Ah, quanto a ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada, que Introduziste) Subtrai ou Enfraquece da Bíblia Genuína

 

(a Bíblia do Texto Tradicional, incessantemente usada através dos séculos, tanto a manuscrita das traduções dos valdenses e anabatistas desde o século II, quanto a impressa dos batistas e dos reformados desde 1522, particularmente a Almeida de antes de 1948 que era adotada pela nossa igreja desde seu início até o ano passado, quando introduziste a ARA) !


Série de 12 cartas que, em 1960, foram escritas por um velho e fiel pastor ao que lhe sucedeu, o qual tirara de uso a Bíblia usada pela denominação desde séculos atrás (a Almeida baseada no Texto Tradicional) para introduzir uma bíblia baseada nos dois mais corrompidos manuscritos alexandrinos.


Série de 12 alegorias que, em 2009, foram escritas por Hélio de Menezes Silva e, em 2010 e 2011, foram ajuntadas por João Eduardo Leitão, formando este livro.


 




Sumário

Cartas

Assuntos

Página

Quanto a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Subtrai ou Enfraquece a Anuência e a Harmonia Advindas da Palavra "Amém" no NT!

05

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a EXISTÊNCIA DO INFERNO, no NT!

11

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a DIVINDADE DE CRISTO!

21

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina  Revisionada  e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece o SANGUE DE CRISTO!

25

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a MORTE VICÁRIA DO CRISTO (isto é, Sua morte em nosso lugar, como nosso substituto, recebendo a condenação por nossos pecados)!

27

Quanto a bíblia do TC, a BBN (Bíblia Bela Novidade, Portuguesa), que Introduziste, Enfraquece que o CRISTO NASCEU DE UMA VIRGEM!

34

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a DOUTRINA DA TRINDADE!

38

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a Doutrina da INSPIRAÇÃO DA BÍBLIA!

46

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a doutrina da SALVAÇÃO!

49

10ª

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a DOUTRINA DO JEJUM BÍBLICO!

57

11ª

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Introduz GRAVES CONTRADIÇÕES!

63

12ª

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Introduz Outros Graves ERROS (além daqueles da carta 11, anterior)!

68

 




INTRODUÇÃO



Meu amado pastor Regula Falsi Baptista Alexandrinus, pastor da minha amadíssima Igreja Batista (regular na autorização por [e na reverentíssima submissão a] a Corporação).

Estamos em 1960.

Sendo eu, aos 70 anos de idade, um dos 5 crentes mais velhos desta grande igreja; tendo estudado e ensinado no antigo seminário ligado somente a esta igreja e sido pastor dela até (10 anos atrás) eu começar a ter problemas de saúde e me aposentado; sendo eu seu "pai na fé" que lhe conduziu à salvação em Cristo; tendo meu pai sido pastor do seu pai, e tendo eu sido seu pastor, ó Alexandrinus, até recentemente, permita-me algumas palavras ditas com tanto amor como se o senhor (nos seus 23 anos) fosse meu neto.

Desde seus primeiros dias no Brasil, ainda em meados do século XIX, até recentemente, nossa denominação sempre adotou somente a abençoada Bíblia Almeida da família "Corrigida" (a legítima, não a parcialmente adulterada no século XX), com tradução fielmente feita pelo método da Equivalência Formal e baseada no texto grego que passou a ser conhecido (depois da invenção da imprensa e sua impressão) pelo nome de Textus Receptus, e no texto hebraico que passou a ser conhecido (depois desse mesmo tempo) pelo nome de Texto Massorético (o legítimo, hoje conhecido como de Ben Chayyim). Por mais de 359 anos, Bíblias fielmente traduzidas a partir desses dois textos foram as ÚNICAS adotadas por TODOS os crentes verdadeiros de TODAS as igrejas batistas e reformadas em TODOS os países e em TODAS as línguas, com bênçãos incontáveis e maravilhosíssimas. Em particular, na nossa amada igreja, uma das primeiras no Brasil, sempre foi adotada a abençoada Bíblia Almeida da família "Corrigida" (a legítima, não a parcialmente adulterada no século XX). Meus tri-avós e bisavós e avós e pais, meus tios-triavós e tios-bisavós e tios-avós e tios, todos os meus ascendentes até a 4ª geração, foram salvos e cresceram no Senhor e O serviram (sendo maravilhosamente abençoados) em várias funções (pastores, presbíteros, diáconos, missionários e missionárias, professores e professoras de Escola Bíblica Dominical e de seminário, etc.) com esta abençoada Bíblia.

No ano passado (1959), o senhor, pastor, recém advindo do seminário SSSS (onde passou por tremenda pressão psicológica e técnicas de lavagem cerebral voltadas para desmerecer a Bíblia tradicional e aceitar uma inovação saída (naquele mesmo ano) dos fornos da crítica ao invés de um escrito intocado e guardado na rocha da fé) e recém elevado ao cargo de pastor da nossa igreja, moveu intensa e fervente campanha até fazer nossa igreja adotar a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA). Pelo que alcançou o meu conhecimento, o senhor foi o primeiro pastor, pelo menos na nossa denominação no Brasil, a adotar como oficial a ARA, lançada no mercado no ano passado.

Mas porventura o senhor, pastor prestou bem atenção num seriíssimo problema que é encontrado em todos os escritos de todos os críticos textuais modernos? O problema BÁSICO desses homens é que NÃO crêem que a Bíblia seja um livro totalmente diferente de todos os outros livros no mundo, não crêem que é a Bíblia é o único livro tal que, cada e toda letrinha, sempre foi e é e será a absolutamente perfeita Palavra de Deus, desde o início até hoje e sempre, perfeitamente preservada em cada instante do passado e presente e futuro, perfeitamente inspirada por Deus de forma plenária, infalível e inerrável, tanto nas cópias perfeitamente preservadas pela providência de Deus (o Textus Receptus e o Texto Massorético) quanto o foi nos manuscritos originais, em cada jota e til de cada palavra, sempre. Eles crêem que algumas partes da Bíblia são lendas, folclore, pensamento humano. Crêem que algumas palavras da Bíblia foram adicionadas, outras perdidas, outras mudadas, ao longo dos anos, coitadinho de Deus, e que somente recentemente, com a descoberta de alguns manuscritos, e com a genialidade deles, os supra-sumos da erudição moderna, estão dando uma ajuda a Deus e restaurando aquilo que Deus não pôde (ou não quis) preservar de modo absolutamente perfeito. E somente agora, com o socorro deles, nós, os miseráveis "leigos", podemos nos aproximar mais na direção de saber o que realmente foi dito/ escrito, saber o que é do homem e o que é de Deus, saber o que é e o que não é válido para os tempos modernos, mesmo que nunca se chegue a uma posição final e definitiva, que consiga o consenso de todos os esplendorosos eruditos.

Ademais, crentes fiéis, tremendo de respeito pela Palavra de Deus e providencialmente protegidos por Deus para não introduzirem erros, se fossem copistas jamais a adulterariam e, se fossem leitores ou ouvintes, jamais aceitariam que fossem adulteradas, mesmo que tais adulterações parecessem reforçar doutrinas bíblicas.

Mas crentes infiéis (mesmo que bem vistos e sinceros e inconscientes do pecado que estavam cometendo, e até mesmo fossem bem intencionados) é que poderiam adulterar ou aceitar ser adulterada a Palavra de Deus. Mesmo que não tivessem consciência disso, o Diabo usaria para seus propósitos esses crentes infiéis.

Ora, quando o Diabo atira uma seta, não almeja atingir a si mesmo nem suas hostes, e ele não chuta para tentar fazer "gol contra", e nem atira para tentar se matar. Portanto, sempre que há variantes de um texto da Bíblia, para discernirmos qual variante é a verdadeira e quais são as falsas, basta observarmos a direção das setas, dos chutes e das balas. Invariavelmente, sempre que há uma diferença doutrinária ou implicações doutrinárias ou perigo de prejuízos doutrinários, entre uma leitura do Textus Receptus + Texto Massorético versus uma leitura do Texto Crítico, é sempre este Texto Crítico que favorece ao Diabo ou desonra a Cristo ou enfraquece alguma doutrina ou traz perigos de prejuízos doutrinários. Por isso, somente um cego, ou um propositadamente cego espiritual, ou um louco, é que não reconhece simples e imediatamente, nem nenhuma tecnicalidade, qual é a verdadeira Palavra de Deus...

Pastor, no princípio eu dei certo crédito a alguns dos seus argumentos pró mudança de Bíblia (particularmente quando o senhor disse que tudo era só uma atualização de linguagem, somente simplificando a ortografia e estilo gramatical, trocando termos obsoletos por seus perfeitos equivalentes não obsoletos, etc.) e dispus-me a aceitar sua nova proposta e até a abandonar a Bíblia que tanto tinha abençoado as minhas gerações passadas, se comprovasse que tudo era apenas como o senhor afirmava. Mas o senhor já sabe que eu e minha esposa dedicamos pelo menos 1 hora de cada noite à mais atenta leitura, estudo, e memorização da Bíblia, este é o ponto mais alto, feliz e abençoado de cada dia. Nos últimos 3 meses, ela ia lendo no Novo Testamento da ARA e eu ia acompanhando silenciosamente no Novo Testamento de 3 Bíblias: a Almeida tradicional, conhecida como família "Corrigida" (mais particularmente, a edição 1948 da Trinitarian Bible Society no idioma português, conhecida como ARR - "Almeida Revista e Reformada"), a King James Bible, e o Textus Receptus com números de Strong e análise morfológica. Sempre que aparecia uma aparente divergência parávamos alguns minutos enquanto eu consultava também um cotejamento entre o Textus Receptus e diversos Textos Críticos, e minha velha gramática do grego Kôine, e alguns léxicos e dicionários do idioma do Novo Testamento. Eu fui ficando cada vez mais estarrecido (e indignado) com o número de definidas discrepâncias (há quase 10.000 [!!!] palavras subtraídas, adicionadas e adulteradas no Texto Crítico de Westcott-Hort em relação ao Textus Receptus, isto me deixou sem fôlego de tão surpreso e indignado!!! ). Mais que isto, fui ficando cada vez mais estarrecido (e indignado) com a enorme e horrível gravidade doutrinária de muitas, muitas dessas discrepâncias.

Para o seu bem, querido pastor de minha amada igreja, e para o esclarecimento e bem dessa igreja, vou escrever ao senhor, com cópia para cada família dela, 12 (doze) cartas expondo os terríveis problemas introduzidos pela ARA. Estarei orando ferventemente, rogando a Deus que lhe dê sabedoria espiritual para reconhecer quão terríveis e de diabólica origem são esses graves desvios doutrinários da ARA, e para o senhor ter a humildade de voltar atrás de tão grave erro e exortar a igreja a fazer o mesmo.

Carta 01 (de 12)

 

Quanto a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Subtrai ou Enfraquece a Anuência e a Harmonia Advindas da Palavra "Amém" no NT!

 

********* Início da 1ª Exposição *********

A EXPRESSÃO "AMÉM" É UTILIZADA EM DIVERSOS LIVROS DO NOVO TESTAMENTO, SIGNIFICANDO: "CERTAMENTE, QUE ASSIM SEJA!", CONCORDÂNCIA, APROVAÇÃO, ANUÊNCIA; MAS O TC (TEXTO CRÍTICO) ALTERA ISTO.

ANÁLISE DE 25 REFERÊNCIAS ONDE O TEXTO CRÍTICO [e bíblias traduzidas a partir dele] OMITE O "AMÉM" EM LIVROS DO NT, ATACANDO OU ENFRAQUECENDO A HARMONIA E A CONSONÂNCIA EXISTENTE NOS ESCRITOS SAGRADOS NEO-TESTAMENTÁRIOS; COMPROVANDO MAIS UMA VEZ A SUPERIORIDADE E FIDELIDADE DO TEXTUS RECEPTUS, COMO A PALAVRA DE DEUS INFALÍVEL E PODEROSAMENTE PRESERVADA POR DEUS, EM USO PELOS CRENTES FIÉIS EM CRISTO JESUS, EM TODOS OS TEMPOS:


1) MATEUS 6:13

E não nos induzas na tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para todo o sempre. AMÉM. – ARR (1948) - TBS (isto é, Almeida Revista e Reformada, da Trinitarian Bible Society, 1995)

e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal [pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém]. – ARA (1975) – Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 2 abaixo, no final desta carta)


2) MATEUS 28:20

Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação do século. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

Ensinando-os a guardar todas as cousas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta)


3) MARCOS 16:20

E saindo eles, pregaram por todas a parte, cooperando o Senhor e confirmando a palavra com os sinais que se seguiam. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

E eles, tendo partido, pregaram em toda parte, cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra por meio de sinais, que se seguiam. – ARA (1959)

Omitidas as palavras de Deus "E saindo eles" e "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta)


4) LUCAS 24:53

E estavam CONTINUAMENTE no templo, louvando E BENDIZENDO a Deus. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

e estavam sempre no templo, louvando a Deus. – ARA (1959)

Omitidas as palavras de Deus "continuamente" e "e bendizendo" e "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta)


5) JOÃO 21:25

Mas também há muitas outras coisas que fez Jesus; as quais se escrevessem uma por uma, creio que nem ainda poderia o mesmo mundo compreender os livros que se houvessem de escrever. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

Há, porém, ainda muitas outras cousas que Jesus fez. Se todas elas fossem relatadas uma por uma, creio eu que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta)


6) ROMANOS 16:20

E o Deus de paz esmagará presto a Satanás debaixo de vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus CRISTO seja convosco. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

E o Deus da paz em breve esmagará debaixo dos vossos pés a Satanás. A graça de nosso Senhor Jesus seja convosco. – ARA (1959)

Omitidas as palavras de Deus "Cristo" e "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta)


7) ROMANOS 16:24

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

[A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém.] – ARA (1975) - (a convenção usada pela editora equivale a usar colchetes como um sinal para semear dúvidas quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus, o Textus Receptus, ver nota 2, no final desta carta.)


8) I CORÍNTIOS 16:24

O meu amor é vós todos em Cristo Jesus. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

O meu amor seja com todos vós, em Cristo Jesus. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta)


9) II CORÍNTIOS 13:13

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


10) EFÉSIOS 6:24

A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo em sinceridade. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

A graça seja com todos os que amam sinceramente a nosso Senhor Jesus Cristo. – ARA (1959)-
Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


11) FILIPENSES 4:23

A graça de NOSSO Senhor Jesus Cristo seja com vós todos. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito. – ARA (1959)

Acrescentada a palavra "espírito", e omitidas as palavras de Deus "nosso" e "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


12) COLOSSENSES 4:18

Saudação de minha própria mão, de Paulo. Lembrai-vos das minhas prisões. A graça seja convosco. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

A saudação é de próprio punho: Paulo. Lembrai-vos das minhas algemas. A graça seja convosco. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 acima, de Mateus 6.13)


13) I TESSALONICENSES 5:28

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta.)


14) II TESSALONICENSES 3:18

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


15) I TIMÓTEO 6:21

Da qual fazendo alguns profissão, descaíram da fé. A graça seja CONTIGO. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

pois alguns, professando-o, se desviaram da fé. A graça seja convosco. – ARA (1959) (Observação: isto, com a omissão do "Amém", foi incorporado no verso 20, não havendo o verso 21.) Adulterada a palavra de Deus "contigo" para "convosco" e omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


16) II TIMÓTEO 4:22

O Senhor JESUS CRISTO seja com o teu espírito. A graça seja convosco. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

O Senhor seja com o teu espírito. A graça seja convosco. – ARA (1959)

Omitidas as palavras de Deus "Jesus" e "Cristo" e "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


17) TITO 3:15

Todos os que estão comigo te saúdam. Saúda tu os que nos amam na fé. A graça seja com todos vós. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

Todos os que se acham comigo te saúdam; saúda quantos nos amam na fé. A graça seja com todos vós.- ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


18) FILEMOM 25

A graça de NOSSO Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito. AMÉM. – Almeida 1693.

A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito. – ARA (1959)

Omitidas as palavras de Deus "nosso" e "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


19) HEBREUS 13:25

A graça seja com todos vós. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

A graça seja com todos vós. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


20) I PEDRO 5:14

Saudai-vos uns aos outros em ósculo de caridade. Paz A todos vós que estais em Cristo JESUS. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

Saudai-vos uns aos outros com ósculo de amor. Paz a todos vós que vos achais em Cristo. – ARA (1959)

Omitidas as palavras de Deus "Jesus" e "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


21) II PEDRO 3:18

Antes crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja a glória, assim como agora, assim também até ao dia da eternidade. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

antes, crescei na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


22) I JOÃO 5:21

Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


23) II JOÃO 13

Os filhos de tua irmã a escolhida te saúdam. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

Os filhos da tua irmã eleita te saúdam. – ARA (1959)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


24) APOCALIPSE 1:18

E o que vivo e fui morto, e eis que vivo para os séculos dos séculos. AMÉM. E tenho as chaves do inferno e da morte. – ARR (1948) – TBS

e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos, e tenho as chaves da morte e do inferno. – ARA (1959) - (Tradução por Equivalência Dinâmica, ver nota 1 no final desta carta.)

Omitida a palavra de Deus "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.


25) APOCALIPSE 22:21

A graça de NOSSO Senhor Jesus CRISTO seja com todos VÓS. AMÉM. – ARR (1948) – TBS

A graça do Senhor Jesus seja com todos. – ARA (1959)

Omitidas as palavras de Deus "nosso" e "Cristo" e "vós" e "Amém", como na bíblia dos T.J.! (Pastor, veja nota 3 abaixo, no final desta carta.)


Pastor, não caias tu nas infindáveis tecnicalidades das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas, e responda a si mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) o "Amém" e Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação durante muitos e muitos séculos ininterruptos, até que, no ano passado, deslumbrantes eruditos brasileiros vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta da omissão é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO da palavra por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a ARA é aqui muito semelhante à bíblia dos Testemunhas de Jeová? A quem dará o senhor sua fidelidade, pastor: ao seu orgulho de não voltar atrás, ao seu seminário, aos seus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da sua denominação, ou só e totalmente a Deus?


“E AO ANJO DA IGREJA QUE ESTÁ EM LAODICÉIA ESCREVE: ISTO DIZ O AMÉM, A TESTEMUNHA FIEL E VERDADEIRA, O PRINCÍPIO DA CRIAÇÃO DE DEUS:” APOCALIPSE 3:14-ARR, da TBS

“PORQUE TODAS QUANTAS PROMESSAS HÁ DE DEUS, SÃO NELE SIM, E POR ELE O AMÉM, PARA GLÓRIA DE DEUS POR NÓS.” II CORÍNTIOS 1:20-ARR, da TBS

“AQUELE QUE TESTIFICA ESTAS COISAS DIZ: CERTAMENTE CEDO VENHO. AMÉM. ORA VEM, SENHOR JESUS.” APOCALIPSE 22:20-ARR, da TBS

 

********* Final da 1ª Exposição *********

Seu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", humilde ovelha do rebanho que o senhor pastoreia), em 1960.

Esta é a carta número 01, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas lhe enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.

Observações de Hélio:

Hoje, a ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada) consegui a proeza de ficar ainda pior, mais infiel, e eu acrescento mais 3 observações de graves erros do mesmo tipo acima, que não haviam em 1959 mas foram depois introduzidos:

NOTA 1: A tradução foi feita frouxamente, por Equivalência DINÂMICA, não por Equivalência Formal. Na Eq. Dinâmica o tradutor lê toda uma frase e a traduz, não palavra por palavra, mas modificando as palavras conforme ele acha que Deus deveria ter usado para se expressar melhor (!) quanto à clareza, à doutrina, e à elegância. Mas nós não queremos isso, não queremos as palavras dos homens, mas a exata tradução, mais fiel possível, de cada palavra de Deus!

NOTA 2: A convenção usada pela editora equivale a usar COLCHETES como um sinal para semear DÚVIDAS quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus. Podem os eruditos dizer o que quiserem, mas, na prática, a mensagem de cada colchete é: "Olhem, incluímos este trecho aqui nesta Bíblia, entre colchetes '[' e ']', mas o fizemos ardilosamente, somente por questões de marketing, isto é, para podermos faturar vendendo nossas Bíblias sem chocar aos que consideramos fanáticos - xiitas ou simplórios - ingênuos. Se tivéssemos a integridade e hombridade de simples e radicalmente omitir tais palavras da Bíblia que vendemos, poderíamos sofrer alguma reação, e isto seria ruim para nossos negócios... Mas fique bem claro, para todos nós os sabidos e iluminados (que entendemos o significado dos colchetes), que não cremos definitivamente e piamente nestas palavras entre colchetes. Sim, sabemos que tais palavras estão no texto grego impresso a partir do início do século 1500 e usado na Reforma como base para todas as traduções para todas as igrejas 'protestantes' de todos os países e línguas. Sim, sabemos que, em português, a Bíblia da Reforma foi aquela traduzida por Almeida e primeiro publicada em 1681 e 1753. Sim, sabemos que ela e suas fiéis filhas legítimas (suas fiéis atualizações para as mudanças ortográficas e de atualização de uso de algumas poucas palavras da nossa língua), também sempre tiveram estas palavras. Sim, sabemos que estas Bíblias da Reforma têm salvo e abençoado inúmeras vidas... Mas, mesmo assim, escolhemos não seguramente crer que estas palavras foram escritas pela mão de quem escreveu o manuscrito original, escolhemos não seguramente crer que são inspiradas, não seguramente são palavras de Deus. Por isso, adotamos como base da nossa Bíblia um texto grego direta ou indiretamente herdeiro daquele que foi pela primeira vez impresso por Westcott e Hort em 1881, e que omite as palavras em questão. Cremos que Deus não quis ou não pode preservar bem a sua Palavra, e, por excesso de piedade, crentes falsários introduziram as palavras que pusemos entre colchetes, portanto cremos que elas são falsificações".

NOTA 3: Pastor, não caias tu nas infindáveis tecnicalidades das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas, e responda a si mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) o "Amém" e Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação durante muitos e muitos séculos ininterruptos, até que, no ano passado, deslumbrantes eruditos brasileiros vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta da omissão é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO da palavra por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a ARA é aqui muito semelhante à bíblia das Testemunhas de Jeová? A quem dará o senhor sua fidelidade, pastor: ao seu orgulho de não voltar atrás, ao seu seminário, aos seus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da sua denominação, ou só e totalmente a Deus?


Carta 02 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a EXISTÊNCIA DO INFERNO, no NT!

Meu estimado pastor Fictus Regula Baptistes Alexandrinus, pastor da minha amada Igreja Batista (regular na autorização por [e na reverentíssima submissão a] a Corporação).

Por favor, para refrescar tua memória e restabelecer o contexto histórico e razões e princípios envolvidos nesta carta, é indispensável que releias os 7 primeiros parágrafos da introdução da 1a. desta série de 12 cartas que, com todo amor, te alertam e exortam. Já releste tudo? Se não leste, eu esperarei, por favor, releia, é importante. Já? Agora, correndo o risco de te aborrecer por ser repetitivo, por favor, deixa-me sumariar e ressaltar somente algumas partes mais importantes daquela introdução, para teres certeza do que considero mais vital nela:

Estamos em 1960.

Desde seus primeiros dias no Brasil, ainda em meados do século XIX, até recentemente, nossa denominação sempre adotou somente a abençoada Bíblia Almeida da família "Corrigida" (a legítima, não a parcialmente adulterada no século XX), com tradução fielmente feita pelo método de Equivalência Formal e baseada no texto grego que passou a ser conhecido (depois da invenção da imprensa e impressão deste texto) pelo nome de Textus Receptus, e no texto hebraico que passou a ser conhecido (depois desse mesmo tempo) pelo nome de Texto Massorético (o legítimo, hoje conhecido como de Ben Chayyim). Por mais de 359 anos, Bíblias fielmente traduzidas a partir desses dois textos foram as ÚNICAS adotadas por TODOS os crentes verdadeiros de TODAS as igrejas batistas e reformadas em TODOS os países e em TODAS as línguas, com bênçãos incontáveis e maravilhosíssimas.

No ano passado (1959), tu, pastor, recém advindo do seminário. Moveste intensa campanha até fazer nossa igreja adotar a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA).

Mas porventura prestaste bem atenção num seriíssimo problema que é encontrado em todos os escritos de todos os críticos textuais modernos? O problema BÁSICO desses homens é que NÃO crêem que a Bíblia seja um livro totalmente diferente de todos os outros livros no mundo, não crêem que é a Bíblia é o único livro tal que, cada e toda letrinha, sempre foi e é e será a absolutamente perfeita Palavra de Deus, desde o início até hoje e sempre, perfeitamente preservada em cada instante do passado e presente e futuro, perfeitamente inspirada por Deus de forma plenária, infalível e inerrável, tanto nas cópias perfeitamente preservadas pela providência de Deus (o Textus Receptus e o Texto Massorético) quanto o foi nos manuscritos originais, em cada jota e til de cada palavra, sempre. Eles crêem que algumas partes da Bíblia de hoje são lendas, folclore, pensamento humano. Crêem que algumas palavras da Bíblia foram adicionadas, outras perdidas, outras mudadas, ao longo dos anos, coitadinho de Deus, e que somente recentemente, com a descoberta de alguns manuscritos, e com a genialidade deles, os supra-sumos da erudição moderna, estão dando uma ajuda a Deus e restaurando aquilo que o Onipotente não pôde (ou não quis) preservar de modo absolutamente perfeito.

Ademais,
1) crentes fiéis, tremendo de respeito pela Palavra de Deus e providencialmente protegidos por Deus para não introduzirem erros: (a) se fossem copistas jamais a adulterariam; e (b) se fossem leitores ou ouvintes, jamais aceitariam que fossem adulteradas, mesmo que tais adulterações parecessem reforçar doutrinas bíblicas.

2) Mas crentes infiéis (mesmo se fossem bem vistos e sinceros e inconscientes do pecado que estavam cometendo, e mesmo se fossem bem intencionados) é que poderiam adulterar ou aceitar ser adulterada a Palavra de Deus. E, com toda certeza, mesmo que eles não tivessem consciência disso, o Diabo usaria para seus propósitos esses crentes infiéis.

Ora, quando o Diabo atira uma seta, não almeja atingir a si mesmo nem suas hostes, e ele não chuta para tentar fazer "gol contra", e nem atira para tentar se matar. Portanto, sempre que há variantes de um texto da Bíblia, para discernirmos qual variante é a verdadeira e quais são as falsas, basta observarmos a direção das setas, dos chutes e das balas. Ora, é fato muito fácil de ser constatado e muito chocante que, invariavelmente, sempre que há uma diferença doutrinária ou implicações doutrinárias ou perigo de prejuízos doutrinários, entre uma leitura do Textus Receptus + Texto Massorético versus uma leitura do Texto Crítico, é sempre este Texto Crítico que favorece o Diabo ou desonra a Cristo ou enfraquece alguma doutrina ou traz perigos de prejuízos doutrinários. Por isso, somente o homem natural, ou quem professa ser salvo, mas propositadamente se fez cego espiritual, ou um louco, é que não reconhece simples e imediatamente, sem nenhum tecnicalismo, qual é a verdadeira Palavra de Deus. ... Este teste decisivo nos mostra que são os Textus Receptus + Texto Massorético que têm o selo de serem a perfeita Palavra de Deus, e são os Textos Críticos que têm as identificatórias e indeléveis marcas da ação distorcedora do diabo sobre as mentes de homens (mesmo se eles foram e forem inconscientes disso).


********* Início 2ª  Exposição *********


O INFERNO É UMA REALIDADE PRESENTE E INCONTESTÁVEL DA BÍBLIA SAGRADA. É TERRÍVEL E REAL. O SENHOR JESUS CRISTO ENSINOU CLARAMENTE SOBRE A EXISTÊNCIA DO INFERNO. MAS O TC (TEXTO CRÍTICO) OMITE, ADULTERA, OU ACRESCENTA A ISTO.

ANÁLISE DE 6 REFERÊNCIAS ONDE A ARA [quer por espelhar o TC, ou por traduzir não por Equivalência Formal e do modo mais tradicional e seguro e condizente com a sã doutrina de toda a Bíblia] ALTERA O TEXTO, ATACANDO OU ENFRAQUECENDO O FATO DE QUE O INFERNO EXISTE; COMPROVANDO MAIS UMA VEZ A SUPERIORIDADE E FIDELIDADE DO TR (TEXTO RECEBIDO), COMO A PALAVRA DE DEUS INFALÍVEL E PODEROSAMENTE PRESERVADA POR DEUS, EM USO PELOS CRENTES FIÉIS EM CRISTO JESUS, EM TODOS OS TEMPOS:


1) JOÃO 3:15

Para que todo aquele que n'Ele crê NÃO PEREÇA, mas tenha a vida eterna. – ARR (1948) - TBS
para que todo o que nele crê tenha a vida eterna. – ARA (1959)

Esta bíblia, no próprio texto principal, OMITIU palavras de Deus!!! Aqui, escondeu, omitiu o fato que o homem não crente vai perecer (conscientemente sofrer eternamente no Inferno literal).
Pergunto-te, caro irmão e pastor: Achas que o Diabo usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para inserir, em alguns locais da Bíblia que não as tinham, palavras (como estas que realcei, "NÃO PEREÇA") que concordam com a sã doutrina expressa em muitos outros locais da Bíblia, isto é, palavras que advertem contra o pecado e o Inferno e a condenação de sofrimento literal, consciente, terrível, inescapável e eterno? Achas que Deus andou derrotado por esses "exageros de piedade humana inserida, exageros que fiéis salvos introduziram na Bíblia, que infiéis!", Deus andou derrotado por mais de 18 ou 19 séculos, até que modernos e descrentes críticos textuais descobriram meia dúzia de manuscritos rasurados e corrompidos, e modernos e descrentes eruditos e tradutores vieram resgatar Deus de Sua derrota e restaurar o texto da Sua Palavra escrita, amputando-a ou enfraquecendo-a em todos estes milhares de pontos?!?!?! ... Pois eu, pela observação de quem se beneficiaria com tudo isto (o Diabo, claro), e por considerações teológicas sobre a perfeita preservação providencial de cada palavra de Deus continuamente em uso pelas igrejas fiéis, tenho certeza de que, ao contrário, foi Satanás quem usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para AMPUTAREM tais palavras, e está usando críticos textuais descrentes, e infiéis tradutores fantoches de tal Adversário, para desavergonhadamente amputarem aquelas palavras ou para lançarem dúvidas sobre elas (através de venenosos colchetes, ou de traiçoeiras notas de rodapé [ou de comentários, ou meios semelhantes] que somente semeiam dúvidas. "Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2Co 11:3)

Pastor, não caias tu no infindável tecnicalismo das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas. Responde a ti mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) as palavras "NÃO PEREÇA", e que Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação durante muitos e muitos séculos ininterruptos, até que, bem recentemente, deslumbrantes eruditos vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta da omissão é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO dessas palavras por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a ARA é aqui muito semelhante à bíblia dos Testemunhas de Jeová? A quem darás tua fidelidade, pastor: ao teu orgulho de não voltar atrás, ao teu seminário, aos teus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da tua denominação, ou só e totalmente a Deus?


2) ATOS 2:27
(cf. Salmo 16:10)

Pois minha alma no INFERNO não deixarás, nem a teu santo entregarás, para que corrupção veja. - ALMEIDA (1693)

porque não deixarás a minha alma na morte, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção. – ARA (1959)

TRADUTORES da ARA, aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente? ), agradam e servem aos propósitos do Diabo, ao diluírem a ofensiva palavra "INFERNO" para "morte". Revisemos importantes definições:

-- "Haides" = Inferno. Local real, inescapável, de sofrimento terrível e consciente, dos homens perdidos mortos. No julgamento do trono branco, o Inferno será lançado no Lago de Fogo. Antes da ascensão de Cristo (mas não depois!), tinha um 2º compartimento, abençoado, dos salvos. Contexto diz qual compartimento foi referido. Transliterar "Haides" ao invés de traduzi-lo, é covardia e torcer pelo erro! Quando o contexto possível é de castigo dos perdidos, insinuar que "Haides" também pode ser sepultura ou morte, é mentir, pois a única tradução correta é a tradicional: Inferno!

Em Sl 16:10 (citado em At 2:27) as palavras do salmistas se aplicam profeticamente ao Cristo e expressam Sua gratidão ao Pai porque sua alma não ficará no Inferno (Sheol, Hades). Ora, alma não morre, portanto Sheol ou Hades não devem ser aqui traduzidos por morte; alma também não fica aprisionada em sepultura, portanto Sheol ou Hades também não devem aqui ser traduzidos por sepultura; e Sheol ou Hades também não devem aqui ser entendidas como o Paraíso, a metade feliz dentro do Sheol ou Hades, porque não iríamos agradecer a Deus por nos retirar do Paraíso. O único entendimento satisfatório é que Sheol e Hades, aqui, se referem ao Inferno, a sua metade infeliz. Portanto, depois da Sua morte e antes de Sua ressurreição, Cristo foi ao Paraíso (que estava próximo mas separado do Inferno somente por um abismo intransponível, Lc 16:19-31) anunciar Sua vitória aos salvos e que logo depois da Sua ressurreição transladaria o Paraíso para o terceiro céu (Sl 68:18; Ef 4:8), e foi ao Inferno anunciar aos perdidos Sua vitória e reiterar que eles continuarão perdidos para sempre.

Ver o verbete Hades em "Vine's expository dictionary of new testament words"; E.W Bullinger "A Critical Lexicon and Concordance to the English and Greek New Testament", pag. 369; e C.I. Scofield Reference Bible, sob Lucas 16:23.

-- "Geena" = Inferno. Local real, inescapável, de sofrimento terrível e consciente, dos homens que morreram na condição de nunca salvos, de perdidos. Pode se referir ao "Haides" (temporário) ou ao "Lago de Fogo" (eterno).

-- "Tartaroô" = local inescapável onde os demônios que cometeram pecados especiais (aqueles referidos em 2 Pe 2:4) já sofrem, até serem lançados no eterno Lago de Fogo.

-- "Lago de Fogo" = local com graus do terrível sofrimento futuro, consciente, incessante, eterno, definitivo, de todos os perdidos (homens e anjos caídos).

Pergunto-te, caro irmão e pastor: Achas que o Diabo usou tradutores infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para, contraditoriamente, demasiadamente endurecer a diluída transliteração "Hades" (que erradamente dizem sempre significar somente "morte", "sepultura" e "mundo dos mortos") transformando-a na terrível palavra "Inferno"? Achas que Deus andou derrotado por esses "exageros de piedade humana inserida, exageros que fiéis salvos introduziram na Bíblia, que infiéis!", Deus andou derrotado por mais de 18 ou 19 séculos, até que modernos e descrentes tradutores vieram resgatar Deus de Sua derrota e restaurar o verdadeiro sentido da Sua Palavra escrita? Pois eu, pela observação de quem se beneficiaria com tudo isto (o Diabo e suas seitas e fantoches, claro), e por observação das melhores traduções do Texto Tradicional pelo método da Equivalência Formal e já feitas em todos os séculos (a Peshitta Siríaca do ano 157, a Antiga Latina do ano 150 [não a Vulgata de Jerônimo], a Bíblia de Tyndale 1526, a Bíblia de João Ferreira de Almeida 1681, e, particularmente, a melhor e mais competente e perfeita tradução já feita, a King James Bible de 1611, ainda em uso diário por todos os mais fiéis crentes nos países de língua inglesa), e por considerações teológicas as mais profundas possíveis, tenho certeza de que, ao contrário, o Diabo usou tradutores infiéis (novamente, mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para DILUIR a terrível palavra "Inferno" (que todos sabem quão literal e terrível e justo e eterno suplício significa), transformando-a na mera transliteração "Hades" (e eu tenho certeza de que todas as TRANSLITERAÇÕES, quando há traduções perfeitas, sempre têm a finalidade de esconder, diluir, enganar, e disfarçar, deixar indefinido e nebuloso. Transliteração é um modo sistemático, mecânico, de converter caracteres de um alfabeto [ou converter sons fonéticos] para um outro alfabeto. Por exemplo, "batismo" e "Hades" são transliterações, enquanto "submersão" e "Inferno" são traduções.)

Quem, honesto, pode negar que, ao menos aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente?), os tradutores da bíblia que introduziste, ó pastor, agradam e servem aos propósitos do Diabo? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram eles, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, pastor, e toma coragem, e checa tudo e reflete bem em todas as conseqüências da muito má mudança que introduziste!


3) ATOS 2:31

vendo o d’antes, fallou da resurreição de Christo, que sua alma não aja sido deixada no INFERNO, nem sua carne corrupção visto aja.– ALMEIDA (1693)

prevendo isto, referiu-se à ressurreição de Cristo, que nem foi deixado na morte, nem o seu corpo experimentou corrupção. – ARA (1959)

Vê, em At 2:27, minha nota sobre TRADUTORES da ARA que, em alguns locais (mesmo que, talvez, inconscientemente? ), agradam e servem aos propósitos do Diabo. Quem, honesto, pode negar que, aqui, não fazem isto? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, toma coragem, checa tudo, e reflete bem!


4) I CORÍNTIOS 15:55 (cf. Oséias 13:14-ACF)

Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó INFERNO, a tua vitória? – ARR (1948) – TBS

Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? – ARA (1959)

Vê, em At 2:27, minha nota sobre TRADUTORES da ARA que, em alguns locais (mesmo que, talvez, inconscientemente? ), agradam e servem aos propósitos do Diabo. Quem, honesto, pode negar que, aqui, não fazem isto? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, toma coragem, checa tudo, e reflete bem!


5) II PEDRO 2:17

Estes são fontes sem água, nuvens AGITADAS DO RODOMOINHO de vento: para os quais ESTÁ ETERNAMENTE RESERVADA a escuridão das trevas. – ARR (1948) – TBS

Esses tais são como fonte sem água, como névoas impelidas por temporal. Para eles está reservada a negridão das trevas; - ARA (1959)

Esta bíblia, no próprio texto principal, OMITIU palavras de Deus!

Ver, em Jo 3:15, minhas notas sobre OMISSÕES (quer diretas, ou através de venenosos colchetes, ou de traiçoeiras notas de rodapé [ou de comentários, ou meios semelhantes] que somente semeiam dúvidas) e agradam e servem aos propósitos do Diabo. Quem, honesto, pode negar que, aqui, a omissão não faz isto? Que, ao menos aqui, a ARA enfraquece a doutrina do Inferno? Não se aproxima, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, toma coragem, checa tudo, e reflete bem!


6) APOCALIPSE 20:13

E o mar deu os mortos que ESTAVAM N'ELLE; e a morte e o INFERNO deram os mortos que ESTAVAM N'ELLES; e foram julgados cada um segundo as suas PRÓPRIAS obras. – ARR (1948) – TBS

Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. – ARA (1959)

Vê, em At 2:27, minha nota sobre TRADUTORES da ARA que, em alguns locais (mesmo que, talvez, inconscientemente? ), agradam e servem aos propósitos do Diabo. Quem, honesto, pode negar que, aqui, não fazem isto? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, toma coragem, checa tudo, e reflete bem!

 

********* Final da 2ª Exposição *********

 

Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias),
em 1960.

Esta é a carta número 02, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.



Observações de Hélio:

Hoje, a ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada) conseguiu a "proeza" de ficar ainda pior, mais infiel, e eu acrescento mais 2 observações de graves erros do mesmo tipo acima, que não haviam em 1959 mas foram introduzidos na ARA de 1975:


7) MARCOS 9:44

ONDE O SEU BICHO NÃO MORRE, E ONDE O FOGO NÃO SE APAGA. – ARR (1948) - TBS
[onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga]. – ARA (1959)

COLCHETES do tipo tão usado pela ARA (como aqui) agradam e servem aos propósitos do Diabo (mesmo que, talvez, inconscientemente?). Colchetes deste tipo sempre semeiam dúvidas quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus.

-- A convenção usada pela editora da ARA equivale a usar COLCHETES como um sinal para semear DÚVIDAS quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus. Podem os eruditos dizer o que quiserem, mas, na prática, a mensagem de cada colchete é: "Olhem, incluímos este trecho aqui nesta bíblia, entre colchetes '[' e ']', mas o fizemos ardilosamente, somente por questões de marketing, isto é, para podermos faturar vendendo nossas bíblias sem chocar aos que consideramos fanáticos-xiitas ou simplórios-ingênuos. Se tivéssemos a integridade e hombridade de simples e radicalmente omitir tais palavras da bíblia que vendemos, poderíamos sofrer alguma reação, e isto seria ruim para nossos negócios... Mas fique bem claro, para todos nós os sabidos e iluminados (que entendemos o significado dos colchetes), que não cremos definitivamente e piamente nestas palavras entre colchetes. Sim, sabemos que tais palavras estão no texto grego impresso a partir do início do século 1500 e usado na Reforma como base para todas as traduções para todas as igrejas 'protestantes' de todos os países e línguas. Sim, sabemos que, em português, a Bíblia da Reforma foi aquela traduzida por Almeida e primeiro publicada em 1681 e 1753. Sim, sabemos que ela e suas fiéis filhas legítimas (suas fiéis atualizações para as mudanças ortográficas e de atualização de uso de algumas poucas palavras da nossa língua), também sempre tiveram estas palavras. Sim, sabemos que estas Bíblias da Reforma têm salvo e abençoado inúmeras vidas... Mas, mesmo assim, escolhemos não seguramente crer que estas palavras foram escritas pela mão de quem escreveu o manuscrito original, escolhemos não seguramente crer que são inspiradas, não seguramente são palavras de Deus. Por isso, adotamos como base da nossa bíblia um texto grego direta ou indiretamente herdeiro daquele que foi pela primeira vez impresso por Westcott e Hort em 1881, e que omite as palavras em questão. Cremos que Deus não quis ou não pode preservar bem a sua Palavra, e, por excesso de piedade, crentes falsários introduziram as palavras que pusemos entre colchetes, portanto cremos que elas são falsificações".

-- Mas eu, Hélio, te pergunto: Achas que o Diabo usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para inserir, em alguns locais da Bíblia que não a tinham, palavras (como estas entre esses colchetes) que concordam com a sã doutrina expressa em muitos outros locais da Bíblia, isto é, palavras que advertem contra o Diabo e suas táticas e falsos mestres, ou que advertem contra o pecado e o Inferno, ou que defendem e ensinam a divindade de Cristo, ou a necessidade de santidade, ou a necessidade do jejum, ou a necessidade do derramamento e a singularidade do sangue de Cristo, ou a Sua morte vicária, ou Seu nascimento de uma virgem, ou a doutrina da Trindade, ou a perfeita inspiração e perfeita preservação de cada palavra da Bíblia, ou tantas outras preciosíssimas doutrinas bíblicas? Achas que Deus andou derrotado por esses "exageros de piedade humana inserida, exageros que fiéis salvos introduziram na Bíblia, que infiéis!", Deus andou derrotado por mais de 18 ou 19 séculos, até que modernos e descrentes críticos textuais descobriram meia dúzia de manuscritos rasurados e corrompidos, e modernos e descrentes eruditos e tradutores vieram resgatar Deus de Sua derrota e restaurar o texto da Sua Palavra escrita, amputando-a ou enfraquecendo- a em todos estes milhares de pontos?!?!?! ... Pois eu, pela observação de quem se beneficiaria com tudo isto (o Diabo, claro), e por considerações teológicas sobre a perfeita preservação providencial de cada palavra de Deus continuamente em uso pelas igrejas fiéis, tenho certeza de que, ao contrário, foi Satanás quem usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para AMPUTAREM tais palavras, e está usando críticos textuais descrentes, e infiéis tradutores fantoches de tal Adversário, para desavergonhadamente amputarem aquelas palavras ou para lançarem dúvidas sobre elas (através de venenosos colchetes, ou de traiçoeiras notas de rodapé [ou de comentários, ou meios semelhantes] que somente semeiam dúvidas. "Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2 Co 11:3)
-- Pastor, não caias tu no infindável tecnicalismo das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas. Responde a ti mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) as palavras ridicularizadas por este infame par de COLCHETES, e que Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação durante muitos e muitos séculos ininterruptos, até que, bem recentemente, deslumbrantes eruditos vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta da omissão é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO dessas palavras por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a ARA é aqui muito semelhante à bíblia dos Testemunhas de Jeová? A quem darás tua fidelidade, pastor: ao teu orgulho de não voltar atrás, ao teu seminário, aos teus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da tua denominação, ou só e totalmente a Deus?

O verso é totalmente omitido na NIV (New International Version. Em português, este título seria traduzido como "Nova Versão Internacional" ) (1986)

NOTAS DE RODAPÉ do tipo tão usado (como aqui, onde (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo) pela NIV sempre semeiam dúvidas quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus. (Neste caso particular, temos uma repetição de Is 66:24! Será que não pode Deus citar um verso do V.T. que Deus mesmo inspirou?)

-- Podemos traduzir a nota de rodapé da NIV assim: "Alguns manuscritos têm 'onde o seu bicho não morre, e o fogo não é apagado.' " (ênfase minha. Ora, esse tipo de nota (como os colchetes) sempre inocula terríveis DÚVIDAS. Quem pela primeira vez levantou dúvidas sobre a Palavra de Deus foi a Serpente quando, em Gn 3:1, disse a Eva "É assim que Deus disse ...?". Quem primeiro negou frontalmente a Palavra de Deus também foi a Serpente, em Gn 3:4, logo depois de Eva ter dado acolhido à semente da dúvida: "Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis."
-- Mas, novamente eu, Hélio, te pergunto, amado irmão e pastor: Achas que o Diabo usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para inserir, em alguns locais da Bíblia que não as tinham, palavras (como estas que são criticadas nesta nota de rodapé) que concordam com a sã doutrina expressa em muitos outros locais da Bíblia, isto é, palavras que advertem contra o Diabo e suas táticas e falsos mestres, ou que advertem contra o pecado e o Inferno, ou que defendem e ensinam a divindade de Cristo, ou a necessidade de santidade, ou a necessidade do jejum, ou a necessidade do derramamento vicário e a singularidade do sangue de Cristo, ou a Sua morte vicária, ou Seu nascimento de uma virgem, ou a doutrina da Trindade, ou a perfeita inspiração e perfeita preservação de cada palavra da Bíblia, ou tantas outras preciosíssimas doutrinas bíblicas? Achas que Deus andou derrotado por esses "exageros de piedade humana inserida, exageros que fiéis salvos introduziram na Bíblia, que infiéis!" por mais de 18 ou 19 séculos, até que modernos e descrentes críticos textuais descobriram meia dúzia de manuscritos rasurados e corrompidos, e modernos e descrentes eruditos e tradutores vieram resgatar Deus de Sua derrota e restaurar o texto da Sua Palavra escrita, amputando-a ou enfraquecendo-a em todos estes milhares de pontos? Pois eu, pela observação de quem se beneficiaria com tudo isto (o Diabo, claro), e por considerações teológicas sobre a perfeita preservação providencial de cada palavra de Deus continuamente em uso pelas igrejas fiéis, tenho certeza de que, ao contrário, foi Satanás quem usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para AMPUTAREM tais palavras, e está usando críticos textuais descrentes e infiéis tradutores fantoches de tal Adversário para desavergonhadamente as amputarem ou lançarem dúvidas sobre elas, através de venenosas notas de rodapé que somente semeiam descrença e não fé.

-- Pastor, não caias tu no infindável tecnicalismo das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas. Responde a ti mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) as palavras ridicularizadas por esta infame NOTA DE RODAPÉ, e que Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação durante muitos e muitos séculos ininterruptos, até que, bem recentemente, deslumbrantes eruditos vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta da omissão é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO dessas palavras por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a NIV é aqui muito semelhante à bíblia dos Testemunhas de Jeová? A quem darás tua fidelidade, pastor: ao teu orgulho de não voltar atrás, ao teu seminário, aos teus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da tua denominação, ou só e totalmente a Deus?


8) MARCOS 9:46


ONDE O SEU BICHO NÃO MORRE, E ONDE O FOGO NÃO SE APAGA. – ARR (1948) - TBS
[onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga]. – ARA (1959)

Aqui, os TRADUTORES da ARA (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo, ao diluírem a ofensiva palavra "portas do INFERNO" (correta, no contexto) para "portas do Hades" (e o rodapé pode nos estimular a crer que Pedro, não nosso Salvador e Senhor, é que é a Rocha sobre a qual Cristo edifica Sua igreja.).

Vê, em Mc 9:44, minha nota sobre COLCHETES da ARA que (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo, sempre semeando dúvidas quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus. Quem, honesto, pode negar que, ao menos aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente?), os tradutores da bíblia que introduziste, ó pastor, agradam e servem aos propósitos do Diabo? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram eles, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, pastor, e toma coragem, e checa tudo e reflete bem em todas as conseqüências da muito má mudança que introduziste!

Ademais, têm mais recentemente surgido outras bíblias baseadas (total ou parcialmente) no mesmo Texto Crítico o qual somente no século XX começou a inocular seu veneno nas bíblias dos batistas e "protestantes" , e que omite ou adiciona ou adultera cerca de 10.000 das cerca de 140.000 palavras do Novo Testamento em grego. Algumas dessas mais recentes bíblias do TC são talvez, em alguns locais, ainda piores que a ARA de 1959, introduzindo ainda mais veneno. Deixa-me dar 6 exemplos tirados da NIV (New International Version. Em português, este título seria traduzido como "Nova Versão Internacional" ) (1986) :


9) MATEUS 16:18

Pois também eu te digo A TI, que tu és Pedro: e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do INFERNO não prevalecerão contra ela; - ARR (1948) – TBS

E eu lhe digo que você é Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não irão vencê-la. – Traduzido da NIV (New International Version. Em português, este título seria traduzido como "Nova Versão Internacional" ) (1986)

Aqui, os TRADUTORES da NIV (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo, ao diluírem a ofensiva palavra "INFERNO" (correta, no contexto) para "Hades" (e o rodapé pode nos estimular a crer que Pedro, não nosso Salvador e Senhor, é que é a Rocha sobre a qual Cristo edifica Sua igreja.).

Quem, honesto, pode negar que, ao menos aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente?), os tradutores da NIV agradam e servem aos propósitos do Diabo? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram eles, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, pastor, e toma coragem, e checa tudo e reflete bem em todas as conseqüências da muito má mudança que introduziste!

Vê, em At 2:27, acima, a nota sobre os TRADUTORES quando a tremendamente enfraquecerem a palavra INFERNO, a nota sobre TRANSLITERAÇÕES, etc.


10) LUCAS 10:15

E tu, Cafarnaum, que te levantaste até ao CEO, até ao INFERNO serás ABAIXADA. – ARR (1948) – TBS

E você, Cafarnaum: será elevada até aos céus? Não; você descerá até às profundezas. – Traduzido da NIV (New International Version. Em português, este título seria traduzido como "Nova Versão Internacional" ) (1986)

Aqui, os TRADUTORES da NIV (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo, ao diluírem a ofensiva palavra "INFERNO" (correta, no contexto) para "profundezas" .

Quem, honesto, pode negar que, ao menos aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente?), os tradutores da NIV agradam e servem aos propósitos do Diabo? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram eles, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, pastor, e toma coragem, e checa tudo e reflete bem em todas as conseqüências da muito má mudança que introduziste!

Vê, em At 2:27, acima, a nota sobre os TRADUTORES quando a tremendamente enfraquecerem a palavra INFERNO, a nota sobre TRANSLITERAÇÕES, etc.


11) LUCAS 16:23

E no INFERNO, ERGUENDO SEUS olhos, estando em tormentos, vê ao longe a Abraão, e a Lázaro no seu seio. – ARR (1948) – TBS

No inferno *, onde estava em tormento, ele olhou para cima e viu Abraão de longe, com Lázaro ao seu lado. – Traduzido da NIV (New International Version. Em português, este título seria traduzido como "Nova Versão Internacional" ) (1986)

* Grego Hades.

Aqui, os TRADUTORES da NIV (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo, ao diluírem a ofensiva palavra "INFERNO" (correta, no contexto) para "* Grego Hades".

Quem, honesto, pode negar que, ao menos aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente?), os tradutores da NIV agradam e servem aos propósitos do Diabo? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram eles, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, pastor, e toma coragem, e checa tudo e reflete bem em todas as conseqüências da muito má mudança que introduziste!

Vê, em At 2:27, acima, a nota sobre os TRADUTORES quando a tremendamente enfraquecerem a palavra INFERNO, a nota sobre TRANSLITERAÇÕES, etc.


12) APOCALIPSE 1:18

E o que vivo, e fui morto: E EIS QUE vivo para PARA OS SÉCULOS DOS SÉCULOS. Amém. E tenho as chaves do INFERNO. E DA MORTE – ARR (1948) – TBS

Sou Aquele que Vive. Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e do Hades. – Traduzido da NIV (New International Version. Em português, este título seria traduzido como "Nova Versão Internacional" ) (1986)

Aqui, os TRADUTORES da NIV (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo, ao diluírem a ofensiva palavra "INFERNO" (correta, no contexto) para "Hades".
Quem, honesto, pode negar que, ao menos aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente?), os tradutores da NIV agradam e servem aos propósitos do Diabo? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram eles, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, pastor, e toma coragem, e checa tudo e reflete bem em todas as conseqüências da muito má mudança que introduziste!

Vê, em At 2:27, acima, a nota sobre os TRADUTORES quando a tremendamente enfraquecerem a palavra INFERNO, a nota sobre TRANSLITERAÇÕES, etc.


13) APOCALIPSE 6:8

E EU ESTAVA VENDO, e eis um cavalo MELADO, e o que estava assentado sobre ele tinha por nome Morte; e SEGUIU COM ELE O INFERNO; e foi-lhes dado AUTORIDADE SOBRE a quarta parte da terra, PARA MATAR À espada, e À fome, e PELA MORTANDADE, e PELAS feras da terra. – ARR (1948) – TBS

Olhei, e diante de mim estava um cavalo amarelo. Seu cavaleiro chamava-se Morte, e o Hades o seguia de perto. Foi-lhes dado poder sobre um quarto da terra para matar pela espada, pela fome, por pragas e por meio dos animais selvagens da terra. – Traduzido da NIV (New International Version. Em português, este título seria traduzido como "Nova Versão Internacional") (1986)
Aqui, os TRADUTORES da NIV (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo, ao diluírem a ofensiva palavra "INFERNO" (correta, no contexto) para "Hades".
Quem, honesto, pode negar que, ao menos aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente?), os tradutores da NIV agradam e servem aos propósitos do Diabo? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram eles, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, pastor, e toma coragem, e checa tudo e reflete bem em todas as conseqüências da muito má mudança que introduziste!

Vê, em At 2:27, acima, a nota sobre os TRADUTORES quando a tremendamente enfraquecerem a palavra INFERNO, a nota sobre TRANSLITERAÇÕES, etc.


14) APOCALIPSE 20:14

E a morte e o INFERNO foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. – ARR (1948) – TBS

Então a morte e o Hades foram lançados no lago de fogo. O lago de fogo é a segunda morte. – Traduzido da NIV (New International Version. Em português, este título seria traduzido como "Nova Versão Internacional" ) (1986)

Aqui, os TRADUTORES da NIV (mesmo que, talvez, inconscientemente?) agradam e servem aos propósitos do Diabo, ao diluírem a ofensiva palavra "INFERNO" (correta, no contexto) para "Hades".
Quem, honesto, pode negar que, ao menos aqui (mesmo que, talvez, inconscientemente?), os tradutores da NIV agradam e servem aos propósitos do Diabo? Que, ao menos aqui, enfraquecem a doutrina do Inferno? Não se aproximaram eles, aqui, da bíblia dos T.J.? Sê honesto, pastor, e toma coragem, e checa tudo e reflete bem em todas as conseqüências da muito má mudança que introduziste!

Vê, em At 2:27, acima, a nota sobre os TRADUTORES quando a tremendamente enfraquecerem a palavra INFERNO, a nota sobre TRANSLITERAÇÕES, etc.


Carta 03 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a DIVINDADE DE CRISTO!

************ Início da 3ª Exposição *********


Bíblias TC enfraquecem a divindade de Cristo na Bíblia Sagrada

HÁ UM ÚNICO DEUS, O DA BÍBLIA, ÚNICO EM NATUREZA E SUBSTÂNCIA, VIVO E VERDADEIRO, INDIVISÍVEL, MAS EM 3 PESSOAS DISTINTAS E ETERNAS -- O PAI, O FILHO, E O ESPÍRITO SANTO. JESUS CRISTO, EM QUEM CREMOS, FOI MIRACULOSAMENTE GERADO DO ESPÍRITO SANTO, NASCIDO DE MARIA (SENDO ELA AINDA VIRGEM), E ELE FOI, É, E SEMPRE SERÁ 100% VERDADEIRO DEUS E 100% VERDADEIRO HOMEM. CRISTO, COMO UMA DAS PESSOAS DA TRIÚNA DIVINDADE,  É O DEUS CRIADOR DE TODAS AS COISAS, É O DEUS ALTÍSSIMO, O DEUS ETERNO. MAS O TC (TEXTO CRÍTICO) OMITE, ADULTERA, OU ACRESCENTA A ISTO.

ANÁLISE DE 6 REFERÊNCIAS ONDE A ARA [quer por espelhar o TC, ou por traduzir não por Equivalência Formal e do modo mais tradicional e seguro e condizente com a sã doutrina de toda a Bíblia] ALTERA O TEXTO, ATACANDO OU ENFRAQUECENDO A DIVINDADE DE CRISTO; COMPROVANDO MAIS UMA VEZ A SUPERIORIDADE E FIDELIDADE DO TR (TEXTO RECEBIDO), COMO A PALAVRA DE DEUS INFALÍVEL E PODEROSAMENTE PRESERVADA POR DEUS, EM USO PELOS CRENTES FIÉIS EM CRISTO JESUS, EM TODOS OS TEMPOS:


1) MIQUÉIAS 5:2

E tu, Belém Efrata, ainda que és pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá quem há de ser dominador em Israel; e as suas SAÍDAS desde a antiguidade, desde os dias da eternidade. ARR (1948) – TBS

"
E tu, Belém-Efrata, pequena demais para figurar como grupo de milhares de Judá, de ti me sairá o que há de reinar em Israel, e cujas ORIGENS são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade." ARA  (1959)

Ora, quem tem uma origem não é eterno, foi criado, teve um começo antes do qual era inexistente. Portanto, a ARA reduz Cristo a um ser originado, criado! E quem foi originado não pode ser Deus, de modo nenhum! Ah, como esta tradução agrada aos Testemunhas de Jeová: A "bíblia" deles em inglês, a única coisa deles que tenho aqui em casa (como veneno a ser examinado mas jamais tomado nem provado), pode ser assim traduzida para o português: "
E tu, Belém Efrata, pequena demais para chegar a estar entre as milhares de Judá, de ti me sairá o que há de tornar-se governante em Israel, cuja ORIGEM é desde os tempos primitivos, desde os dias do tempo indefinido".) Quem pode negar que, podes tu negar que, pelo menos aqui, a ARA e a tradução dos Testemunhas de Jeová basicamente concordam em grande harmonia e, conscientemente ou não, servem aos propósitos do Diabo, o único interessado em enfraquecer (mesmo que somente em alguns locais da Bíblia, não em todos eles) a maravilhosa divindade de Cristo?!...


2) JOÃO 9:35

"Ouviu Jesus dizer que o haviam lançado fóra; e, tendo-o achado, disse-lhe: Tu crês no Filho de DEUS?" ARR (1948) – TBS

"Ouvindo Jesus que o tinham expulsado, encontrando-o, lhe perguntou: Crês tu no Filho do HOMEM?" ARA (1959)

A ARA adultera "DEUS", das Bíblias da Reforma, para "HOMEM" (e a desculpa "seguimos o TC, a culpa é dele" soa como criminosos de guerra dizendo "seguimos o general Diabolos Carniceiro, a culpa é dele"). Nota que sempre que, em todo o Novo Testamento, Cristo requer que os homens creiam no FILHO, sempre usa o título "Filho de DEUS", não "Filho do HOMEM". E, das 88 ocorrências da expressão "Filho do HOMEM" no Novo Testamento, só 1 (isto é, João 3:14-15) relaciona-se com crer (mas o verso seguinte também traz crer no Filho de DEUS).

Aqui, vou deixar a ti que vás no teu escritório, abras a bíblia verde dos T.J, e notes a similaridade entre as deturpações dela e da ARA, neste verso... Fizeste isto? Sim, sei que estás surpreso e indignado, pois somente quem não ama a Palavra de Deus e a boa doutrina acima de TUDO o mais, não estaria. Mas prossigamos.


3) ATOS 9:5-6

“5 E ele disse: Quem és, Senhor? E disse O SENHOR: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. DURA COISA TE É RECALCITRAR CONTRA OS AGUILHÕES. 6 E ELE, TREMENDO, E ATÔNITO, DISSE: SENHOR, QUE QUERES QUE EU FAÇA? E O SENHOR LHE DISSE: Levanta-te, e entra na cidade, e se te dirá o que te convém fazer.” ARR (1948) TBS

“5 Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem tu persegues; 6 mas, levanta-te, e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer.” ARA (1959)

A ARA, aqui, omite/enfraquece/ destrói as 26 palavras que negritamos! (e a desculpa "seguimos o TC, a culpa é dele" soa como criminosos de guerra dizendo "seguimos o general Diabolos Carniceiro, a culpa é dele.") Portanto, aqui, a ARA omite/enfraquece/ destrói que Cristo é o SENHOR, que Cristo é o DEUS, que a salvação vem da aceitação de Cristo como único e total SENHOR (isto é, Dono total e Controlador total) E DEUS sobre mim e sobre toda a criação, e que Lhe devemos imediata e total obediência!

Ah, como esta tradução agrada aos Testemunhas de Jeová: A "bíblia" deles em inglês pode ser assim traduzida para o português:
“5 Ele disse: Quem és, Senhor? Ele disse: Eu sou Jesus, a quem tu persegues; 6 Não obstante, levanta-te e entra na cidade, e ser-te-á dito o que tens de fazer.”)

Ninguém poderá negar que, certamente não deixarás de concordar que, pelo menos aqui, a ARA e a tradução dos Testemunhas de Jeová basicamente concordam em grande harmonia e, conscientemente ou não, servem aos propósitos do Diabo, o único interessado em enfraquecer (mesmo que somente em alguns locais da Bíblia, não em todos eles) a maravilhosa divindade de Cristo!... Não acredito que queiras continuar a usar uma bíblia com tantas semelhanças com a dos T.J.!...


4) ROMANOS 14:10, 12

"(10) Mas tu porque julgas a teu irmão? Ou tu também porque desprezas a teu irmão? Porque todos havemos de apresentar-nos ante o tribunal de CRISTO. ... (12) De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus." ARR (1948) TBS

"
10 Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de DEUS. 12 Assim, pois, cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus." ARA (1959)

A ARA adultera "TRIBUNAL DE CRISTO" para "TRIBUNAL DE DEUS", destruindo uma grande prova de que Cristo é o Deus, o mesmo Deus do verso 12! (e a desculpa "seguimos o TC, a culpa é dele" soa como criminosos de guerra dizendo "seguimos o general Diabolos Carniceiro, a culpa é dele.") Lembremos que Cristo é o juiz dos julgamentos de todos os homens (João 5:22): é juiz dos crentes (para galardoamento) e dos perdidos (para eterno sofrimento)! Sê franco: Aqui, qual a grande diferença da ARA para a "bíblia" dos Testemunhas de Jeová? Ela tem "
10 Mas, por que julgas tu o teu irmão? Ou, por que menosprezas também o teu irmão? Porque nós todos ficaremos postados diante da cadeira de juiz de DEUS; 12 Assim, pois, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus."


5) 1 TIMÓTEO 3:16

"E sem dúvida nenhuma, grande é o mistério da piedade: DEUS se manifestou em carne, foi justificado no espírito; foi visto dos anjos, foi pregado aos gentios; foi crido no mundo, foi assunto na glória." ARR (1948) TBS

“Evidentemente, grande é o mistério da piedade: AQUELE QUE foi manifestado na carne, foi justificado em espírito, contemplado por anjos, pregado entre os gentios, crido no mundo, recebido na glória.” ARA (1959)

Este é um dos mais graves locais onde a ARA omite/enfraquece/ destrói a divindade de Cristo (e a desculpa "seguimos o TC, a culpa é dele" soa como criminosos de guerra dizendo "seguimos o general Diabolos Carniceiro, a culpa é dele"): Ao adulterar a palavra "DEUS" para "AQUELE QUE", a ARA amputa uma das maiores provas  (eu acho que talvez seja a segunda maior prova) da divindade de Cristo! E fica ridícula e sem lógica: Qual o grande sinal no primeiro elemento desta sêxtupla lista de grandes sinais (1- se manifestou em carne; ... ; 6- foi recebido acima na glória), se a cláusula se tornou "AQUELE QUE se manifestou na carne"? Porventura não se manifestam todos homens na carne, isto é, num corpo? Que sinal há nisto?! Até meu fiel cão pastor belga está manifestado em carne, ele tem um corpo!

Bem, talvez seja subjetivo, mas eu acho que, aqui, a ARA está pior mesmo que a bíblia dos T. Jeová, que tem: "
Deveras, o segredo sagrado desta devoção piedosa é admitidamente grande: 'ELE foi manifestado em carne, foi declarado justo em espírito, apareceu a anjos, foi pregado entre nações, foi crido no mundo, foi recebido acima em glória.'".  Novamente, não acredito que queiras continuar a usar uma bíblia com tantas semelhanças com (e, às vezes, até pior que) a dos T.J.!...


6) HEBREUS 2:11

"Porque, assim os que são santificados, como que santifica, como TODOS SÃO DE UM; pela qual causa não se envergonha de lhes chamar irmãos;" ARR (1948) TBS

“Pois, tanto o que santifica como os que são santificados, TODOS VÊM DE UM SÓ. Por isso, é que ele não se envergonha de lhes chamar irmãos,” ARA (1959)

A escolha desta palavra "VÊM", pela ARA, implica que TODOS (os homens santificados e o Santificador deles, Cristo) PROVÊM UMA MESMA ORIGEM. Portanto, reduzem Cristo a um ser proveniente, derivado, criado, que não pode ser o pleno e real Deus! Quem foi originado não pode ser o Deus! Aqui, vês alguma diferença entre a ARA e a bíblia dos T. Jeová, que diz "
Porque tanto aquele que santifica como os que estão sendo santificados **[PROVÊM]** TODOS DE UM SÓ, e por esta causa ele não se envergonha de chamá-los 'irmãos' " ? Eu não vejo diferença, ARA e Tradução Novo Mundo parecem "farinha do mesmo saco."


********* Final da 3ª Exposição *********



Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias),
em 1960.

Esta é a carta número 03, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Observações de Hélio:

Recentemente, têm surgido outras bíblias além da ARA que são baseadas (total ou parcialmente) no mesmo Texto Crítico o qual somente no século XX começou a inocular seu veneno nas bíblias dos batistas e "protestantes”, e que omite ou adiciona ou adultera cerca de 10.000 das cerca de 140.000 palavras do Novo Testamento em grego. Algumas dessas mais recentes bíblias do TC são talvez, em alguns locais, ainda piores que a ARA de 1959, introduzindo ainda mais veneno. Deixa-me dar 1 exemplo tirado da RSV (Revised Standard Version). Além de todos os graves pecados acima citados, a RSV também, em adição, comete mais 1 grave pecados relativo ao mesmo assunto:


1) ATOS 20:28

"Portanto atentai por vós mesmos, e por todo o rebanho, sobre que o Espírito Santo vos tem constituído bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou pelo SEU PRÓPRIO SANGUE.". ARR (1948) TBS

O pronome em "Seu próprio" (ou "de Si próprio") se refere a "Deus", portanto o sangue que nos resgatou foi o sangue de o Deus, portanto Cristo é o Deus!

"
Olhai por vós mesmos e todo o rebanho no qual o Espírito Santo vos tem feito superintendentes, para cuidares pela igreja de Deus, a qual ele obteve com o SANGUE DO SEU PRÓPRIO FILHO." RSV (Revised Standard Version) Note como, aqui, a RSV é tão ruim quanto a bíblia dos T. Jeová (que diz "Prestai atenção a vós mesmos e a todo o rebanho, entre o qual o espírito santo vos designou superintendentes para pastorear a congregação de Deus, que ele comprou com O SANGUE DO SEU PRÓPRIO [Filho]")!

Os rodapé da NIV e NVI "só" trocam "DEUS" para "SENHOR". Mas com isto, mesmo que de outro modo, também escondem que o sangue de Cristo é o sangue de "O DEUS", portanto escondem que Cristo é "O DEUS". (e a desculpa "seguimos o TC, a culpa é dele" soa como criminosos de guerra dizendo "seguimos o general Diabolos Carniceiro, a culpa é dele".)


 

Carta 04 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina  Revisionada  e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece o SANGUE DE CRISTO!

********* Início da 4ª Exposição *********


Bíblias TC enfraquecem a divindade de Cristo na Bíblia Sagrada

HÁ UM ÚNICO DEUS, O DA BÍBLIA, ÚNICO EM NATUREZA E SUBSTÂNCIA, VIVO E VERDADEIRO, INDIVISÍVEL, MAS NELE CO-EXISTINDO ETERNAMENTE 3 PESSOAS DISTINTAS  -- O PAI, O VERBO, E O ESPÍRITO SANTO. DEUS O VERBO ETERNO, EM QUEM CREMOS, TEVE SEU CORPO MIRACULOSAMENTE GERADO DO ESPÍRITO SANTO EM MARIA, DELA NASCEU SENDO ELA AINDA VIRGEM, RECEBEU O NOME DE JESUS, O CRISTO, E FOI, É, E SEMPRE SERÁ 100% VERDADEIRO DEUS E 100% VERDADEIRO HOMEM. CRISTO, COMO UMA DAS PESSOAS DA TRIÚNA DIVINDADE,  É O DEUS CRIADOR DE TODAS AS COISAS, É O DEUS ALTÍSSIMO, O DEUS ETERNO, DEUS O FILHO. MAS O TC (TEXTO CRÍTICO) OMITE, ADULTERA, OU ACRESCENTA A ISTO.

ANÁLISE DE 1 REFERÊNCIA ONDE A ARA [quer por espelhar o TC, ou por traduzir não por Equivalência Formal e do modo mais tradicional e seguro e condizente com a sã doutrina de toda a Bíblia] ALTERA O TEXTO, ATACANDO OU ENFRAQUECENDO A DIVINDADE DE CRISTO; COMPROVANDO MAIS UMA VEZ A SUPERIORIDADE E FIDELIDADE DO TR (TEXTO RECEBIDO), COMO A PALAVRA DE DEUS INFALÍVEL E PODEROSAMENTE PRESERVADA POR DEUS, EM USO PELOS CRENTES FIÉIS EM CRISTO JESUS, EM TODOS OS TEMPOS:


1) COLOSSENSES 1:14

“No qual temos a redenção PELO SEU SANGUE, a remissão dos pecados;” ARR (1948) – TBS

no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.” ARA  (1959)

Em minha casa, a única coisa que tenho das Testemunhas de Jeová é a "bíblia" deles em inglês, como veneno a ser examinado (mas jamais tomado nem provado). Neste verso, ela pode ser assim traduzida para o português: "
mediante quem temos o nosso livramento por meio de resgate, o perdão dos nossos pecados". 

Portanto, o Texto Crítico, e a Bíblia dos T.Jeová, e a ARA aqui se equiparam, pois aqui decepam fora tudo o que pusemos em maiúsculas ao citarmos a Bíblia da Reforma, extirpam fora "
PELO SEU SANGUE"!!! !!! !!! Pelo menos aqui, extirpam fora, amputam fora que foi pelo derramamento do s-a-n-g-u-e de Cristo que nossos pecados foram expiados, que Deus foi propiciado, e que nossa total e definitiva salvação foi comprada! Terrível, inaceitável mutilação, das mais graves e ofensivas e inaceitáveis! Nunca esqueçamos: Hb 9:22 "E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão."!!! !!! !!! Note bem: Sem o derramamento do sangue de Cristo não há nenhuma salvação possível!

Quem pode negar que, podes tu negar que, pelo menos aqui, a ARA e a tradução das Testemunhas de Jeová basicamente concordam em grande harmonia e, conscientemente ou não, servem aos propósitos do Diabo, o único interessado em enfraquecer a doutrina da total necessidade e total suficiência do derramamento do sangue do nosso Salvador, Senhor e Deus, Jesus Cristo, para a salvação do homem?!... E que ninguém venha com a esfarrapada desculpa "seguimos o TC, a culpa é dele", isto soa como criminosos de guerra dizendo "seguimos o general Diabolos Carniceiro, a culpa é dele". 

Hoje, ficarei "somente" neste versículo, a amputação foi tão revoltante que não preciso prosseguir na exposição dos gravíssimos erros da bíblia que introduziste. Não acredito que queiras continuar a usar nenhuma bíblia com tantas semelhanças com (e, às vezes, até pior que) a dos T.J.!... Tenho certeza de que logo a destruirás. O pecado dos T.C. e ARA e bíblia dos T.Jeová, hoje exposto, é tão grande e grosseiro e revoltante, que não posso imaginar que um crente sincero, depois de saber dele, deixará de destruir sua cópia dessas bíblias, não a dará a ninguém nem a jogará intata no lixo, para que não possa contaminar outras pessoas. E, antes que alguém tente usá-la, repito que a esfarrapada desculpa "seguimos o TC, a culpa é dele" soa como criminosos de guerra dizendo "seguimos o general Diabolos Carniceiro, a culpa é dele". 

Toma qualquer aparato crítico (mesmo dos peçonhentos Westcott-Hort, ou da UBS, ou de Nestle-Alland, etc.) e verificarás que a expressão "pelo Seu sangue" está na enorme maioria (embora não em todos) dos muitíssimos mss bizantinos, e está mesmo em 35% dos pouquíssimos mss gregos não bizantinos. Verificarás que ela tem atestado de manuscritos do século II (anos 1**, cento e alguma coisa), bem antes dos manuscritos alexandrinos do século IV, os primeiros a amputar a expressão. Toma qualquer livro descrevendo o caráter e ensino do herege Orígenes (o pai espiritual da Escola de Alexandria, fossa de deturpações em cima da Bíblia e de heresias católicas; o pai espiritual de Clemente de Alexandria, que foi o pai espiritual dos mais rasurados e cheios de heresias manuscritos que existem sobre a face da terra, o Vaticanus e o Sinaiticus), e logo entenderás que a amputação de parte de Colossenses 1:14, perpetrada pelos lacaios de Orígenes, deve-se ao fato que este defendia de unhas e dentes que a redenção, portanto a salvação, dependia do perdão de pecados obtido via o CONFESSIONÁRIO (depois adotado pelos católicos), não pelo vinha pelo sangue do Cristo. E, se em primeira instância viesse deste sangue, não o vinha em caráter decisivo, nem suficiente, nem eterno, nem único: a remissão dos nossos pecados vinha basicamente pelas mãos do clero, se este perdoasse os pecados que lhe confessássemos na instituição do confessionário.

Faze tudo isto, se quiseres. Mas, na minha opinião, sem irmos para tecnicalidades infindáveis, sem irmos contar e avaliar em intermináveis detalhes cada um dos milhares de manuscritos e outras testemunhas da História, o decisivo mesmo (esta é minha firme posição) é que Deus não falhou ao preservar o texto em TODAS [ou praticamente todas] as Bíblias IMPRESSAS e usadas pelos salvos fiéis, de 1522 a 1881, portanto por 359 anos, até que surgiram as primeiras e fracas vozes contestatórias!


 ********* Final 4ª da Exposição *********

Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias), em 1960. 

Esta é a
 carta número 04, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Carta 05 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a MORTE VICÁRIA DO CRISTO

(isto é, Sua morte em nosso lugar, como nosso substituto, recebendo a condenação por nossos pecados)!

 

********* Início da 5ª Exposição *********



Amado Pastor Regula Falsi Baptista Alexandrinus, meu filho na fé:


Entre 1950 e 1953, quando eras meu jovem aluno do centro de treinamento teológico prático para obreiros da igreja, disseste muitas vezes que a apostila de que mais gostavas e mais tocava o teu espírito e mais te entusiasmava era a de "Soteriologia, a Doutrina da Salvação", por mim preparada. Permite-me começar por reproduzir a página sobre a morte vicária do Cristo, daquela apostila:

Antes do Calvário, no Velho Testamento, o cordeiro morria PELO pastor (isto é, em lugar dele, em substituição a ele, pagando os pecados dele) quando ele, em bíblica fé que antevia o Calvário, o oferecia em sacrifício Ex 12:3-7,12-13. 

Mas o valor e eficácia desta substituição de antes do Calvário eram temporárias e limitadas, e os sacrifícios do Velho Testamento necessitavam, tinham obrigatoriamente que ser repetidos a cada dia, e somente COBRIAM [temporariamente] os pecados, não os TIRAVAM [definitivamente] . Conforme nos revela Hb 10:1-4, o valor e eficácia dos sacrifícios do Velho Testamento eram temporários, inferiores, e insuficientes.

No Calvário, o Pastor morreu pela ovelha João 10:11. O sacrifício do Cordeiro de Deus foi feito de UMA só vez para sempre, e TIROU [definitivamente] o pecado de todo naquele que creu biblicamente, o valor e eficácia do sacrifício do Cristo foi permanente! Hb 10:1-4; João 1:29.

Cristo, jamais tendo pecado, nem havendo sequer a mais remota possibilidade dEle ter pecado (João 8:46; Hb 4:15; 1Pe 2:22), não pode ter morrido por causa de pecado Próprio. 

A Palavra de Deus sobejamente ensina que Cristo não morreu por Seus próprios pecados, não por Sua fraqueza, não por acidente imprevisto, não para nos dar um exemplo, não para fazer somente os primeiros 99% da nossa salvação e nos deixar a obrigação pelos restantes 1% dela, obrigação de "depois da salvação inicial, nunca cair demais ou por tempo demais, de não pecar demais ou por tempo demais". Ao contrário, a Palavra de Deus, interpretada literalmente (mas atentando às dispensações e aos contextos) sobejamente ensina que Cristo, de um modo infalível e definitivo, morreu VICARIAMENTE, como nosso SUBSTITUTO definitivo, em NOSSO lugar, pagando por todos NOSSOS pecado de antes e de depois de realmente nos arrependermos e de biblicamente crermos e de O recebermos como Salvador e Senhor- Dono- Controlador único e suficiente, de realmente crermos em cada palavra da Bíblia, de sermos regenerados. A Palavra de Deus sobejamente ensina que Cristo, de um modo infalível e definitivo, morreu recebendo sobre Ele, definitivamente, a punição que NÓS merecíamos e merecemos e mereceremos! !!... Is 53:4-8,11-12 (substituição é indiscutível); Rm 5:8; 1 Co 15:3; 2Co 5:21 (substituição é indiscutível); 1Pe 2:24 (substituição é indiscutível em "levando ele mesmo os nossos pecados sobre o madeiro"). Ver também 1Pe 3:18; Lv 1:2-4; Rm 4:25; Mt 1:21.

“3 Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família. 4 Mas se a família for pequena para um cordeiro, então tome um só com seu vizinho perto de sua casa, conforme o número das almas; cada um conforme ao seu comer, fareis a conta conforme ao cordeiro. 5 O cordeiro, ou cabrito, será sem mácula, um macho de um ano, o qual tomareis das ovelhas ou das cabras. 6 E o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, e todo o ajuntamento da congregação de Israel o sacrificará à tarde. 7 E tomarão do sangue, e pô-lo-ão em ambas as ombreiras, e na verga da porta, nas casas em que o comerem.” (Êx 12:3-7 )

“12 E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o SENHOR. 13 E aquele sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga de mortandade, quando eu ferir a terra do Egito.” (Êx 12:12-13 )

“1 ¶ PORQUE tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam. 2 Doutra maneira, teriam deixado de se oferecer, porque, purificados uma vez os ministrantes, nunca mais teriam consciência de pecado. 3 Nesses sacrifícios, porém, cada ano se faz comemoração dos pecados, 4 Porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados.” (Hb 10:1-4 )

“Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas 
[huper] ovelhas.” (Jo 10:11 )

(Em grego, "huper" significa primariamente "em benefício de", mas também, secundariamente, em alguns versículos, também pode perfeitamente e TEM que TAMBÉM significar "em lugar de, como substituto de". Os dois sentidos se somam, ao invés de um excluir o outro. Este é o caso no presente verso: o contexto de toda a Bíblia, a sã doutrina derivada de toda a Bíblia, e o contexto imediato EXIGEM que demos a "huper" AMBAS as traduções. Não vá na onda dos falsos eruditos que odeiam a doutrina do sacrifício vicário e, somente por isso, fazem malabarismos para tentar dizer que "huper" nunca, jamais pode ter o significado secundário, particularmente aqui. Erram redondamente e, mesmo se não tiverem consciência disso, aqui estão do lado ou ajudam ao lado que quer enfraquecer a são doutrina da morte vicária do Cristo, portanto servem aos propósitos do Diabo. É ou não é? Reforçam ou enfraquecem a sã doutrina da morte vicária do Cristo? Mais explicações na resposta à Objeção 1, abaixo.)

“No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” (Jo 1:29 )

Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes?” (Jo 8:46 )

“Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.” (Hb 4:15 )

“O qual não cometeu pecado, nem na sua boca se achou engano.” (1Pe 2:22 )

*** “4 ¶ Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. 5 Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. 6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos. 7 Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. 8 Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido.” (Is 53:4-8 )

*** “11 Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si. 12 Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.” (Is 53:11-12 )

“Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por 
[huper] nós, sendo nós ainda pecadores.” (Rm 5:8 )
(Aqui cabe perfeitamente a tradução de "huper" para "em lugar de, como substituto de". Ver nota em João 10:11 acima e, ainda mais explicada, a nota de Objeções 1, abaixo.)

“Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por [huper] nossos pecados, segundo as Escrituras,” (1Co 15:3 )

(Aqui cabe perfeitamente a tradução de "huper" para "em lugar de, como substituto de". Ver nota em João 10:11 acima e, ainda mais explicada, a nota de Objeções 1, abaixo.)

*** “Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por [huper] nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” (2Co 5:21 )

(Aqui cabe perfeitamente a tradução de "huper" para "em lugar de, como substituto de". Ver nota em João 10:11 acima e, ainda mais explicada, a nota de Objeções 1, abaixo.)

Tradução mais literal, mesmo se o estilo do português parecer um pouco estranho: “Porque Àquele (ao Cristo) não havendo conhecido pecado, Ele (Deus) O fez ser pecado para benefício- e- em- lugar- de nós; para que, nEle, fôssemos feitos justiça de Deus.” (2Co 5:21)

*** “Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.” (1Pe 2:24 )
Tradução mais literal, mesmo se o estilo do português parecer um pouco estranho: “O Qual, Ele mesmo, carregou os nossos pecados no Seu próprio corpo sobre o madeiro, para que, havendo nós morrido para os pecados, vivêssemos para a justiça: pelas Suas feridas fostes sarados,” (1Pe 2:24)

“Porque também Cristo padeceu uma vez pelos [huper] pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;” (1Pe 3:18 )
(Aqui cabe perfeitamente a tradução de "huper" para "em lugar de, como substituto de". Ver nota em João 10:11 acima e, ainda mais explicada, a nota de Objeções 1, abaixo.)

“2 Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando algum de vós oferecer oferta ao SENHOR, oferecerá a sua oferta de gado, isto é, de gado vacum e de ovelha. 3 ¶ Se a sua oferta for holocausto de gado, oferecerá macho sem defeito; à porta da tenda da congregação a oferecerá, de sua própria vontade, perante o SENHOR. 4 E porá a sua mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja aceito a favor dele, para a sua expiação.” (Lv 1:2-4 )

“O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação.” (Rm 4:25 )

“E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” (Mt 1:21 )

 

Objeção 1: "a preposição grega 'anti' pode significar 'em lugar de', mas 'huper', que quase sempre é usada quando se aborda o sofrimento e morte de Cristo, só significa 'no nome ou interesse de', ou 'tendo em vista o benefício de', e nunca, jamais, em grau nenhum ou hipótese nenhuma, pode significar 'em lugar de.'  ".


Resposta: - "Anti", que só significa "em lugar de", é assim usada em vários contextos diferentes (ler depois: Mt 5:38; Lc 11:11; Rm 12:17; 1 Tm 5:15; Hb 12:16; 1 Pe 3:9), mas também é usada no contexto do sofrimento e morte de Cristo, definitivamente provando que estes foram vicários, substitutórios, em nosso lugar! Mt 20:28 = Mc 10:45.


- "Huper" pode significar outra coisa, mas também pode significar "em lugar de", como é inegável em 3 versos, e estes estão no contexto do sofrimento e morte do Cristo! 1 Co 15:3; 2 Co 5:14; Gl 1:4.


- Conclusão: Nos versos examinados neste capítulo "huper" conduz ambas as idéias ("para o benefício de" e "em lugar de"), ao passo que "anti" somente conduz a idéia de substituição ("em lugar de"). Cristo morreu tanto para o benefício dos pecadores quanto também em lugar deles!

   "Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate POR [anti] muitos." (Mateus 20:28 = Marcos 10:45) ("anti" sempre significa "no lugar de")

   "... Cristo morreu POR [huper] nossos pecados, segundo as Escrituras," (1 Coríntios 15:3). (O significado "no nome, ou no interesse, ou para o benefício de" é impossível, o correto é somente "em lugar de"). É impossível, ridícula e blasfema a tradução "... Cristo morreu para o benefício dos nossos pecados...". A única tradução possível e correta é "Cristo morreu em lugar de [isto é, como substituto por] nossos pecados, segundo as Escrituras,"

   ... se um morreu POR [huper] todos, logo todos morreram. (2 Coríntios 5:14) (A conclusão "logo todos morreram" implica que o significado "no nome, ou no interesse, ou para o benefício de" é impossível, o correto é somente "em lugar de").
   O qual se deu a si mesmo POR [huper] nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai, (Gálatas 1:4) (
O significado "no nome, ou no interesse, ou para o benefício de" é impossível, o correto é somente "em lugar de"). É impossível, ridícula e blasfema a tradução "O qual se deu a si mesmo para o benefício dos nossos pecados...". A única tradução possível e correta é "O qual se deu a si mesmo em lugar de [isto é, como substituto por] nossos pecados, ..."

Objeção 2: "Seria imoral o Deus-Pai punir uma terceira pessoa, inocente, a saber, o Deus-Filho".

Resposta: - Erras no ponto de partida, pensando como se o Pai e o Filho fossem tão independentes quanto dois homens distintos (caso em que poderias ter alguma razão). Mas, desde que o Filho e o Pai são pessoas do mesmo ser divino, não é injusto que o ser (o Deus único e Trino) que é juiz absoluto (que também é o ser ofendido) pague a penalidade Ele próprio, se escolher fazê-lo.
- Ademais: Jesus não foi forçado, antes deu Sua vida voluntariamente, em lugar das ovelhas João 10:15,17-18.


Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas. (João 10:15)

   17 Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. 18 Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai. (João 10:17-18)

Objeção 3: "A satisfação da justiça, e o perdão, são mutuamente exclusivos. Se o Filho nos substituiu e sofreu a penalidade em nosso lugar, então Deus-Pai é moralmente obrigado a nos libertar, e nisto não mostrará misericórdia, pois não estará fazendo nada mais que Sua obrigação."

Resposta: - Erras no ponto de partida, pensando como se o Pai e o Filho fossem tão independentes quanto dois homens distintos (caso em que poderias ter alguma razão). Mas, desde que o Filho (nosso substituto) e o Pai (juiz) são pessoas do mesmo ser divino (o Deus único e Trino), perdoar-nos e libertar-nos são optativos, são misericórdia e não obrigação, e podem ser oferecidos nos termos que bem queira (a obediência de Cristo não faz a nossa desnecessária, temos que nos arrepender e crer para podermos nos beneficiar da Sua morte expiatória).


Meu amado irmão, meu filho na fé, Pr. Regula Falsi Baptista Alexandrinus, sei que até agora estás exultando em relembrar tão maravilhosa doutrina, estás dando glórias a Deus, estás repetindo "Amém e Amém, oh o maravilhoso amor de Deus, oh o maravilhoso amor de  Deus! Glória a Deus, toda glória a Deus! Louvai ao Senhor!"


Mas, agora, vejamos o que o Texto Crítico e a bíblia ARA, que introduziste na nossa igreja e nossa denominação, no ano passado, fazem a respeito da doutrina da morte vicária do Cristo. Vejamos 2 versículos.


1) 1 Coríntios 5:7: 

“Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado POR {*} NÓS.”  ARC - Almeida Revista e Corrigida (1951), IBB (Imprensa Bíblica do Brasil)

{* "huper", aqui, pelas razões acima explicadas, TEM que ser entendido de AMBOS os modos, isto é, tanto como "em benefício de" como "em lugar de, como substituto de". Não pode faltar nenhum desses maravilhosos conceitos, no entendimento de tão rico versículo}

“Lançai fora o velho fermento, para que sejais nova massa, como sois, de fato, sem fermento. Pois também Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi imolado.” ARA  (1959)

O Texto Crítico e a ARA, aqui, totalmente amputam a expressão "POR NÓS". Portanto, aqui, totalmente odeiam, são contra, e amputam que o Cristo morreu POR NÓS. Não posso me lembrar de nada tão revoltante quanto ou mais grave que esta mutilação. Cortam fora da Bíblia, aqui, tanto que o Cristo morreu vicariamente "por nós", no sentido de nosso substituto recebendo em nosso lugar o castigo que merecemos (segundo Is 53:5), como cortam fora que Ele morreu para eterno benefício nosso!!! Terrível, inaceitável mutilação, das mais graves e ofensivas e inaceitáveis! Nota, amado irmão, que quem pensa estar salvo mas repudia e se revolta contra a doutrina da morte vicária do Cristo, não pode, de modo nenhum, ter sido realmente salvo, pois se baseia, ao menos em parte, na sua capacidade de contribuir ao menos em 1% com sua salvação, através de suas obras e perseverança. Nota, caro pastor, que, por tais motivos, a pregação do Evangelho que esconde ou nega a doutrina da morte vicária do nosso Salvador e Senhor não pode, de modo nenhum, trazer salvação.

Em minha casa, a única coisa que tenho dos Testemunhas de Jeová é a "bíblia" deles em inglês, como veneno a ser examinado (mas jamais tomado nem provado). Neste verso, ela pode ser assim traduzida para o português: "
Retirai o velho fermento, para que sejais massa nova, conforme estiverdes livres do levedo. Pois, deveras, Cristo, a nossa páscoa, já tem sido sacrificado.

Portanto, o Texto Crítico, e a Bíblia dos T.Jeová, e a ARA, todos os três, aqui se equiparam, pois aqui decepam fora a sumamente importante expressão "
POR NÓS"!!! !!! !!! Depois da invenção da imprensa, a partir da Bíblia de Lutero de 1522/1534 e da Bíblia de Tyndale em 1526/1537, passando pela Almeida de 1681/1753, tão sublime expressão "por nós" corretamente figurava em TODAS as Bíblias que, por 359 anos, foram as ÚNICAS adotadas por TODOS os crentes verdadeiros de TODAS as igrejas batistas e reformadas em TODOS os países e em TODAS as línguas, com bênçãos incontáveis e maravilhosíssimas, até que, em 1881 no mundo de fala inglesa, e em 1959 no mundo de fala portuguesa, começaram a ser impressas e introduzidas e ser aceitas e usadas as primeiras e fracas vozes de bíblias contestatórias, seguindo o abominável alexandrismo.

Quem pode negar que, podes tu negar que, pelo menos aqui, a ARA e a tradução das Testemunhas de Jeová basicamente concordam em grande harmonia e, conscientemente ou não, servem aos propósitos do Diabo, o único interessado em enfraquecer a doutrina da morte vicária do nosso Salvador, Senhor e Deus, Jesus Cristo, para a salvação do homem?!... E que ninguém venha com a esfarrapada desculpa "seguimos o TC, a culpa é dele", isto soa como criminosos de guerra dizendo "seguimos o general Diabolos Carniceiro, a culpa é dele". 


1 Pedro 4:1: 

“Ora, pois, já que Cristo padeceu POR {*} NÓS na carne, armai-vos também vós com este pensamento: que aquele que padeceu na carne  cessou do pecado,”
 ARC - Almeida Revista e Corrigida (1951), IBB (Imprensa Bíblica do Brasil) {* "huper", aqui, pelas razões acima explicadas, TEM que ser entendido de AMBOS os modos, isto é, tanto como "em benefício de" como "em lugar de, como substituto de". Não pode faltar nenhum desses maravilhosos conceitos, no entendimento de tão rico versículo}

“Ora, tendo Cristo sofrido na carne, armai-vos também vós do mesmo pensamento; pois aquele que sofreu na carne deixou o pecado,” ARA (1959)

Aqui, vou deixar a ti que vás no teu escritório, abras a bíblia verde dos Testemunhas de Jeová, e notes a similaridade entre as deturpações dela e da ARA, neste verso... Fizeste isto? Sim, sei que estás surpreso e indignado, pois somente quem não ama a Palavra de Deus e a boa doutrina acima de TUDO o mais, não estaria. 

Repito, aqui, todos os comentários e exortações que fiz acerca do verso acima (1 Co 5:7)

Não acredito que queiras continuar a usar nenhuma bíblia com tantas semelhanças com (e, às vezes, até pior que) a dos T.J.!... Tenho certeza de que logo a destruirás. 

Pastor, não caias tu no infindável tecnicalismo das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas. Responde a ti mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) as palavras "POR NÓS", e que Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação durante muitos e muitos séculos ininterruptos, até que, bem recentemente, deslumbrantes eruditos vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta da omissão é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO dessas palavras por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a ARA é, pelo menos em 1 Co 5:7 e em 1 Pe 4:1, muito semelhante à bíblia dos Testemunhas de Jeová? (na realidade, o é nas quase 10.000 palavras que Westcott-Hort amputaram, adicionaram ou adulteraram, contando-se apenas no Novo Testamento.)  A quem darás tua fidelidade, pastor: ao teu orgulho de não voltar atrás, ao teu seminário, aos teus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da tua denominação, ou só e totalmente a Deus?

 

********* Final da 5ª Exposição *********

Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pai na fé que sempre tanto te amou e amará em Cristo, teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias).

Em 1960.

Esta é a carta número 05, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Carta 06 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a BBN (Bíblia Bela Novidade, Portuguesa), que Introduziste, Enfraquece que o CRISTO NASCEU DE UMA VIRGEM!


Meu amado irmão, meu dileto filho na fé, meu querido ex-aluno e ovelha, hoje meu estimado pastor Regula Falsi Baptista Alexandrinus, pastor da minha amada Igreja Batista (regular na autorização por [e na reverentíssima submissão a] a Corporação).

Por favor, para refrescar tua memória e restabelecer o contexto e histórico e razões e princípios envolvidos nesta carta, é indispensável que releias os 7 primeiros parágrafos da introdução da 1a. desta série de 12 cartas que, com todo amor, te alertam e exortam. [Nota de Hélio: ver http://www.solascri ptura-tt. org/Bibliologia- Traducoes/ ARA1-EnfraqueceA nuenciaEHarmonia AMEM-Helio. htm <http://www.solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/ARA1-EnfraqueceAnuenciaEHarmoniaAMEM-Helio.htm>]. Algumas partes dela:


Estamos em 1994. ... ... ...

Desde seus primeiros dias em Portugal, até recentemente, nossa denominação sempre adotou somente a abençoada Bíblia Almeida da família "Corrigida" com tradução baseada no texto que passou a ser conhecido pelo nome de Textus Receptus. Por mais de 359 anos a partir de 1522 e 1526 (impressões do Novo Testamento por Lutero e por Tyndale, respectivamente), Bíblias fielmente traduzidas a partir do Textus Receptus foram as ÚNICAS adotadas por TODOS os crentes verdadeiros de TODAS as igrejas batistas e reformadas em TODOS os países e em TODAS as línguas, com bênçãos incontáveis e maravilhosíssimas.

No ano passado (1993), tu, pastor, recém advindo do seminário moveste intensa campanha até fazer nossa igreja ser a 1a. de nossa denominação, em Portugal, a adotar a BBN (Bíblia Bela Novidade, portuguesa).

Somente crentes Infiéis (mesmo se fossem bem vistos e sinceros e inconscientes do pecado que estavam cometendo, e mesmo se fossem bem intencionados) é que poderiam adulterar ou aceitar ser adulterada a Palavra de Deus. E, com toda certeza, mesmo que eles não tivessem consciência disso, o Diabo usaria para seus propósitos esses crentes Infiéis.
Ora, quando o Diabo atira uma seta, não almeja atingir a si mesmo nem suas hostes, e ele não chuta para tentar fazer "gol contra", e nem atira para tentar se matar. Portanto, sempre que há variantes de um texto da Bíblia, então, para discernirmos qual variante é a verdadeira e quais são as falsas, basta observarmos a direção das setas, dos chutes e das balas. ... ... ...

 

********* Início da 6ª Exposição BBN (Portuguesa) *********


Amado Pastor Regula Falsi Baptista Alexandrinus, meu filho na fé:


Bem deves lembrar que, nos 35 anos em que pastoreei a nossa igreja, sempre fiz da Escola Bíblica Dominical uma aula de sólida 1 hora de um verdadeiro seminário teológico, com toda ênfase no sistemático estudo da Teologia Sistemática, com apostilas, esboços das aulas previamente escritos em enormes cartolinas, com memorização de versículos, sabatinas, mini-testes de surpresa, provas em dois níveis que o aluno podia escolher, tarefas para casa, etc. Oficialmente, minha classe era para adultos, mas eu franqueava o acesso aos muitos jovens que queriam estudar Teologia com maior profundidade. Eu disse "dois níveis" porque eu sempre me esforçava para atender tanto as mais altas expectativas dos mais experientes e estudiosos alunos que exigiam o mais sério e mais profundo estudo de todas (mesmo as mais difíceis) doutrinas da Bíblia, quanto eu me esforçava para entusiasmar e plenamente atender as necessidades dos mais jovens (alguns com 15, 18 anos) e inexperientes alunos (alguns novos crentes que somente tinham feito o curso inicial de 3 meses para novos convertidos, depois sido batizados). A E.B.Dominical era o culto mais concorrido e entusiasmante de toda a semana. Mesmo com aulas somente a cada domingo, eu procurava a cada 8 anos basicamente cobrir todas as disciplinas teológicas dos melhores seminários de nossa denominação. Naturalmente, uma das disciplinas que mais entusiasmava os alunos era a de "Cristologia, a Doutrina Acerca do Cristo."

Permite-me começar por reproduzir uma parte de uma página daquela apostila de Cristologia que preparei, na seção que tratava do fato de o Cristo ter nascido de uma VIRGEM

 

CRISTO NASCEU DE UMA VIRGEM  

1. Afirmado categoricamente no N.T.:

Mateus 1:18-25 Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo. 19- Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. 20- E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; 21- E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. 22- Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; 23- Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco. 24- E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; 25- E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus.  

2. Profetizado no V.T.

Gênesis 3:15 E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a SUA semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. Esta é a única vez em toda a Bíblia em que a semente (um descendente) é dito ser de uma mulher e não de um homem. É uma fortíssima evidência de que o Salvador Messias descenderia de uma mulher, só dela, sem parte de um marido. 

Isaías 7:14 Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a VIRGEM conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.

6. Solenes advertências práticas: [Rogo de Hélio: Lê o artigo http://www.solascri ptura-tt. org/NecessidadeNascimen toVirginal-MattJohnson. htm <http://www.solascriptura-tt.org/NecessidadeNascimentoVirginal-MattJohnson.htm> ] 

A Bíblia ensina que o pecado é herdado de ADÃO, não de Eva. “Portanto, como por um HOMEM entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.” (Rm 5:12)

A nossa natureza pecaminosa NÃO resulta do pecado de Eva, e ela NÃO foi quem nos transmitiu nossa natureza pecaminosa. A natureza pecaminosa de Adão e sua terrível culpa e medonha condenação são herdados por nós através do nosso PAI, do homem, não da nossa mãe, da mulher.

Em conseqüência de tudo isto que estudamos acima, segue-se que, se alguém tivesse a mais infinitésima herança de um PAI humano, então forçosamente teria que herdar a natureza pecaminosa de Adão, seria pecador debaixo da culpa e condenação herdada de Adão, e não poderia ser o Salvador-Messias-Deus. Assim, o Salvador-Messias-Deus tinha que nascer sem concurso de um pai humano.

Mais que isso, e para ninguém poder ter dúvidas disso, Deus determinou que o Salvador-Messias-Deus nasceria de uma VIRGEM!!! (Gn 3:15; Is 7:14; etc.). 

Quem não crê que Jesus nasceu de uma virgem, então crê que Ele não teve, desde seu 1º segundo no ventre de Maria, a plena natureza divina, crê que Ele nasceu com natureza igual à de todo homem, sem plena divindade, e crê que Jesus nasceu com a pecaminosa natureza adâmica herdada através de seu pai humano (talvez até resultante de sujo adultério por Maria).

E quem crê assim ainda está perdido e condenado ao Inferno e ao Lago de Fogo. 

O Diabo sempre tentou e continuará tentando destruir tudo do plano de salvação por Deus. Por isso, o Diabo vai sempre usar todos seus esforços e traiçoeira e enganadora sutileza para tentar enfraquecer, entre outras coisas, a doutrina do nascimento virginal do Cristo. O Diabo fará isso em todos os locais (inclusive aqui nesta igreja) e de todos os modos (inclusive através de bíblias enfraquecidas. ) ... ... ...

.
Mas, agora, vejamos o que o Texto Crítico e a bíblia BBN (Portuguesa), que introduziste na nossa igreja e nossa denominação, no ano passado, fazem a respeito da doutrina do Cristo ter nascido de uma virgem. Vejamos 1 só versículo.


1) Isaías 7:14:

“Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma VIRGEM conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel. ARC - Almeida Revista e Corrigida (1951), IBB (Imprensa Bíblica do Brasil)

"Pois bem, é o próprio Senhor que vos vai dar um sinal: a JOVEM MULHER está grávida e vai dar à luz um filho e pôr-lhe-á o nome de Emanuel, 'Deus connosco.'" BBN (Portuguesa) (1993)
Tradutores da BBN, não nos façam rir: Ora, que grande "sinal" seria este? Quantas fornicárias e prostitutas bem jovens existem? A todo ano há menininhas de 10, 11, 12 anos perdendo a virgindade, muitas engravidando, algumas dando uma nova vida à luz! Esta falsa Bíblia, e suas imitadoras alexandrinas, abrem brecha para Maria ser uma fornicária e prostituta, e Jesus ser um filho ilegítimo, um filho de uma prostituta, um desonrado bastardo! Ademais, a venenosa nota de rodapé da BNN diz:

"Jovem mulher: provavelmente trata-se da jovem mulher de Acaz, futura mãe do rei Ezequias. A tradução grega dos Setenta, a Septuaginta, usa a palavra virgem que será retomada por Mt 1:23."

Nota a hipocrisia destes falsos tradutores mencionando a Septuaginta, mas evitando o termo “virgem”! Em todas as outras situações eles adotariam o mito da Septuaginta, por que não o fizeram aqui?!

A bíblia brasileira que considero a contraparte da BBN portuguesa, tem um rodapé que diz:
"A palavra hebraica aqui traduzida por 'jovem' não é o termo que quer dizer 'virgem', porém se refere a uma jovem com idade de se casar, seja virgem ou não ...".

Ora, isto é falso, tanto assim que foi o Espírito Santo (que nunca erra nem falha 1 letra sequer!) que, em Mt 1:23, traduziu Is 7:14 usando a palavra grega {3933 parthenos}que só significa 'virgem'! Ademais, o hebraico {5959 æalmah} é usado 6 vezes no VT, e sempre referindo-se a jovens e imaculadas VIRGENS: Gn 24:43; Ex 2:8; Sl 68:25; Ct 1:3; 6:8; Pv 30:19. Ver comentários bons e sadios.

A BBN (Portuguesa) , aqui, totalmente omite, esconde, destrói, amputa e aniquila que o Cristo nasceu de uma VIRGEM. Não posso me lembrar de nada tão revoltante quanto ou mais grave que este furto. Nota, amado irmão, que quem pensa estar salvo mas repudia e se revolta contra a doutrina do nascimento virginal do Cristo, não pode, de modo nenhum, ter sido realmente salvo, pois crê em um falso Cristo, filho ilegítimo de um homem pecador juntamente com uma prostituta (Maria), portanto também pecador Ele mesmo, não tendo natureza divina, não sendo Deus o Filho. Nota, caro pastor, que, por tais motivos, a pregação do Evangelho que esconde ou nega a doutrina do nascimento virginal do nosso Salvador e Senhor não pode, de modo nenhum, trazer salvação.

Em minha casa, a única coisa que tenho dos Testemunhas de Jeová é a "bíblia" deles em inglês, como veneno a ser examinado (mas jamais tomado nem provado). Neste verso, ela pode ser assim traduzida para o português: "Portanto, o próprio Jeová vos dará um sinal: Eis que a própria DONZELA ficará realmente grávida e dará à luz um filho, e ela há de chamá-lo pelo nome de Emanuel". Nossos dicionários nos dizem que, nos recentes tempos em que a Tradução Novo Mundo, das Testemunhas de Jeová, foi perpetrada, "donzela" só significa "virgem". Portanto, a Bíblia dos Testemunhas de Jeová é aqui mais fiel que as Bíblias usadas por muitos pastores e evangélicos e até [pseudo-] fundamentalistas!!! Que vergonha são tais crentes!

[Nota de Hélio: Fiz uma rápida checagem em algumas bíblias do TC mais a mão, e comprovei que as RSV (Revised Standard Version), NVI (Nueva Versión Internacional, en Español), BLH (Bíblia na Linguagem de Hoje) e Jerusalém, todas elas, neste verso, basicamente se equiparam à BBN e são piores que a Tradução Novo Mundo, das Testemunhas de Jeová. Imagino que devem haver muitas outras bíblias moderninhas que façam o mesmo, checa tu mesmo.]

********* Final da 6ª Exposição BBN (Portuguesa) *********

Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pai na fé e que sempre tanto te amou e amará em Cristo, teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias). Em 1995.

Esta é a carta número 06, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA (brasileira) e da BBN (portuguesa), as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Carta 07 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a DOUTRINA DA TRINDADE!

 

********* Início da 7ª  Exposição *********

Amado Pastor Fictus Regula Baptistes Alexandrinus, meu filho na fé:

Tenho diante dos olhos a tua Bíblia Almeida Revista e Corrigida, da IBB, que me deste de presente quando, em 1955, depois de teres terminado com distinção todos os estudos teológicos que pude te oferecer no Instituto Teológico de nossa própria igreja, partiste para fazer pós-graduação num seminário dos USA (contra meus conselhos, pois eu percebia algum liberalismo e outras graves fraquezas nos missionários americanos e alunos brasileiros que tinham passado por lá). 

Nas páginas brancas ao final de tua Bíblia, fizeste excelente lista dos versos chave das principais doutrinas. Entre outras coisas, escreveste:

200+ Versos Chave para provar a DIVINDADE DE CRISTO:

Tem atributos divinos: 
Onipotência: Mt 28:18; Fp 3:21; Ap 1:8; Mt 8:1-4; Lc 4:39; Mt 8:16-17,28-32; Lc 4:3; Mt 9:9; Jo 17:2; Mt 8:26; Mt 9:1:8; Mt 9:10-17; Lc 7:14-15; 8:54,56; Jo 11:4; Jo 20:31; Mt 9:28.

Onisciência: Jo 2:24-25; 16:30; Jo 1:48; Jo 6:70; 13:11; Mt 12:25; Lc 5:22; 6:8; 7:39-40; Mt 9:3-4; Mc 12:34; Jo 4:29.

Onipresença Ef 1:23; Mt 18:20; 28:20; Jo 3:13; 14:20.

Eternidade Mq 5:2; Jo 1:1; 8:58.

Imutabilidade Hb 13:8.

Plenitude da divindade Cl 2:9.

Senhor da glória Tg 2:1.

Criador do universo Jo 1:1,3. Rei 1 Pd 3:22.

Perdoa pecados Mc 2:5,10-11.

Salva Mt 18:11; Jo 10:28.

Recompensa 2 Co 5:10.

Julga Jo 5:22.



Recebe nomes divinos: 

Deus
Sl 110:1; Is 9:6; Dn 7:13-14; Jo 1:1+3+14; 20:28; Rm 9:5; 1 Tm 3:16; Tt 2:13; Sl 45: 6 + Hb 1:8; 1Jo 5:20.

Filho de Deus
(40 vezes) Mt 16:16-17.

O Primeiro e o Último, o Alfa e o Ômega Ap 1:17 (compare Is 41:4; 44:6); Ap 1:8; 22:12-13,15.

O Santo At 3:14 (compare Os 11:9).

O Senhor At 9:17 (este é o nome de Jeová. Os Ptolomeus e os imperadores romanos só permitiam que esse nome lhes fosse aplicado quando se deixavam endeusar(!), Os 1os. cristãos morriam mas não chamavam os césares nem ninguém de Senhor (!)).

Rei dos Reis e Senhor dos Senhores Ap 19:16.

“Senhor de Todos” e “Senhor da Glória” At 10:36; 1 Co 2:8; Hb 1:8 (Compare com Sl 24:8-10 e Is 9:6).

Recebe adoração, culto divino. 

Isto é exclusivo de Deus Mt 4:9-10; At 10:25-26; 12:20-25; 14:14-15; Ap 22:8-9.

Pedro não aceitou At 10:25-26 e anjos não aceitaram Ap 22:8-9,

mas Cristo aceitou e parece ter encorajado Jo 4:10; 13:13; Hb 1:6; Lc 2:15; Mt 2:2,11; Mt 8:2; Mt 9:18; Mt 15:25; Mt 20:20; Mc 5:6; Jo 9:38; Jo 20:28; Jo 12:20-21; Mt 14:33; 28:9; Lc 5:8; Lc 23:52.

Deus ordenou adorarmos Cristo Fp 2:10-11; He 1:6; compare Is 45:21-23; Jo 5:22-23.

As primeiras igrejas adoravam e oravam ao Cristo At 7:59; 1 Co 1:2; 2 Co 12:8-10.

Ele  Mostrou ser Deus: Mc 2:5; Mc 2:27-28; Jo 3:13; 8:58 + Ex 3:14; Jo 10:30; 14:7-9; Mt 26:63; Jo 19:7; Jo 5:2-18.

Tem ofícios divinos: Is 40:28; Jo 1:1-3; Cl 1:15-17; Hb 1:10; Ap 3:14 // Sl 148:5 cf. Cl 1:16 // Cl 1:17; Hb 1:3 // Mc 2:5,10-11 (compare Sl 51:4; Lc 7:48-50) // Jo 5:28-29; 6:39,44; Fp 3:21 // Mt 25:31-33; Jo 5:22-23; At 17:31; 2 Tm 4:1 // Jo 10:28; 17:2.

O N.T. Lhe atribui afirmações que o V.T. atribui a Jeová: 

Sl 102:24-27 compare Hb 1:10-12.  

 Jr 17:10 compare Ap 2:23.  

 Is 40:3-4 compare Lc 1:68-69,76.  

Is 60:19 compare Lc 2:32.  

Is 6:10 compare Jo 12:37-41.  

Is 8:13-14 compare 1 Pe 2:7-8.  

Is 8:12-13 compare 1 Pe 3:14-15.  

Nm 21:6-7 compare 1 Co 10:9.  

Sl 23:1 (compare Jo 10:11; 1 Pe 5:4; Hb 13:20-21).  

Ez 34:11-12 compare Lc 19:10.

A mitológica Septuaginta, cerca de 3800 vezes, traduz “Jeová” pelo Grego “Kurios”, o mesmo “Senhor” que no N.T. é atribuído ao Cristo. No V.T., o termo “Senhor” sempre se refere a Deus; no N.T. se refere ao Cristo.

Seu nome vem junto e é posto no nível do de Deus Pai: Mt 28:19; Jo 14:1,23; 17:3; Rm 1:7; 1 Co 12:4-6; 2 Co 13:14; Cl 2:2; 1 Ts 3:11; Tg 1:1; 2 Pe 1:1; Ap 7:10; 5:13.

57 Versos Chave para provar a DIVINDADE DO ESPÍRITO SANTO:

Chamado Deus At 5:3-4. 
Chamado Senhor 2 Co 3:18.

Atributos Divinos: 
Eternidade Hb 9: 14.
Onipresença Sl 139:7-10.
Onipotência Lc1:35.
Onisciência 1 Co 2:10-11.
Verdade 1 Jo 5:6.
Santidade Lc 11:3.
Vida Rm 8:2.
Sabedoria Is 40:13

Obras Divinas: 
Criador Sl 33:6; Jó 33:4; Jó 33: 4; Sl 104: 30.
Preservador e restaurador Gn 1:2; Sl 104:29,30; Is 40:7.
Transmissor da vida (física e espiritual).
Luta com os não regenerados Gn 6:3; Mt 5:13-16,
testifica a eles Jo 15:26; At 5:30-32,
convence-os do pecado, justiça, e juízo Jo 16:8-11.
Regenera Jo 3:3-6; Tt 3:5; Jo 6:63; 1 Pd 1:23; Ef 5:25,26; 1 Co 2:4 comparar com 1 Co 3:6.
Batiza todo regenerado no corpo de Cristo Jo 1:32-34; 1 Co 12:12-13; At 1:5.
Habita todo regenerado 1 Co 6:15-19; 3:16; Rm 8:9.
ela todo regenerado Ef 1:13,14; 4:30.
Garante a segurança de todo salvo Rm 8:14,16; 1 Co 1:22.
Cristo realizou seu ministério no poder do Espírito Santo Lc 4:18-19; Is 61:1; Lc 4:14. Ressuscitou pelo poder do Espírito Santo Rm 8:11; Rm 1:4.
Autor das Escrituras 2 Pe 1:20-21; 2 Tm 3:16; 2 Pe 3:15-16; Jo 16:13.
O intérprete das Escrituras Ef 1:17; 1 Co 2:9-14; Jo 16:14-16.

Associado em mesmo nível com o Pai e o Filho: Mt 28: 19; 1Co 12: 4-6; 2 Co 13: 13

12 Versos Chave para provar que o ESPÍRITO SANTO É UMA PESSOA, e não uma impessoal força ou influência:

Rm 8:27; 1 Co 12:11; Rm 15:30 ; 1 Co 12:4-11; At 21:11; Jo 16:13; At 13:2; Hb 10:29; Rm 8:16; At 5:3-4; Ef 4:30

É descrito por pronomes pessoais masculinos (coisas somente são referenciadas por pronomes neutros) Jo 16:13-15

1 Verso Chave para provar a maravilhosa DOUTRINA DA TRINDADE (além da interação dos versos da unicidade de Deus, dos 200+ da divindade de Cristo, e dos 57 da divindade do Espírito Santo) : 1 João 5:7.

(Considero este um dos versos mais maravilhosos e importantes de toda a Bíblia, e um dos que mais amo. ROUBEM TODOS OS VERSOS DE MINHA BÍBLIA, MENOS ESTE. Nunca renunciarei sequer a 1 letra dele.)

Definição da doutrina da TRINDADE:

Deus é Tri-Uno (3 pessoas em 1 só Deus): Consoantes à Bíblia, cremos em (e adoramos) 1 só DEUS, que em substância e natureza é 1, único, indivisível e sem similar Dt 6:4 (Dt 4:35; Is 43:10; 44:6-8; 45:5-6; 46:9; Mc 10:18; 12:29; Ef 4:4-6; 1 Tm 2:5; Tg 2:19. Mas que, ó infinito mistério, é também 3 pessoas (o Pai, o Filho, e o Espírito Santo) eternamente: co-iguais, inter-existentes; inter-constituí das; inter-relacionadas; não separáveis mas não confundíveis; em concorde união e comunhão; as mesmas em substância mas distintas em subsistência.

-No V.T.: a Tri-Uni-Divindade é expressa diretamente Is 48:16; 61:1-2.
É insinuada em Sl 2:6-9 (Sl 2:1-9; 45:6-8; 110:1-5; 63:9-10; Zc 2:10-11; AT 13:33);
o Espírito Santo é aludido na criação Gn 1:2;
o Anjo do SENHOR (Cristofania) é distinguido de Deus e identificado como Ele Gn 22:11-12 (Gn 21:17-18; 16:7-10,13).
Deus tem nome plural “Elohim” (com verbo singular, em Gn 1:1, etc.!). O “um” de Dt 6:4 é “achad”, que é uma unidade plural em Gn 2:24, nunca a Bíblia usando “yacheed” [o “um” absoluto] para Deus! Ele tem pronomes pessoais plurais Gn 1:26 + Is 40:14 + Gn 1:27 (Gn 1:27; 3:22; 11:7; Ec 12:1; Is 6:8; 54:5).

-No N.T.: A tri-uni-divindade é expressa mais explicitamente 1 Jo 5:7 (texto recebido!).
É vista na comissão apostólica Mt 28:19-20;
na bênção apostólica 2 Co 13:13-14;
no batismo de Jesus Mt 3:16-17;
no seu ensino Jo 14:16,26 (Jo 16:7-10);
no ensino de Paulo 1 Co 12:4-6 (At 20:28; Ef 4:4-6).
Sumário do N.T.: o Pai é Deus Rm 1:7 (1 Pe 1:2; Jo 6:27,44-46; Gl 1:1); o Filho é Deus Hb 1:8 (Is 9:6; Jo 1:1; Jo 10:28; At 20:28; 1 Tm 3:16; Tt 2:13); o Espírito Santo é Deus At 5:3-4 (Hb 9:14).


Então, arrolaste mais de 200 versos da Bíblia fortíssimos no provar a divindade do Cristo; arrolaste 57 versos fortíssimos no provar a divindade do Espírito Santo; e há muitas centenas, talvez milhares de versos fortíssimos no provar a divindade do Pai, do mesmo modo que há dezenas de versos fortíssimos no provar a unicidade e indivisibilidade de Deus. Portanto, de tudo isto, está mais que provada, na Bíblia, a doutrina da Trindade, não precisamos de nenhum outro verso. Mas Deus, na Sua soberania, escolheu nos dar exata e somente 1 (um) versículo na Bíblia para provar DIRETAMENTE, EXPLICITAMENTE, a tri-unidade de Deus: 1 João 5:7.

“7 Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são UM

8 E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam num.”
 ARC - Almeida Revista e Corrigida (1951), IBB (Imprensa Bíblica do Brasil)

Que maravilha! Louvado, glorificado seja Deus por nos ter dado tão maravilhoso verso, que resume, em tão poucas (e DIRETAS, EXPLÍCITAS) palavras, toda a infinita maravilha da doutrina da Trindade, sobejamente estabelecida em toda a Bíblia.

Bem disseste: "Considero este um dos versos mais maravilhosos e importantes de toda a Bíblia, e um dos que mais amo. ROUBEM TODOS OS VERSOS DE MINHA BÍBLIA, MENOS ESTE. Nunca renunciarei sequer a 1 letra dele."

Agora, vejamos que é que a bíblia que introduziste na nossa igreja no ano passado, a ARA, faz com este verso.

“7 Pois há três que dão testemunho: 8 O Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes num só propósito.” ARA (1959)

Nota que foi omitido 
"no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são UM. 8 E três são os que testificam na terra". ! ! ! ! ! ...

Nota que a ARA (1959), aqui, ficou basicamente igualzinha à bíblia das Testemunhas de Jeová, ambas omitindo totalmente, desta sublime passagem, a doutrina da Trindade: 
“7 Porque são três os que dão testemunho: 8 o espírito, e a água, e o sangue, e os três estão de acordo.” (bíblia das Testemunhas de Jeová)


Amado pastor Alexandrinus, meu filho na fé: Não acredito que queiras continuar a usar nenhuma bíblia com tantas semelhanças com (e, às vezes, até pior que) a das T.J.!... Tenho certeza de que logo a destruirás. 

Pastor, não caias tu no infindável tecnicalismo das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas. Responde a ti mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) as palavras "no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são UM. 8 E três são os que testificam na terra", e que Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação por igrejas fiéis (tais como as igrejas dos Valdenses, escondidos nos Alpes Italianos e mortalmente perseguidos desde o século 1** até pouco antes da Reforma), Deus foi completamente vencido durante séculos ininterruptos depois da invenção da Imprensa (quando TODAS as Bíblias de todos os crentes de TODAS as igrejas batistas e reformadas sobre a face de toda a terra tinham em João 5:7-8 as palavras da ARC - Almeida Revista e Corrigida (1951), IBB (Imprensa Bíblica do Brasil)) até que, bem recentemente, deslumbrantes eruditos vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta da omissão é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO dessas palavras por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a ARA é, pelo menos em 1 João 5:7-8, muito semelhante à bíblia das Testemunhas de Jeová? (na realidade, o é nas quase 10.000 palavras que Westcott-Hort amputaram, adicionaram ou adulteraram, contando-se apenas no Novo Testamento.)  A quem darás tua fidelidade, pastor: ao teu orgulho de não voltar atrás, ao teu seminário, aos teus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da tua denominação, ou só e totalmente a Deus?

********* Final 7ª da Exposição *********


Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor  ("o ancião", teu pai na fé e que sempre tanto te amou e amará em Cristo, teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias). 

Em 1960. 


Esta é a carta número 07, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.

Observações de Hélio:


Em edições posteriores, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA) ficou mais sutilmente traiçoeira, e colocou 
"no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são UM" entre colchetes []:


“7 Pois há três que dão testemunho [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um. 8 E três são os que testificam na terra]: o Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes num só propósito.” ARA (edições posteriores a 1959)


NOTA: COLCHETES sempre semeiam dúvidas quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus.
-- A convenção usada pela editora da ARA equivale a usar COLCHETES como um sinal para semear DÚVIDAS quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus. Podem os eruditos dizer o que quiserem, mas, na prática, a mensagem de cada colchete é: "Olhem, incluímos este trecho aqui nesta bíblia, entre colchetes '[' e ']', mas o fizemos ardilosamente, somente por questões de marketing, isto é, para podermos faturar vendendo nossas bíblias sem chocar aos que consideramos fanáticos-xiitas ou simplórios-ingênuos. Se tivéssemos a integridade e hombridade de simples e radicalmente omitir tais palavras da bíblia que vendemos, poderíamos sofrer alguma reação, e isto seria ruim para nossos negócios... Mas fique bem claro, para todos nós os sabidos e iluminados (que entendemos o significado dos colchetes), que não cremos definitivamente e piamente nestas palavras entre colchetes. Sim, sabemos que tais palavras estão no texto grego impresso a partir do início do século 1500 e usado na Reforma como base para todas as traduções para todas as igrejas 'protestantes' de todos os países e línguas. Sim, sabemos que, em português, a Bíblia da Reforma foi aquela traduzida por Almeida e primeiro publicada em 1681 e 1753. Sim, sabemos que ela e suas fiéis filhas legítimas (suas fiéis atualizações para as mudanças ortográficas e de atualização de uso de algumas poucas palavras da nossa língua), também sempre tiveram estas palavras. Sim, sabemos que estas Bíblias da Reforma têm salvo e abençoado inúmeras vidas... Mas, mesmo assim, escolhemos não seguramente crer que estas palavras foram escritas pela mão de quem escreveu o manuscrito original, escolhemos não seguramente crer que são inspiradas, não seguramente são palavras de Deus. Por isso, adotamos como base da nossa bíblia um texto grego direta ou indiretamente herdeiro daquele que foi pela primeira vez impresso por Westcott e Hort em 1881, e que omite as palavras em questão. 
Cremos que Deus não quis ou não pode preservar bem a sua Palavra, e, por excesso de piedade, crentes falsários introduziram as palavras que pusemos entre colchetes, portanto cremos que elas são falsificações".

-- Mas eu, Hélio, te pergunto: Achas tu que o Diabo usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para inserir, em alguns locais da Bíblia que não a tinham, palavras (como estas entre esses colchetes) que concordam com a sã doutrina expressa em muitos outros locais da Bíblia, isto é, palavras que advertem contra o Diabo e suas táticas e falsos mestres, ou que advertem contra o pecado e o Inferno, ou que defendem e ensinam a divindade de Cristo, ou a necessidade de santidade, ou a necessidade do jejum, ou a necessidade do derramamento e a singularidade do sangue de Cristo, ou a Sua morte vicária, ou Seu nascimento de uma virgem, ou a doutrina da Trindade, ou a perfeita inspiração e perfeita preservação de cada palavra da Bíblia, ou tantas outras preciosíssimas doutrinas bíblicas? Achas tu que Deus andou derrotado por esses "exageros de piedade humana inserida, exageros que fiéis salvos introduziram na Bíblia, que infiéis!", Deus andou derrotado por mais de 18 ou 19 séculos, até que modernos e descrentes críticos textuais descobriram meia dúzia de manuscritos rasurados e corrompidos, e modernos e descrentes eruditos e tradutores vieram resgatar Deus de Sua derrota e restaurar o texto da Sua Palavra escrita, amputando-a ou enfraquecendo-a em todos estes milhares de pontos?!?!?! ... Pois eu, pela observação de quem se beneficiaria com tudo isto (o Diabo, claro), e por considerações teológicas sobre a perfeita preservação providencial de cada palavra de Deus continuamente em uso pelas igrejas fiéis, tenho certeza de que, ao contrário, foi Satanás quem usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para AMPUTAREM tais palavras, e está usando críticos textuais descrentes, e infiéis tradutores fantoches de tal Adversário, para desavergonhadamente amputarem aquelas palavras ou para lançarem dúvidas sobre elas (através de venenosos colchetes, ou de traiçoeiras notas de rodapé [ou de comentários, ou meios semelhantes] que somente semeiam dúvidas. 
"Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2 Co 11:3)


É tempo de despertarmos. Toma 3 Bíblias: uma legítima Almeida (ACF-1995 ou 2007, ou TBS-1948, ou Revista e Corrigida mais antiga e da IBB), uma bíblia dos Testemunhas de Jeová, e a bíblia adotada pelo pastor da tua igreja. Agora, convida teu pastor a, juntamente contigo, gastar 1 hora comparando cada um desses versos acima examinados. Se ele for sincero, aceitará sem problema algum. Se não aceitar, é insincero, e já sabe que o grande pecado da bíblia dele é que ela e a dos Testemunhas de Jeová vêm da mesma fonte corrompida: o Texto Crítico, Westcott-Hort (1881), o alexandrinismo, manuscritos Sinaiticus e Vaticanus, e a Septuaginta. Se ele irar-se furiosamente, pior, estará demonstrando ser o cego que prefere continuar cego. Por que teu pastor não diz, calmamente: "Ah, finalmente você descobriu, minha bíblia tem mesmo muitas semelhanças com a das Testemunhas de Jeová, e daí? Eu não ligo a mínima importância para isto! Só quero ganhar meu dinheirinho e viver em paz." Se ele tivesse coragem para reconhecer isto, não se iraria nem nos perseguiria.


Em particular, sobre o assunto de hoje,ofereço este resumo:

5:7-8 "Porque três são os que testificam NO CÉU: O PAI, A PALAVRA, E O ESPÍRITO SANTO; E ESTES TRÊS SÃO UM.   (8) E TRÊS SÃO OS QUE TESTIFICAM NA TERRA: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam num." 

Alexandrinos + TC (portanto ARA, NVI, etc) 

(através de 
enganadores e venenosos colchetes [] ou de enganadoras e venenosas notas de rodapé, similares aos comentários das Testemunhas de Jeová) extirpam, aqui, a maior e mais explícita prova da doutrina da Trindade ! ! ! 

Este é o verso-chave (embora mais atacado e que dá mais trabalho defender) que Deus usa para testar e separar quem crê na mais perfeita preservação através do uso contínuo, pelos fiéis (estes incluem os valdenses, anabatistas, etc.), dos textos que terminaram sendo impressos (a partir de 1516) e, uma vez traduzidos, foram [praticamente? ] os únicos usados, incessante e universalmente, por todos os fiéis batistas e protestantes de todo o mundo, em todas as línguas e nações alcançadas, até a recente eclosão do corrompido Texto Crítico. 

A passagem é a que mais testa a nossa fé, por não ter a usual maioria esmagadora dos textos gregos.

Mesmo assim, tem fortíssimas evidências: 

a) teológicas (óbvias);


b) gramaticais;

***:1ª prova gramatical: Dividamos os dois versos assim:

a)     "[7]  Porque três são os testemunhas [gênero masculino]

b)     no céu:  o Pai [masculino]o Verbo [masculino]e o Espírito Santo; e estes [gênero masculino] três são um.        (omitido no TC)

c)     (  [8] e três são os que testificam na terra:                                (omitido no TC)

d)     o espírito [neutro], e a água [neutro] e o sangue [neutro]);

e)     e estes [gênero masculinotrês concordam em o um."  

Se (b) + (c)  (conhecidos como "o Parêntese Joanino") não existissem, teríamos os masculinos de (e) conflitando com os neutros de (d), um absurdo.  (O argumento que, em (d), espírito (neutro) está personalizado e, portanto, pode ser referido por pronome masculino, está furado, vaza água: Note que, no v. 6, mesmo que inegavelmente "personalizado, " o Espírito" (neutro) não é referido por pronome masculino). Ademais, os neutros de (d) chocar-se-iam contra o masculino de (a).    Por outro lado, (b) e (c) existindo, é perfeitamente natural que os masculinos de (e) se referem e concordam com os que estão em (b), antes do par de parênteses, e os masculinos de (b) se referem e concordam com aquele de (a). A omissão do Parêntese Joanino no Texto Crítico resultou no mais absurdo e chocante conjunto de erros gramaticais de todos os manuscritos gregos existentes, da Bíblia e de escritores seculares. Isto prova que a omissão não veio do Deus Onisciente.

***: 2ª prova gramatical: . Se (b) e (c) não existissem, teríamos algo sem paralelo em tudo (religioso e secular) que já foi escrito em grego, pois "to hen" ("o um [ponto]", parte de "concordam em o um" ) do v.8 EXIGE um antecedente, que só pode ser encontrado em "estes três são um" (b). Qual é este “UM” do verso 8, se não for o UM formado pelo Pai, o Verbo, e o Espírito Santo, do verso 7 ???...


 c) lógicas;

***: Se o Parêntese Joanino fosse forjado/ inserido, e devesse ser omitido, a força que o forjador/ inseridor teria procurado viria de dizer frase similar a outra frase bíblica (e.g., "o Pai, o Filho e o Espírito Santo" de Mt 28:19), não de frase sem similar ("o Pai, a Palavra e o Espírito Santo" não aparece em outro local da Bíblia).


d) dos 10 manuscritos gregos sobreviventes até hoje;

***: Há 10 minúsculos gregos sobreviventes até nossos dias, assim numerados: manuscrito número 635 (ano 10?? segundo Waite); 110 (11?? e 13??); 88mg (1150), 221mg (12??), 629 (13??), 429mg (13??), 61 (1500), 636mg (14??), 918 (15??); 2473 (16??). Note que praticamente todos os manuscritos sobreviventes de Bíblias em latim, particularmente a antiqüíssima Bíblia dos fidelíssimos Valdenses, tradução feita em cerca do ano 157 d.C., têm o Parêntese Joaninino, e com certeza eles o traduziram a partir de manuscritos gregos, não é? Note que o exército católico romano destruiu pelo fogo os 2 prédios em que ficavam os manuscritos em grego (talvez os originais escritos pelas mãos de João, etc.?) dos Valdenses. Note também que “alguém” fez desaparecer 7 grandes fardos com manuscritos valdenses, de Cambridge, antes de 1823 (mas sobrevivem alguns manuscritos de 1200 – 1400). Tudo isto pode ter destruído centenas de manuscritos gregos muito antigos, com o Parêntese Joanino.


e) dos 9 manuscritos gregos existentes nos dias de Erasmo até Stephens, mas não hoje;

***: 9 manuscritos gregos que pessoas perderam, roubaram ou destruíram: 1 manuscrito usado por Erasmo (provavelmente o Codex Britanicus) em 1 João 5:7; 1 manuscrito hoje desconhecido (diferente do Codex Ottobonianus) , usado pelo Complutensian Polyglott em 1 João 5:7 (não foi “destraduzido” do Latim); 7 dos 16 manuscritos usados por Stephens (John Gill também os examinou e atestou o fato de terem o Parêntese Joanino).


f) de 4 lecionários;

***: 4 lecionários gregos: manuscrito L60 (ano 1021), manuscrito L173, manuscrito “Apóstolos” (antes de 4??, ver http://www.1john57. com/RJack. htm), e outro manuscrito de lecionário mencionado nos livros de Donald A. Waite.


g) de 16 "pais da igreja";

***: 16 "pais" que citaram o texto em foco: Tertuliano (ano 200, cedíssimo!); Cipriano (250); Prisciliano (350); Idacius Clarus (350); Concílio de Cartago (415, em condenação ao arianismo); Varimadum (380); Jerônimo (420); Agostinho (430); Cassiano (435); Vigilius Tapensis (4??); Victor Vita (489); Fulgentius (533); Cassiodoro (500); Pseudo-Vigilius; Pseudo-Atanásio (5??); Ansbert (7??).


h) de várias traduções antiqüíssimas;

***: Traduções antiquíssimas incluindo o "Parêntese Joanino":

*         Velha Latina: todos os códices e manuscritos de todas as traduções em Latim Velho, a Vulgata anterior à de Jerônimo (a primeira destas traduções foi feita em torno de 157 DC!). Dos manuscritos sobreviventes, os mais antigos incluindo todo 1 João, portanto tendo 1João 5:7, são:

   ?? mss m (anos 3?? até 8??; também chamados Speculum ou Pseudo-Agostinho; 1 dos mss é do ano 550),

   57 mss r (chamados Schlettstadtensis, ano 550),

   Codex Wizanburgensis (ano 750)

   67 mss l (chamados Legionensis, anos 6??),

   64 mss q (chamados Monacensis, anos 6??),

    6 mss c (chamados Colbertinus, anos 11?? a 12??),

    5 mss dem (chamados Demidovianus, anos 12??),

   ?? mss div (chamados Divionensis, anos 12??),

   54 mss p (chamados Perpinianensis, anos 12??).

*         Bíblia dos Valdenses (do Vale de Vaudois, Norte da Itália, aos pés dos Alpes; estes fiéis valdenses preservaram o texto puro, desde cerca do ano 157, até próximo da Reforma! Que prova da maravilhosa providência de Deus!). Roma queimou 2 bibliotecas dos Valdenses e praticamente os exterminou. Fez desaparecer 7 grandes fardos com seus manuscritos, de Cambridge, antes de 1823. Mas sobrevivem alguns manuscritos de 1200 - 1400.

*        Vulgata de Jerônimo (traduzida em 380, seus manuscritos sobreviventes mais antigos são de 800 DC. Tem cerca de 8000 manuscritos sobreviventes. Todos que contêm 1 João 5 contêm o Parêntese Joanino).


i) da análise da História;

***: As igrejas da África não perderam tantos livros quanto as gregas, foram muito menos perseguidas. As primeiras igrejas latinas não foram tão afetadas pela heresia Ariana (fonte de muitas heréticas adulterações da Bíblia) quanto as gregas. Portanto, nesta passagem, as primeiras igrejas latinas e africanas são bem mais confiáveis que as demais.


j) de (praticamente? ) todas as Bíblias da Reforma;

***: Este "praticamente todas as Bíblias da Reforma" se estende por 355 anos, desde Tyndale (1526) até que foi inoculada a English Revised Version em 1881! Para nós, esta é a maior evidência, ou melhor, a evidência definitiva e indiscutível, ante as promessas divinas de preservar a Bíblia perfeitamente (o que implica seu uso incessantemente, pelos fiéis, aqui na terra). 


 k) da contradição da Crítica Textual;

***: O TC as vezes decide tudo com base em uma só testemunha (por exemplo, extirpa Lc 24:40, presente em todos os manuscritos gregos exceto um, do século V). Por que, aqui, despreza totalmente uma tradição ininterrupta e com tão esmagadoras evidências e mais de 62 testemunhas? !... Não será porque, no final das contas, o enfoque do TC é "Em caso de qualquer dúvida, decidamos pelo que menos honre a Deus. Pelo que menos fortaleça a doutrina ortodoxa"?


l) de consistência com o estilo bíblico.

***: Os dois versos de 1 João 5:7-8 expressa um paralelo, repete um núcleo. É usual que solenes verdades, ainda mais quando apresentadas pela primeira vez e com ênfase, sejam apresentadas em repetições agrupadas. Ver Pv 30; Am 1:3,6,9,13 etc.; as visões do mordomo e do padeiro em Gn 40; a combinação das palavras de Cristo em Mt 12:40; etc., etc., etc.

Alguns detalhes sobre tudo isto em http://solascriptur a-tt.org/ Bibliologia- PreservacaoTT/1Jo5.7RespostaResum oAPergunta- Helio.htm.

Bem mais detalhes em "The History of the Debate Over 1 John 5:7-8", Michael Maynard, Comma Publications, 444 pags., 1995.

Repito:

Ora, quando o Diabo atira uma seta, não almeja atingir a si mesmo nem suas hostes, e ele não chuta para tentar fazer "gol contra", e nem atira para tentar se matar. Portanto, sempre que há variantes de um texto da Bíblia, então, para discernirmos qual variante é a verdadeira e quais são as falsas, basta observarmos a direção das setas, dos chutes e das balas.


Pastor, não caias tu no infindável tecnicalismo das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas. Responde a ti mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) as palavras "no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são UM. 8 E três são os que testificam na terra", e que Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação por igrejas fiéis (tais como as igrejas dos Valdenses, escondidos nos Alpes Italianos e mortalmente perseguidos desde o século 1** até pouco antes da Reforma), Deus foi completamente vencido durante séculos ininterruptos depois da invenção da Imprensa (quando TODAS as Bíblias de todos os crentes de TODAS as igrejas batistas e reformadas sobre a face de toda a terra tinham em João 5:7-8 as palavras da ARC - Almeida Revista e Corrigida (1951), IBB (Imprensa Bíblica do Brasil)) até que, bem recentemente, deslumbrantes eruditos vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta da omissão é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO dessas palavras por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a ARA é, pelo menos em 1João 5:7-8, muito semelhante à bíblia dos Testemunhas de Jeová? (na realidade, o é nas quase 10.000 palavras que Westcott-Hort amputaram, adicionaram ou adulteraram, contando-se apenas no Novo Testamento.)  A quem darás tua fidelidade, pastor: ao teu orgulho de não voltar atrás, ao teu seminário, aos teus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da tua denominação, ou só e totalmente a Deus?

 


 

Carta 08 (de 12)


Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a Doutrina da INSPIRAÇÃO DA BÍBLIA!


********* Início da 8ª Exposição *********

Amado Pastor Fictus Regula Baptistes Alexandrinus, meu filho na fé:

Tenho diante dos olhos as notas que tomei do excelente primeiro estudo bíblico que apresentaste na nossa igreja depois que te graduaste no instituto bíblico da nossa igreja, bem antes de partires para fazer pós-graduação num seminário dos USA (contra meus conselhos, pois eu percebia algum liberalismo e outras graves fraquezas nos missionários americanos e alunos brasileiros que tinham passado por lá).

O título do teu estudo bíblico foi "A Inspiração Da Bíblia é VERBAL, Temos Que Viver Por (e Morrer Defendendo) Cada Palavra Dela!".

O "Texto Áureo" (prefiro chamar de "Versículo-Chave") do teu estudo bíblico foi Lucas 4:4:

“E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de TODA palavra de Deus.” ARC - Almeida Revista e Corrigida (1951), IBB (Imprensa Bíblica do Brasil)

Eis, de forma extremamente resumida, o esboço que formei da tua excelente aula:

TÍTULO: A Inspiração Da Bíblia é VERBAL, Temos Que Viver Por (e Morrer Defendendo) Cada PALAVRA Dela! 

TEXTO ÁUREO: Lucas 4:4 “E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de TODA palavra de Deus.”

 
  O pastor atual, meu pai na fé, Valdense Expositor e Advertidor da Silva, já mostrou, nas 2 últimas aulas da Escola Bíblica Dominical do mês anterior, que a Bíblia é INSPIRADA (assoprada para dentro de cada um de seus escritores-amanuenses) POR DEUS, com isto significando que: "O Espírito de Deus de tal modo guiou e superintendeu os escritores da Bíblia, mesmo fazendo uso das suas características pessoais, que os seus originais (e os Textos Masorético e Recebido, miraculosamente preservados por Deus sem nenhuma falha, e traduzidos fielmente na Almeida Original e na Trinitariana e na ARC da IBB) são a única e completa, plena, verbal, infalível e inerrável, autoritativa corporificação de tudo o que Deus quis comunicar ao homem. Assim, cada palavra da Bíblia é literalmente de Deus, é a única base para doutrina."

   Hoje, veremos provas de que esta inspiração é plenária, verbal, e infalível:

  Esta inspiração é:

  a) Por Deus (!): At 1:16; 2 Tm 3:16-17; Hb 10:15-17; 2 Pd 1:20-21.

  b) Verbal (= palavra por palavra, e não apenas os pensamentos principais): Sl 138:2; Mt 4:4-5; 5:17-18; 22:32; Lc 4:4; 1 Co 2:13; Gl 3:16.

  c) Plenária (= toda ela, de capa a capa, sobre todo e qualquer assunto): 2 Tm 3:16-17.

  d) Infalível e inerrável (= não contém nenhum erro, é incapaz de errar e de falhar): Mt 5:18; Jo 10:35b.

  A natureza da inspiração plenária, verbal e infalível da Bíblia, é assegurada por:

 a) O caráter de Deus. IRIA O DEUS PERFEITO, ETERNO E IMUTÁVEL, CONSENTIR QUE AS SUAS REVELAÇÕES FOSSEM EXPRESSAS IMPERFEITA E FALIVELMENTE PELOS SEUS PROFETAS? ISTO É INIMAGINÁVEL.

 b) O caráter e declarações da Bíblia, que clama ser a plenária, VERBAL e infalível Palavra de Deus:
- Explicitamente em Sl 138:2; 2 Tm 3:16; 2 Pe 1:20-21.
- Mais de 3800 vezes em frases diretas como “Assim diz o Senhor” no V.T.: Ex 14:1; Is 43:1; Ez 1:3.
 - No reconhecimento de um escritor-livro por outro: 2 Rs 17:13; Sl 19:7; 33:4; 119:89; Is 8:20; Gl 3:10; 1 Pd 1:23 // At 1:16; 28:25; 1 Pd 1:10-11 // Pedro reconheceu a inspiração dos escritos de Paulo 2 Pd 3:15-16 // Pedro e Paulo reconhecem a inspiração de todo o restante das Escrituras. 2 Tm 3:16; 2 Pd 1:20.
- Cristo ensinou que a Bíblia é infalivelmente inspirada (Jo 10:35b; Mt 4:4; 5:17-18; 22:32) e também eterna e perfeitamente preservada por Deus (Mt 4:4; 5:18; 24:35 [= Lc 21:33]; Lc 16:17)


A abençoada Bíblia ARC - Almeida Revista e Corrigida (1951), IBB (Imprensa Bíblica do Brasil), que tanto amavas e defendias, diz, em Lc 4:4:

“E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de TODA palavra de Deus.”


Lembres que ela é baseada no texto que passou a ser conhecido pelo nome de Textus Receptus.

Lembres que muitíssimas centenas, alguns milhares de manuscritos [isto é, escritos feitos à mão] gregos basicamente idênticos entre si e ao Textus Receptus de depois da invenção da imprensa foram ininterruptamente usados por praticamente todas as igrejas fiéis (mortalmente perseguidas por Roma) entre o século 1 até tal invenção nas vésperas da Reforma.

Lembres que, por mais de 359 anos a partir de 1522 e 1526 (impressões do Novo Testamento por Lutero e por Tyndale, respectivamente), Bíblias fielmente traduzidas a partir do Textus Receptus foram as ÚNICAS adotadas por TODOS os crentes verdadeiros de TODAS as igrejas batistas e reformadas em TODOS os países e em TODAS as línguas, com bênçãos incontáveis e maravilhosíssimas.

Agora, vejamos que é que a bíblia que tu mesmo introduziste na nossa igreja no ano passado, a bíblia ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada), faz com o verso-chave, o "texto áureo" que tu mesmo escolheste, há tão pouco tempo, para aquele teu estudo na nossa Escola Bíblica Dominical. Vejamos esta tal ARA:

"Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem."


Ué, não está faltando a parte mais importante?! ?!?! Comparemos com a bíblia das Testemunhas de Jeová:

"Está escrito ‘O homem não deve viver só de pão’"


Mais uma vez, a ARA, que tu mesmo introduziste, completamente destrói toda uma antiga pregação tua ou escrito teu.

Mais uma vez, a ARA, que tu mesmo introduziste, está igualzinha à bíblia das Testemunhas de Jesus (pasmes e te envergonhes)

Mais uma vez elas, em harmonia uma com a outra (são farinha que vêm do mesmo saco do abominável Texto Crítico) omitem palavras de Deus, o que é um dos mais horrendos pecados que devemos odiar, ver Ap 22:18-19.

Em particular, aqui, essas duas filhotas do Texto Crítico, isto é, a bíblia ARA e a das Testemunhas de Jeová, omitem, completamente destroem, aniquilam, amputam as 7 palavras "MAS DE TODA A PALAVRA DE DEUS" que estão nas Bíblias da Reforma.

Extirpam, pelo menos aqui, que viveremos de CADA uma e de TODAS as palavras da Bíblia, e que todas e cada uma delas são inspiradas por Deus!

Ao invés de afirmar a verbal inspiração divina e a suprema importância da Bíblia, até parece que Jesus está ensinando que o homem, além do pão puro, também precisa de manteiga, intercaladas fatias e camadas de hambúrguer frito e queijo assado, verduras, ketchup, maionese, e outros molhos secretos, para fazer um gostoso sanduíche!!!! (Sem falarmos de feijão, arroz, carne, etc.)

Ora, quando o Diabo atira uma seta, não almeja atingir a si mesmo nem suas hostes, e ele não chuta para tentar fazer "gol contra", e nem atira para tentar se matar. Portanto, sempre que há variantes de um texto da Bíblia, então, para discernirmos qual variante é a verdadeira e quais são as falsas, basta observarmos a direção das setas, dos chutes e das balas. Ora, é fato muito fácil de ser constatado e muito chocante que, invariavelmente, sempre que há uma diferença doutrinária ou implicações doutrinárias ou perigo de prejuízos doutrinários, entre uma leitura do Textus Receptus + Texto Massorético versus uma leitura do Texto Crítico, é sempre este Texto Crítico que favorece o Diabo ou desonra a Cristo ou enfraquece alguma doutrina ou traz perigos de prejuízos doutrinários. Por isso, somente o homem natural, ou quem professa ser salvo, mas propositadamente se fez cego espiritual, ou um louco, é que não reconhece simples e imediatamente, nem nenhum tecnicalismo, qual é a verdadeira Palavra de Deus! Este teste decisivo nos mostra que são os Textus Receptus + Texto Massorético que têm o selo de serem a perfeita Palavra de Deus, e são os Textos Críticos que têm as identificatórias e indeléveis marcas da ação distorcedora do Diabo sobre as mentes de homens (mesmo se eles foram e ainda forem inconscientes disso).

Há muitas outras centenas [ou mesmo milhares?] de versos grave, inaceitavelmente adulterados pelas Bíblias alexandrinas, mas estes que já vimos nesta série de estudos, do primeiro estudo até este de hoje, já são muito, muitíssimo mais que suficientes para que os sinceros tomem a atitude mais certa, segura, leal e bíblica. Deus sabe que, depois de ter lido este alerta, tu nunca mais poderás dizer: "eu não sabia, nunca fui avisado de nada disto."

********* Final da Exposição *********

Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pai na fé e que sempre tanto te amou e amará em Cristo, teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias).

Em 1960.

Esta é a carta número 08, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Carta 09 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a doutrina da SALVAÇÃO!


********* Início da 9ª Exposição *********

Amado Pastor Fictus Regula Baptistes Alexandrinus, meu filho na fé:

Diante de meus olhos tenho o primeiro (e o mais excelente) livro que escreveste fruto das aulas que lecionei a ti e teus colegas no Instituto Teológico de nossa igreja. [Nota de Hélio: Uma versão um pouco mais abreviada e simplificada deste livro pode ser downloaded completa, de http://www.solascri ptura-tt. org/SoteriologiaESantif icacao/Livro.zip <http://www.solascriptura-tt.org/SoteriologiaESantificacao/Livro.zip>]. Teu livro foi um dos que me fez mais feliz em toda minha vida porque, mais que consolidar minhas aulas, sermões, anotações e apostilas, foi além e constitui-se em um dos mais completos e profundos livros didáticos sobre Soteriologia, a Doutrina da Salvação, detalhadamente usando uma abundância de versículos bíblicos, biblicamente interpretados (isto é, interpretados literalmente, claro que com atenção às dispensações e contextos) na defesa da verdade bíblica contra os mais graves erros das seitas anticristãs (tais como budismo, feitiçaria e baixo espiritismo tribal africano, etc., etc., etc.), das seitas pseudo-cristãs (tais como adventismo do sétimo dia, romanismo, espiritismo "mesa branca", etc., etc., etc.), e dos erros de todas as sortes de arminianianos e hiper-calvinistas.

O índice do teu livro já dá uma boa idéia da sã, impecável doutrina dele:

SOTERIOLOGIA - A DOUTRINA DA SALVAÇÃO (bíblica, literalista, fundamentalista)

01 - o Significado da Salvação

02 - a Fonte da Salvação [a iniciativa e mérito são 100% de Deus, 0% do homem]

03 - as Falsas Esperanças de Salvação

04 - o [Eterno] Método [Ternário] da Salvação [sangue, Cristo, graça]

05 - a Obra da Trindade na Salvação

06 - o Alto Custo da Salvação 

07 - os Tipos [Ilustrativos] da Salvação, no Velho Testamento

08 - Dezesseis das facetas da graça de Deus, concedidas no exato instante da salvação:
08.1 - a Conversão, 1a. Face: o Arrependimento 
08.2 - a Conversão, 2a. Face: a Fé
08.3 - a Substituição Vicária 
08.4 - a Reconciliação Com Deus 
08.5,6 - a Expiação e a Propiciação 
08.7 - a Remissão, Perdão dos pecados 
08.8 - a Redenção 
08.9 - a Regeneração, o Novo Nascimento 
08.10 - a Imputação da Justiça de Cristo 
08.11 - a União Com Cristo 
08.12,13 - a Adoção Por Deus, Filiação 
08.14 - a Comunhão com Deus pela Oração, Intercessão e Súplica . Inclui: A) Por Que orar?; B) Naturezas de Oração; C) Elementos na oração- modelo de Mt 6; D) Boas qualidades na oração; E) Impedimentos à oração 
08.15 - a Justificação 
08.16 - a Santificação . Inclui: A) Importância e necessidade da santificação; B) Santificação não é: Erradicação da natureza pecaminosa ainda nesta vida; Antinomianismo; Segunda bênção de 1 Co 1:15; Batismo do Espírito Santo; C) Santificação é: Separação para Deus; Imputação de Cristo como nossa santidade; Purificação do mal moral; Conformação à imagem de Cristo; D) Exemplos de santificação; E) Santificação contrastada com justificação; F) Tempos da justificação: passado, presente, futuro; G) Meios da santificação; H) O plano para santificação em Rm 6;
 08.17 - a Glorificação 
08.18 - Imperdibilidade da Salvação -

Provas  09 - Oito das facetas da graça de Deus, relacionadas com dádivas concedidas na eternidade passada
09.1- o Decreto para Salvação 
09.2 - a Ordenação para Salvação 
09.3 - o Preconhecimento por Deus Na Salvação 
09.4 - a Eleição na Salvação 
09.5 - a Determinação na Salvação
09.6 - a Predestinação 
09.7 - o Propósito da Salvação 
09.8 - o Chamamento Para Salvação
10 - a Completude da Salvação 
11 - Análise de 101 versos que não implicam perda de salvação (como muitos erroneamente ensinam ), mas são sobre:
11.A - os Falsos Mestres
11.B - os Nunca Salvos
11.C - os Galardões
11.D - a Usabilidade do Crente
11.E - a Disciplina do Crente por Deus 1
1.F - os Frutos
11.G - o Crente Confuso com Doutrina
11.H - o Pecado Para Morte
11.I - o Pecado Imperdoável
11.J - os Judeus Na Tribulação
11.K - os Gentios em contraste contra Israel
11.L - o Testemunho de Igrejas Locais
11.M - o Mero Assentimento Intelectual, que nunca salvou
11.N - a Destruição de Jerusalém por Nabucodonosor
11.O - Assuntos Específicos
11.P - o Livro da Vida
11.Q - Pessoas Específicas
12 - [teste e] Convicção, Segurança na Salvação Imperdível e Eterna 
13 - o Livro da Vida

Meu amado irmão, meu filho na fé, Pr. Alexandrinus: sei que até agora estás exultando em relembrar tão maravilhosa doutrina, estás dando glórias a Deus, estás repetindo "Amém e Amém, oh o maravilhoso amor de Deus, oh o maravilhoso amor de Deus! Glória a Deus, toda glória a Ele! Louvai ao Senhor!"

Mas, agora, vejamos os pecados que o Texto Crítico e a bíblia ARA, que introduziste na nossa igreja e nossa denominação, no ano passado, perpetram a respeito da Soteriologia, a Doutrina da Salvação. Vejamos os 8 versículos sobre os quais mais te apoiaste e que usaste mais vezes e com mais ênfase no teu livro, quando, antes da influência liberal (disfarçada de pseudo-fundamentalismo) do seminário americano para onde foste (contra meus conselhos), ainda crias e usavas somente a bíblia do TR, legítima descendente da bíblia que saiu da caneta de Almeida, no século 17.


1) Mateus 20:16:


“Assim, os derradeiros serão primeiros, e os primeiros, derradeiros, PORQUE MUITOS SÃO CHAMADOS, MAS POUCOS ESCOLHIDOS.” (ARC - Almeida Revista e Corrigida, 1951, da IBB, Imprensa Bíblica do Brasil).

"Assim. Os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos." (ARA - Alexandrina Revisionada e Atualizada, 1959).

"Deste modo, os últimos serão os primeiros, e os primeiros, últimos." (bíblia das Testemunhas de Jeová, traduzi do inglês)

Tens de escolher entre as 2 posições abaixo, meu caro irmão:

-- Posição 1: Crer que, nesta passagem das Escrituras, Deus, nos escritos originais da bíblia (que seriam palavras falhas de um falho homem, e Deus teve que se contentar com isso), Deus NÃO ensinou a doutrina que muitos, muitos homens são chamados mas somente poucos são escolhidos; Deus não escreveu as palavras acima destacadas em maiúsculas negritadas e sublinhadas, mas o Diabo (que é quem está invisivelmente por trás dos homens que usa como marionetes para seus propósitos, mesmo que sejam "sinceros homens enganados mas inconscientes disso"), o Diabo decidiu atirar uma forte bala contra si mesmo e seu falso evangelho universalista baseado em obras, e fez com que os crentes mais fiéis a Deus tivessem a infiel ousadia de adicionar as sãs palavras em foco. Depois, Deus ficou derrotado durante muitos séculos, particularmente depois que Sua providência, no século 14**, trouxe a invenção da imprensa e, no século 15**, trouxe o movimento da Reforma com a libertação da sanguinária ditadura romanista que sempre perseguia e matava os crentes verdadeiros e impedia a disseminação da Palavra. Melhor explicando, de um modo especial Deus teria ficado TOTALMENTE derrotado por 359 anos a partir de 1522 (Bíblia de Lutero) e de 1526 (Bíblia de Tyndale), durante um período em que TODAS (sem exceção) as Bíblias lidas e amadas e memorizadas por TODOS os crentes verdadeiros de TODAS (sem exceção) as verdadeiras igrejas batistas e reformadas em TODAS as línguas de TODOS os países, somente eram traduzidas (sem exceção), com toda fidelidade e a mais competente equivalência formal, a partir do Textus Receptus, e continham as palavras em foco, até que, em 1881, pela primeira vez, o gênio dos modernos críticos textuais (todos eles descrentes da perfeita inspiração e/ou da perfeita preservação de cada traço de cada letra de cada palavra da Bíblia) veio socorrer o Deus que não pôde ou não quis preservar a absoluta perfeição de Sua Palavra, e tal descrente erudição corrigiu tudo e fez publicar a primeira bíblia correta, sem tais palavras. Esta posição diz "Toda vergonha à impotência ou à má vontade de Deus, tão vergonhosamente vencido pelo Diabo durante tantos séculos, quão vencedor sempre é o arquiinimigo de Deus. Todo louvor ao gênio dos mais eruditos descrentes que são os modernos críticos textuais."

-- Posição 2: Crer que, nesta passagem das Escrituras, Deus, nos escritos originais da Bíblia (onde cada palavra é absolutamente perfeita e tem o caráter de ser totalmente a Palavra de Deus), Deus REALMENTE ENSINOU a doutrina que muitos, muitos homens são chamados, mas somente poucos são escolhidos; Deus REALMENTE escolheu e FEZ ESCREVER cada traço de cada letra de todas as palavras acima destacadas em maiúsculas negritadas e sublinhadas. Mas o Diabo (que é quem está invisivelmente por trás dos homens que usa como marionetes para seus propósitos, mesmo que sejam "sinceros homens enganados, mas inconscientes disso"), o Diabo decidiu atirar uma forte bala contra Deus e Seu verdadeiro evangelho, e fez com que os crentes mais INFIÉIS a Deus subtraíssem as palavras em foco. Mas, depois, Deus ficou vitorioso, particularmente depois que Sua providência, no inicio do século 15**, trouxe a invenção da Imprensa, trouxe o movimento da Reforma com a libertação da sanguinária ditadura romanista que sempre perseguia e matava os crentes verdadeiros e impedia a disseminação da Palavra. Melhor explicando, de um modo especial Deus esteve sem nenhuma voz de inimigo ter perceptíveis repercussões no arraial dos crentes, quanto à Bíblia, por 359 anos a partir de 1522 (Bíblia de Lutero) e de 1526 (Bíblia de Tyndale), durante um período em que TODAS (sem exceção) as Bíblias lidas e amadas e memorizadas por TODOS os crentes verdadeiros de TODAS (sem exceção) as verdadeiras igrejas batistas e reformadas em TODAS as línguas de TODOS os países, somente eram traduzidas (sem exceção), com toda fidelidade da mais competente equivalência formal, a partir do Textus Receptus, e continham as palavras em foco, até que, em 1881, pela primeira vez, a soberba intelectual dos modernos críticos textuais (todos eles descrentes da perfeita inspiração e/ou da perfeita preservação de cada traço de cada letra de cada palavra da Bíblia) fez publicar a primeira bíblia sem tais palavras. Esta posição diz: "Todo louvor e toda glória a Deus, que cumpre perfeitamente tudo que prometeu, e que perfeitamente inspirou e perfeitamente preserva cada uma de Suas palavras. Toda vergonha e maldição aos INFIÉIS que, na cidade da maior apostasia dos primeiros séculos, Alexandria, no Egito, primeiro amputaram tais palavras. Toda vergonha e maldição também aos descrentes críticos textuais modernos, adoradores da falsamente chamada ciência, e buscadores da fama, que ressuscitaram tal amputação das santas palavras e traiçoeiramente introduziram bíblias assim adulteradas entre os crentes de hoje."

-- Que posição vais tomar meu amado filho na fé?...


2) Marcos 2:17:


E ouvindo-o Jesus, disse-lhes: os sãos não necessitam de Médico, senão os que estão doentes: eu não vim a chamar aos justos, senão aos pecadores À CONVERSÃO." (Almeida 1681/1753, 1819 e 1948, da TBS).

"Tendo Jesus ouvido isto, respondeu-lhes: Os sãos não precisam de médico, e, sim, os doentes: não vim chamar justos, e, sim, pecadores." (ARA - 1959).

Checa tu mesmo, meu amado filho na fé, e verás que, também aqui, a ARA e a bíblia das Testemunhas de Jeová se equivalem, ao omitirem/ destruírem as 2 palavras "AO ARREPENDIMENTO", portanto omitiram/ destruíram a necessidade de arrependimento para salvação! (Arrependimento é indispensável à salvação, esta não existe sem aquele!)

Quem tem interesse em falsas conversões, sem arrependimento? Quem, senão ... Então, foi este inimigo de Deus quem fez a amputação das sãs palavras.

Quem seria tão louco que supusesse que o único real autor de adulterações (sim, o Diabo) fosse trabalhar para Deus e que atirasse contra si mesmo, aqui adicionando sãs palavras que resultaram no são T.R.???!!!

Novamente te pergunto: Que posição vais tomar meu amado filho na fé?...


3) João 3:15:

"Para que todo aquele que nele crê NÃO PEREÇA, mas tenha a vida eterna." (ARC 1951, da IBB).

Para que todo o que nele crê tenha a vida eterna." (ARA - 1959).

Todas as bíblias do Texto Crítico, tais como a ARA e a bíblia das Testemunhas de Jeová (checa tu mesmo como, mais uma vez, ambas estão basicamente iguais), aqui omitem/ destroem as 2 palavras "NÃO PEREÇA", o fato que todo aquele que não chegar a ser convertido e a crer, perecerá (irá para o eterno sofrimento nas chamas do Inferno)!

Meu amado irmão, quem tem interesse em omitir/ enfraquecer o ensino bíblico? Quem, senão ... Então, foi este inimigo de Deus quem fez a amputação das sãs palavras.
Será possível que um crente, com o Espírito Santo habitando nele e lhe ensinando, não perceba fácil e rapidamente de que lado está a verdade???!! !


4) João 6:47:


"Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê EM MIM tem a vida eterna." (ARC 1951, da IBB).

"Em verdade, em verdade vos digo: Quem crê tem a vida eterna." (ARA - 1959).

O Texto Crítico, todas as suas traduções, a ARA, a bíblia das Testemunhas de Jeová (checa tu mesmo, e te horrorizarás com a semelhança entre a ARA e ela), aqui omitem/ destroem as 2 palavras "EM MIM", omitem/ destroem que temos que crer em CRISTO (crer total e somente NELE, crer literalmente e de todo coração em tudo que a Bíblia diz sobre ELE.)
Bastaria "crer"? Crer em qualquer alguém ou qualquer algo? Poderá estar salvo alguém que nunca ouviu o nome de Cristo, e parece super bem intencionado, e, de todo coração, crê num falso Deus? E se crê num falso Jesus, que não é o Deus e tudo mais que a Bíblia ensina? E se crê não biblicamente no verdadeiro Jesus? E se crê no Jesus da Bíblia, em paralelo crendo também em alguma outra coisa?... Bastaria fé em fé? Bastaria crer em crer?

De modo nenhum! “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.” (At 4:12)


5) Atos 9:5-6:

"5 E ele disse: Quem és, Senhor? E disse O SENHOR: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. DURO É PARA TI RECALCITRAR CONTRA OS AGUILHÕES. E ELE, TREMENDO E ATÔNITO, DISSE: **SENHOR**, QUE QUERES QUE EU FAÇA? E DISSE-LHE O SENHOR: Levanta-te, e entra na cidade, e lá te será dito o que te convém fazer." (ARC 1951, da IBB).

"Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem tu persegues; 6 mas levanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer." (ARA - 1959).

O Texto Crítico, a ARA, a bíblia dos Testemunhas de Jeová, todas as traduções do Texto Crítico, aqui omitem/ destroem as 25 palavras que negritamos e escrevemos só em maiúsculas, portanto omitem/ destroem que a salvação vem da aceitação de Cristo como único e total Senhor e Deus, e que Lhe devemos imediata e total obediência!

Meu amado irmão, quem tem interesse em omitir/ enfraquecer tão importante ensino bíblico? Quem, senão ... ?! Então, foi este inimigo de Deus quem fez a amputação das sãs palavras.


6) Rm 8:1:

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, QUE NÃO ANDAM SEGUNDO A CARNE, MAS SEGUNDO O ESPÍRITO." (ARC 1951, da IBB).

"Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus." (ARA - 1959).

Aqui, a ARA abandonou o que o Texto Receptus trás, abandonou o que João Ferreira de Almeida e TODAS as Bíblias da época da Reforma têm escrito. Aqui, a ARA equivale exatamente à bíblia dos TJeová ("Portanto, os em união com Cristo Jesus não têm nenhuma condenação"), pois omite/ destrói as 10 palavras que negritamos e sublinhamos e pusemos só em maiúsculas, portanto a ARA omite/ destrói que há, sim, condenação (quanto à comunhão, correção, galardão, o ser usado por Deus, etc.; não quanto à salvação eterna!) para o salvo que andar segundo a carne (Compare Atos 5:1-10; 1 Co 3:12,15; 5:9-10; Gl 5:16-18; 1 Jo 3:20-21; 5:16)! Além disso, há, sim, condenação de morte física (não de perca de salvação) para certas condições de crentes que, aos olhos de Deus, são grosseiramente pecaminosas e teimosamente rebeldes, ver 1 Co 5:5 “Seja entregue a Satanás para destruição da CARNE, para que o espírito seja salvo no dia do SENHOR Jesus.” e 1 Co 11:30 “Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que DORMEM.

Amado irmão, pastor Alexandrinus, meu filho na fé, raciocina com toda sinceridade e responde: A quem interessa enfraquecer, omitir, destruir que o homem verdadeiramente crente, uma vez realmente salvo, NÃO pode se entregar ao pecado sem nenhuma conseqüência de tipo nenhum? A quem interessa isto, senão a ...? E porventura achas tu mais plausível que, se a redação Texto Crítico foi aqui a perfeita, então veio o Diabo (que é quem está por trás de toda deturpação da Bíblia, usando homens, mesmo que estes não percebam estar sendo fantoches a serviço dele) e acrescentou tão boa e essencial doutrina como está no Textus Receptus, ou achas tu mais plausível que, sendo a redação do Textus Receptus a perfeita, então veio o Diabo e subtraiu palavras dela de modo que se tornou a redação do Texto Crítico? Será possível que um crente, com o Espírito Santo habitando nele e lhe ensinando, não perceba fácil e rapidamente de que lado está a verdade???!! !


7) 1 Pe 2:2:

"Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, PARA QUE, POR ELE, VADES CRESCENDO." (ARC 1951, da IBB).

"desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que por êle vos seja dado crescimento PARA A SALVAÇÃO," (ARA - 1959).

O Texto Crítico e sua filhota, a ARA, mais freqüentemente podam fora palavras do Texto Receptus. (Somente contando-se no Novo Testamento, o T.C. amputa fora cerca de 6000 palavras do T.R.). Mas T.C. e ARA não ficam nisso: Somente contando-se no Novo Testamento, o T.C. também adiciona cerca de 2000 palavras ao T.R., e também adultera outras 2000 palavras, resultando num total de cerca de 10.000 diferenças, isto é, cerca de 7% das cerca de 140.000 do Novo Testamento. (E nota bem: Quer subtrações ou adições ou adulterações, sempre que há uma divergência doutrinária, é sempre, sempre, o Texto Crítico que puxa para o lado pior, mais fraco, mais inseguro, mais perigoso e mais malévolo. A quem interessa isto, senão a... Então, foi este inimigo de Deus quem fez a amputação das sãs palavras.

1 Pe 2:2 é um exemplo de onde o Texto Crítico e a ARA adicionaram palavras, e isto foi em direção ao mal: Evidentemente o verdadeiro autor, Deus o Espírito Santo, está aqui dirigindo-se aos que são eleitos (nota o verso 1:2) e são redimidos (nota o verso 1:18) e são de novo nascidos (nota o verso 1:23). Mas o Texto Crítico e a ARA adicionam as palavras "PARA SALVAÇÃO", ao final do verso, favorecendo o ensino herético que salvação vem por um processo, um processo gradual de crescimento! Isto choca-se frontalmente contra a sã doutrina de toda a Bíblia, que ensina que a salvação é um ato, ato instantâneo, ato completo e definitivo e irreversível, ato totalmente da parte de Deus. Wilbur Pickering (pastor e doutor), no seu livro "The Identity of the New Testament Greek Text", mais ou menos na página 199, analisa os manuscritos, e citações patrísticas, e outras coisas, provando que o T.R. é que é aqui a mais pura Palavra de Deus.


8) 2 Pe 2:17:

"Estes são fontes sem água, nuvens levadas pela força do vento, para os quais a escuridão das trevas ETERNAMENTE se reserva." (ARC 1951, da IBB).

"Esses tais são como fonte sem água, como névoas impelidas por temporal. Para eles está reservada a negridão das trevas." (ARA - 1959).

Aqui, o Texto Crítico, e a ARA, e a bíblia das Testemunhas de Jeová (é tristíssimo, mas quantas vezes, muitos milhares de vezes, essas duas bíblias se alinham uma com a outra!), e todas as bíblias do T.C,omitem/ destroem a palavra "ETERNAMENTE", portanto extirpam/ destroem que a condenação nas trevas é ETERNA! (Sem cessar de existir e de sofrer consciente e terrivelmente, por toda a eternidade, nas chamas do Inferno!).

Oh, meu amado filho na fé, hoje meu pastor: Há muitos outros versos graves, inaceitavelmente adulterados pelas Bíblias alexandrinas, em particular pela ARA, mas estes versos que analisamos bastam: Deus sabe que, depois de ter lido este alerta, tu nunca mais poderás dizer: "Eu não sabia, nunca fui avisado de nada disto."

Não acredito que queiras continuar a usar nenhuma bíblia com tantas semelhanças com (e, às vezes, até pior que) a das Testemunhas de Jeová!... Tenho certeza de que logo destruirás tua ARA e voltarás a crer como antes de passares por 4 anos de lavagem cerebral no seminário pseudo-fundamentalista para onde insististe em ir, para meu desgosto.

Pastor, não caias tu no infindável tecnicalismo das loucas e descrentes manuscritologia e crítica textual modernas. Responde a ti mesmo e, mais importante, a Deus: Quem seria tão tolo a ponto de acreditar que foram crentes fiéis (!) que pecaram contra Ap 22:18-19 (!) e ADICIONARAM (!) todas as palavras acima que, acima, escrevemos totalmente em letras maiúsculas e negritamos, e acreditar que Deus foi completamente vencido (!) por esses falsários que alcançaram unânime aceitação durante muitos e muitos séculos ininterruptos, até que, bem recentemente, deslumbrantes eruditos vieram em socorro de tão fraco e impotente ou insensível Deus? Quem seria tão tolo a ponto de não perceber que a direção da seta das omissões dos textos em vermelho, acima, é contra Deus e é muito recente e nunca foi unânime, portanto o que tem que ter havido foi a SUBTRAÇÃO dessas palavras por infiéis a serviço (mesmo que inconsciente) e em benefício do Diabo? Quem não percebe que a ARA é, pelo menos nos versos acima, muito semelhante à bíblia das Testemunhas de Jeová? (na realidade, o é nas quase 10.000 palavras que Westcott-Hort amputaram, adicionaram ou adulteraram, contando-se apenas no Novo Testamento.) A quem darás tua fidelidade, pastor: ao teu orgulho de não voltar atrás, ao teu seminário, aos teus grandiosos professores, à aceitação e segurança financeira da tua denominação, ou só e totalmente a Deus?

********* Final 9ª da Exposição *********

 

Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pai na fé e que sempre tanto te amou e amará em Cristo, teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias).

Em 1960.

Esta é a carta número 09, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Observações de Hélio:

Em edições posteriores, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA) ficou mais sutilmente traiçoeira, e, em Mt 20:16 e em At 8:37, acredito que por razões mercadológica$, colocou de volta aquelas palavras de Deus que ela havia antes roubado, mas, agora, colocou-as entre colchetes [], na traiçoeira convenção que adotou para eles:

1) Mateus 20:16: "Assim. Os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos [porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.]" ARA (edições posteriores a 1959)

5') Atos 8:37: "[E disse Felipe: é lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.]" ARA (edições posteriores a 1959)

COLCHETES sempre semeiam dúvidas quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus.
-- A convenção usada pela editora da ARA equivale a usar COLCHETES como um sinal para semear DÚVIDAS quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus. Podem os eruditos dizer o que quiserem, mas, na prática, a mensagem de cada colchete é: "Olhem, incluímos este trecho aqui nesta bíblia, entre colchetes '[' e ']', mas o fizemos ardilosamente, somente por questões de marketing, isto é, para podermos faturar vendendo nossas bíblias sem chocar aos que consideramos fanáticos-xiitas ou simplórios-ingênuos. Se tivéssemos a integridade e hombridade de simples e radicalmente omitir tais palavras da bíblia que vendemos, poderíamos sofrer alguma reação, e isto seria ruim para nossos negócios... Mas fique bem claro, para todos nós os sabidos e iluminados (que entendemos o significado dos colchetes), que nós não cremos definitivamente e piamente nestas palavras entre colchetes. Sim, sabemos que tais palavras estão no texto grego impresso a partir do início do século 1500 e usado na Reforma como base para todas as traduções para todas as igrejas 'protestantes' de todos os países e línguas. Sim, sabemos que, em português, a Bíblia da Reforma foi aquela traduzida por Almeida e primeiro publicada em 1681 e 1753. Sim, sabemos que ela e suas fiéis filhas legítimas (suas fiéis atualizações para as mudanças ortográficas e de atualização de uso de algumas poucas palavras da nossa língua), também sempre tiveram estas palavras. Sim, sabemos que estas Bíblias da Reforma têm salvo e abençoado inúmeras vidas... Mas, mesmo assim, escolhemos não seguramente crer que estas palavras foram escritas pela mão de quem escreveu o manuscrito original, escolhemos não seguramente crer que são inspiradas, não seguramente são palavras de Deus. Por isso, adotamos como base da nossa bíblia um texto grego direta ou indiretamente herdeiro daquele que foi pela primeira vez impresso por Westcott e Hort em 1881, e que omite as palavras em questão. Cremos que Deus não quis ou não pode preservar bem a sua Palavra, e, por excesso de piedade, crentes falsários introduziram as palavras que pusemos entre colchetes, portanto cremos que elas são falsificações".

-- Mas eu, Hélio, te pergunto: Achas tu que o Diabo usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para inserir, em alguns locais da Bíblia que não a tinham, palavras (como estas entre esses colchetes) que concordam com a sã doutrina expressa em muitos outros locais da Bíblia, isto é, palavras que advertem contra o Diabo e suas táticas e falsos mestres, ou que advertem contra o pecado e o Inferno, ou que defendem e ensinam a divindade de Cristo, ou a necessidade de santidade, ou a necessidade do jejum, ou a necessidade do derramamento e a singularidade do sangue de Cristo, ou a Sua morte vicária, ou Seu nascimento de uma virgem, ou a doutrina da Trindade, ou a perfeita inspiração e perfeita preservação de cada palavra da Bíblia, ou tantas outras preciosíssimas doutrinas bíblicas? Achas tu que Deus andou derrotado por esses "exageros de piedade humana inserida, exageros que fiéis salvos introduziram na Bíblia, que infiéis!", Deus andou derrotado por mais de 18 ou 19 séculos, até que modernos e descrentes críticos textuais descobriram meia dúzia de manuscritos rasurados e corrompidos, e modernos e descrentes eruditos e tradutores vieram resgatar Deus de Sua derrota e restaurar o texto da Sua Palavra escrita, amputando-a ou enfraquecendo- a em todos estes milhares de pontos?!?!?! ... Pois eu, pela observação de quem se beneficiaria com tudo isto (o Diabo, claro), e por considerações teológicas sobre a perfeita preservação providencial de cada palavra de Deus continuamente em uso pelas igrejas fiéis, tenho certeza de que, ao contrário, foi Satanás quem usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para AMPUTAREM tais palavras, e está usando críticos textuais descrentes, e infiéis tradutores fantoches de tal Adversário, para desavergonhadamente amputarem aquelas palavras ou para lançarem dúvidas sobre elas (através de venenosos colchetes, ou de traiçoeiras notas de rodapé [ou de comentários, ou meios semelhantes] que somente semeiam dúvidas. "Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2 Co 11:3)

Ademais, a ARA 1959 traziam todas as palavras corretas, segundo o Textus Receptus, mas, em edições posteriores, estas palavras foram destruídas através de colchetes:


1) Atos 8:37:
"E DISSE FILIPE: É LÍCITO, SE CRÊS DE TODO O CORAÇÃO. E, RESPONDENDO ELE, DISSE: CREIO QUE JESUS CRISTO É O FILHO DE DEUS." (ARC 1951, da IBB).

[Filipe respondeu: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.] (ARA, edições posteriores a 1959).

(Quer diretamente, quer através de venenosos colchetes ou peçonhentas notas de rodapé que somente levam à dúvida e não à fé,) a bíblia ARA, edições posteriores a 1959, e todas as bíblias traduzidas do Texto Crítico, tal como a dos Testemunhas de Jeová (checa, meu irmão, checa mesmo), omitem/ destroem as 24 palavras que, acima, negritamos e sublinhamos e pusemos só em maiúsculas, portanto omitem e destroem que só é lícito batizar quem já creu no Cristo e já foi salvo (salvo por crer Cristo, crer em Sua divindade, crer em tudo que disse de Si, crer em cada palavra da Bíblia, ter se arrependido e recebido Cristo como único, total e definitivo Salvador e Senhor-Dono- Controlador! ).

(Não era necessário que eu desse nenhum detalhe técnico, mas não resisto dar uns brevíssimos detalhes:)

Lembra que o verso foi citado por Irineu (ano 202 d.C.), Cipriano (248), e muitos outros dos chamados Pais da Igreja; o verso está em TODOS os manuscritos sobreviventes da Antiga Latina (tradução feita em 157 d.C., não confundir com a Vulgata de Jerônimo); está em vários códices (como o E, do ano 8** d.C.); está em vários manuscritos minúsculos (como o 4); etc.

Mas o decisivo mesmo é isto: Deus não falhou ao preservar o texto em TODAS as Bíblias dos salvos fiéis, de 1522 a 1881 = 359 anos!

Meu amado irmão, quem tem interesse em omitir/ enfraquecer tão importante ensino bíblico? Quem, senão ...

Então, foi este inimigo de Deus quem fez a amputação das sãs palavras.


 

Carta 10 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Enfraquece a DOUTRINA DO JEJUM BÍBLICO!

 

********* Início da 10ª  Exposição  *********

 
Amado Pastor Regula Falsi Baptista Alexandrinus, meu filho na fé:

Sempre acreditei que o melhor modo de aprendermos é unirmos o mais profundo e bíblico estudo teórico com o mais esforçado pô-lo em prática. Por isso, sempre fiz com que os alunos do Instituto Teológico de nossa igreja fizessem essas duas coisas em paralelo, cada semana. Estudavam no Instituto todas as manhãs, à noite liam os melhores livros e faziam os exercícios e provas (sempre me reclamando que eram puxados demais...), mas cada tarde trabalhavam 4 sólidas horas ajudando-me na obra de Deus, quer nos pesados serviços de limpeza de banheiros, capina do mato do terreno e manutenção dos prédios, quer me acompanhando nas visitas aos hospitais e doentes, acompanhando-me nas 20 visitas de evangelismo que nos propúnhamos fazer a cada semana, acompanhando-me nas pregações ao ar livre nas feiras-livres e nas esquinas mais movimentadas, etc. Aos domingos, ensinavam na Escola Bíblica Dominical das crianças e jovens e adultos, sob minha supervisão. Nos 60 dias de férias anuais, iam viver nas favelas e na zona rural, evangelizando aos excluídos e intocáveis, comendo e dormindo mal, andando léguas e léguas a pé, debaixo de sol e chuva. Que bênção, lembras?

Bem, ao ensinares na Escola Bíblica Dominical dos adultos, a meu pedido, por 3 domingos abordaste magistralmente a doutrina do jejum bíblico, corrigindo muitas idéias erradas que alguns membros tinham sobre o assunto, uns pensando que era invenção dos pentecostais, outros que era bom para a saúde, outros que era prova de santidade, etc. Teus estudos foram um dos pontos altos daquele ano, edificaram a todos, foram uma grande bênção para cada um e para a igreja como um todo. Eu gostei tanto de teus estudos que anotei o esboço deles:

JEJUM BÍBLICO

  ADVERTÊNCIAS SOBRE O JEJUM
  Jejuar não salva. Lc 18:9-14, a oração do publicano versus a do fariseu.

Não se deve jejuar para se exibir. Mt 6:16-18, a exibicionista oração dos fariseus.

Jejuar não deve ser um ritual religioso. Lc 18:12

O jejum é inaceitável e sem efeito sem um direto relacionamento com Deus Is 58:3-9; Zc 7:5-6

O jejum bíblico não deve ser feito por questões de saúde física.

Jejuar não é uma prática ascética Cl 2:20-23; Cl 2:8-16  O jejum é uma parte importante da vida e do ministério cristãos, mas devemos ter cuidado de não pensar que a espiritualidade vem através da punição do corpo e da observação de vários rituais e leis dietéticas. A espiritualidade vem da comunhão- companheirismo com Jesus Cristo.

O jejum não garante que a oração será atendida. 2 Sm 1:12

Jejuar é um assunto pessoal

 A IMPORTÂNCIA DE JEJUAR

Juízes 20:26 -- Israel jejuou pela vitória na guerra.
I Samuel 1:6-7 -- Ana jejuou para ter um filho.
I Samuel. 7:6 -- Israel jejuou por [causa de] arrependimento.
1 Samuel. 31:13 -- Os homens de Jabez Gilead jejuaram lamentando por Saul.
2 Samuel 1:12 -- David e seus homens jejuaram lamentando-se por Saul, Jônatas e os decaídos de Israel. 
2 Samuel. 1:12 -- David jejuou pedindo misericórdia por seu filho [nascido de Bate-Seba].
1 Reis 21:27 -- Acabe jejuou [pedindo] por misericórdia.
2 Crônicas 20:3 -- Jeosafá e Israel jejuaram [pedindo] por ajuda e proteção
Esdras 8:21-23 -- Esdras e o povo jejuaram [pedindo] por ajuda e proteção 
Neemias 1:4 -- Neemias jejuou e se lamentou [pedindo] por ajuda a Jerusalém.
Neemias 9:1,2 -- Israel jejuando em lamento e arrependimento.
Ester 4:16 -- Ester e amigos jejuaram [pedindo] por vitória.
Ester 9:3 -- Jejuar é mencionado como tendo tido um papel na vitória.
Salmos 35:13-14 -- Jejuar em oração e lamentação.
Salmos 69: 10-11 -- Jejuar em oração e lamentação.
Isaías 58:6-8 -- O jejum que agrada a Deus.
Jeremias 36:9 -- Israel jejuou [pedindo] por misericórdia.
Joel 1:14; 2:12,15 -- Deus ordenou jejum e arrependimento.
Jonas 3:5 -- Os ninevitas jejuaram em arrependimento [pedindo] por misericórdia.
Daniel 9:3 -- Daniel jejuou [pedindo] por sabedoria.
Mateus 4:2 -- Jesus jejuou quando tentado no deserto.
Mateus 6:17-18 -- Jesus prometeu que o Pai abençoaria o jejum.
Mateus 9:14-15 -- Jesus disse que seus discípulos jejuariam.
Mateus 17:21 -- O jejum é necessário para vencer algumas forças demoníacas.
Marcos 9:29 -- O jejum é necessário para vencer alguns baluartes demoníacos.
Lucas 2:37 -- Jejuar era parte do serviço [prestado por] Ana a Deus.
Atos 13:2 -- O jejum era parte do ministério dos servos [de Cristo] em Antioquia.
Atos 13:3 -- A ordenação [de pastores] era acompanhada por jejum.
Atos 14:23 -- A ordenação [de pastores] era acompanhada por jejum.
1 Coríntios 7:5 -- O jejum e a oração são a única razão adequada para a abstinência no relacionamento conjugal.
2 Coríntios 6:5 -- O jejum foi um modo como Paulo se aprovou como um ministro de Jesus Cristo.
2 Coríntios 11:27 -- Paulo jejuava com freqüência.

Esses exemplos e instruções sobre o jejum não podem ser considerados superficialmente. Sabemos que os exemplos das Escrituras são tão importantes quanto seus comandos diretos.

O jejum de Cristo durante suas tentações no deserto é nosso exemplo, assim como Suas orações durante as tentações no jardim são nossos exemplos. Paulo coloca diante de nós o exemplo de jejum freqüente (2 Co 11:27).

Jejum é um dos modos pelos quais um ministro de Cristo se aprova 2 Co 6:4-5.

O Senhor Jesus fez uma promessa definida sobre o jejum Mt 6:17-18.

O Senhor Jesus disse muito claramente que Seus discípulos JEJUARIAM após Sua partida da terra.
Mt 9:14-15  Jesus nunca desencorajou o jejum. Ele o praticou e disse a Seus seguidores que o praticassem. Como todos os aspectos da vida espiritual, Cristo corrigiu as falsas idéias e abusos que rodeavam o jejum, mas Ele não o desencorajou nem o tratou como algo menos importante.

Os servos escolhidos de Deus praticaram o jejum através dos séculos. Se o jejum fosse desnecessário ou pouco importante, a melhor parte do povo de Deus se iludiu enormemente em seu pensamento! Observe a mãe de Samuel jejuando enquanto outros festejavam (1 Sm 1:6-7). 
Observe David, o homem segundo o coração de Deus, jejuando.
Observe Esdras, Neemias, Ester e Mardoqueu, o rei Josafá, Daniel, Samuel, Ana, a profetisa, Paulo, todos jejuando. 
Observe o Senhor Jesus Cristo, Deus manifesto na carne, jejuando.

 Jejuar e orar é a única prática espiritual que pode interferir com o aspecto físico do relacionamento conjugal,  1 Co 7:1-5.

 O jejum é essencial para a quebra de certos baluartes demoníacos. Mt 17:18-21.

 QUANDO DEVEMOS JEJUAR?
1. Jejue quando fortemente tentado (Mt 4:2).
2. Jejue quando a sabedoria é ansiosamente desejada (Dn 9:3).
3. Jejue quando a ajuda e a proteção são necessárias (Ed 8:21-23; 2 Cr 20:3; Jr 36:9).
4. Jejue quando é desejada a vitória sobre baluartes demoníacos (Mt 17:21; Mc 9:29). 
5. Jejue quando é desejada a vitória sobre situações que parecem impossíveis (Et 4:10-17; 9:31; Ne 1:4).
6. Jejue quando algo é ansiosamente desejado de Deus e a resposta não veio só pela oração (Is. 1:6-7). 
7. Jejue quando lamentando por entes queridos ou pela defesa do povo de Deus (2 Sm 1:12).
8. Jejue quando novos ministros foram consagrados, e quando os homens saem a proclamar a Palavra de Deus, e contra os inimigos espirituais (At 13:2-3; 14:23). 
9. Jejue quando envolvido em ministério espiritual (2 Co 6:5; 11:27)
10. Jejue durante períodos de arrependimento especial, confissão, e reavivamento (Joel 1:14; 2:12; 2:15; Ne 9:1-2).

POR QUE JEJUAR É IMPORTANTE?  Jejuar é importante por causa das lutas espirituais (Mt 17:21). Quando jejuamos, não estamos forçando Deus a fazer algo, mas estamos resistindo a forças e baluartes sobrenaturais. Alguém pode dizer: “Por que isto é necessário, se Cristo tem todo o poder”? Não sei a resposta a esta questão, mas sei o que Cristo disse: “Este tipo não vai embora senão por oração e jejum.” Jejuar demonstra o fervor e desejo do coração (Hb 11:6).  Deus vê o coração dos homens, mas a Bíblia diz que Ele requer evidência clara do desejo dos corações. Jl 2:12; Gn 22:12.

Jejuar ajuda a manter o corpo sob sujeição  1 Co 9:24-27; 1 Sm 2:29.

UM JEJUM BÍBLICO DURA QUANTO TEMPO? Jejuar é assunto da liberdade individual sob a direção do Espírito Santo. Pode ser uma refeição ou várias refeições, conforme a necessidade da hora e a direção de Deus. Romanos 14 fala desse tipo de coisa e diz: “Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente.” (Rm 14:5 ACF).

 O QUE É UM JEJUM BÍBLICO?  Novamente, não há diretrizes rígidas sobre jejum. No jejum de 21 dias de Daniel, sabemos que ele não comeu “nenhum pão agradável, nem carne, nem vinho” (Dn 10:3). Aparentemente, Daniel comeu alguma coisa, mas se absteve de comidas agradáveis. Deus não deu instruções específicas sobre jejum porque este é um assunto privado entre um indivíduo e o Senhor. Uma mãe que amamenta, por exemplo, não seria sábia se mantivesse sem alimento por período significativo, porque não somente ela depende desse alimento, mas também seu bebê. Deus prometeu: “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.” (Sl 32:8 ACF). Esta preciosa promessa se aplica ao jejum. Quando você deve jejuar? Por quanto tempo? Do que você deve se abster ao jejuar? Deus o guiará pessoalmente e claramente em todas essas coisas se você caminha em parceria com Ele.

Enquanto a Bíblia não descreve cada detalhe sobre o jejum, ela nos dá as seguintes diretrizes básicas, a seguir:

Abstinência de alimento e prazeres físicos normais Dn 10:3; 1 Co 7:5

Oração “Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.”
Mt 17:21  O jejum bíblico está sempre ligado a uma atenção maior à oração e à comunhão com Deus. O jejum divorciado da oração não é um jejum bíblico.

Confissão de pecados Dn 9:3-6.

Serviço a Deus  Is 58:6-8


Mas, agora, vejamos os pecados que o Texto Crítico e a bíblia ARA, que introduziste na nossa igreja e nossa denominação, no ano passado, perpetram a respeito da Doutrina do Jejum Bíblico. Vejamos as 3 passagens sobre os quais mais te apoiaste e que usaste mais vezes e com mais ênfase nos estudos que apresentaste na nossa Escola Bíblica Dominical quando, antes da influência liberal (disfarçada de pseudo-fundamentalismo) do seminário americano para onde foste (contra meus conselhos), ainda crias e usavas somente a bíblia do TR, legítima descendente da bíblia que saiu da caneta de Almeida, no século 17. Nunca poderias pregar o mesmo sermão com a tua nova Bíblia, que introduziste ano passado. Ela arruinaria teu sermão!


1) Marcos 9:29:

“E disse-lhes: Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração E JEJUM.” (ARC - 1951, da IBB).

"Respondeu-lhes: Esta casta não sai de modo algum, salvo à força de oração." (ARA - 1959).
A ARA, pasma, OMITE a importantíssima arma dada por Deus nas palavras "E JEJUM" !!!

(Como em milhares de vezes, mais uma vez, aqui, a bíblia das Testemunhas de Jeová e a ARA estão em harmonia OMITINDO as palavras "E JEJUM", contra a Bíblia IMPRESSA que TODOS os salvos usaram séculos e séculos... Checa com teus próprios olhos, meu amado irmão)

Caríssimo irmão, meu filho na fé, ovelha que pastoreei, agora meu pastor:
A Bíblia é o livro mais odiado pelo Diabo. Ele nunca se esforçou para destruir ou adulterar 1 palavra sequer dos livros não religiosos tais como de Luis de Camões, nem 1 palavra sequer dos livros "sagrados" das falsas religiões tais como o Alcorão. Mas, desde o jardim do Éden, o Inimigo e Pai da Mentira faz tudo para destruir a fé pura e simples na Palavra de Deus. Sim, o primeiro crítico textual descrente foi o Doutor Diabo, quando primeiro cochichou a dúvida "É assim que Deus disse?" ao ouvido de Eva e a induziu a torcer, adicionar, negar e mudar as palavras de Deus (Gn 3:1). Desde o primeiro século da nossa era, usando homens Infiéis (quer ou não estejam eles conscientes de quem os está usando), ele faz tudo para destruir ou enfraquecer ou adulterar a Bíblia (2Ts 2:2). As maiores e piores adulterações da Bíblia foram feitas por falsários ainda nos primeiros séculos, particularmente enquanto alguns apóstolos ainda viviam, mas, pela providência de Deus, os manuscritos gregos adulterados foram recusados pela enorme maioria das igrejas (antioquienses, valdenses a partir do ano 150, anabatistas em geral, enfim, todas as igrejas ainda fiéis, igrejas perseguidas pelos judeus assassinos e césares assassinos, depois perseguidas pela assassina igreja romanista-papista-mariólatra), foram recusados pelas igrejas da Reforma e da época de Filadélfia, somente sendo aceitas pelas igrejas desavisadas ou infiéis da atual época, de Laodicéia. Se ignorarmos isso e, como os críticos textuais modernos, pensarmos na Bíblia e sua propagação como se ela fosse um livro qualquer, seremos de todos os homens os mais tolos e mais enganados.

Agora, sem tecnicalidades e pseudo-eruditismo intermináveis, responde para ti mesmo, querido irmão: Têm razão os descrentes críticos textuais modernos ao pregarem que, aqui neste verso Marcos 9:29, Deus não colocou o jejum bíblico como poderosa arma de defesa contra o Diabo? Não seria isto abdicar de uma das mais poderosas armas que Deus nos deu? Não seria isso exatamente o que o Diabo faria se realmente é ele o pai da mentira, o enganador, o conspurcador e negador e falsificador da Palavra de Deus? Não seria ele o maior beneficiado e interessado com a omissão ou enfraquecimento da doutrina do jejum bíblico? Não é ele nosso real inimigo, ao invés de carne e sangue (Ef 6:12)? Ou serás tão cego, oh meu amado filho na fé, ao ponto de acreditar que foram crentes "excessivamente" piedosos e fiéis que adulteraram as palavras dos manuscritos originais e adicionaram tão poderosa arma, a qual nunca planejou nos dar?...


2) Atos 10:30-31:

“30 E disse Cornélio: Há quatro dias estava eu EM JEJUM até esta hora, orando em minha casa à hora nona. 31 E eis que diante de mim se apresentou um varão com vestes resplandecentes e disse: Cornélio, a tua oração foi ouvida, e as tuas esmolas estão em memória diante de Deus.” (ARC - 1951, da IBB).

“30 Respondeu-lhe Cornélio: Faz, hoje, quatro dias que, por volta desta hora, estava eu observando em minha casa a hora nona de oração, e eis que se apresentou diante de mim um varão de vestes resplandecentes 31 e disse: Cornélio, a tua oração foi ouvida, e as tuas esmolas, lembradas na presença de Deus.” (ARA - 1959).

Faço os mesmos comentários que fiz em Marcos 9:29, acima.


3) 1Coríntios 7:5:

5 Não vos defraudeis um ao outro, senão talvez de comum acordo por algum tempo, para que fiqueis livres PARA O JEJUM, E para a oração: e tornai a unir-vos de novo, para que vos não tente Satanás por causa da vossa incontinência; ARR (Almeida Revista e Reformada), 1948, da TBS (Trinitarian Bible Society)

“Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da incontinência. "
(ARA - 1959).

Faço os mesmos comentários que fiz em Marcos 9:29, acima, e faço a pergunta: por que será que o Diabo tanto odeia o ensino do jejum bíblico, e tanto quer retirá-lo da Bíblia? (Teu sermão respondia a isto, com tua Bíblia de antes, agora não responde, com tua nova bíblia...)

Há muitos outros versos graves, inaceitavelmente adulterados pelas Bíblias alexandrinas, mas estes bastam: Deus sabe que, depois de ter lido este alerta, você nunca mais poderá dizer: "eu não sabia, nunca fui avisado de nada disto."

********* Final da 10ª Exposição *********



Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pai na fé e que sempre tanto te amou e amará em Cristo, teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias).

Em 1960.

Esta é a carta número 10, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Observações de Hélio:

Em edições posteriores, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA) ficou mais sutilmente traiçoeira, e, em Mt 17:21 e Mc 9:29, acredito que por razões mercadológica$, colocou entre colchetes [], na traiçoeira convenção que adotou para eles, as palavras referentes à importantíssima arma do jejum bíblico:

1) Mateus 17:21:
[Mas esta casta não se expele senão por meio de oração e jejum.]” ARA (edições posteriores a 1959)

2) Marcos 9:29:
"Respondeu-lhes: Esta casta não pode sair senão por meio de oração [e jejum]. ARA (edições posteriores a 1959)

COLCHETES sempre semeiam dúvidas quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus.
-- A convenção usada pela editora da ARA equivale a usar COLCHETES como um sinal para semear DÚVIDAS quanto à inteireza e a correção da Palavra de Deus. Podem os eruditos dizer o que quiserem, mas, na prática, a mensagem de cada colchete é: "Olhem, incluímos este trecho aqui nesta bíblia, entre colchetes '[' e ']', mas o fizemos ardilosamente, somente por questões de marketing, isto é, para podermos faturar vendendo nossas bíblias sem chocar aos que consideramos fanáticos-xiitas ou simplórios-ingênuos. Se tivéssemos a integridade e hombridade de simples e radicalmente omitir tais palavras da bíblia que vendemos, poderíamos sofrer alguma reação, e isto seria ruim para nossos negócios... Mas fique bem claro, para todos nós os sabidos e iluminados (que entendemos o significado dos colchetes), que nós não cremos definitivamente e piamente nestas palavras entre colchetes. Sim, sabemos que tais palavras estão no texto grego impresso a partir do início do século 1500 e usado na Reforma como base para todas as traduções para todas as igrejas 'protestantes' de todos os países e línguas. Sim, sabemos que, em português, a Bíblia da Reforma foi aquela traduzida por Almeida e primeiro publicada em 1681 e 1753. Sim, sabemos que ela e suas fiéis filhas legítimas (suas fiéis atualizações para as mudanças ortográficas e de atualização de uso de algumas poucas palavras da nossa língua), também sempre tiveram estas palavras. Sim, sabemos que estas Bíblias da Reforma têm salvo e abençoado inúmeras vidas... Mas, mesmo assim, escolhemos não seguramente crer que estas palavras foram escritas pela mão de quem escreveu o manuscrito original, escolhemos não seguramente crer que são inspiradas, não seguramente são palavras de Deus. Por isso, adotamos como base da nossa bíblia um texto grego direta ou indiretamente herdeiro daquele que foi pela primeira vez impresso por Westcott e Hort em 1881, e que omite as palavras em questão. Cremos que Deus não quis ou não pode preservar bem a sua Palavra, e, por excesso de piedade, crentes falsários introduziram as palavras que pusemos entre colchetes, portanto cremos que elas são falsificações".

-- Mas eu, Hélio, te pergunto: Achas tu que o Diabo usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para inserir, em alguns locais da Bíblia que não a tinham, palavras (como estas entre esses colchetes) que concordam com a sã doutrina expressa em muitos outros locais da Bíblia, isto é, palavras que advertem contra o Diabo e suas táticas e falsos mestres, ou que advertem contra o pecado e o Inferno, ou que defendem e ensinam a divindade de Cristo, ou a necessidade de santidade, ou a necessidade do jejum, ou a necessidade do derramamento e a singularidade do sangue de Cristo, ou a Sua morte vicária, ou Seu nascimento de uma virgem, ou a doutrina da Trindade, ou a perfeita inspiração e perfeita preservação de cada palavra da Bíblia, ou tantas outras preciosíssimas doutrinas bíblicas? Achas tu que Deus andou derrotado por esses "exageros de piedade humana inserida, exageros que fiéis salvos introduziram na Bíblia, que infiéis!", Deus andou derrotado por mais de 18 ou 19 séculos, até que modernos e descrentes críticos textuais descobriram meia dúzia de manuscritos rasurados e corrompidos, e modernos e descrentes eruditos e tradutores vieram resgatar Deus de Sua derrota e restaurar o texto da Sua Palavra escrita, amputando-a ou enfraquecendo- a em todos estes milhares de pontos?!?!?! ... Pois eu, pela observação de quem se beneficiaria com tudo isto (o Diabo, claro), e por considerações teológicas sobre a perfeita preservação providencial de cada palavra de Deus continuamente em uso pelas igrejas fiéis, tenho certeza de que, ao contrário, foi Satanás quem usou copistas infiéis (mesmo como bem intencionados homens que eram inconscientes fantoches das trevas) para AMPUTAREM tais palavras, e está usando críticos textuais descrentes, e infiéis tradutores fantoches de tal Adversário, para desavergonhadamente amputarem aquelas palavras ou para lançarem dúvidas sobre elas (através de venenosos colchetes, ou de traiçoeiras notas de rodapé [ou de comentários, ou meios semelhantes] que somente semeiam dúvidas. "Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2 Co 11:3).

É tempo de despertarmos. Toma 3 Bíblias: uma legítima Almeida (ACF-1995 ou 2007, ou TBS-1948, ou Revista e Corrigida mais antiga e da IBB), uma bíblia dos Testemunhas de Jeová, e a bíblia adotada pelo pastor da tua igreja. Agora, convida teu pastor a, juntamente contigo, gastar 1 hora comparando cada um desses versos acima examinados. Se ele for sincero, aceitará sem problema algum. Se não aceitar, é insincero, e já sabe que o grande pecado da bíblia dele é que ela e a dos Testemunhas de Jeová vêm da mesma fonte corrompida: o Texto Crítico, Westcott-Hort (1881), o alexandrinismo, manuscritos Sinaiticus e Vaticanus, e a Septuaginta. Se ele irar-se furiosamente, pior, estará demonstrando ser o cego que prefere continuar cego. Por que teu pastor não diz, calmamente: "Ah, finalmente você descobriu, minha bíblia tem mesmo muitas semelhanças com a das Testemunhas de Jeová, e daí? Eu não ligo a mínima importância para isto! Só quero ganhar meu dinheirinho e viver em paz." Se ele tivesse coragem para reconhecer isto, não se iraria nem nos perseguiria.


Carta 11 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA  (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Introduz GRAVES CONTRADIÇÕES!


********* Início da 11ª Exposição *********


Amado Pastor Regula Falsi Baptista Alexandrinus, meu filho na fé:

Tive a alegria de te conduzir a Cristo quando ainda eras um menino. Logo te revelaste um fervoroso crente. Com 14 ou 15 anos, já eras um ávido leitor dos melhores livros doutrinários da nossa biblioteca apologética, pois a defesa da fé bíblica se tornou como que a grande paixão de tua vida (debaixo e em conseqüência do supremo amor a Deus, claro). Quando concluíste o Instituto Teológico da nossa igreja e começaste a trabalhar naquele emprego de alto nível e tão bem remunerado (que abandonaste depois, para te dedicares somente ao ministério da Santa Palavra de Deus), logo escolheste e deste-me de presente 3 excelentes livros, em inglês, que defendiam a Bíblia como não tendo a menor sombra de contradição ou erro [Nota de Hélio: Hoje, recomendo THINGS HARD TO BE UNDERSTOOD: A HANDBOOK OF BIBLICAL DIFFICULTIES (D.W. Cloud), que pode ser comprado em http://www.wayoflif e.org/publicatio ns/biblestudy. html] e também deste-me de presente um resumo por ti preparado, analisando cada verso em que nossos inimigos acusam a Bíblia de ter erro ou contradição, e mostrando que nenhum desses versos tinha contradição nenhuma (pelo menos nas Bíblias que então usavas, em Português a ARC da IBB e a ARR da TBS, em Inglês a KJV-1611, em Espanhol a Reina Valera-1862) , todas elas fielmente traduzidas do Textus Receptus e do Texto Massorético.

Mas, agora, vejamos os pecados que o Texto Crítico e a bíblia ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada), que introduziste na nossa igreja e nossa denominação, no ano passado, perpetram, introduzindo graves contradições dela consigo mesma. Vejamos 3 passagens que havias provado, no teu resumo, não formarem nenhuma contradição, na Bíblia que antes usávamos. Nunca poderias pregar o mesmo resumo com a tua nova Bíblia, que introduziste no ano passado, pois ela, pasmemos, introduziu essas contradições. A ARA, que tu mesmo introduziste, arruinaria teu resumo e tua apologética!


1) Mateus 27:34:

deram-lhe a beber VINAGRE misturado com fel; e, tendo-o provado, não o quis beber.”      ARR (Almeida Revista e Reformada), 1948, da TBS (Trinitarian Bible Society)

“deram-lhe a beber VINHO com fel; mas ele, provando-o, não o quis beber.”      ARA - Alexandrina Revisionada e Atualizada, 1959.

(Como em milhares de vezes, mais uma vez, aqui, a bíblia das Testemunhas de Jeová e a ARA estão em harmonia, contra a Bíblia IMPRESSA que TODOS os salvos usaram séculos e séculos... Checa com teus próprios olhos, meu amado irmão.)

A ARA e a bíblia das Testemunhas de Jeová, como herdeiras do infiel Texto Crítico, aqui adulteraram a palavra VINAGREparaVINHO”, criando gravíssima contradição frontal, uma colisão frontal contra Sl 69:21! (onde o Espírito Santo de Deus, que nunca erra nem falha sequer 1 letra, profetizou: "Deram-me fel por mantimento, e na minha sede me deram a beber VINAGRE.")
E agora, amado irmão e pastor, que vais fazer? Rasgar teu livro, abjurá-lo, e jogar fora tua antiga crença que a Bíblia não tem sequer 1 átomo de sombra de contradição consigo mesma? Ou jogar fora tua nova bíblia e voltar às tuas antigas e Bíblias, reafirmando teu livro e tuas antigas pregações? Darás toda tua fidelidade a Deus, ou a darás à tua denominação e a interesses inconfessáveis?


2) Mc 1:2-3:

“2 Como está escrito NOS PROFETAS: Eis que eu envio o meu anjo ante a tua face, o qual preparará o teu caminho diante de ti. 3 Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.”      ARR (Almeida Revista e Reformada), 1948, da TBS (Trinitarian Bible Society)

“2 Conforme está escrito NA PROFECIA DE ISAÍAS: Eis aí envio diante da tua face o meu mensageiro, o qual preparará o teu caminho; 3 voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas;”      ARA - Alexandrina Revisionada e Atualizada, 1959.

(Quanto à bíblia das Testemunhas de Jeová, checa-a com teus próprios olhos. Surpreso com a semelhança com a ARA? Eu não estou.)

A ARA e a bíblia das Testemunhas de Jeová aqui adulteraram “NOS PROFETAS[note os plurais] para “NA PROFECIA DE ISAÍAS”, criando gravíssima contradição, uma colisão frontal, pois a citação é de dois profetas e não de apenas um: O que está escrito no verso 3 é o Espírito Santo citando o que Ele inspirou em Isaías 40:3 ("Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Jeová; endireitai no ermo vereda a nosso Deus."), enquanto que aquilo escrito no verso 2 é o Espírito Santo citando o que Ele inspirou em MALAQUIAS 3:1 ("Eis que eu envio o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim; e de repente virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais; e o mensageiro da aliança, a quem vós desejais, eis que ele vem, diz o Jeová dos Exércitos.")! O Espírito Santo de Deus é infalível e não poderia ter se enganado ou atrapalhado ou mentido, em Marcos 1:2-3!

Mais uma vez te pergunto, de coração chorando de amor ao bem de teu ministério: Que vais fazer? Rasgar teu livro e jogar fora tua antiga crença que a Bíblia não tem sequer 1 átomo de sombra de contradição consigo mesma? Ou jogar fora tua nova bíblia e voltar às tuas antigas Bíblias, fiéis ao T.R. e a João Ferreira de Almeida?


3) 2 Tss 2:8:

“e, então, será revelado o iníquo, a quem o Senhor DESFARÁ pelo assopro da sua boca e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;      ARC (Almeida Revista e Corrigida), 1951, da IBB (Imprensa Bíblica Brasileira)

“então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus MATARÁ com o sopro de sua boca e o destruirá pela manifestação de sua vinda.”      ARA - Alexandrina Revisionada e Atualizada, 1959.

(Quanto à bíblia das Testemunhas de Jeová, checa com teus próprios olhos, verifica a equivalência da ARA com ela, aqui.)

A ARA e a bíblia das Testemunhas de Jeová aqui adulteraram "DESFARÁ" (ou "destruirá") paraMATARÁ”, criando gravíssima contradição frontal contra Ap 19:20 e 20:10! Em Ap 19:20 o anticristo é lançado VIVO no Lago de Fogo ("E a BESTA foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados VIVOS no lago de fogo que arde com enxofre."). Em Ap 20:10 o anticristo, ao final do milênio, mesmo depois de ter estado 1000 anos queimando no Lago de Fogo, ainda não morreu nem deixou de existir ("E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde ESTÁ a BESTA e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.").

Que vais tu fazer, ó meu amado filho na fé, ovelha, aluno e, hoje, meu pastor? Abjurar teu livro e tua antiga crença que a Bíblia não tem sequer 1 mínima contradição consigo mesma? Ou jogar fora tua nova bíblia e voltar às antigas, reafirmando teu livro e antigas pregações?

Meu filho na fé, hoje estou muito cansado, meus 70 anos começam a me pesar, e não estou podendo me alongar como deveria. Pôr favor, contrasta, tu mesmo, a bíblia ARA (a qual introduziste) juntamente com a bíblia das Testemunhas de Jeová, contra a ARC da IBB (ou contra a ARR, Almeida Revista e Reformada, 1948, da TBS, Trinitarian Bible Society) também em mais 3 versículos adicionais. E, na tua mente, complementa os argumentos que tu usaste antes (no teu resumo que me deste de presente e nas tuas primeiras e poderosas pregações), argumentos que sabes que eu usaria e escreveria agora, se eu não estivesse tão cansado:


Mateus 5:22:

---   ARC 1951, da IBB:    “Eu, porém, vos digo que qualquer que, SEM MOTIVO, se encolerizar contra seu irmão será réu de juízo, e qualquer que chamar a seu irmão de raca será réu do Sinédrio; e qualquer que lhe chamar de louco será réu do fogo do inferno.”

---   ARA 1959:   “Eu, porém, vos digo que todo aquele que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento do tribunal; e quem lhe chamar: Tolo, estará sujeito ao inferno de fogo.”

O Texto Crítico (portanto a ARA 1959) eliminou "eikê" (= “SEM MOTIVO”), criando grave contradição com Marcos 3:5 (“E, olhando para eles em redor com INDIGNAÇÃO, condoendo-se da dureza do seu coração, disse ao homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e foi-lhe restituída a sua mão, sã como a outra.”), notando que a palavra "3709 orgh orge or-gay’ " é traduzida 31 vezes como "ódio", 3 vezes como "ira", 1 vez como "vingança", e 1 vez como "indignação". Há dezenas ou centenas de versos provando que Deus, na verdade, se ira, louvado seja Ele; Cristo, em realidade, se ira, também louvado seja Ele; os salvos crentes na Bíblia devem diariamente se irar com ira santa, sem nunca deixar de se irar com tal ira santa. Ver, por exemplo, Nm 22:22; Sl 78:31; Mc 3:5; João 3:36; Rm 1:18; Ef 5:6 ["não se ponha o sol sobre vossa ira" pode significar "nunca cessai de se irar", no sentido de ira contra o pecado]; Ef 5:6; Cl 3:6; 1 Ts 2:16; Ap 14:10,19 15:1,7 16:1. Enfatizo: Nota como o próprio Jesus Cristo, que nunca poderia pecar, sim, indignou-se, zangou-se, IROU-SE!!! Portanto, há uma ira sem egoísmo, com santos motivos, ira de ódio ao pecado, ira santa. Tal ira devemos ter e manter sem enfraquecer um minuto por dia (Ef 4:26).

 [Nota de Hélio: Edições posteriores da ARA - Alexandrina Revisionada e Atualizada -, acredito que por questões mercadológica$ , colocaram de volta as palavras "SEM MOTIVO" que haviam roubado, mas as colocaram entre colchetes [] que, na prática, percebo que significam mais ou menos isso: "Estas palavras são mentirosas, não cremos nelas nem um pouco, não cremos que Deus as fez escrever no manuscrito original, e só as colocamos aqui para enganar os tolos que se lembram e gostam de tais palavras e as exigem, assim eles continuarão a comprar nossa bíblia e a nos dar lucro."]


Lucas 4:44
:

---   ARC 1951, da IBB:    “E pregava nas sinagogas da GALILÉIA.”
Isto concorda com Mateus 4:23 + Marcos 1:39: “E percorria Jesus toda a GALILÉIA, ensinando nas suas sinagogas, e pregando o evangelho do Reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.” (Mt 4:23) e “E pregava nas sinagogas deles, por toda a GALILÉIA, e expulsava os demônios.” (Mc 1:39)

---   ARA 1959:   “E pregava nas sinagogas da JUDÉIA.”

A língua me arde de revolta, mas nada escreverei. Na tua mente, complementa os argumentos que tu usaste antes, no teu resumo, e que sabes que eu usaria e escreveria agora, se eu não estivesse tão cansado.


Mateus 19:17
:

---   ARR (Almeida Revista e Reformada) 1948, da TBS (Trinitarian Bible Society):   “Mas ele lhe disse: Por que ME CHAMAS bom? Ninguém é bom, senão um: isto é, DEUS. Mas, se queres entrar na vida, guarda os mandamentos.” Isto concorda com a conjugação Marcos 10:18 + Lucas 18:9: E Jesus lhe disse: Por que ME CHAMAS bom? Ninguém bom senão um, que é DEUS.” (Mc 10:18) eE disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:” (Lc 18:9)

---   ARA 1959:   “Respondeu-lhe Jesus: Por que ME PERGUNTAS ACERCA DO QUE É bom? Bom só existe um. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.”


O abominável Texto Crítico, as bíblias que são suas herdeiras (das quais destacamos aqui as bíblias irmãs, a ARA e a das Testemunhas de Jeová):

A) Primeiramente adulteram "ME CHAMAS" para "ME PERGUNTAS ACERCA DO QUE É". Ora, isto é um grande pecado, pois o foco da conversação era Jesus encaminhando a conversação para fazer o homem compreender o que é que as suas próprias palavras significavam quando ele o chamou de bom (em última análise, somente o Deus triúno, cada uma das pessoas da Trindade, pode ser chamado de totalmente bom [em "Por que ME CHAMAS bom?", a palavra "bom" é "agayon", que é masculino], portanto Jesus está a caminho de mostrar ao homem que Ele, Jesus, é Deus), e o TC e suas herdeiras mudam o foco para outra e indefinida coisa, algo impessoal [em "Por que ME PERGUNTAS ACERCA DO QUE É bom", a palavra "bom" é "agayou", que é neutro]

B) Em segundo lugar, amputam "isto é, DEUS", a explicitação que só Deus é bom (portanto, Cristo estava desafiando, encaminhando o homem a entender a divindade do Filho de Deus, entendê-la ao chamá-Lo de bom). Tudo isto contraria a conjugação Marcos 10:18 + Lucas 18:9 (ver poucas linhas acima), que sustenta o TT no verso em foco.

Quantas e quão graves CONTRADIÇÕES, introduzidas pela bíblia que introduziste (a ARA), em harmonia com a bíblia das Testemunhas de Jeová !!! ... !!! ...

************ Final da 11ª Exposição *********


Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor       ("o ancião", teu pai na fé e que sempre tanto te amou e amará em Cristo, teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias).

Em 1960.

Esta é a carta número 11, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Observação de Hélio:

Caro leitor,

Se o teu pastor é honesto, humilde, sincero, tem senso analítico, e prefere examinar tudo e reter o bem, então, ainda que tenha sido submetido a duvidosas influências em seminários, permitirá a leitura desse folheto e ele mesmo terá o desejo de o ler e avaliar com a seriedade que o assunto merece. Senão, teu pastor vai ajuntar-se aos que fogem da questão perseguindo e "pondo em isolamento" os que crêem na perfeita preservação de cada palavra de Deus (inclusive como impressas nas Bíblias da Reforma) e que não aceitam bíblias que omitam ou radicalmente adulterem milhares de suas palavras.

É tempo de despertarmos. Toma 3 Bíblias: uma legítima Almeida (ACF-1995 ou 2007, ou TBS-1948, ou Revista e Corrigida mais antiga e da IBB), uma bíblia dos Testemunhas de Jeová, e a bíblia adotada pelo pastor da tua igreja. Agora, convida teu pastor a, juntamente contigo, gastar 1 hora comparando cada um desses versos acima examinados. Se ele for sincero, aceitará sem problema algum. Se não aceitar, é insincero, e já sabe que o grande pecado da bíblia dele é que ela e a dos Testemunhas de Jeová vêm da mesma fonte corrompida: o Texto Crítico, Westcott-Hort (1881), o alexandrinismo, manuscritos Sinaiticus e Vaticanus, e a Septuaginta. Se ele irar-se furiosamente, pior, estará demonstrando ser o cego que prefere continuar cego. Por que teu pastor não diz, calmamente: "Ah, finalmente você descobriu, minha bíblia tem mesmo muitas semelhanças com a dos Testemunhas de Jeová, e daí? Eu não ligo a mínima importância para isto! Só quero ganhar meu dinheirinho e viver em paz." Se ele tivesse coragem para reconhecer isto, não se iraria nem nos perseguiria.

Se todas as citações que eu fiz das bíblias são grosseiramente inacuradas ou mentirosas; ou
Se a Bíblia que tua denominação usava nos séculos ... XVI XVII XVIII XIX e primeira metade do século XX não se chocava muito mais contra a dos T.J. que a de hoje; ou
Se a bíblia baseada no Texto Crítico, a qual somente recentemente foi adotada por tua Igreja, não tem nada de semelhante com a bíblia dos Testemunhas de Jeová:

Então por favor prova-me isto (com FATOS finais: comparando textos das bíblias), mostra-me onde errei ou menti, repreende-me publicamente. Senão, então tem tu garra, toma posição perfeita, Deus te cobrará isto!


Carta 12 (de 12)

Quanto a bíblia do TC, a ARA (Alexandrina Revisionada e ATUALIZADA), que Introduziste, Introduz Outros Graves ERROS

(além daqueles da carta 11ª , anterior)!

 

********* Início da 12ª  Exposição *********



Amado Pastor Regula Falsi Baptista Alexandrinus, meu filho na fé:

Em paralelo com teu curso no Instituto Teológico de nossa igreja, cursaste com igual brilhantismo, na Universidade Federal de nosso estado, um dos cursos mais difíceis e de maior status e aceitação, mas em que, sempre, há mais ataques à Bíblia e à fé cristã. Tiveste 3 professores que, mesmo sendo considerados brilhantes e renomados escritores e gênios nacionais, eram debochados e devassos ateus extraordinariamente militantes contra a fé no verdadeiro Deus. Todos eles, um a um, esforçaram-se ao máximo, em classe, para te intimidar, humilhar, perseguir, reprovar, fazer-te o mal, te cooptar e comprar, te conquistar ou esmagar, de qualquer modo te derrotar. Resististe galhardamente e, nas muitas batalhas em salas de aula, eles tentando provar que a Bíblia era um enorme repositório de erros, tu sempre conseguiste provar que nem sequer uma das dezenas ou centenas de acusações deles tinham o menor átomo da menor sombra de erro. Pelo poder de Deus, fizeste resplandecer quão única, exclusiva, plenária, infalível, inerrável e maravilhosamente inspirada por Deus é a Bíblia eterna, a do Textus Receptus e do Texto Massorético. Escreveste um livro que imprimiste em pequena escala e distribuíste na universidade, com muita repercussão: " Errado é Quem Pensa Que a Bíblia Tem Erros: Ela Não Tem 1 Erro Sequer! " Em conseqüência de tudo isto, ganhaste para Cristo muitos de teus colegas, e, na festa de conclusão do teu curso, um dos professores ateus teus desafiadores e perseguidores, chorando copiosamente, publicamente te pediu perdão pela perseguição e anunciou que, a partir daquele instante, era um salvo, crente em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, e em cada palavra da Bíblia. Louvado seja Deus.

Mas, agora, vejamos os pecados que o Texto Crítico e a bíblia ARA, que, no ano passado introduziste na nossa igreja e nossa denominação, perpetram, introduzindo graves e clamorosos erros (além daqueles da carta 11, anterior). Vejamos 4 passagens que havias provado, no teu livro, não formarem nenhum erro, na Bíblia que antes usávamos. Nunca poderias pregar o mesmo que antes pregaste, nem escrever o mesmo livro, se tivesses usado a tua nova Bíblia, que introduziste ano passado, pois ela introduziu esses erros, que tanto combateste. A ARA, que tu mesmo introduziste, arruinaria tua pregação, tua apologética, teu livro, e, provavelmente, aquelas conversões! Se não te arrependeres e a abandonares, ela arruinará tua consciência frente a Deus, teus ministérios, e tua vida espiritual interior.


1) Mateus 1:25

--- ARC (Almeida Revista e Corrigida) 1951, da IBB (Imprensa Bíblica Brasileira):
“e não a conheceu até que deu à luz seu filho, O PRIMOGÊNITO; e pôs-lhe o nome de JESUS.”

--- ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada):

“Contudo, não a conheceu, enquanto ela não deu à luz um filho, a quem pôs o nome de Jesus.”

Deixo a ti, meu amado filho na fé, conferir quanto ARA e a bíblia das Testemunhas de Jeová, aqui, se equivalem em extirpar/ destruir as 2 palavras "O PRIMOGÊNITO", isto é, que Jesus foi o primeiro entre os vários filhos gerados pelo ventre de Maria!!! (Quem será tão cego a ponto de não reconhecer que é o Texto Crítico que pende para o lado de favorecer o erro e agradar ao Diabo através da adoração à Maria como se ela tivesse sido eternamente virgem???).

Ah, meu querido pastor, tu não és ingênuo que não percebas que há, sim, uma CONSPIRAÇÃO (terrível, milenar, incessante, às vezes sutil e traiçoeiramente disfarçada, às vezes visível em toda sua crueldade) para tentar amputar, distorcer, adulterar, acrescentar, enfraquecer, desacreditar, anular, destruir a Palavra de Deus. Tu não és ingênuo que não percebas que o verdadeiro mestre desta conspiração é o DIABO. Sim, ele, só ele, pois, em última análise, não lutamos contra carne nem sangue, mas contra o Diabo e seus demônios, os quais usam homens ingênuos ou infiéis como marionetes (mesmo que, talvez, alguns deles são inconscientes de quanto estão sendo usados, e por quem).

Agora, pensa bem e responde:

(A) O Diabo teria interesse em tomar as palavras originais de Deus (supondo que ela não ensinasse, aqui, que Cristo é o primeiro de um número de filhos e filhas que Maria teve) e adulterá-la para ensinar que Cristo é exatamente isto, portanto Maria teve muitos filhos e filhas, portanto ela não cometeu o absurdo e horrível pecado de até a morte negar-se ao marido e, assim, conservar-se sempre virgem e sem ter filhos depois de Jesus? Teria o inimigo de Deus interesse nisso?

Ou
(B) O Diabo teria interesse em tomar as palavras originais de Deus (supondo que ela ensinasse, aqui, que Cristo é o primeiro de um número de filhos e filhas que Maria teve) e adulterá-la para ensinar que Cristo não é isto, portanto Maria não teve nenhum outro filho ou filha além de Jesus, tendo ela cometido o sujíssimo, asqueroso pecado de até a morte negar-se ao marido e conservar-se eternamente virgem e sem ter filhos depois de Jesus?

Eu empenho minha vida na resposta (A). E você?


2) 1Coríntios 6:20

--- ARC 1951, da IBB:

“Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo E NO VOSSO ESPÍRITO, OS QUAIS PERTENCEM A DEUS.”

--- ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada):

“Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.”

Que tu mesmo tomes uma bíblia das Testemunhas de Jeová e verifiques como, mais uma vez entre milhares de vezes, ela e a ARA se equivalem, pois, aqui, ambas adulteram e extirpam algumas das revelações de Deus mais preciosas e confortadoras às nossas almas! A saber, que o Espírito Santo nos ordena glorificar a Deus não só no nosso corpo, como também "E NO VOSSO ESPÍRITO, OS QUAIS PERTENCEM A DEUS."!

Meu amado filho na fé, responde a Deus, em toda sinceridade: Teria o pai de todas as adulterações (o Diabo) interesse em mudar (A) do texto grego embasador da ARC para o texto grego embasador da ARA, ou teria ele interesse (B) em mudar ao contrário? Eu empenho minha vida na resposta (A). E você?


3) 1Timóteo 6:5 (Ao final, responda: Qual, dos dois tipos de Bíblia [da Reforma e alexandrinas] favorece o Diabo e o erro?)

--- ARC 1951, da IBB:

“contendas de homens corruptos de entendimento e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho. APARTA-TE DOS TAIS.”

--- ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada):

“altercações sem fim, por homens cuja mente é pervertida e privados da verdade, supondo que a piedade é fonte de lucro.”

Vai tu mesmo, e checa a bíblia das Testemunhas de Jeová, e nota como, mais uma vez, a ARA se alinha com ela. Aqui, ambas extirpam / destroem que temos ordem de nos SEPARAR , nos APARTAR de todos que ensinam ou se exercitam em praticar qualquer coisa que conflite com a Palavra de Deus.

Novamente, responde para ti mesmo: Porventura é plausível que Deus não ordenou, aqui, que crentes se apartassem dos gananciosos e hipócritas falsos profetas, homens corruptos de entendimento e privados da verdade, que cuidavam que a piedade é fonte de lucro, mas o Diabo, que é aquele por trás de toda adulteração e enfraquecimento da Bíblia, manipulando conscientes e inconscientes fantoches, procuraria adulterá-la de modo que ela induzisse crentes a apartar-se dos falsos profetas? Não creio nisso nem por 1 segundo e 1 mm. Ao contrário, estou certo de que aconteceu exatamente o contrário: Deus ordenou, aqui, que crentes se apartassem dos gananciosos e hipócritas falsos profetas, mas o Diabo, que é o invisível autor por trás de toda adulteração e enfraquecimento da Bíblia, procuraria adulterá-la de modo que ela induzisse os crentes a não se apartarem daqueles falsos profetas.


4) Apocalipse 11:17

--- ARC 1951, da IBB:

“dizendo: Graças te damos, Senhor, Deus Todo-poderoso, que és, e que eras, E QUE HÁS DE VIR, que tomaste o teu grande poder e reinaste.” (Ap 11:17 RC)

--- ARA (Alexandrina Revisionada e Atualizada):

“dizendo: Graças te damos, Senhor Deus, Todo-Poderoso, que és e que eras, porque assumiste o teu grande poder e passaste a reinar.”

Que teus próprios olhos leiam a bíblia das Testemunhas de Jeová, e que tu te choques ao ver como, mais uma vez, são tão harmônicas uma com a outra. Aqui, extirpam / destroem uma das revelações de Deus mais preciosas e confortadoras às nossas almas, a saber, que Cristo há de vir 2a. vez!

Há muitos outros versos grave, inaceitavelmente adulterados pelas Bíblias alexandrinas, mas estes bastam: Deus sabe que, depois de ter lido este alerta, você nunca mais poderá dizer: "eu não sabia, nunca fui avisado de nada disto."


********* Final da 12ª Exposição *********


Meu amado irmão, meu dileto filho na fé, meu querido ex-aluno e ovelha, hoje meu estimado pastor, Alexandrinus:


Estou velho e, hoje, particularmente cansado. Meu coração tem estado apertado e até tem doído bastante durante todos estes dias em que tenho derramado algumas lágrimas que não pude reter e muito tenho me perturbado em espírito, rogando a Deus por ti, pela nossa igreja, pela nossa denominação, e pelos crentes do Brasil, tanto hoje como, ainda mais, no futuro. De tão cansado e mesmo exausto emocionalmente, não sei bem como terminar esta série de 12 cartas que te enviei, provavelmente a última série de cartas que escrevi antes da chegada do tempo de eu ir para meu lar no céu. Por causa do meu cansaço, por favor, permite-me fazer uma adaptação das palavras do pastor americano Barry Burton:


SE TU ÉS UM PREGADOR...
(adaptado de Barry Burton)

...E não tomaste o tempo para estudar as versões modernas e encontrares, tu mesmo, qual é a verdade...

Então começa imediata e diligentemente. Isto é vital! As vidas espirituais das tuas ovelhinhas dependem disto... é tua enorme responsabilidade! !!

... E não crês que, HOJE, seguras nas mãos, em grego, a mais absolutamente PERFEITA e infalível Palavra de Deus..., PERFEITAMENTE inspirada E PRESERVADA, til por til e jota por jota. E, em português, seguras nas mãos sua tradução extremamente confiável...

Então que é que estás fazendo aí, no ministério? Não tens Boas Novas para pregar, pois se Deus mentiu em Is 40:8 (Seca-se a erva e cai a flor, porém a palavra de nosso Deus subsiste eternamente), como sabes que não mentiu ao garantir vida eterna, em João 3:36? E ao garantir-nos salvar do fogo eterno, em Rm 5:9? E ao nos garantir mudar toda nossa vida, em 2 Co 5:17? E ao te garantir poder para pregar, em 1 Co 1:18? Etc., etc., etc.

...E não crês que a Palavra de Deus, nas tuas mãos, é ABSOLUTAMENTE verdadeira e perfeita (Sl 12:6-7 As palavras do SENHOR são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes. Tu AS {Ver NOTA} guardarás, SENHOR; desta geração AS {Ver NOTA} livrarás para sempre.)

Então não tens absolutamente NENHUM direito de ser um ministro de Deus!!!    {NOTA: Sl 12:6-7: “As” (referindo-se às palavras de Deus) e “os” (referindo-se aos crentes fiéis) são, ambas, traduções perfeitamente possíveis! (Gramaticalmente, "as" é melhor, pronomes usualmente se referem ao mais próximo antecedente que lhes casa!) Até mesmo por segurança, temos que crer AMBAS as doces alternativas! Louvado seja Deus por elas! E não descarta, não joga no lixo nenhuma delas! Ver http://www.biblewor d.org/preservati on.htm <http://www.bibleword.org/preservation.htm> (qualquer que seja tua posição, a análise do hebraico é dificílima (confio mais nos 54 mais competentes tradutores que jamais foram reunidos, os da KJV), pois há um pronome masculino e um feminino que podem (e, aparentemente, têm que) se referir somente ao homem bom (masculino) ou somente à palavra (feminino) de Deus...)}

Ser um pregador é suprema honra: (1Tm 3:1 ... se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja)
mas é também suprema, assustadora, pesadíssima responsabilidade: (Jr 23:1 Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o SENHOR).
TEM GARRA, TOMA POSIÇÃO

(adaptado de Barry Burton)

Tua indecisa pergunta

Nossa amorosa & encorajante resposta

“Mas eu leio [privadamente e do púlpito] as versões modernas apenas porque elas ajudam a entender a Bíblia melhor.”

Tu diariamente beberias e darias a teus filhos copos de refresco com ‘apenas’ 5% de arsênico (mesmo que agradáveis ao paladar)???. ..

“O.K., para manter aparências, pregarei por Bíblia fiel. Mas, para estudo, continuarei com as Bíblias modernas, achando que devem ser as melhores. ”

Isto é o pior de tudo: hipocrisia. Contrasta com 2 Tm 2:15 "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade."

“Mas afinal, por que é tão importante qual a Bíblia que eu uso?”

Ela é importante para teu próprio bem espiritual (1 Pd 2:2 "Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por eles vades crescendo."). E o dos teus filhos (Dt 6:6-7 "E estas PALAVRAS, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te."). E para não fazermos o Diabo feliz.

“Mas não é certo que, enquanto as novas versões em alguns locais destroem importantes doutrinas como a divindade de Cristo, em outros locais as preservam?”

Este é o velho “truque da contradição”, tão usado pelo Diabo: Aqui ele não toca (ganhando credibilidade), ali ele adiciona algo, acolá ele muda um pouco, trás-acolá ele subtrai totalmente, ao todo ele confunde e mina. Contrasta com Lc 16:17 "E é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til da lei."

“Mas praticamente TODOS endossam as versões modernas!... "

Isto é tão falso como é verdade que Elias não enxergou os milhares que não se dobraram a Baal.  Ademais, a opinião de “toda a humanidade” não invalidaria a verdade de Deus. Contrasta Mt 7:13-14 "Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem."

“Mas as versões modernas não meramente atualizaram o linguajar arcaico, sem introduzir erros doutrinários?”

Nada é mais falso que isto: Estuda bem as 12 cartas que te enviei, lendo todas as passagens Bíblicas, comparando a ARR-1948 ("Almeida Revista e Reformada" da TBS, a Trinitarian Bible Society), ou mesmo a ARC-1948 ("Almeida Revista e Corrigida", da IBB, a Imprensa Bíblica do Brasil, dos batistas), com as Bíblias baseadas no T.C. (Texto Crítico. Ou, melhor dizendo, Texto Corrompido).

“Mas eu não entendo ou não consigo obedecer boa parte da Bíblia... Então, por que deveria eu objetar a que alguns tradutores deixem de fora um punhado de palavras?”

Não são um punhado, são milhares e milhares de palavras!  Contrasta Ap 22:19 "E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro."

“Mas se eu tomar uma posição... os meus pastores-colegas me chamarão de radical, e meus amigos me chamarão de mente-estreita.”

Contrasta Rm 1:16 ... não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.

“Então, o que devo fazer com minhas Bíblias modernas?”

Joga-as fora. Guardarias no refrigerador, por 6 meses, carne moída que veio a apodrecer, somente porque pagaste alguns poucos cruzeiros por ela?

“Mas eu não suportarei a despesa de comprar uma Bíblia fiel.”

Irmão, que desculpa fajuta! Gastas tanto com ridículos supérfluos, roupas de luxo e aparelhos de luxo para tua casa, passeios e viagens desnecessárias, academia, clubes, etc. Acho que o que gastas com chicletes num ano custa mais que a pura Palavra de Deus. Há bíblias do TR em brochuras muito baratas, há programas para doação de bíblias a quem não possa pagá-las. Eu mesmo, aposentado e velho e tendo que gastar com remédios com as doenças da idade, com aposentadoria 4 vezes menor que teu salário, com prazer te darei a boa Bíblia, nova, se te comprometeres a jogar fora a má e usar somente a boa.  Contrasta Mt 4:4 ...Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.

“Não é certo você julgar estas outras Bíblias e dizer que não são boas.”

Contrasta 1 Jo 4:1 "Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo. Deus nos ordena discernirmos (e separarmo-nos de) o erro."

“Bem, eu reconheço que as Almeidas ARR da TBS e ARC da IBB são as certas, mas não desejo confundir minha congregação... este é um assunto tão complicado!”

Tens a obrigação de esclarecer tua congregação, confusa não pelas Versões Fiéis e tradicionais, mas pelas muitas versões infiéis e novas. E tens o poder para fazê-lo, se estudares o assunto com muita oração, muita coragem, e muito esforço.


Teu irmão em Cristo, "Valdense Expositor e Advertidor da Silva", pastor ("o ancião", teu pai na fé e que sempre tanto te amou e amará em Cristo, teu pastor quando eras menino e adolescente, e hoje uma humilde ovelha do rebanho que pastoreias).

Em 1960.

Esta é a carta número 12, de uma série de 12 (doze) cartas expondo os incontáveis e terrivelmente graves erros introduzidos na ARA, as quais cartas te enviarei, meu caro pastor Alexandrinus.


Observação de Hélio:

Maiores detalhes? Ver, em http://solascriptur a-tt.org/ Bibliologia- PreservacaoTT/ <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/>, dezenas de artigos tais como:

- 2Mentiras em "Inerrante só nos Originais e no Grego" -- Coats. <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/2Mentiras-InerranteSoNosOriginaisEGrego-Coats.htm> A inerrância estende-se às cópias tradicionais e às suas traduções fiéis!

- Só o TR é a Pura Palavra de Deus -- Hélio. <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/SoTREhAPuraPalavraDeDeus-Helio.htm> Livro pequeno, mas informativo. Introdutório, mas também é proveitoso para pastores e professores.

- 283 dos Principais Versos que o TC Corrompeu -- Hélio. <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/283PrincipaisVersosTCCorrompeu-Helio.htm> Como as abominações do Texto Crítico se refletem nas Bíblias modernas!

Ver também, em http://solascriptur a-tt.org/ Bibliologia- Traducoes/ <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/>, dezenas de artigos tais como:

- Choquei-me Com as Palavras das Próprias Bocas de Westcott e Hort - Hélio  <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/Choquei-meComPalavrasWH-Helio.htm>. Westcott e Hort são os verdadeiros pais das moderninhas bíblias e Crítica Textual.

- Comparação De 14 Versões Da Bíblia Em 29 Passagens -- Hélio http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/Comparacao14Versoes29Passagens-Helio.htm

- Versões Modernas da Bíblia -- Cloud. <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/VersoesModernasDaBiblia-Cloud-Livro.zip> Livro. Excelente tanto para os iniciantes como para os pastores e professores. (zipped, 62 Kb)

- A Almeida Atualizada Exposta -- Hélio. <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/AAlmeidaAtualizadaExposta-Helio.htm> Toma amostra de 29 dos milhares de versos adulterados pelo TC e expõe suas abominações teológicas.

- BLH - Apostasia do Tradutor (Robert Bratcher) em suas próprias palavras -- por Cloud -- Trechos http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/BLH-ApostasiaTradutor-Cloud-Trechos.htm

- Expondo os Erros da NVI. Junho 2000 -- Emídio. <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ExpondoErrosNVI-Jun2000-Emidio.htm> Folhetão amplamente divulgado e abençoado. Desmascarou a NVI (e outras bíblias TC).

- NVI / NIV / TC -- Porque Continuamos com as Bíblias Tradicionais -- Hélio et al. <http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/NVI-PqContBibTrad-Completo.doc> Livro 70 páginas A4, .doc 687 Kb. Analisa 1602 dos versos onde a Palavra de Deus foi falseada em grego ou no traduzir. RESUME PROVAS DA INFERIORIDADE DO TC/TRADUZIR, EM 86 + 1 NOTAS DE RODAPÉ, usualmente extensas e profundas.

Se todas as citações que eu fiz das bíblias são grosseiramente inacuradas ou mentirosas; ou  Se a Bíblia que tua denominação usava nos séculos ... XVI XVII XVIII XIX e primeira metade do século XX não se chocava muito mais contra a das T.J. que a de hoje; ou  Se a bíblia baseada no Texto Crítico, a qual somente recentemente foi adotada por tua Igreja, não tem nada de semelhante com a bíblia dos Testemunhas de Jeová: Então por favor prova-me isto (com FATOS finais: comparando textos das bíblias), mostra-me onde errei ou menti, repreende-me publicamente. Senão, então tem tu garra, toma posição perfeita, Deus te cobrará isto!


Nossa amorosa CONCLUSÃO:

Ah, irmãos, tremamos ante Ap 22:18-19 + Pv 30:6 (não adicionar/ subtrair), 2 Co 2:17 (não corromper), e Rm 1:25 (não transformar a Bíblia em mentira)!

Ai de quem leu tudo o acima e achou que é pouca a infidelidade do TC e das suas bíblias (ARA, NVI/NIV, etc.)

É NECESSÁRIO LUTAR (PELO TR E SUAS TRADUÇÕES FIÉIS) ? (O que se segue foi livremente adaptado do Pastor Gary Freeman):


Um escritor, desesperado pelo debate em relação às versões da Bíblia, escreveu recentemente ‘Mas será mesmo que preciosas energias e talentos têm de ser desperdiçados em querelas de picuínha entre soldados que deveriam estar concentrando seus melhores esforços para combater os inimigos reais do cristianismo bíblico?’ Será que está certo o lamento-apêlo daquele escritor? De modo algum: Uma vez que somos soldados lutando juntos, devemos debater toda questão que envolva a integridade e confiabilidade da mais importante peça de armamento com a qual esperamos resistir e vencer o inimigo. Como podemos nós não dizer nada a nossos companheiros quando alguém sabotou nossa artilharia? Como esperarmos ganhar a batalha quando vamos para a luta com nossa principal arma tomada de nós e trocada por uma substituta defeituosa e inconfiável? A luta pelo Textus Receptus e suas traduções fielmente feitas [pelo método formal-literal] , é indispensável!

Nós que estamos bradando contra a sabotagem somos reputados como os causadores de confusão. Um pastor disse ‘Certamente a controvérsia troveja [fede] de ódio do lado daqueles que fariam [da posição sobre as versões] um teste para comunhão.’ Outro escritor escreve ‘Uma das tragédias de partir os corações, enfrentadas por qualquer grupo de comunhão, chega quando algum movimento chega e cresce e polariza e então racha o grupo. O movimento pode ser sobre versões da Bíblia, sobre querelas pessoais ou sobre agravos sofridos. A questão não é doutrinária uma vez que, entre irmãos fundamentalistas, sempre há concordância sobre as doutrinas essenciais.’

Estamos perplexos em como o grupo que [há poucas décadas] trouxe as modernas versões para dentro das nossas igrejas e comunhões de igrejas agora quer nos culpar, a nós que desejamos permanecer com o TR e suas fiéis traduções, como sendo os divisores, polarizadores, rachadores [de igrejas e comunhões] e amantes de controvérsias. Bem, se estes ‘soldados companheiros na guerra' desejam trazer para nosso meio ‘Bíblias’ que deixam de fora [ou questionam] Mc 16:9-20; João 7:53-8:11; At 8:37; Rm. 8:1b; e que extirpam `pelo Seu sangue' de Cl 1:14; `Deus' de 1 Tm 3:16; a passagem da Trindade de 1João 5:7,8; ‘havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados' de Hb 1:3; `nos lavou dos nossos pecados’ de Ap 1:5; a palavra ‘ainda’ de João 7:8; ...então eles não deveriam esbravejar [conosco], nos chamando de revoltantemente sujos, injustos, discriminatórios, sem amor, ou divisivos, quando nós bem alto reagimos em alta voz sobre qual Bíblia será a Palavra de Deus no campo de batalha.

Os ofensores, divisores, querelentos e polarizadores são aqueles que querem trazer novas versões para dentro do fundamentalismo. Cremos, contrários à citação pouco acima, que esta é uma questão doutrinária. Cremos que Deus tem preservado a Palavra que Ele inspirou. Cremos que ela é encontrada, em grego, no Textus Receptus, ... . Continuaremos a lutar ... não para ser divisivos mas de modo que, como ‘soldados companheiros na guerra, possamos ir para a batalha contra nossos inimigos dizendo ‘Assim diz o Senhor’, ao invés de '[Ehhh... Uhhh...] Será que foi exatamente assim que Deus disse?' ...

Hélio de Menezes Silva , 2009 (parcialmente adaptando valiosa carta enviada por Noemi Andrade Campêlo Ribeiro, e com a valiosa revisão deste artigo pelo irmão Darivan Castro).
O irmão João Eduardo Leitão fez o valioso trabalho de unir os 12 cartas, cortando algumas redundâncias, formando e editorando este livro, publicado na internet em fev. 2011

(PS - Ó leitor amante da pureza da Palavra de Deus: rogamos-te que encaminhes este livro a todos os grupos de discussão e a todos endereços eletrônicos de crentes que são teus maiores e mais íntimos amigos e em quem mais confias. Depois, rogamos-te que tires 100 ou mais cópias em papel e as dês a quantos dos crentes mais teus amigos íntimos puderes, os irmãos mais íntimos pertencentes à tua e a outras igrejas fiéis. Aprouve a Deus que muitos crentes de língua portuguesa sejam alertados e entendam como e porque, após 1948, as bíblias de suas igrejas passaram a ser crescentemente semelhantes às das Testemunhas de Jeová. Depois, que cada um tome sua decisão, mas decisão bem informada, sem desconhecimento desse importante fato.)


Deus nos abençoe, à medida que nos esforçamos para melhor obedecê-Lo.

Hélio de Menezes Silva



[Por que os "altos escalões" dos seminários, da AIBREB - Associação das Igrejas Batistas Regulares do Brasil, e associações estaduais (APIBRE, AIBRECE, etc.) das Igrejas Batistas Regulares, ao invés de estudarem + agradecerem + aprofundarem + divulgarem alertas como este, os temem tanto e tentam a todo custo proibir que se os façam ante todos os membros de suas igrejas batistas regulares?!?! Hélio, 2011]


 



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de
 http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Bibliologia-Traducoes/ 
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )