus 6:34)
g. Contrita Confissão: "12 E perdoa-nos as nossas dívidas." O sangue de Cristo nos perdoará todos os pecados, mas nenhuma desculpa. Somente o pecado confessado em sincero arrependimento [e, quanto ainda for possível, restaurado] (portanto totalmente odiado e abandonado) pode ser perdoado 1Jo 1:9; Pro 28:13.    Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. (1 Joãn 1:9)
   O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. (Provérbios 28:13)
h. Perdão aos ofensores: "assim como nós perdoamos aos nossos devedores." Mat 18:21-35 (70 x 7; parábola do credor incompassivo); 1Jo 4:20.    Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? (1 João 4:20)
i. Reconhecimento de fraqueza e dependência: "13 E não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal."
- "nos conduzas" é equivalência formal e é tradução melhor que "nos induzas", pois Deus conduziu Cristo para ser provado no deserto e Abraão para ser provado no Monte Moriá, nos conduz para sermos provados Tia 1:2-3, mas nunca nos incitou a pecarmos Tia 1:13.
- "nos deixe cair" é mera interpretação humana, temos que recusar como tradução, Deus não DISSE nada parecido.
- "tentação" é melhor entendido como "testar com o propósito de edificar e aprovar; prova; teste; ser posto em prova", e não como "tentar com o propósito de demolir e reprovar" Tia 1:13, acima. Deus nunca prometeu nos livrar das tentações - provações, só prometeu nos proteger dentro e através delas 1Cor 10:13.
   2 ¶ Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações; 3 Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência. (Tiago 1:2-3)
   Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. (Tiago 1:13)
   Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar. (1 Coríntios 10:13)
j. Reconhecimento: "Porque Teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre." 1Cro 29:10-19 antecipa a parte final da oração modelo de Jesus.)
   10 ¶ Por isso Davi louvou ao SENHOR na presença de toda a congregação; e disse Davi: Bendito és tu, SENHOR Deus de Israel, nosso pai, de eternidade em eternidade. 11 Tua é, SENHOR, a magnificência, e o poder, e a honra, e a vitória, e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu é, SENHOR, o reino, e tu te exaltaste por cabeça sobre todos. 12 E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e o dar força a tudo. ... (1 Crônicas 29:10-19)

5. Relação da Oração com a Providência de Deus

Cremos e afirmamos "Muitas vezes a oração move Deus a mudar as coisas" (Esd 8:23; Isa 62:6-7; Tia 4:2; 5:16-18; ler depois: Gên 18:23-32 [Abraão intercedendo por Sodoma e Gomorra]; Jonas 3:5-10 [Ninivitas por Nínive]; etc.).
Mas como isto se harmoniza com os soberanos plano e propósito eternos de Deus?!... (Nossa oração muda o pensamento de Deus? Se sim, não ficaria o plano de Deus dependente do homem?!...).

Respostas:
a. Deus sabia de antemão (preconhecimento cognitivo) o que cada homem faria quanto à oração, e soberanamente decidiu sobre isto na Sua preordenação, de modo que, quando o homem ora ou não ora, somente concretiza aquilo que Deus sabia que faria e, quando Deus atende ou não a oração, tudo no universo se desenvolve de acordo com Seu propósito e plano. Deus é soberano mas, na Sua soberania, escolheu fazer algumas coisas somente em resposta à oração. Por isso somos exortados a orar, e Deus é soberano ao nos responder. 

b. Erra quem pensa que o único efeito da oração é subjetiva influência reflexa sobre quem ora: a Bíblia, os fatos, nossa experiência ensinam o contrário pois (muitas vezes) a oração muda coisas objetivamente; ademais, oração só tem valor de conforto e alívio se quem ora sabe e crê que é real e objetivamente que Deus  ouve e responde orações.

c. Oração não age diretamente sobre as coisas, como se fosse uma força em si mesma, mas sim apenas move Deus (respeitados Sua soberania, Seus eternos plano e propósitos) a agir sobre a natureza.

   Nós, pois, jejuamos, e pedimos isto ao nosso Deus, e moveu-se pelas nossas orações. (Esdras 8:23)
   6 ¶ O Jerusalém, sobre os teus muros pus guardas, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; ó vós, os que fazeis lembrar ao SENHOR, não haja descanso em vós, 7 Nem deis a ele descanso, até que confirme, e até que ponha a Jerusalém por louvor na terra. (Isaías 62:6-7)
   2 ... combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis. 3 Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites ... (Tiago 4:2-10)
   16 Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. 17 Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. 18 E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. (Tiago 5:16-18)

6. Quem Ora e Deus Ouve?

Deus só prometeu e se obrigou ouvir a oração dos crentes (toda a Bíblia; ver Heb 11:6), estes são os seus filhos (só o crente é filho, ver Joã 1:12 e "Adoção e Filiação", em "Soteriologia"), ainda mais aqueles crentes andando em obediência e comunhão (ler depois: Joã 15:7,16; ver "Impedimentos à Oração"), mais ainda aquelas orações feitas em nome de Cristo (ler depois: Joã 14:13-14, abaixo) e de acordo com a soberana vontade do Pai (Luc 22:39-46, no Getsêmane). A única oração do perdido que Deus se obriga a ouvir e atender é a do pecador arrependido depositando sua fé em Cristo e rogando para ser salvo Luc 18:13 (o publicano); Luc 23:42 (o ladrão arrependido); Ato 10:2 (Cornélio).

   Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. (Hebreus 11:6)
   Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; (João 1:12)
   O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador! (Lucas 18:13)
   E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. (Lucas 23:42)
   Piedoso e temente a Deus, com toda a sua casa, o qual fazia muitas esmolas ao povo, e de contínuo orava a Deus. (Atos 10:2)

7. A quem orar?

Certamente a Bíblia ordena, e exemplifica, que:
Devemos orar ao Pai Mat 6:9 (acima); Joã 16:23; ler depois: Nee 4:9; Ato 12:5; 1Te 5:23;

   ... tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar. (João 16:23)
A Bíblia não ordena, mas também não proíbe e talvez exemplifique, que:
Talvez possamos
orar ao Filho Ato 7:59; ler depois: 1Co 1:2; 2Co 12:8-9; 2Ti 2:22;
(Mas quem garantiu que, no NT, "Senhor" não pode se referir ao Pai, e que sempre se refere ao Filho?)
   E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito. (Atos 7:59)
A Bíblia não ordena (mesmo não proibindo) nem exemplifica, portanto:
Não se deve orar a (ou se adorar) o Espírito Santo (apesar de oração ser adoração e do fato que o Espírito Santo, sendo Deus, também merece ser adorado). Tudo indica que o papel do Espírito na nossa oração é de orar EM nós (Rom 8:26; Judas 1:20) ao invés de receber nossas orações.
   E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. (Romanos 8:26)
   Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, (Judas 1:20)
O caminho provado é que oração deve ser (Rom 8:15-16, 8:26-27 [acima]):
- dirigida ao Pai ("Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que... Mat 6:9"),
- através do Espírito Santo ("... não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis." Rom 8:26),
- nos méritos (no nome) de Cristo Joã 14:13-14 (... Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.);15:16; 16:23. (Ver "Em Nome de Quem")
   15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. 16 O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. (Romanos 8:15-16)
      13 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. 14 Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. (João 14:13-14)

8. Em favor de quem / que orar?

a. Por nós mesmos. Oraram por si mesmo:
. o servo de Abraão (oração por direção) Gên 24:12;
. Pedro (oração por salvação física) Mat 14:30; e
. o ladrão moribundo (oração por salvação eterna) Luc 23:42.

   E disse: O SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, dá-me hoje bom encontro, e faze beneficência ao meu senhor Abraão! (Génesis 24:12)
   Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me! (Mateus 14:30)
   E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. (Lucas 23:42)
b. Pelos outros Tia 5:16; Rom 1:9.
   Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. ... (Tiago 5:16)
   ... incessantemente faço menção de vós, (Romanos 1:9)
c. Pelos pastores. Paulo pediu aos crentes da igreja de Éfeso e da igreja de Colosso para orarem por ele Efé 6:19-20; Col 4:3.
   19 ¶ E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho, 20 ... para que possa falar dele livremente, como me convém falar. (Efésios 6:19-20)
  
Orando também juntamente por nós, para que Deus nos abra a porta da palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual estou também preso; (Colossenses 4:3)
d. Pelo crentes doentes Tia 5:14-15.
(Note: Nunca esqueçamos a soberania de Deus, as doenças de Paulo, Timóteo, Epafrodito, etc., e a inevitabilidade do final por decadência e morte;
"Astheneô" = "estar sem forças", mais propriamente é sintoma e não a doença em si (noseô, etc.);
O contraste contente-doente sugere doença mais de estado de ânimo, ou de causa espiritual;
"Chame" fala de iniciativa do doente, com visita só dos anciões [da sua assembleia local], coletivamente (sem estrelismos), privadamente, ao leito de enfermidade, ao invés de trazer o doente ao "culto de curas" na igreja;
"Havendo-o ungido com azeite" vem primeiro e podia ser da Medicina;
Tudo se ajusta ao tipo de doença como disciplina por pecados, e.g. 1Co 5);

   14 Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, HAVENDO-O UNGIDO com azeite em nome do Senhor; 15 E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. (Tiago 5:14-15 Tradução literal)
e. Pelas autoridades sobre nós 1Tim 2:1-3.
Quão fácil é (e quão pecaminoso!) criticar nossos líderes, chefes, patrões, governantes, mas nunca nos lembramos de orar por eles!
   1 ¶ Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; 2 Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; ... (1 Timóteo 2:1-3)
f. Por nossos inimigos Mat 5:44; Ato 7:59-60.
   ... Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; (Mateus 5:44)
   ... 60 E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. ... (Atos 7:59-60)
g. Por Israel Sal 122:6; Isa 62:6-7.
   Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam. (Salmos 122:6)
   6 ... ó vós, os que fazeis lembrar ao SENHOR, não haja descanso em vós, 7 Nem deis a ele descanso, até que confirme, e até que ponha a Jerusalém por louvor na terra. (Isaías 62:6-7)
h. Por todos os homens 1Tim 2:1. 
   Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; (1 Timóteo 2:1)

9. Em Nome de Quem Orar?

No nome de Cristo Joã 14:13-14 "... Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei";15:16; 16:23;

Pedir em nome de Cristo de modo algum significa terminar toda oração [mesmo carnal e antibíblica] com o infalível "chavão mágico", a expressão "em nome de Cristo", e, assim, obrigar Deus a cumpri-la como se Ele fosse nosso escravo! (Isto é ridículo, sem exemplos na Bíblia, e tem perigoso cheiro do Romanismo, mantras hindus, palavras-fortes da Magia, etc.).
Antes, pedir em nome de Cristo significa pedir o que temos certeza de que é de acordo com Sua Palavra Escrita, e de que Cristo o pediria em nosso lugar, e endossará agora. Significa pedir convicto de que Deus pode perfeitamente fazer impossíveis, mas aceitando se Ele não quiser fazer as mais simples coisas.
Ninguém na Bíblia jamais orou terminando com este chavão mágico, ou ensinou a orar terminando com ele! Penso que ganharíamos em evitar este chavão mecânico e, quando solicitados, explicar por que o fazemos.

   Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda. (João 15:16)
   E naquele dia nada me perguntareis. Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar. (João 16:23)

10. Hora da oração

Devemos orar sempre Luc 18:1; Efé 6:18; Podemos e devemos orar em qualquer hora e ocasião: Deus está disponível, convidando e desejoso, a qualquer hora do dia e da noite, para receber e atender as orações dos Seus filhos em necessidade Heb 4:16.

   E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer, (Lucas 18:1)
   Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, (Efésios 6:18)
   Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. (Hebreus 4:16)
Mas também devemos orar em horários estabelecidos, segundo a Bíblia dá exemplosd:

   a. Cedo pela manhã Mar 1:35.
   E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava. (Marcos 1:35)
   b. Antes das refeições Mat 14:19 (5 pãezinhos + 2 peixinhos = 5000 alimentados!); ler depois: Ato 27:35. (naufrágio em Malta); 1Ti 4:4-5 (nenhuma comida é religiosamente impura, a oração a santifica).
   E, tendo mandado que a multidão se assentasse sobre a erva, tomou os cinco pães e os dois peixes, e, erguendo os olhos ao céu, os abençoou, e, partindo os pães, deu-os aos discípulos, e os discípulos à multidão. (Mateus 14:19)
   c. Ao meio dia Sal 55:17.
   De tarde e de manhã e ao meio dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz. (Salmos 55:17)$
   d. No meio para o fim da tarde Ato 3:1. (hora nona = 15 horas)
   E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona. (Atos 3:1)
   e. Quase ao anoitecer Sal 141:2.
   Suba a minha oração perante a tua face como incenso, e as minhas mãos levantadas sejam como o sacrifício da tarde. (Salmos 141:2)
   f. À meia noite Ato 16:25.
   E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. (Atos 16:25)
   g. 3 vezes por dia Dan 6:10;
   Daniel ...  três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer. (Daniel 6:10)
   h. Ocasiões especiais ou de necessidade Luc 6:12-13 (na escolha dos 12 apóstolos); ler depois: 22:39-46 (no Getsêmani); Joã 6:15 (grande pressão de seguidores carnais); Heb 4:16 (acima). 
12 ... subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus. 13 E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles ... (Lucas 6:12-13)
   40 E quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação. 41 E apartou-se deles cerca de um tiro de pedra; e, pondo-se de joelhos, orava, 42 Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua. 43 E apareceu-lhe um anjo do céu, que o fortalecia. 44 E, posto em agonia, orava mais intensamente. ... (Lucas 22:39-46)

11. Local da oração

   a. Em privado, secretamente, no recôndito do teu quarto, longe de perturbações e de admiração pelos outros Mat 6:6; ler depois Dan 6:10 (3 vezes/dia, no quarto); 

    Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. (Mateus 6:6)
   b. Em locais tranqüilos e solitários (mas cuidado com assaltos...): ermo ou deserto (Mar 1:35); topo de monte (Mat 14:23);
   E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava. (Marcos 1:35)
   E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só. (Mateus 14:23)
   c. Em comunhão com a igreja local, aqueles que têm nossa mesma mente,  Mat 18:19-20; ler depois: Ato 1:14; 12:5; 20:36;
   19 Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. 20 Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. (Mateus 18:19-20))
   d. Pode ser perante não salvos Ato 16:25; ler depois 27:35 (aos marinheiros, após o naufrágio em Malta);
   E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. (Atos 16:25)
   e. Em todo e qualquer local 1Ti 2:8.
   Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda. (1 Timóteo 2:8)

12. Posturas na oração

Nenhuma posição específica. O que conta não é a postura externa, pública, visível, do corpo, mas sim a atitude interna e secreta, invisível, do coração. Note as várias posições descritas na Bíblia (ajoelhado e de pé são mais encontradas):

   a. Ajoelhado 1Rei 8:54; Dan 6:10; Luc 22:41; Ato 20:36; Efé 3:14 (Salomão, Daniel, Jesus, Paulo, Paulo).

  ... estando de joelhos e com as mãos estendidas para os céus, se levantou de diante do altar do SENHOR. (1 Reis 8:54)
   ... três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer. (Daniel 6:10)
   ...
   Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, (Efésios 3:14)
   b. De pé Mar 11:25 (sugerido por Jesus); Luc 18:13; ler depois: Joã 17:1.
   E, quando estiverdes orando, perdoai, se .... (Marcos 11:25)
   O publicano, porém, estando em pé ... batia no peito, dizendo: O Deus, tem misericórdia de mim, pecador! (Lucas 18:13)
   c. Sentado 1Cro 17:16-27 (Davi); 1Re 18:42 (abaixo).
   16 ¶ Então entrou o rei Davi, e ficou perante o SENHOR; e disse: Quem sou eu, SENHOR Deus? ... 
   d. Com a cabeça inclinada Êxo 34:8 (Moisés).
   E Moisés apressou-se, e inclinou a cabeça à terra, adorou, (Êxodo 34:8)
   e. Deitado sobre a cama Sal 6:6 (Davi); 63:6.
   Já estou cansado do meu gemido, toda a noite faço nadar a minha cama; molho o meu leito com as minhas lágrimas, (Salmos 6:6)
   Quando me lembrar de ti na minha cama, e meditar em ti nas vigílias da noite. (Salmos 63:6)
   f. Prostrado Sal 28:2 (Davi).
Ouve a voz das minhas súplicas, quando a ti clamar, quando levantar as minhas mãos para o teu santo oráculo. (Salmos 28:2)
   g. Prostrado sobre o rosto Mat 26:39 (Jesus).
   E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres. (Mateus 26:39)
   h. Com o rosto entre os joelhos 1Rei 18:42 (Elias, acima).
   E Acabe subiu a comer e a beber; mas Elias subiu ao cume do Carmelo, e se inclinou por terra, e pós o seu rosto entre os seus joelhos. (1 Reis 18:42)
   i. Andando sobre a água Mat 14:30; (melhor dizendo, afundando na água).
   Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me! (Mateus 14:30)
   j. Pendurado no madeiro Luc 23:42.
   E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. (Lucas 23:42)

13. Decoro na oração

   a. Não aparência contristada ou desfigurada, antes banhada e perfumada, mesmo jejuando Mat 6:16-18. Nenhum fingimento nem exibição.

   b. Não repetições (as intermináveis novenas, terços e rezas decoradas, do paganismo e dos romanistas), não palavras multiplicadas, nem rebuscadas fórmulas para impressionar, etc. Mat 6:7-8.

   c. Ordem e decência 1Co 14:40 (isto se aplica à emulação das línguas e, sem dúvidas, também às orações públicas na igreja (ler depois: Ato 1:24-26 [escolha de Matias]; 4:24-31 [oração por livramento e ousadia nas perseguições]; 12:5 [por Pedro na prisão],12; 13:1-3 [escolha de Paulo e Barnabé]). Em particular, só fale ou ore 1 de cada vez, todos escutando atentamente, com santa naturalidade em reverente silêncio.

   16 ¶ E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. 17 Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto, 18 Para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. (Mateus 6:16-18)
   7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos .... (Mateus 6:7-8)
   Mas faça-se tudo decentemente e com ordem. (1 Coríntios 14:40)

14. Boas qualidades na oração

A oração deve ser feita com:

   a. Humildade Sal 10:17; ler depois: Luc 18:13-14 (o publicano).

   SENHOR, tu ouviste os desejos dos mansos; confortarás os seus corações; os teus ouvidos estarão abertos para eles; (Salmos 10:17)
   b. Coragem 1Jo 5:13-15.
   ... 14 ¶ E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. 15 E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos. (1 Joãn 5:13-15)
   c. Heb 11:6.
   Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. (Hebreus 11:6)
   d. Sinceridade Sal 145:18.
   Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. (Salmos 145:18)
   e. Simplicidade Mat 6:7.
   E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos (Mateus 6:7)
   f. Persistência Luc 18:7; Col 4:2.
   E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? (Lucas 18:7)
   Perseverai em oração, velando nela com ação de graças; (Colossenses 4:2)
   g. Precisão, especificidade Sal 27:4; Ato 12:5. Orações vagas, imprecisas, ou generalistas, do tipo "Senhor, salva todos os não salvos do mundo", ou "cura todos os doentes e conforta todos os solitários", ou "agradecemos por todas as dádivas, e pedimos por tudo de que realmente precisamos", etc., não são encontradas na Bíblia, nem na vida dos grandes homens de oração, e simplesmente não dão base para a ação divina.
   Uma coisa pedi ao SENHOR, e a buscarei: que possa morar na casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do SENHOR, e inquirir no seu templo. (Salmos 27:4)
   Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. (Atos 12:5)
   h. Alinhamento com as Escrituras 1Jo 5:14. Orações devem ser fundamentadas e seguras na Palavra de Deus, se é que estamos querendo a Sua vontade para as nossas vidas.
   E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. (1 Joãn 5:14)


A condição que engloba todas as outras, para resposta de oração, é: "Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito." (João 15:7). "Estar em Cristo" ou ""permanecer em Cristo" implica:

   a. Estar sem nenhum pecado conhecido e não confessado + abandonado Sal 66:18; Pro 28:9; ler depois: Isa 59:1;
   Se eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá; (Salmos 66:18)
   O que desvia os seus ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração será abominável. (Provérbios 28:9)
   b. Não egoísmo em nossos pedidos Tia 4:2-3;
   .... 3 Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. (Tiago 4:2-3)
   c. Perdão aos que nos fizeram mal Mat 6:12; Mar 11:25;
   E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; (Mateus 6:12)
   E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas. (Marcos 11:25)
   d. Pedir em nome de Cristo Joã 14:13-14 (i.é pedir o que temos certeza de que é de acordo com Sua Palavra Escrita, e de que Cristo o pediria em nosso lugar, e endossará agora. Pedir convicto de que Deus pode perfeitamente fazer impossíveis, mas aceitando se Ele não quiser fazer as mais simples coisas).
   13 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. 14 Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. (João 14:13-14)
   e. Orar no Espírito Efé 6:18; ler depois: Judas 1:20
   Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, (Efésios 6:18)
   f. Pedir em fé Mat 21:22; Tia 1:6-7;
   E, tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis. (Mateus 21:22)
   6 Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. 7 Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. (Tiago 1:6-7)$
   g. Determinação e perseverança nas nossas súplicas Luc 18:1-8 (o juiz iníquo); Col 4:12; Tia 5:16.
   ... Epafras, ... combatendo sempre por vós em orações, para que vos conserveis firmes, perfeitos e consumados em toda a vontade de Deus. (Colossenses 4:12)
   ... e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. (Tiago 5:16)

15. Impedimentos à oração

   a. Pecado não reconhecido Sal 66:18.

   Se eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá; (Salmos 66:18)
   b. Insinceridade Mat 6:5.
   E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. (Mateus 6:5)
   c. Motivos carnais Tia 4:3.
   Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. (Tiago 4:3)
   d. Descrença Tia 1:5-6.
   ... 6 Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. (Tiago 1:5-6)
   e. Atividade satânica Dan 10:10-13. Em certas ocasiões, o Deus supremo, por um pequeno período de tempo, permitiu interferência satânica bloquear a linha de oração do crente. Isto acontece com o propósito de testar e purificar Seu filho, como no livro de Jó e no capítulo 10 de Daniel.
   ... 12 Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras. 13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia. (Daniel 10:10-13)
   f. Desentendimentos com a família 1Pe 3:7.
   Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações. (1 Petro 3:7)
  g. Orgulho Luc 18:10-14 (o fariseu e o publicano).
   ... 14 Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado. (Lucas 18:10-14)
  h. Estar roubando Deus Mal 3:8-10.
   8 Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. 9 Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação. 10 Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. (Malaquias 3:8-10)
   i. Estar recusando ajudar ao necessitado; ler depois: Pro 21:3; 1Jo 3:16-17.
    16 Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos. 17 Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus? (1 Joãn 3:16-17)
   j. Estar recusando se submeter aos ensinamentos bíblicos Pro 1:24-28; 28:9; ler depois: Zac 7:11-14.
   ... 28 Então clamarão a mim, mas eu não responderei; de madrugada me buscarão, porém não me acharão. (Provérbios 1:24-28)
   O que desvia os seus ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração será abominável. (Provérbios 28:9)
   k. Estar recusando perdoar ou ser perdoado Mat 5:23-24; 6:12,14.
 
   24 Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta. (Mateus 5:23-24)
   E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; (Mateus 6:12)
   Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também    vosso Pai celestial vos perdoará a vós; (Mateus 6:14)

16. Pedir ou Ordenar?

Jamais a criatura pode ordenar ao seu Criador, o servo ao seu Senhor, o salvo ao que derramou Seu sangue para lhe salvar. Para todos os fins práticos isto equivaleria a uma blasfêmia. Peçamos com coragem e fé, com doce intimidade se estivermos em perfeita comunhão, mas peçamos submissamente, como Cristo, que nunca ordenou ao Pai, mas sempre exemplificou e nos ensinou a pedir Mat 6:10; Mar 14:36.

   Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; (Mateus 6:10)
   E disse: Aba, Pai, todas as coisas te são possíveis; afasta de mim este cálice; não seja, porém, o que eu quero, mas o que tu queres. (Marcos 14:36)

17. Há Crentes com Dom de Oração Forte?

que, se decidirem orar, infalível e literalmente transportarão o montanha do Himalaia para Brasil e a ilha da Groelândia para o Pacífico, secarão figueiras, abrirão o rio Amazonas, etc.?

(Que pergunta insensata, esquece que o orador e a oração, em si, não têm absolutamente poder nenhum, nem 1 só átomo dele. Nem mesmo nenhum mérito, nem 1 só átomo dele).

A resposta é um redondo "NÃO, não há crente com dom de oração forte". Ver:
http://solascriptura-tt.org/Seitas/Pentecostalismo/So83ApostEDiscTiveramDonsSinais.htm - "Só os 83 Apóstolos e Discípulos Tiveram os Dons de Sinais", e
http://solascriptura-tt.org/Seitas/Pentecostalismo/RespostasAsPerguntasDeUmCarismatico-Helio.htm  - "Respostas às Perguntas de um Carismático".

Note que orar em fé perfeita é orar crendo plenamente que Deus PODE perfeitamente fazer muito mais do que pedimos ou esperamos ou podemos imaginar, mas aceitando que Ele não tem que o fazer e só o fará se for da Sua soberana vontade, e infinitos sabedoria e amor, de acordo com Seus eternos e perfeitos propósito e plano.

organizado por Hélio de Menezes Silva, 2002.


Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus. Para começar a ter uma idéia da gravidade de muitas das MILHARES de deturpações de todas as modernas "Bíblias" alexandrinas (baseadas no Texto dos incessantes Críticos), em relação às Bíblias do TR, leia, por EXEMPLO, http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/AAlmeidaAtualizadaExposta-Helio.htm
http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ExpondoErrosNVI-Jun2000-Emidio.htm



(retorne a http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/ 00-Soteriologia-Curso-Helio-index.htm
retorne a http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/
retorne a http://solascriptura-tt.org/)