As Quatro Únicas Causas das Línguas Pentecostais de Hoje.
e
Um Desafio para um Teste Simples.



Fato 1: Objetivamente, vemos, pela Bíblia (particularmente 2Co 12:12), que os dons apostólicos de sinais e maravilhas foram exclusivos (= identificatórios = característicos) dos 83 apóstolos e/ou discípulos escolhidos diretamente por Cristo durante Seu ministério terrestre. (Sim, houve judeus que que falaram línguas verdadeiras e que não eram apóstolos nem discípulos, e houve gentios que falaram línguas verdadeiras, mas tudo isto sempre foi manifestação do poder de algum dos 83 apóstolos e discípulos, que estava fisicamente presente no evento, ou que, impossibilitado de ir ao local, enviou um seu auxiliar direto). Ver:
2Cor 12:12 Aniquila [completa e definitivamente, todo o] Pentecostalismo - Hélio. (desde que você creia mesmo nas palavras deste verso!...)
22 Milagres E Sinais de Atos a Apoc - So Apostolos E Discipulos -- Helio
7 Provas: Línguas Cessaram No Século I -- Hélio
Perguntas Dos Coríntios Sobre Os Dons, Respostas de Deus Através de Paulo - Hélio
Respostas Às Perguntas De Um Carismático -- Hélio. Resume, em cerca de 12 páginas, "Os Carismáticos", de John MacArthur Jr., bastante completo, excelente.
Só 83 Apóstolos E Discípulos Tiveram Dons De Sinais -- Hélio
 

Como você explica os não judeus que falaram línguas, ou fizeram outros sinais, no Novo Testamento?

PERGUNTA:
Alem de Cornélio, o que o senhor me diz sobre estes casos, onde gentios receberam o Espírito Santo:.
1. Um ano após o Pentecostes, em Samaria, os samaritanos receberam o Espírito Santo (At.8:1-24).
2. Oito anos
depois do Pentecostes, em Cesárea um gentio chamado Cornélio, com muitos que ali haviam se ajuntado para ouvir a Palavra de Deus, foram batizados com o Espírito Santo.Atos:10:1-48.
3. Vinte anos
depois de Pentecostes, em Éfeso, veio o Espírito Santo sobre uns doze homens daquele lugar, que estavam ouvindo a Palavra. (Atos 19:1-6).



RESPOSTA:
Meu irmão,
como eu já lhe expliquei pela Bíblia (através de-mails e de artigos do meu site que lhe indiquei),
Em todo e cada caso registrado no Novo Testamento, onde um gentio ou mesmo um judeu não dos 83 apóstolos e discípulos foi usado para Deus efetuar algum sinal ou maravilha, isto sempre decorreu do poder e para autenticar a autoridade de um dos apóstolos e discípulos fisicamente presente na ocasião, ou que, impossibilitado por qualquer razão, tinha enviado um seu preposto em seu lugar, em qualquer desses dois casos provando que era um dos 83.

Em particular, note:
1. Em Atos 8:1-24 ... 14 ¶ Os apóstolos, pois, que estavam em Jerusalém, ouvindo que Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João. 15 Os quais, tendo descido, oraram por eles para que recebessem o Espírito Santo 16 (Porque sobre nenhum deles tinha ainda descido; mas somente eram batizados em nome do Senhor Jesus). 17 Então lhes impuseram as mãos, e receberam o Espírito Santo. 18 E Simão, vendo que pela imposição das mãos dos apóstolos era dado o Espírito Santo, lhes ofereceu dinheiro, 19 Dizendo: Dai-me também a mim esse poder, para que aquele sobre quem eu puser as mãos receba o Espírito Santo. ... Note que estavam fisicamente presentes 2 dos 13 apóstolos, Pedro e João; que os sinais decorreram do poder dados a eles; e que tais sinais visaram autenticar a autoridade apostólica deles. Note também que deviam estar presentes judeus já convertidos a Cristo  (e outros deles logo foram cientificados do fato), mas que eram descrentes de que não judeus pudessem ser salvos e, juntamente com eles, formarem um novo corpo, a assembleia local, sem nada a ver com o que ambos tinham sido antes.

2. Em Atos 10:1-48 ... 23 Então, chamando-os para dentro, os recebeu em casa. E no dia seguinte foi Pedro com eles, e foram com ele alguns irmãos de Jope. 24 E no dia imediato chegaram a Cesaréia. E Cornélio os estava esperando, tendo já convidado os seus parentes e amigos mais íntimos. .... 34 ¶ E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; 35 Mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o teme e faz o que é justo. ... 43 A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele crêem receberão o perdão dos pecados pelo seu nome. 44 ¶ E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. 45 E os fiéis que eram da circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios. 46 Porque os ouviam falar línguas, e magnificar a Deus. ... Novamente, note que estava fisicamente presente 1 dos 13 apóstolos, Pedro; que os sinais decorreram do poder dados a ele; e que tais sinais visaram autenticar a sua autoridade apostólica. Note também que estavam presentes judeus já convertidos a Cristo, mas que eram descrentes de que não judeus pudessem ser salvos e, juntamente com eles, formarem um novo corpo, a assembleia local, sem nada a ver com o que ambos tinham sido antes.

3. Em Atos 19:1-6. “1 ¶ E sucedeu que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso; e achando ali alguns discípulos, 2 Disse-lhes: Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? E eles disseram-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo. 3 Perguntou-lhes, então: Em que sois batizados então? E eles disseram: No batismo de João. 4 Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo. 5 E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus. 6 E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas, e profetizavam.” Mais uma vez, note que estava fisicamente presente 1 dos 13 apóstolos, Pedro; que os sinais decorreram do poder dados a ele; e que tais sinais visaram autenticar a sua autoridade apostólica. Note também que deviam estar presentes judeus já convertidos a Cristo  (e outros deles logo foram cientificados do fato), mas que eram descrentes de que não judeus pudessem ser salvos e, juntamente com eles, formarem um novo corpo, a assembleia local, sem nada a ver com o que ambos tinham sido antes.


Repetimos:
No Novo Testamento, nunca alguém fora
     (a) dos 83; ou
     (b) não auxiliar direto e temporário deles e por eles enviados como substituto em caráter excepcional e temporário; ou
     (c) alguém na presença de algum dos 83 ou dos seus prepostos em caráter excepcional e provisório,
exerceu algum dos dons exclusivos dos apóstolos e discípulos.
Desafio alguém me provar o contrário, na Bíblia.
E note que, quando os sete filhos de Ceva tentaram fazer um sinal sem serem dos 83, sem a presença física de nenhum deles, e sem serem os prepostos provisórios de nenhum deles, se saíram muito mal:
“13 ¶ E alguns dos exorcistas judeus ambulantes tentavam invocar o nome do Senhor Jesus sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus a quem Paulo prega. 14 E os que faziam isto eram sete filhos de Ceva, judeu, principal dos sacerdotes. 15 Respondendo, porém, o espírito maligno, disse: Conheço a Jesus, e bem sei quem é Paulo; mas vós quem sois?” (At 19:13-15 ACF)
Somente varões judeus convertidos e chamados diretamente por Cristo em carne e ossos para serem dos 83 apóstolos e discípulos é que tinham os DONS 1, e a prova disso é que Paulo usou o fato de ter permanentemente os dons 1 miraculosos como a prova definitiva de que era apóstolo: “Os sinais do meu apostolado foram manifestados entre vós com toda a paciência, por sinais, prodígios e maravilhas.” (2Co 12:12 ACF). Se algum outro crente, exceto esses 83 varões judeus convertidos e chamados diretamente por Cristo em carne e ossos para serem apóstolos e discípulos, pudesse ter regularmente os dons 1 de sinais exclusivos e identificatórios dos 83, então as palavras de Paulo não teriam valor nenhum como prova, seriam ridículas, todos ririam dele, como se tivesse dito "a prova de que eu sou um apóstolo é que eu tenho as sobrancelhas emendadas", todos diriam "Que tolice, conhecemos 200 homens que não são dos 83, e têm sobrancelhas assim" ...



Hélio







Fato 2: Objetivamente, a experiência pentecostal moderna é totalmente contrária à Bíblia.
Ver todos os estudos em http://solascriptura-tt.org/Seitas/Pentecostalismo/index.htm, particularmente:
Perguntas Dos Coríntios Sobre Os Dons, Respostas de Deus Através de Paulo - Hélio
Respostas Às Perguntas De Um Carismático -- Hélio. Resume, em cerca de 12 páginas, "Os Carismáticos", de John MacArthur Jr., bastante completo, excelente.







Fato 3: Há duas fontes de poder espiritual: a) Deus (infinitamente poderoso), e b) o Diabo (limitado mas, se e enquanto permitido por Deus, pode imitar milagres, fazer coisas poderosíssimas).






Conclusão: Há apenas 4 causas lógicas (e suas combinações) para os aparentes sinais e maravilhas dos pentecostais de hoje, e que tanto contrariam a Bíblia:
a) Falso porque é mero FINGIMENTO CONSCIENTE: o crente falante de línguas pode estar desavergonhadamente fingindo consciente e propositadamente, para não ficar por baixo na sua reputação, ou para obter renome ou outras vantagens. Há tantos milhares de confissões ou provas de grosseiros fingimentos (e você deve conhecer algumas, talvez bem juntos a você), que nem precisamos falar mais sobre tão vergonhoso assunto.

b) Falso porque, mesmo o falante sinceramente pensando que está procedendo com toda sinceridade e verdade, tudo meramente RESULTA DE PRESSÕES: o crente falante de línguas pode, inconscientemente e sem sensação de pecado, estar tendo um comportamento psicológica e socialmente doentio, de imitação inconsciente, de sucumbir às pressões de seus pares. Quer praticados conscientemente por profissionais da Medicina ou Espiritismo ou ciências da Psicologia em geral, quer praticados inconscientemente por ignorantes índios ou seja quem for (inclusive em ateus, católicos e todas as religiões pagãs, etc.), certas intensas lavagens cerebrais, intensas técnicas de pressão/ sugestão/ hipnose, etc. podem levar a um "estado alterado de consciência" ou a um "comportamento aprendido", e ao mesmíssimo fenômeno de línguas dos pentecostais.

c) Falso porque, mesmo o falante sinceramente pensando que está procedendo com toda sinceridade e verdade, tudo RESULTA DE PROBLEMAS FISIOLÓGICOS: Certos tumores cerebrais e distúrbios neurológicos (inclusive em ateus, católicos e todas as religiões pagãs, etc.) podem levar a um "estado alterado de consciência" e ao mesmíssimo fenômeno de línguas dos pentecostais!

(Desmascarar as causas acima (a, b, c) é fácil:

O Teste- Prova- Desafio dos 20 Intérpretes (do “dom de línguas”)


Há uns 35 anos faço este teste com cada pentecostal super-agressivo que praticamente não procura ganhar almas para Cristo, mas vive com a obsessão de viver à caça e dar botes e investir contra todo crente que ele chama de "quadrado, frio e queixo-duro", agressivamente berrando o pentecostal que, se eu não ficar igualzinho a ele, então sou pobre e miserável crente de 2ª classe, falta-me uma grande parte da salvação, e querendo me obrigar a "falar em línguas", custe o que custar. E há uns 12 anos que, de vez em quando, talvez a cada 2 a 5 anos, quando me lembro, envio este teste por toda a internet. Nunca ninguém sequer desejou ou tentou se submeter ao teste, embora muitos me tenham escrito blasfêmias, me xingado de filho do diabo, de herege, anticristo, inimigo da cruz de Cristo, Belzebú, etc. (e mesmo dito horríveis obscenidades contra mim, minha mãe e esposa.) Jogo tudo na lixeira à 1ª ofensa, nem leio a 2ª das 50 delas. Agradeço a Deus e sigo feliz todo aquele dia, por causa de Mateus 5:10-12 “10  Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; 11  Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. 12  Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.” e de Gálatas 4:16: “Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?

Eis o teste, bastante simples:

"Amigo, certamente você não se recusará fazer um teste extremamente simples, que poderá convencer a mim e a todo o mundo:

Basta você fazer a gravação de uma falação de línguas, sua ou de quem você quiser, bastam 15 a 30 minutos de falação, depois me enviar 20 cópias da gravação,

Dentro de alguns meses depois, eu, acompanhado de mais de 3 ou 5 testemunhas imparciais, tais como juízes e pastores bem conhecidos e respeitados por mim, visitarei de surpresa 20 "intérpretes de línguas, pentecostais" espalhados por este imenso Brasil e que não sabem da experiência, e eu gravarei a falação das 20 traduções que eles imediatamente farão independentemente uns dos outros, traduções tais que
- devem ser absolutamente idênticas (quanto conteúdo),
- e também absolutamente de acordo com a Bíblia,
  -- pregando contra todos os demônios,
  -- exaltando a divindade e senhorio de Cristo,
  -- exortando à salvação do inferno literal,
  -- compelindo à separação de todo tipo de erro doutrinário e de pecado, etc.

Depois, você me enviará provas incontestáveis de que
- você de modo nenhum conhecia aquele idioma
- e que o falou imediata e perfeitamente quando estava visitando uma nação e falando a pessoas que somente conheciam aquele idioma....

Que tal? Facílimo, não é?

Se você me enviar tais provas, e se os 20 interpretes passarem com nota 10, então eu terei perdido o desafio e você o terá ganho, e eu confessarei isto publicamente.

Mas, se você não me der tais provas, ou se todos os 20 interpretes tirarem nota menor que 9,5, então você e eles publicamente reconhecerão que todo o pentecostalismo de hoje é horrivelmente falso e anti-bíblico, e publicamente o abandonarão."


Ninguém nunca aceitou este pedido... Nem precisou eu complementar a prova, assim:

"Ah, quase esqueço, ao final de tudo você me enviará provas incontestáveis de que
- nasceu como um varão, varão judeu,
- depois foi salvo e passou a ser um cristão,
- depois foi chamado por Cristo presente fisicamente, chamado para ser um dos 12-1+1+1=13 apóstolos, ou ou dos 70 discípulos (pois a capacidade, o dom de sempre, infalivelmente, exercer todos os sinais prometidos aos tais, foi característica exclusiva e identificatória dos ministérios desses 83 varões judeus, medite profundamente em 2Co 12:12). Deixe-me ver se acerto seu nome: é João que continua vivo até hoje??? Mas quem são os outros milhões de pentecostais?!?!?!...Todos são farsas, só você é João, o apóstolo? Mas você não me parece ter 2000 anos de idade, ter sido judeu, ter sido João... E agora?"

Este é um teste muito fácil, extremamente fácil e justo. Eu sei inglês razoavelmente e, se me derem uma página para traduzir do inglês para o português, e derem a mesma página a um outro qualquer conhecedor do inglês, nossas duas traduções vão ter exata e precisamente o mesmo conteúdo (com a exceção de, em 3 ou 5 locais, talvez usarmos sinônimos diferentes mas absolutamente equivalentes).

Portanto, todos os milhares de faladores de “línguas estranhas” de cada cidade, sem exceção, deveriam alegremente e com toda confiança e tranquilidade se submeter a este teste. Mas nunca o fizeram, desde que comecei a propor aos pentecostais mais agressivos, acho que em 1975 ou 1976.

Aplique, você mesmo, este teste. Aí mesmo, onde você mora. Depois, submeta-se a ele, você mesmo, e me envie mp3 de sua falação de línguas, uns 20 ou 30 minutos já bastarão.


d) Falso porque, mesmo o falante sinceramente pensando que está procedendo com toda sinceridade e verdade, tudo RESULTA DE INFLUÊNCIA DE DEMÔNIOS: o crente falante de línguas pode, talvez talvez inconscientemente e sem sensação de pecado, estar sob influência de demônios. Eu só ouvi testemunhas de 2 casos comprovados disso, mas só lembro bem de 1 dos casos: Em 1976 eu visitei um seminário em Clark Summit, Pensilvânia, USA, para rever um jovem irmão e amigo meu, Roger Smith, hoje missionário em Recife. Ora, eu sabia que, em todo mundo, não é raro jovens seminaristas fazerem coisas que não fariam mais velhos, uma delas é visitar igrejas que sabem que têm erros, para os presenciarem e, às vezes, os desmascararem. Roger me apontou um colega dele, descendente de uma tribo de índios norte-americanos, que fazia isso, e sempre voltava triste por ter visto nada mais que algaravia tola e ridícula e louca, nas manifestações de línguas pentecostais (repetições de combinações de apenas 4 ou 5 palavras não formam uma linguagem, é baboseira como dá-dá-dá, dum-dum-dum, dos bebezinhos). Mas, uma vez, uma única vez, ficou primeiro surpresíssimo depois indignadíssimo, e os seus colegas de seminário, que com ele estavam, lhe perguntaram por que, e ele disse mais ou menos isso: "essa mulher está falando mesmo um idioma verdadeiro, o idioma de minha tribo, mas está falando as maiores blasfêmias e obscenidades contra nosso Senhor Jesus Cristo". Sem saber de nada, toda a igreja vibrava de alegria e dizia Amém e Aleluia. Mas, sem dúvidas, um demônio estava em posse daquela mulher, a única que o seminarista, em toda sua vida, ouviu falando uma linguagem verdadeira, não uma algaravia.



Não há nenhuma outra causa lógica possível para os aparentes sinais e maravilhas dos pentecostais de hoje, e que tanto contrariam a Bíblia!! Só as quatro causas acima  (e suas combinações)!


Se você fala algaravias pentecostais e não um idioma verdadeiro, falado por alguma nação de sobre toda a terra, analise-se bem e me responda: Qual é o seu caso:
a) Fingimento consciente?
b) Inconsciente resultado de pressões?
c) Resultado de problemas fisiológicos?
d) Resultado de influência de demônios?

Você se submeteria ao teste dos 20 "intérpretes"?




Hélio.
 



Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).

(retorne a http://solascriptura-tt.org/Seitas/ Pentecostalismo/
(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Seitas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )