Versos sobre o pecado para a morte física e para dispensações outras que a da igreja não afetam a imperdibilidade, certeza, firmeza, garantia, inabalabilidade, preservação, seguridade da salvação, uma vez salvo sempre salvo, salvação não pode ser perdida, é imperdível, gregoíte.

h. Estas passagens referem-se a o pecado para a morte [física !]:

Atos 5:1-11; Rom 6:16; 8:13; 1Co 5:5; 11:30; Heb 6:4-20 (abaixo); Heb10:26 (abaixo); Tia 1:13-15; 5:19-20; 1Jo 5:16.

[essas passagens em nada afetam a Imperdibilidade da Salvação, garantida por Deus]

O pecado para a morte é um pecado que somente um crente pode cometer. Põe em risco não a sua alma eterna, mas o seu servir na terra. Este pecado é cometido quando o crente permite que sua vida se torne tão carnal e improdutiva que Deus simplesmente o chama para o lar celestial cedo, através da morte física. Este pecado (ou talvez pecados) pode variar entre cristãos:

a. Ananias e Safira cometeram este pecado. Atos 5:1-11;
b. Alguns dos crentes corintianos o cometeram. 1Co 11:30;
c. O homem em 1Co 5 estava prestes a cometê-lo. [Ler depois:] versos 1-5;
d. Himeneu e Alexandre estavam prestes a cometê-lo. 1Ti 1:20;
e. Alguns, para quem o livro de Hebreus foi endereçado, estavam prestes a cometê-lo. Heb 5:1-6:8 [NOTA abaixo]; 10:26 [NOTA abaixo].

   ... 3 Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade? 4 Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus. 5 E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou ... 9 Então Pedro lhe disse: Por que é que entre vós vos concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti. 10 E logo caiu aos seus pés, e expirou ... (Atos 5:1-11)

   Não sabeis vós que
a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça? (Romanos 6:16)

   Porque,
se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. (Romanos 8:13)

  
Seja entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no dia do Senhor Jesus. (1 Coríntios 5:5)

  
Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem. (1 Coríntios 11:30)
(Tomar a ceia do Senhor com ATITUDES E MANEIRAS reprováveis)

   13 Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. 14 Mas
cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. 15 Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a MORTE. (Tiago 1:13-15)

   19 Irmãos, se algum dentre vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter, 20 Saiba que
aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador, salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados. (Tiago 5:19-20)

  
Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte.

Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. (1 João 5:16)

   E
entre esses foram Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar. (1 Timóteo 1:20)

NOTA DE HÉLIO, sobre Heb 6:4-6; 10:26-31:

- Todos papistas e arminianos (denominações Metodista, Anglicana, Episcopal, as Pentecostais - Carismáticas - Neopentecostais [tais como Assembleia de Deus, Congregação Cristã do Brasil, Brasil para Cristo, I. Universal do Reino de Deus, I. Internacional da Graça de Deus, I. de Deus, I. de Cristo, etc.] e Adventistas do Sétimo Dia, T. Jeová, Mórmons, etc.), ensinam:
"[Houve um tempo em que] O homem referido nestas passagens foi genuinamente salvo, mas todo salvo [de hoje e de sempre] tem que perseverar até o fim ou cairá da graça e perderá sua salvação."

ERRAM terrivelmente, pois:

. contrariam tudo que já provamos, pela Bíblia, na página web http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/22-ImperdibSalvac-PROVAS-Helio.htm
. está escrito
"6:4 ... é impossível que ... 6 ... sejam outra vez renovados para arrependimento ...", e isto inescapavelmente implica que não há re-arrependimento, nem há re-salvação. (não há possibilidade de se arrepender e confessar e ser salvo!) (Este gravíssimo fato de Heb 6:4-6 é totalmente evitado por praticamente todos os arminianos, imagine a razão ...).


- Scofield parece brilhante (ao mudar "
provaram" para algo que pode ser resumido mais ou menos assim "puseram na boca, sentiram o gosto, mas nunca engoliram, finalmente cuspiram fora o que nunca tinha realmente sido parte deles"; ao ligar estas passagens com Heb 3, 4 e interpretar que o homem de que trata 6:4-6 e 10:26-31 é como os espias de Kades-Barnea [Núm 13,14],  os quais viram e andaram na terra prometida, tomaram as uvas nas mãos, mas retrocederam quando estavam no limiar da salvação).

Mas Scofield ERRA:

. A gregoíte em fazer "provaram" significar apenas que puseram nos lábios e depois cuspiram fora, é loucura dentro do seu contexto e ante o uso da mesma palavra em João 8:52.
. Nenhum dos espias das terras de Canaã provou o dom celestial, nem se tornou participante do Espírito Santo, nem provou as virtudes do século futuro (que é o Milênio, não a dispensação da igreja), nem de novo crucificou o Filho de Deus e o expôs ao vitupério, nem foi queimado por não ter entrado na terra (nem mesmo Moisés entrou)!
. É loucura pensar de judeus perdidos como se fossem participantes do Espírito Santo, provando os dons celestiais, provando a boa obra do Senhor e os poderes do século futuro (que é o Milênio, não a dispensação da igreja).


- De Haan parece brilhante (ao se prender ao v. 8
"...espinhos ... abrolhos ... queimada" e decidir que somente coisas [não pessoas] é que serão queimadas, a exemplo de 1Co 3:12-15 "... madeira ... feno ... palha ...o fogo provará ...").
Mas De Haan ERRA, pois Mal 4:1-4; 2Sa 23:6-7 (entre outros exemplos) mostram que homens serão queimados no fogo.

- Oliver Greene e Freerkson (este é do Liberty Baptist College, de Jerry Falwell) parecem brilhantes (ao ensinarem que a passagem é hipotética, que os "se" das passagens não podem ocorrer mas, SE ocorressem (i.é, SE um crente [da atual dispensação] pudesse perder sua salvação, o que foi sobejamente provado que não pode), então seria impossível ele ser salvo de novo, portanto "toda a passagem foi escrita para que o leitor possa conhecer a seguridade que possui, de modo a ganhar segurança").

Mas ERRAM, pois é dito "
se pecarmos voluntariamente ...", nunca foi dito "se fosse possível pecarmos voluntariamente ..." (10:26); é dito "e recaíram", nunca foi dito "se fosse possível que recaíssem" (6:6); é dito "aquele que pisar o Filho de Deus", nunca foi dito "se fosse possível que alguém pisasse o Filho de Deus..." (10:29). Portanto, Heb 6:4-6 não trata de algo que jamais poderia acontecer, mas sim de algo que podia realmente acontecer.

- W. Robertson Nicoll (seu "Expositor's Greek Testament" edita James Moffatt, Newport White, W.E. Oesterley, Marcus Dods, James Denney, R.J. Knowling, G.G. Findlay, Alexander Bruce, J.H. A. Hart, J.B. Mayor, David Smith, R.H. Strachan) parece brilhante (ao ensinar que "o dom celestial" é o perdão ou o Espírito Santo [alguns eruditos reduzem o dom somente à iluminação do Espírito Santo], não é exatamente a salvação; que a passagem trata de um judeu genuinamente convertido a Cristo mas que retrocedeu e renegou tudo e voltou a amaldiçoar Cristo na sinagoga, assim perdendo tudo e jamais podendo se re-arrepender e re-salvar).
Mas Nicoll ERRA, pois:
. Desenfatiza (ou mesmo suprime) que a pessoa em foco recebeu não só iluminação, mas também recebeu o dom celestial, se tornou participante do Espírito Santo, provou a boa palavra de Deus e a virtude do século futuro;
. Deixa no ar [insinua] que um salvo da presente dispensação (pelo menos se é um JUDEU convertido a Cristo) pode perder a salvação, e isto contraria tudo que já provamos, pela Bíblia, na página web http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/22-ImperdibSalvac-PROVAS-Helio.htm

- Pink parece brilhante em seu ataque de gregoíte ([NOTA DE HÉLIO] ao alterar "
participantes" para "acompanhantes"; [2] ao alterar "provaram" para algo que pode ser resumido mais ou menos assim "puseram na boca, sentiram o gosto, mas nunca engoliram, finalmente cuspiram fora o que nunca tinha realmente sido parte deles"; e [3] ao ensinar que esta passagem não se refere a verdadeiros crentes [padrão neeotestmentário]).
Mas ERRA pois:
[1] Isto é contra o uso comum do grego, é contra todos os usos da palavra no NT (cheque 3353 metochos em 1Co 9:10; 9:12; 10:17,21,30; Heb 2:14 (ele participou); 3:1,14; 6:4; 12:8,10; etc.), é contra o contexto, é contra todas as Bíblias da Reforma, ... é contra tudo! Tudo foi feito por Pink somente para degradar "participação interna" de modo a tornar-se apenas "participação externa".
[2] Isto não é encontrado em parte alguma das Escrituras, e faria Cristo não realmente ter morrido (Heb 2:9), e o verdadeiro salvo não realmente ficar isento da morte [eterna] (João 8:52, acima) nem realmente ter Cristo (1Pe 2:2-3)!
[3] É impossível participar do Espírito Santo mas ainda estar perdido!

- Conclusão, à luz do contexto local (e de toda a Bíblia):
(1) Nenhuma interpretação pode deixar de enfatizar a ressalva para os verdadeiros crentes da presente dispensação da igreja, poucos versos depois: "
9 Mas de VÓS, ó amados, esperamos coisas melhores, e coisas que acompanham a salvação ... 18 Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta; 19 A qual temos como âncora da alma, segura e firme ... (Hebreus 6:9,18-19).
(2) À luz de tudo que já provamos, pela Bíblia, na página web "Provas da Imperdibilidade da Salvação"; e à luz do contexto local (e de toda a Bíblia):
. Nada afeta o verdadeiro salvo, na dispensação das igrejas, quanto à segurança da salvação. E
. Heb 6:4-6 se refere e aplica, de forma literal e direta de entender, aos ISRAELITAS (e gentios) que, maravilhados, ainda em corpo terrestres, conviveram, aprenderam e foram ministrados:
.. por Cristo e seus apóstolos (anos 30 a 72, ano da Diáspora sob o general Tito?), mas seguiram o exemplo de Judas Iscariotes e dos milagreiros de Mat 7:21-27;
.. pelas 2 testemunhas e 144.000 judeus virgens (na Tribulação), mas pediram para pôr a marca do Anticristo;
.. pelos salvos com corpos já glorificados (no Milênio), mas terminaram se alinhando com o Diabo na revolta final contra Deus.
Note que todas as pessoas desses 3 grupos realmente provaram (comeram, engoliram) do dom celestial e das virtudes do século futuro (que é o Milênio, não a dispensação da igreja), alegaram conversão, se tornaram participantes do Espírito Santo, mas não ajuntaram obediência e perseverança à fé clamada. Note também que nenhum dos casos ocorre durante a presente dispensação das igrejas locais. Na dispensação das igrejas locais a salvação é só pela fé, sem obras, é preservada por Deus, nada podemos fazer que a faça ser perdida; nas demais dispensações, particularmente na da Lei e na 70a Semana de Daniel, as coisas podem ser muito diferentes.

- Ainda não pudemos aceitar certas coisas de Ruckman, mas seria interessante o leitor examinar um artigo de onde aproveitamos muitas idéias:
http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/Heb6-1-6-CanYouLoseSalvation-Ruckman.htm 
ˆ

   4 Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo. 5 E provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro, 6 E recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério. 7 Porque a terra que embebe a chuva, que muitas vezes cai sobre ela, e produz erva proveitosa para aqueles por quem é lavrada, recebe a bênção de Deus; 8 Mas a que produz espinhos e abrolhos, é reprovada, e perto está da maldição; o seu fim é ser queimada.  (Hebreus 6:4-8)

   26 Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, 27 Mas uma certa expectação horrível de juízo, e ardor de fogo ... 29 De quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue da aliança com que foi santificado, e fizer agravo ao Espírito da graça? ... (Hebreus 10:26-31)

   ..: Se alguém guardar a minha palavra, nunca provará a morte. (João 8:51-52)

   1 Porque eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como a palha; e o dia que está para vir os abrasará ... (Malaquias 4:1-4)

   6 Porém os filhos de Belial todos serão como os espinhos que se lançam fora, porque não podem ser tocados com a mão. 7 Mas qualquer que os tocar se armará de ferro e da haste de uma lança; e a fogo serão totalmente queimados no mesmo lugar. (2 Samuel 23:6-7)

   Vemos, porém, coroado de glória e de honra aquele Jesus que fora feito um pouco menor do que os anjos, por causa da paixão da morte, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todos. (Hebreus 2:9)

   2 Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo; 3 Se é que já provastes que o Senhor é benigno; (1 Pedro 2:2-3)

   21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. 22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? 23 E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade. 24 Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; 25 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. 26 E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; 27 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda. (Mateus 7:21-27)

[Note que a parábola se refere especificamente ao "reino dos céus", portanto não tem necessariamente que afetar a imperdibilidade da salvação na presente dispensação da igreja.Ver nota sobre Reino de Deus e sobre Reino dos Céus, em "Assuntos Específicos".]

NOTA DE HÉLIO, sobre "GREGOÍTE":  gregoíte é a doença de constantemente apelar para algum léxico grego para então escolher um novo e diferente entre os muitos sentidos de uma palavra e, clamando superioridade intelectual e recebendo grande admiração, usá-lo para provar qualquer coisa que lhe agrade, melhor ainda se destoar completamente do contexto e do que as traduções da Reforma dizem claramente. O truque é facílimo, deslumbra quase todo mundo, mas:
- Imita o romanismo ao dividir-nos em castas clero domina leigos, onde nós a gentalha temos que depender e curvarmo-nos deslumbrados, submissos como cachorrinhos lambendo as botas do dono, jamais ousando pensar em questionar a altíssima e inquestionável sabedoria dos eruditões do grego que estiverem em moda, que faríamos sem eles? 
- Todos os eruditões que estão na moda estão sempre criticando e corrigindo qualquer Bíblia, portanto eles é que se tornam o padrão, os decididores de tudo (mas nunca definitivamente, sempre relativamente, sempre sem total unanimidade entre eles, sempre nos plantando sutis dúvidas);
- Todo este incessante joguinho intelectualóide de modificar a Bíblia é perigosíssimo (Apo 22:18-19). Melhor obedecermos a 2Pe 1:20 "... nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação" e a Isa 8:20 "Å lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles". Melhor termos um padrão absoluto nas Bíblias da Reforma: Reina Valera 1569, King James 1611, Almeida 1681 (representada pela Almeida Corrigida Fiel), Diodati 1641, etc. FIM DE NOTA.




Extraído do excelente livro Guide to the Bible, de H.L. Willmington. Traduzido por Valdenira Nunes de M. Silva, para seu esposo Hélio ensinar na sua igreja. Temos certeza de que o autor não fará objeção à tradução (sem fins lucrativos e para grande benefício de crentes que só lêem português) desta pequena parte do seu monumental livro, mas não conseguimos seu endereço. Rogamos a quem o saiba que no-lo envie, para que possamos contatar o autor.


Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB), autêntica herdeira da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753) e traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma) como o Textus Receptus. Para começar a ter uma idéia da gravidade de muitas das MILHARES de deturpações de todas as modernas "Bíblias" alexandrinas (baseadas no Texto dos incessantes Críticos), em relação às Bíblias do TR, leia, por EXEMPLO, http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/AAlmeidaAtualizadaExposta-Helio.htm
http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ExpondoErrosNVI-Jun2000-Emidio.htm





(retorne a http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/ 00-Soteriologia-Curso-Helio-index.htm
retorne a http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/
retorne a http://solascriptura-tt.org/)