Odeia Deus [Todos] os Pecadores e não Apenas o Pecado?






RESPOSTA:

1) Sim, há ALGUNS Pecadores a Quem Deus ODEIA

Sim, há pelo menos ALGUNS pecadores (até mesmo debaixo do manto de aparente piedade cristã) que, aos olhos de Deus, chegaram a um ponto tão profundo e irreversível de algum tipo de pecado, tendo algum tipo de rebeldia (secreta ou aberta) tão extremamente e blasfemamente contra Deus e Sua Palavra (Viva ou Escrita, o Cristo ou a Bíblia), que Ele odeia tais pecadores individuais e não apenas seus pecados (mas só Deus decide e sabe qual é este ponto e quais são estes homens, minha ordem é pregar a todo homem até sua última respiração (ou minha): Eu acho que fui pior que todos eles, mas Deus me amou, chamou, convenceu, chamou, preserva.):

"Os loucos não pararão à tua vista; odeias a todos os que praticam a maldade." (Sl 5:5 ACF)

"O SENHOR prova o justo; porém
ao ímpio e ao que ama a violência odeia a sua alma." (Sl 11:5 ACF)

 "E não andeis nos costumes das nações que eu expulso de diante de vós, porque fizeram todas estas coisas; portanto
fui enfadado deles." (Lv 20:23 ACF)

 "
16  Estas seis coisas o SENHOR odeia, e a sétima a sua alma abomina: 17  Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, 18  O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal, 19  A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos." (Pv 6:16-19 ACF)

"Toda a sua malícia se acha em Gilgal, porque
ali os odiei; por causa da maldade das suas obras lançá-los-ei para fora de minha casa. Não os amarei mais; todos os seus príncipes são rebeldes." (Os 9:15 ACF)

"
19 ¶  Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. 20  Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se veem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; 21  Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. 22  Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. 23  E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. 24  Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; 25  Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. 26  Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. 27  E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. 28  E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; 29  Estando cheios de toda a iniquidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; 30  Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães; 31  Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia; 32  Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem. 2:1 ¶  PORTANTO, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo." (Rm 1:19-2:1 ACF)


2) Não, não é verdade que Deus, desde a eternidade passada, odeia a TODOS os pecadores.

Não, não é verdade que "Deus, desde a eternidade passada, odeia a TODOS os pecadores e somente ama aqueles que escolheu, que elegeu para serem salvos." (acho que é mais ou menos isso que defendem alguns que considero neo-calvinistas, tais como Paul Washer em https://www.youtube.com/watch?v=GwGW0ehinY8 e Mark Discroll em https://www.youtube.com/watch?v=KGRKSJq2blE&hd=1


Basicamente, concordo com o que Pr. Steve Montgomery escreveu, http://solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/MorreuJesusPorTodos-SMontgomery.htm:

DEUS AMA TODOS OS HOMENS?


Incrível que pareça, há alguns que pregam abertamente que Deus não ama sua própria criação.  Jesus disse em João 3:16, "
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" mas muitos calvinistas dizem que este amor é limitado somente aos eleitos. Eu  ouvi pessoalmente um pastor dizer numa conferência dos "Batistas de Graça Soberana" que "Deus não ama todos os homens mas odeia alguns."  Pregou que Deus, "não odeia só o pecado mas odeia o pecador também," e muitos dos ouvintes disseram, "Amem!"  Muitos creem assim mas não falam das suas convicções por falta de coragem. Aceitam uma teologia em que um dos pontos principais é a expiação limitada.  Eles argumentam pela lógica assim,  "Como pode Deus amar os ímpios que estão debaixo da sua ira?" Vamos examinar este assunto agora.
 
Sem dúvida nenhuma Deus é soberano. É o Senhor dos Exércitos. Ele faz o que quer e ninguém tem direito de se opor. Ele é onisciente, onipresente, sempiterno e onipotente mas o maior atributo ou característico de Deus é o seu amor. Em I João 4:8 lemos, "
Aquele que não ama não conhece a Deus; porque DEUS É AMOR."
 
Quando o pecador é salvo, ele nasce do Espírito Santo de Deus. Ele nasce de novo. É regenerado e se torna
"participante da natureza divina," 2 Pe 1:4.  O crente verdadeiro mostra o amor de Deus aos outros. Jesus disse que o crente é reconhecido pelo amor que mostra aos outros. "Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros," João 13:35.
 
Há vários tipos de amor, dependendo do relacionamento. Deus tem um amor especial para os seus filhos. Eu amo minha família mais do que os outros, mas amo os outros também.  Amo meus amigos mais do que meus inimigos, mas amo estes também.  Há muitas passagens na Bíblia que ensinam que devemos amar uns aos outros. O amor é a prova de um crente verdadeiro. Paulo disse em
Efe 2:4: "Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou..."  Ro 13:8 "A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei."  Ga. 5:13 "Mas serví-vos uns aos outros pelo amor." 2Co 13:11 "E o Deus de amor e de paz será convosco." Deus ama seu povo. João é chamado o Apóstolo de amor e escreveu estas passagens: 1Jo 4:7 "Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus."  IJo 4:9 "Nisso se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos." 1Jo 4:16 "E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele." 1Jo 4:20 "Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso.  Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?"
 
Estas passagens mostram o amor de Deus para seus filhos, mas será que Deus não ama mais ninguém? Será que Ele somente ama os que são seus filhos? Vamos lembrar o fato que o crente tem a natureza divina porque é uma nova criatura e o amor de Deus está derramado no seu coração.  
 
Se o Pai celestial é amor, seus filhos devem estar cheios de amor também.  Afinal, eles receberam sua natureza divina e a maior elemento desta natureza é amor.  Em 2Pe 1:7, somos admoestados a acrescentar à fé várias virtudes que incluem não só a "caridade," [agape em Grego] mas também o amor fraternal. O crente tem amor especial para o outro irmão em Cristo!
 
Mas será que Jesus ensinou seus discípulos que Deus só ama os eleitos? Devemos amar somente aqueles que nos amam? Os crentes devem amar só os eleitos?  Jesus disse em Mateus 5:43-46:
"Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. Pois se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?"  Ora, se eu devo amar os meus inimigos e perseguidores, é porque sou filho de Deus agora e devo demonstrar esta característica da natureza divina. Amamos os inimigos porque somos filhos de Deus! Deus ama os seus inimigos também, até aqueles que Ele sabe que nunca vão aceitá-lo.  Deus ama os não eleitos porque Deus é amor.
 
Paulo disse que Cristo
"estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores." Ro 5:6-8.  Não devemos crer que Deus só ama os que O amam! A propiciação foi feita pelos pecados dos filhos de Deus, mas também para todos os homens.
 
1 João 2:2 "E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo."






Também concordo basicamente com o que Mário Persona escreveu, http://www.respondi.com.br/2013/01/deus-nao-ama-pecadores.html

Deus não ama pecadores?

Você escreveu que Deus não ama pecadores porque pecadores têm pecado! Se Deus não ama pecadores, quem Ele ama afinal? Como Deus poderia ter amado o mundo? Teria Ele amado as plantas e os bichos e deixado de lado a humanidade por ser pecadora? Pelo jeito você não faz ideia do que seja o amor divino, o amor que ama o próprio inimigo; o amor que intercede pelos algozes.

Luc 23:34 E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.

Seu longo e elaborado raciocínio cheira a enxofre; é bem no estilo dos fariseus que tinham repugnância pelos pecadores por se acharem justos e corretos em todo o seu andar. Se Deus não ama pecadores como poderá amar você? Sim, pois se você confessa ter sido salvo por Cristo isto não significa que tenha deixado de ser pecador. Se acha que já não é mais pecador então é melhor ler isto: http://www.respondi.com.br/2010/05/continuamos-pecadores-depois-de-salvos.html

Existe em você ainda a velha natureza cuja especialidade é pecar. E não venha me dizer que você não peca, porque esta já seria uma grande mentira, um grande pecado. E se você ainda é um pecador, como então poderá (segundo seus raciocínios) desfrutar do amor de Deus? Ou será que Deus ama você só quando está dormindo e não corre o risco de dizer uma palavra torpe, agredir alguém ou ter desejos impuros? Aí você estaria com um problema, pois nem com você dormindo Deus poderia amá-lo. Já teve sonhos eróticos?

1Jo 1:8 Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.

1Rs_8:46  Quando pecarem contra ti (pois não há homem que não PEQUE)


Uma boa figura da condição de um servo de Deus é o que acontece com Moisés em seu encontro com Deus. Deus tinha dado a Moisés poder para fazer três sinais na presença de Faraó, para convencer o soberano egípcio. Um era transformar a vara em serpente, outro enfiar a mão no peito por debaixo das vestes e ela sair leprosa, outro transformar a água do Nilo em sangue.

O sinal da mão leprosa Moisés não fez na presença de Faraó, talvez porque aquele sinal fosse muito mais para dar uma lição em Moisés do que em Faraó. Deus estava lhe ensinando que, apesar de todos os privilégios que estava recebendo, ele continuava pecador. O pecado (simbolizado pela lepra) continuava ali em seu peito, latente e pronto para se manifestar. Somos bem assim: não queremos que os outros saibam o que realmente existe em nosso coração.

Êxo 4:6 E disse-lhe mais o SENHOR: Mete agora a mão no peito. E, tirando-a, eis que sua mão estava leprosa, branca como a neve.

Você talvez estranhe esta minha reação tempestiva, mas ela é perfeitamente cabível diante de tamanha heresia. Eu jamais responderia assim a uma prostituta, um ladrão ou qualquer pessoa que o Senhor certamente trataria bem e receberia em Seus braços. Ele ama pecadores. Mas suas ideias merecem a mesma reação que Jesus tinha quando diante de fariseus que justificavam a si mesmos e se achavam melhores do que as pessoas comuns.

Luc 18:9 E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:

Mat_9:13 Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.

Mat_23:28-29 Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniquidade. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos,

Imagine um Deus que pede que amemos nossos inimigos sem que Ele próprio possa amar os pecadores inimigos dEle?! Seríamos então mais capazes do que Deus? Isso é como o espiritismo que ensina os homens devem perdoar uns aos outros, mas nega que Deus possa perdoar o pecador - para isso Kardec manda seus seguidores reencarnarem. Na concepção espírita Deus é menos capaz que um bom espírita que pode perdoar seus ofensores. Deus não.

Aliás, em seu perfil no Facebook você se diz cristão e lá está cheio de mensagens suas defendendo a "fé reformada". Porém, em meio a elas você postou um pensamento assinado por "André Luiz" (suposto espírito que falava com Chico Xavier) com um link para "Espiritismo Consolador". Agora posso entender a salada que deve estar sua mente, uma mistura de protestantismo com a justiça própria que o espiritismo prega.

Mat_5:44 Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;

Voltando ao pedido de Deus para amarmos nossos inimigos, como podemos amar nossos inimigos se não for com o mesmo amor de Deus, já que não existe em nós tal poder ou qualidade?!
1Jo 4:19 Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro.

1Jo 4:12 Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor.

1Jo 4:16 E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.


Pelo jeito você ainda não entendeu a "dispensação da graça de Deus". A declaração de Deus é sim genérica e abrangente: DEUS AMA PECADORES. Caso contrário a quem Ele amaria se, ao olhar para a criação arruinada, não visse ninguém senão pecadores? Como Ele daria o Seu Filho para morrer por pecadores se não os amasse? Como Ele teria feito provisão para salvar o mundo todo (apesar de sabermos que nem todos serão salvos) se não fosse por um amor tão abrangente que incluísse o mundo inteiro? - 1Jo_2:2 E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo.

Quer saber que "mundo" era esse que Deus amou ao ponto de entregar o Seu Filho? Este aqui:

Rom 3:9-19  Já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado;  Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. A sua garganta é um sepulcro aberto; Com as suas línguas tratam enganosamente; Peçonha de áspides está debaixo de seus lábios; Cuja boca está cheia de maldição e amargura. Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Em seus caminhos há destruição e miséria; E não conheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos. Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus.

Deus não apenas ama os pecadores, mas o fato de amar pecadores e ter entregue Seu Filho para morrer é prova de Seu amor para conosco.

Rom 5:8 Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, SENDO NÓS AINDA PECADORES.

Joã 3:16
Porque Deus amou O MUNDO [humanidade] de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

1Jo_4:19 Nós o amamos a ele porque
ELE NOS AMOU PRIMEIRO. (Primeiro quando? Obviamente quando ainda estávamos perdidos)

1Jo 3:16 Conhecemos O AMOR nisto: que ele deu a sua vida por nós,



Enviado por Hélio, de http://solascriptura-tt.org .


**********************************************




A Linha Invisível (O Destino dos Homens)



"The Hidden Line (The Destiny of Men)"

Joseph Addison Alexander




Este é um dos mais profundos e belos poemas que jamais li, de alerta espiritual e bíblico ao homem, gosto muito dele.
Como não sou poeta, não entendo nada de poesia clássica nem moderna, vou traduzir sem rima nem nada semelhante.



Há um tempo, não sabemos quando,
Um ponto, não sabemos onde,
Que sela o destino dos homens,
Para glória ou desespero.

Há uma linha por nós invisível,
Que cruza cada caminho,
A invisível fronteira entre
A paciência e a ira de Deus.

Ultrapassar este limite é morrer -
Morrer como que secretamente:
Não esmaece o olhar cintilante,
Nem empalidece o brilho da saúde;

A consciência ainda pode sentir-se em paz,
O espírito gracioso e alegre;
O que agradava ainda pode agradar,
Cuidados são lançados fora.

Mas naquela fronte Deus colocou,
Indelevelmente, uma marca
Invisível aos homens, pois ainda
Seguem cegos e na escuridão.

E ainda o condenado caminho do homem
Pode florescer como o Éden floresceu;
Ele não soube, não sabe, não saberá
Ou sentirá que está condenado.

Ele presume, sente que tudo está bem,
E todo temor está aquietado.
Ele vive, ele morre, ele acorda no Inferno,
Não apenas condenado, mas para sempre.

Oh, onde está esta misteriosa linha
Pela qual nosso caminho é cruzado,
Além da qual Deus tem jurado
Que quem passar estará perdido?

Quão longe podemos continuar no pecado?
Por quanto tempo Deus suportará?
Onde a esperança acaba, e onde começa
A prisão do desespero?

Uma resposta do céu é enviada,
"Tu que de Deus te afastas: --
Durante o tempo que se chama Hoje, arrepende-te,
E não endureças o teu coração."


Joseph Addison Alexander


**********************************************

Enviado por Hélio, de http://solascriptura-tt.org .



Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em http://BibliaLTT.org, com ou sem notas.



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/TeologiaPropriaTrindade/
retorne a http://solascriptura-tt.org/)