TESTANDO A BÍBLIA NVI






Muitos tecem os mais esplendorosos elogios à bíblia NVI (Nova Versão Internacional), ardorosamente alegando que é, de longe, a mais acurada bíblia no mercado de hoje em dia, que inaugurou uma nova era, que com ela podemos adquirir um conhecimento das Escrituras radicalmente mais preciso e mais profundo do que com todas as Bíblias anteriores. Em particular, alegam que ela é infinitamente mais confiável do que a Bíblia de Almeida original (1681 e 1753) e do que sua mais fiel herdeira atual, a ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). A crermos em tal propaganda, inevitavelmente deveríamos ficar com certa compaixão dos maiores e mais profundos teólogos, estudiosos, pastores, evangelistas, missionários e crentes em geral, de todos os séculos anteriores, desprovidos de qualquer coisa semelhante à maravilha da NVI. Não é mesmo? Também, a crermos em tal propaganda, inevitavelmente deveríamos ficar algo espantados e com certa dificuldade em entender como houve tantos e tão bons e profundos desses crentes, durante tantos séculos, sem nenhuma maravilha tal como a NVI.

Qual o argumento primeiro da maioria dos mais inflamados defensores das “bíblias modernas”? Eles alegam que a causa primeira da superioridade delas é que são baseadas em apenas dois (ou um pequeno punhado de) manuscritos mais antigos (mesmo terrivelmente discordantes entre si) e que, forçosamente, por serem mais antigos, têm que ser melhores que os mais de 5000 manuscritos tradicionalmente usados, mesmo que estes sejam basicamente quase idênticos entre si, em termos comparativos.

Ora, quando eu era criança e morava em Campina Grande, havia no meu bairro São José um velho, respeitado e simpático ourives, pobre mas honrado. Sempre que minha mãe queria comprar um pequeno anel ou qualquer outra jóia que diziam ser de ouro, ela primeiramente ia a aquele ourives para ele dar seu veredicto, se era mesmo de puro ouro de 24 quilates, ou de ouro 18 quilates, ou se tinha demasiadas impurezas, ou se era mero metal barato, muito bem polido para enganar os incautos. Minha mãe sempre me levava pela mão quando ia a lugares não do dia a dia, para eu lhe servir de companhia e, também, para que eu pudesse aprender com novas experiências. O ourives me deixava acompanhar tudo bem de perto, brincava comigo, respondia às minhas perguntas. Ele colocava uma forte lente no seu melhor olho, levava a jóia para debaixo de uma forte luz, cuidadosamente examinava a peça por todos os ângulos, pesava-a, fazia uns cálculos, e tentava dar uma micro arranhada nela com um micro estilete e com algo pequeno e que não sei o que era. Depois de tudo isso, com todo cuidado ele abria um frasco com uma tão forte mistura de ácidos que dele saiam tênues vapores que me fizeram cócegas nas narinas quando eu, sem ninguém ver, tentei dar uma forte “cheirada”. Então ele mergulhava um bastãozinho de vidro na mistura e fazia um “toque” na jóia, isto é, tocava-a de leve com tal mistura de ácidos, chamada de Água Régia. Deixava passar alguns segundos, depois a examinava de novo sob a luz e com sua forte lente, e, com toda convicção, dava o veredicto final: “É ouro puríssimo sem nenhuma impureza, 24 quilates, pode comprar”; ou “Não passa de metal amarelo, só engana os tolos, logo vai ‘marear’, oxidar. Não aceite nem de graça, Dona Maria do Carmo”. Tudo isso me fascinava, ficou fixado na minha memória.

Semelhantemente, a respeito dos supremamente elogiosos comentários sobre a NVI que me são feitos pelos seus propagandistas, e a respeito do grande desprezo que me parecem dar à ACF (e, mais ainda, à ARC – Almeida Revista e Corrigida), precisamos de um “teste de toque” [um ácido que os ourives usam para determinar se uma jóia é de ouro verdadeiro ou é uma imitação] para submetermos AMBAS as Bíblias a ele.

Portanto, rogo-lhe, arranje uma NVI e uma caneta, tome uns bons minutos, e responda o teste que se segue abaixo. Quando você tiver completado o teste, e só então, eu o encorajo a, só então, pegar uma ACF e ver as respostas do teste, que colocarei muitas linhas abaixo dele.




INSTRUÇÕES:

Usando a bíblia Nova Versão Internacional (NVI), responda às seguintes questões. Não confie em sua memória (não responda de memória), antes coloque a NVI (em papel) literalmente sob os seus olhos e leia tudo diretamente dela, prestando toda a atenção, inclusive às letrinhas pequenas (a, b, c, ...) superscritas (isto é, colocadas um pouco mais altas que o texto normal), elas são um sinal para você ler as notas de rodapé lá em baixo no pé da página, tais notas são o supra-sumo do eruditismo da NVI. E, como dizem os propagandistas que a NVI é tão sumamente erudita, somente escreva suas respostas (no questionário que ofereço lá embaixo) depois de ler as notas de rodapé de cada versículo. Se estas notas, em qualquer modo ou intensidade põem em dúvida alguma(s) palavra(s) do texto principal, então de modo nenhum a(s) use na sua resposta. Repito:
não utilize na sua resposta nenhuma palavra que os super eruditos, nas suas notas de rodapé, dizem estar sujeita à alguma dúvida. Se a dúvida fosse insignificante para seus editores, ela não figuraria na NVI. Se figura numa nota de rodapé, então a dúvida é muito, muito grande, na mente dos editores, portanto tal dúvida não pode ser desprezada por quem aceita tal bíblia. Afinal, só queremos crer naquilo em que não temos dúvidas, devido ao fato que os editores não têm nenhuma dúvida naquilo. É ou não é?




TESTE DA NVI:

 



1. Preencha as palavras que deixei faltando em Mateus 5:44. “
Amem os seus inimigos e ________________________ por aqueles que os amaldiçoam, ____________________aos que os odeiam, e ore por aqueles que____________ e os perseguem.” (não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


2. De acordo com Mateus 17:21, quais as duas coisas que são requeridas para expulsar este tipo de demônio? a. ________ b _______
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


3. De acordo com Mateus 18:11, por que Jesus veio para a terra?
__________________________________
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


4. De acordo com Mateus 27:2, qual era o primeiro nome de Pilatos? ___________________________________


5. Em Mateus 27:35, quando os soldados perversos repartiram as vestes do nosso Senhor Jesus Cristo, eles estavam cumprindo as palavras do profeta. A partir de Mateus 27:35 da NVI, copie o que o profeta disse.
____________________________________
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


6. Em Marcos 3:15, Jesus deu aos apóstolos poder para expulsar demônios e para ______________________________________________


7. De acordo com Marcos 7:16, de que um homem necessita para ser hábil para ouvir? ______________________________________
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


8. De acordo com Lucas 7:28, quem foi João? (professor, profeta, carpinteiro, etc.) Qual é seu título ou último nome? __________________________________________________


9. Em Lucas 9:55, o que é que os discípulos não sabiam?__________________________________________
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


10. Em Lucas 9:56, o que é que o Filho do homem não veio para fazer? De acordo com este versículo, o que é que Ele veio para fazer? a ______________ b __________
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


11. Em Lucas 22:14, quantos apóstolos estavam com Jesus? ______


12. De acordo com Lucas 23:38, em quais três línguas estava escrito o título escrito e afixado sobre a cruz de Cristo? a ____________- b ______________ c______________


13. Em Lucas 24:42, o que eles deram a Jesus para comer juntamente com o peixe? ______________________________


14. João 3:13 é um versículo muito importante, pois prova a divindade de Cristo, pois só Deus é onipresente, só Ele está em dois (na realidade, em todos) locais ao mesmo tempo. De acordo com este versículo (do modo como Jesus falou), onde está o Filho do homem, ao mesmo tempo em que está na terra? _______________________ 
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


15. Em João 7:50, a qual hora do dia Nicodemus veio a Jesus? ______________-


16. Em Atos 8:37, qual é a única exigência para o batismo? __________________
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


17. O que Saulo perguntou a Jesus em Atos 9:6?


18. Escreva o nome do homem mencionado em Atos 15:34. __________________  
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


19. Estude Atos 24:6-8. Que mal os judeus se propuseram a fazer contra Paulo? Qual era o nome do chefe dos capitães (o tribuno)? O que o chefe dos capitães ordenou? a __________________ b ____________________- c ________________________
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


20. Copie Romanos 16:24 palavra por palavra, da NVI ________________________________________________________
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


21. 1 Timóteo 3:16 é talvez o mais forte versículo do Novo Testamento concernente à divindade de Cristo. Neste versículo, Quem se manifestou em carne? __________________  
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


22. Na segunda parte do verso de 1 Pedro 4:14, como eles falam de Cristo? E o que nós, os crentes, fazemos? a ________________ b ______________________-


23. Quais são as três Pessoas da Trindade em 1 João 5:7? a __________- b ________________ c ______________________-
(não use nada que foi posto em dúvida em nota de rodapé)


24. Apocalipse 1:11 é um outro versículo muito importante, que prova a divindade de Cristo. Na primeira parte deste versículo Jesus disse: “
Eu sou o A______ e o O________-, o ____________ e o ________________;



A
S



R
E
S
P
O
S
T
A
S
 
 
 
S
E
G
U
E
M
 
 
 
A
B
A
I
X
O
:



RESPOSTAS:

1) Mateus 5:44:
A nota de rodapé da NVI (que consideramos sementeira de dúvidas e descrença) diz:

Alguns manuscritos acrescentam abençoem os que os amaldiçoam, façam bem aos que os odeiam


Portanto, um grande seguidor da NVI (e do espírito que está por trás dela) de modo nenhum aceita como se fossem garantidas palavras de Deus aquelas que tal bíblia pôs em dúvida na sua nota de rodapé. Afinal das contas, palavras que foram ACRESCENTADAS por homens não são palavras originais de Deus.

Portanto, para um grande seguidor da NVI (e do espírito alexandrino por trás dela), o que ele considera como a verdadeira e garantida Palavra de Deus é como se estivesse escrito somente

“Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem,” (Mt 5:44 NVI, exatamente como lá está)


Agora, compare com a pura Palavra de Deus, o Textus Receptus (T.R.) em grego e suas fiéis traduções que incessante e universalmente foram seguradas nas mãos, apertadas contra o peito, e usadas (sem ter nenhum concorrente, nenhum rival, nenhuma “alternativa B”) por todos os crentes de todas as igrejas fiéis de todas as nações através de todos os séculos desde o 1º até o 19º. Somente na metade da última década do século 19 um mutilado texto grego concorrente do T.R. foi publicado por Westcott e Hort, dois dos piores falsos bispos da Igreja Anglicana (mas, na realidade, invocadores de espíritos nos centros espíritas que fundaram, e escritores de palavras de admiração à mariolatria, a Darwin, e ao Catolicismo romano). Esta vergonhosa “dupla dinâmica” veio com sua genialidade socorrer o “pobrezinho de Deus” e resgatar a “verdade perdida”. O T.R. reinou supremo entre todos os crentes fiéis de fala portuguesa, incessantemente, desde 1681 (quando João Ferreira de Almeida o traduziu e lançou sua primeira edição em português) até bem recentemente. Compare a NVI sob o padrão da ACF. Esta, a legítima herdeira da Almeida 1681/1753 e do T.R., tem escrito:

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;(Mt 5:44 ACF)


Você notou o assalto perpetrado pela NVI contra a Palavra de Deus (a qual foi preservada no T.R.)? A NVI omite, apaga, destrói, elimina, saca fora, amputa, joga no lixo, “deleta” tudo o que realçamos em negrito quando citamos a ACF. A NVI, sim, OMITE as maravilhosas doutrinas ensinadas por Deus nas palavras:

bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam” e
para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;

Vou lhe fazer uma pergunta, a resposta da qual não exige absolutamente nenhuma tecnicalidade ou eruditismo, pois o Espírito Santo que habita em todo verdadeiro salvo, Ele sim é o grande ensinador, Ele lhe ensinará as respostas. (Lembre que até as criancinhas e loucos podem acertar os caminhos e aprender as verdades mais necessárias e ter discernimento proveniente de Deus, enquanto os pseudo-eruditos, os que confiam em si mesmos e em grandezas humanas, os que se julgam mais sábios e geniais que todos os fiéis dos séculos passados, esses afundarão num abismo sem fundo, nunca chegarão a convicções nem absolutos).
Bem, minha pergunta é: Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras (acima realçadas) para a mente do Seu amanuense que as escreveu sem erros no original, mas o inimigo de Deus (o Diabo, o primeiro e grande falsificador e distorcedor) tomou copiadores (à mão) das mais fiéis igrejas dos primeiros séculos e perseguidas pela infiel cristandade, e este inimigo de Deus usou tais fidelíssimos copistas para acrescentarem essas maravilhosas palavras, reforçando maravilhosas doutrinas que tanto ensinam e edificam os fiéis? Depois disso, Deus ficou derrotado durante muitos séculos, a contragosto vendo o T.R. e suas fiéis traduções sendo usados por todos os crentes de todas as igrejas fiéis de todas as nações através de todos os séculos desde o 1º até o 19º século, quando, ao seu finalzinho, um mutilado texto concorrente, escrito em grego, foi produzido e publicado por Westcott e Hort?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a mente do Seu amanuense que as escreveu sem erros no original, mas o inimigo de Deus (o Diabo, o grande e primeiro falsificador e distorcedor) tomou INfiéis {*} homens das mais INfiéis {*} igrejas dos primeiros séculos (inclusive INfiéis hereges da INfiel igreja de Alexandria dos séculos 1 até 4) e da Europa do fim do século 19 (Wescott e Hort, e seus comparsas) e das Américas do século 20) e estes INfiéis{*} omitiram tais maravilhosas doutrinas e promessas?

Construamos um “placar” onde iremos anotando o resultado acumulado parcial deste teste:

- Aqui, ganha a Bíblia que tem melhor doutrina, pois o inimigo de Deus e nosso (o único falsificador que, nas regiões invisíveis, está por trás de toda distorção da Palavra de Deus) só a distorce para enfraquecer ou destruir doutrina, nunca faz o contrário (Satanás não é estúpido para consistentemente estar atirando balas mortais contra si mesmo, só atira contra Deus, portanto a direção das setas já nos diz de que lado o Diabo está), portanto (sem deslumbrantes tecnicalidades nem pseudo e descrente eruditismo, sem precisarmos saber grego, nem hebraico, sem precisarmos ser escavadores arqueólogos, nem manuscritólogos, nem papirólogos, nem sermos nenhuma outra coisa do gênero), é muito, muito fácil discernirmos: a Bíblia de Deus é a que mais reforça doutrinas, mais reforça a divindade de Jesus, mais reforça as doutrinas da graça, da perfeita inspiração e preservação da Bíblia, da Trindade, etc., mais exige santidade do crente, mais conforto e segurança oferece ao crente, de maior perdição adverte o descrente, etc. A outra bíblia ... bem, sabemos quem é o inimigo de Deus e autor de todas as distorções, mesmo se, hipoteticamente, usasse homens que não tinham plena consciência de tudo isso;
- Aqui, ganha a Bíblia que tem melhor sustento daquela crítica textual sadia, aquela que realmente CRÊ na Bíblia como inspirada e preservada de modos absolutamente perfeitos em cada letra e acento, em incessante uso nas mãos dos crentes fiéis durante todos os séculos;
- Aqui, ganha a Bíblia que honra a perfeita preservação da Bíblia segundo os critérios bíblicos de que se deriva a sadia crítica textual (ver, por exemplo, critérios enunciados e usados por Erasmo de Roterdão e por Dean Burgon);
- Assim, a este ponto deste nosso teste por amostragem, a pura Palavra de Deus (o T.R. e a ACF) está ganhando dos corrompidos T. Crítico e T. Eclético (da NVI) pelo “placar” de:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

1

0

 

2) Mateus 17:21:
A nota de rodapé da NVI (sementeira de dúvidas e descrença) diz:

Vários manuscritos omitem o versículo 21.


Conseqüentemente, para um grande seguidor da NVI (e do espírito alexandrino por trás dela), é como se a verdadeira e garantida Palavra de Deus somente dissesse

“                             (verso  destruído, aniquilado, sem certeza)                                       ” (Mt 17:21 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Agora, compare a bíblia NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.” (Mt 17:21 ACF)

 

Como não notar o furto perpetrado pela NVI contra a Palavra de Deus (a qual foi preservada no T.R.)? A NVI omite tudo o que realçamos em negrito quando citamos a ACF, omite dois importantíssimos ensinos: para se ter vitória e expulsar aquela casta de demônios, duas coisas são necessárias: 1) oração; e 2) jejum. (Quem ganhou com esta omissão?...)

Que é que você acha (e nenhuma tecnicalidade ou eruditismo são necessários para responder)?

a) Deus não assoprou essas palavras para a mente do Seu amanuense que as escreveu sem erros no original, mas o Diabo tomou copiadores (à mão) das mais fiéis igrejas dos primeiros séculos, perseguidas pela infiel cristandade, para acrescentarem essas maravilhosas palavras, reforçando maravilhosas doutrinas que tanto ensinam e edificam os fiéis?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a mente do Seu amanuense que as escreveu sem erros no original, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens das mais INfiéis {*} igrejas (dos primeiros séculos, inclusive da INfidelíssima igreja de Alexandria dos séculos 1 até 4); e da Europa do fim do século 19, particularmene Wescott e Hort e seus comparsas, e das Américas do século 20 ) para omitirem, destruírem, ou enfraquecerem tais palavras?

Atualizemos o placar:

- Aqui, ganha a Bíblia que tem melhor doutrina, pois o inimigo de Deus e nosso (o único falsificador que, nas regiões invisíveis, está por trás de toda distorção da Palavra de Deus) só a distorce para enfraquecer ou destruir doutrina, nunca faz o contrário (Satanás não é burro de atirar contra si mesmo, só atira contra Deus, a direção das setas já nos diz de que lado o Diabo está);
- Aqui, ganha a Bíblia que tem melhor sustento daquela crítica textual sadia, aquela que realmente crê na Bíblia como inspirada e preservada de modos absolutamente perfeitos em cada letra e acento, em incessante uso nas mãos dos crentes fiéis durante todos os séculos;
- Aqui, ganha a Bíblia que honra a perfeita preservação da Bíblia segundo os critérios bíblicos de que se deriva a sadia crítica textual, critérios enunciados e usados por Erasmo de Roterdão e por Dean Burgon.
- A este ponto deste nosso teste por amostragem, a pura Palavra de Deus (o T.R. e a ACF) está ganhando dos corrompidos T. Crítico e T. Eclético (da NVI) pelo “placar” de:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

2

0

 

3) Mateus 18:11:
Esta é a nota de rodapé da NVI (sementeira de dúvidas e descrença):

Vários manuscritos omitem o versículo 11.


Portanto, para um grande seguidor da NVI, só é garantido que Deus fez escrever:

“                             (verso  destruído, aniquilado, sem certeza)                                       ” (Mt 18:11 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Compare, agora, a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido.” (Mt 18:11 ACF)


A NVI, se fizermos as “correções” sugeridas nas suas venenosas notas de rodapé, amputa todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF, omite que Cristo veio salvar os que tinham se perdido.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

O T.R. e a ACF estão ganhando dos corrompidos T. Crítico e T. Eclético (da NVI) pelo “placar” de:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

3

0

 

4) Mateus 27:2:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“E, amarrando-o, levaram-no e o entregaram a Pilatos, o governador.” (Mt 27:2 NVI, exatamente como lá está)


Coteje a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“E maniatando-o, o levaram e entregaram ao presidente Pôncio Pilatos.” (Mt 27:2 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF, omite que o primeiro nome de Pilatos era Pôncio (que significa “do mar”).
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Placar atual:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

4

0

 

5) Mateus 27:35:
Atente para a nota de rodapé da NVI (sementeira de dúvidas e descrença):

Alguns manuscritos dizem sortes, para que se cumprisse a palavra falada pelo profeta: “Repartiram entre si as minhas vestes e tiraram sortes por minha roupa (Sl 22.18).


Um grande seguidor da NVI concordará com ela em que só é garantido que Deus fez escrever:

“Depois de o crucificarem, dividiram as roupas dele, tirando sortes.” (Mt 27:35 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Agora, compare a bíblia NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“E, havendo-o crucificado, repartiram as suas vestes, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançaram sortes. (Mt 27:35 ACF)


A NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé solapadoras da fé nas palavras, omite todas as palavras que são o cumprimento da profecia de Sl 22:18 e que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Omite/ destrói/ enfraquece que tinha sido profetizado, há séculos antes, que os homens repartiriam as vestes do Cristo e lançariam sortes para determinar quem ficaria com túnica dEle.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Vantagem da ACF e seu texto contra a NVI e seu texto:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

5

0

 

6) Marcos 3:15:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“e tivessem autoridade para expulsar demônios.” (Mc 3:15 NVI, exatamente como lá está)


Compare, agora, a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“E para que tivessem o poder de curar as enfermidades e expulsar os demônios:” (Mc 3:15 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que Deus deu aos 12 apóstolos o poder de curar as enfermidades.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Atualizemos o placar (T.R. + ACF) contra (T. Crítico/ Eclético + NVI):

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

6

0

 

7) Marcos 7:16:
Veja o que diz a nota de rodapé da NVI (sementeira de dúvidas e descrença):

Alguns manuscritos omitem o versículo 16.


Portanto, para um grande seguidor da NVI, só é garantido que Deus fez escrever:

“                             (verso  destruído, aniquilado, sem certeza)                                       ” (Mc 7:16 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Coteje a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.” (Mc 7:16 ACF)


A NVI, se fizermos as “correções” sugeridas nas suas venenosas notas de rodapé, amputa todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que Cristo exige e exorta que todo aquele que tem ouvidos para ouvir, venha (ouça, isto é, atenda de coração), creia, obedeça.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Aumentou a vantagem do (T.R. + ACF) contra o (T. Crítico/ Eclético + NVI):

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

7

0

 

8) Lucas 7:28:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“Eu lhes digo que entre os que nasceram de mulher não há ninguém maior do que João; todavia, o menor no Reino de Deus é maior do que ele”.” (Lc 7:28 NVI, exatamente como lá está)


Agora, compare a bíblia NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no reino de Deus é maior do que ele.” (Lc 7:28 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF, omite que João, o precursor de Jesus, era profeta de Deus e era chamado de “o Batista”, que significa “aquele que faz submergir dentro das águas”.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

O T.R. e a ACF estão ganhando dos corrompidos T. Crítico e T. Eclético (da NVI) pelo “placar” de:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

8

0

 

9) Lucas 9:55:
A nota de rodapé do verso 56 da NVI-1993 (sementeira de dúvidas e descrença) diz:

Alguns manuscritos dizem: “os repreendeu. E disse: ‘Vocês não sabem de que espécie de espírito vocês são, pois o Filho do homem não veio para destruir a vida dos homens, mas para salvá-los’ ”)


Um grande seguidor da NVI concordará com ela em que só é garantido que Deus fez escrever:

“55 Mas Jesus, voltando-se, os repreendeu;” (Lc 9:55 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Compare, agora, a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

55 Voltando-se, porém, repreendeu-os, e disse: Vós não sabeis de que espírito sois.” (Lc 9:55 ACF)


A NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé solapadoras da fé nas palavras, omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF, omite a repreensão de Jesus aos apóstolos Tiago e João, que queriam imediata e totalmente exterminar todos os habitantes de uma descrente aldeia dos samaritanos.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Vantagem da ACF e seu texto contra a NVI e seu texto:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

9

0

 

10) Lucas 9:56:
Esta é a nota de rodapé da NVI 1993 (sementeira de dúvidas e descrença):

Alguns manuscritos dizem: “os repreendeu. E disse: ‘Vocês não sabem de que espécie de espírito vocês são, pois o Filho do homem não veio para destruir a vida dos homens, mas para salvá-los’ ”)


Portanto, para um grande seguidor da NVI, só é garantido que Deus fez escrever:

“56 e foram para outro povoado.” (Lc 9:56 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Coteje a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia.” (Lc 9:56 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF, omite que Jesus veio ao mundo não para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Placar atual:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

10

0

 

11) Lucas 22:14:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“Quando chegou a hora, Jesus e os seus apóstolos reclinaram-se à mesa.” (Lc 22:14 NVI, exatamente como lá está)


Agora, compare a bíblia NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“E, chegada a hora, pôs-se à mesa, e com ele os doze apóstolos.” (Lc 22:14 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que os apóstolos eram doze.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Aumentou a vantagem do (T.R. + ACF) contra o (T. Crítico/ Eclético + NVI):

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

11

0

 

12) Lucas 23:38:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“Havia uma inscrição acima dele, que dizia: ESTE É O REI DOS JUDEUS.” (Lc 23:38 NVI, exatamente como lá está)


Compare, agora, a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“E também por cima dele, estava um título, escrito em letras gregas, romanas, e hebraicas: ESTE É O REI DOS JUDEUS.” (Lc 23:38 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que Pilatos reconheceu que Jesus é o Rei dos Judeus e ordenou que isto ficasse escrito tanto em grego, como em latim, como em hebraico.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis{*} homens para as omitirem?

O T.R. e a ACF estão ganhando dos corrompidos T. Crítico e T. Eclético (da NVI) pelo “placar” de:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

12

0

 

13) Lucas 24:42:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“Deram-lhe um pedaço de peixe assado,” (Lc 24:42 NVI, exatamente como lá está)


Coteje a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel;” (Lc 24:42 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que os apóstolos apresentaram, para o Cristo ressurreto comer, não só um peixe assado, mas também um favo de mel.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis{*} homens para as omitirem?

Vantagem da ACF e seu texto contra a NVI e seu texto:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

13

0

 

14) João 3:13:
Atente para a nota de rodapé da NVI (sementeira de dúvidas e descrença):

“Alguns manuscritos acrescentam que está no céu


Portanto, para um grande seguidor da NVI, só é garantido que Deus fez escrever:

“Ninguém jamais subiu ao céu, a não ser o Filho do homem.” (Jo 3:13 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Agora, compare a bíblia NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.” (Jo 3:13 ACF)


A NVI, se fizermos as “correções” sugeridas nas suas venenosas notas de rodapé, amputa todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que Cristo, enquanto em Jerusalém, afirmou que também estava (ao mesmo tempo) no céu, implicando que é onipresente, está simultaneamente em todos os locais, atributo exclusivo e identificatório da Divindade.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis{*} homens para as omitirem?

Atualizemos o placar (T.R. + ACF) contra (T. Crítico/ Eclético + NVI):

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

14

0

 

15) João 7:50:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“Nicodemos, um deles, que antes tinha procurado Jesus, perguntou-lhes:” (Jo 7:50 NVI, exatamente como lá está)


Compare, agora, a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“Nicodemos, que era um deles (o que de noite fora ter com Jesus), disse-lhes:” (Jo 7:50 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que o tempo em que Nicodemos foi ao Cristo foi durante a noite.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis{*} homens para as omitirem?

Aumentou a vantagem do (T.R. + ACF) contra o (T. Crítico/ Eclético + NVI):

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

15

0

 

16) Atos 8:37:
Veja o que diz a nota de rodapé da NVI -1993 (sementeira de dúvidas e descrença):

“Alguns manuscritos dizem batizado? 37. “Disse Filipe: “Você pode, se crê de todo o coração”. O eunuco respondeu: “Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus”.


Um grande seguidor da NVI concordará com ela em que só é garantido que Deus fez escrever:

“                             (verso OMITIDO do texto principal e destruído na nota de rodapé)                                       ” (At 8:37 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Coteje a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

E disse Filipe: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus.” (At 8:37 ACF)


A NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé solapadoras da fé nas palavras, omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que Felipe ensinou que somente é lícito se batizar (submergir) alguém que crê de todo coração (obviamente, isto se refere a crer em Cristo, em tudo que Ele disse e tudo que a Bíblia ensina sobre Ele, tendo-O recebido como Salvador e Senhor, e tendo confessado que Jesus Cristo é o Filho de Deus, portanto é Deus)
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis{*} homens para as omitirem?

O T.R. e a ACF estão ganhando dos corrompidos T. Crítico e T. Eclético (da NVI) pelo “placar” de:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

16

0

 

17) Atos 9:6:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“Levante-se, entre na cidade; alguém lhe dirá o que você deve fazer”.” (At 9:6 NVI)


Agora, compare a bíblia NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que eu faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te, e entra na cidade, e lá te será dito o que te convém fazer.” (At 9:6 ACF)

 


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que Paulo tremeu e ficou atônito diante da aparição do Senhor Jesus, e que o chamou de Senhor, se submeteu imediata e totalmente a Ele, perguntou o que Ele queria que fizesse, e o Senhor Deus Jesus Cristo lhe respondeu.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis{*} homens para as omitirem?

Vantagem da ACF e seu texto contra a NVI e seu texto:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

17

0

 

18) Atos 15:34:
A nota de rodapé da NVI-1993 (sementeira de dúvidas e descrença) diz:

“Alguns manuscritos acrescentam 34 “mas Silas decidiu ficar ali.”


Portanto, para um grande seguidor da NVI, só é garantido que Deus fez escrever:

“                             (verso OMITIDO do texto principal e destruído na nota de rodapé)                                       ”  (At 15:34 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Compare, agora, a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

Mas pareceu bem a Silas ficar ali.” (At 15:34 ACF)


A NVI, se fizermos as “correções” sugeridas nas suas venenosas notas de rodapé, amputa todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que pareceu bem a Silas ficar ali (em Antioquia).
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis{*} homens para as omitirem?

O T.R. e a ACF estão ganhando dos corrompidos T. Crítico e T. Eclético (da NVI) pelo “placar” de:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

18

0

 

19) Atos 24:6-8:
Esta é a nota de rodapé da NVI (sementeira de dúvidas e descrença):

“Muitos manuscritos antigos não trazem e quisemos julgá-lo segundo a nossa lei e todo o versículo 7”


Um grande seguidor da NVI concordará com ela em que só é garantido que Deus fez escrever:

“6 e tentou até mesmo profanar o templo; então o prendemos. 8 Se tu mesmo o interrogares, poderás verificar a verdade a respeito de todas estas acusações que estamos fazendo contra ele”.” (At 24:6-8 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Coteje a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“6 O qual intentou também profanar o templo; e nós o prendemos, e conforme a nossa lei o quisemos julgar. 7 Mas, sobrevindo o tribuno Lísias, no-lo tirou de entre as mãos com grande violência, 8 Mandando aos seus acusadores que viessem a ti; e dele tu mesmo, examinando-o, poderás entender tudo o de que o acusamos.” (At 24:6-8 ACF)


A NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé solapadoras da fé nas palavras, omite todas as 31 (!...) palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Aumentou a vantagem do (T.R. + ACF) contra o (T. Crítico/ Eclético + NVI):

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

19

0

 

20) Romanos 16:24:
Atente para a nota de rodapé da NVI -1993 (sementeira de dúvidas e descrença):

“Vários manuscritos acrescentam 24 “Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com vocês todos. Amém.”


Portanto, para um grande seguidor da NVI, só é garantido que Deus fez escrever:

“                             (verso OMITIDO do texto principal e destruído na nota de rodapé)                                       ”  (Rm 16:24 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Coteje a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

A graça de nosso SENHOR Jesus Cristo seja com todos vós. Amém.” (Rm 16:24 ACF)


A NVI, se fizermos as “correções” sugeridas nas suas venenosas notas de rodapé, amputa todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que Paulo, 3 versos antes de terminar sua epístola aos romanos, lhes desejou (e isto parece-nos uma oração a Deus) que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo fosse com todos eles. Omite que Paulo chama o Cristo de o Senhor, portanto o Dono e Controlador, o Deus. Omite que Paulo usa a palavra “Amém”, que significa “é firme, é fiel”, e é um título do nosso Senhor, Salvador e Deus, Jesus, o Cristo, Ap 3:14.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Placar atual:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

20

0

 

21) 1Timóteo 3:16:
Veja o que diz a nota de rodapé da NVI (sementeira de dúvidas e descrença):

“Muitos manuscritos dizem Aquele que.”


Um grande seguidor da NVI concordará com ela em que só é garantido que Deus fez escrever:

“Não há dúvida de que é grande o mistério da piedade: Aquile que foi manifestado em corpo, justificado no Espírito, visto pelos anjos, pregado entre as nações, crido no mundo, recebido na glória.” (1Tm 3:16 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Compare, agora, a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória.” (1Tm 3:16 ACF)


A NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé solapadoras da fé nas palavras, omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. O Texto Crítico, aqui, adulterou "Deus" {Theos} para "aquele que" {hos}, amputando uma das maiores provas da divindade de Cristo! O texto resultante fica ridículo e sem lógica: Qual o grande sinal no primeiro elemento desta lista sêxtupla, se ele tornar-se "aquele que se manifestou na carne"? Todos homens não se manifestam na carne?!... Na NIV americana a adulteração já está no corpo do texto. Mss Alex / TC / NVI aqui também roubam que a glória em que Deus-Filho foi recebido é ACIMA.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Vantagem da ACF e seu texto contra a NVI e seu texto:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

21

0

 

22) 1Pedro 4:14:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“Se vocês são insultados por causa do nome de Cristo, são bem aventurados, pois o Espírito da glória, o Espírito de Deus, repousa sobre vocês.” (1Pe 4:14 NVI, exatamente como lá está)


Agora, compare a bíblia NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus; quanto a eles, é ele, sim, blasfemado, mas quanto a vós, é glorificado.” (1Pe 4:14 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que os vituperadores blasfemam de Cristo (ou do Espírito de Deus), enquanto os crente (a quem Pedro escreveu) glorificam Deus.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

O T.R. e a ACF estão ganhando dos corrompidos T. Crítico e T. Eclético (da NVI) pelo “placar” de:

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

22

0

 

23) 1João 5:7-8:
A nota de rodapé da NVI (sementeira de dúvidas e descrença) diz:

“Alguns manuscritos da Vulgata dizem testemunho no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo, e estes três são um. 8 E há três que testificam na terra: o Espírito, (isto não é encontrado em nenhum manuscrito grego anterior ao século doze)”


Portanto, para um grande seguidor da NVI, só é garantido que Deus fez escrever:

“7 Há três que dão testemunho: 8 o Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes.” (1Jo 5:7-8 NVI, depois de fazermos as “correções” insinuadas em suas notas de rodapé, que consideramos instiladoras de veneno de dúvida)


Coteje a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“7 Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um. 8 E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam num.” (1Jo 5:7-8 ACF)


A NVI, se fizermos as “correções” sugeridas nas suas venenosas notas de rodapé, amputa todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que há três no céu, isto é, o Pai (Deus- Pai) e a Palavra- (Deus Filho) e o Espírito Santo (Deus- Espírito Santo), que testificam, e estes três são um. Esta é a maior e mais clara declaração explícita da Bíblia, provando a Trindade ! ! ! ... Ver http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/1Jo5.7RespostaResumoAPergunta-Helio.htm.
Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras?
b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia, mas o Diabo tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Aumentou a vantagem do (T.R. + ACF) contra o (T. Crítico/ Eclético + NVI):

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

23

0

 

24) Apocalipse 1:11:
A NVI não tem aqui nota de rodapé relevante à questão, e tem escrito:

“que dizia: “Escreva num livro o que você vê e envie a estas sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia”.” (Ap 1:11 NVI)


Compare, agora, a NVI contra a pura Palavra de Deus, o T.R., conforme traduzido na ACF:

“Que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro; e o que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia.” (Ap 1:11 ACF)


A NVI omite todas as palavras que realçamos em negrito quando citamos a ACF. Aqui, omite/ destrói/ enfraquece que o Cristo é o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro. Estes são quatro importantíssimos e significativos títulos que provam a divindade do nosso Salvador, Senhor e Deus, Jesus, o Cristo.

Que é que você acha:

a) Deus não assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou fiéis copistas das mais fiéis igrejas (perseguidas pela infiel cristandade), para acrescentarem essas maravilhosas palavras? b) Ou Deus verdadeiramente assoprou essas palavras para a Bíblia. Ao contrário, foi o Diabo quem tomou INfiéis {*} homens para as omitirem?

Placar final deste teste (T.R. + ACF) contra (T. Crítico/ Eclético + NVI):

T.R. e ACF

T.C., T.E., e NVI

24

0

 

Para maiores informações sobre a Perfeita Preservação da Bíblia, por todos os séculos, em uso incessante, através dos Texto Massorético e Textus Receptus, e de suas fiéis traduções, ver o subsite http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-PreservacaoTT/ .

Ver particularmente os artigos:

Absurdo - Vaticanus - Nota Marginal Acusa Ter Ele Demasiadas Raspagens, Reescitas, e Adulteracoes -- Helio
Biblia: a Glorificamos Demais -a Adoramos - Somos Bibliolatras? -- Helio
Carta Padrao Aos Criticos Textuais Q Perseguem minha Fe na Biblia Eterna -- Helio
Novo Testamento Durante o Primeiro Seculo, o-DCloud
Bíblia - Preservação Perfeita Ou Restauracão Insegura? - Hélio
Como Deus Preserva a Sua Palavra -- Smith
Dupla Canonicidade da Bíblia -- Livros E Palavras -- Helio
Paragrafo Resumindo Todo o Debate sobre as Versoes da Biblia - Crer Vs. Descrer -- Helio

Resposta: Evidências de que é o TR e não o TC que é a Pura Palavra de Deus - Hélio
Só o TR é a Pura Palavra de Deus -- Hélio. Livro pequeno, mas informativo. Introdutório, mas também é proveitoso para pastores e professores.
Caráter dos Textos Sinaiticus E Vaticanus -- W. Kinney
Expondo os Erros da NVI -- Junho 2000 -- Emídio Viana. Erros do TC/ NVI/ NIV terrivelmente enfraquecendo doutrinas básicas da fé.
Porque Recuso Todo Manuscrito Alexandrino - Helio
Sinaiticus Pagina 29 -- Helio. Provas de que Marcos 16:9-20 foi extirpado por falsário. Foto.
Vaticanus E Sinaiticus - D. Cloud
Vaticanus, Página 1303, Rasto da Grosseira Extirpação de Marcos 16:9-20 -- Hélio

A Dupla Dinâmica: Westcott e Hort -- Pedro. Westcott e Hort, pais do TC, eram perdidos, idólatras, espíritas!
Westcott & Hort from Their Own Mouthes -- "Jesus Is Lord"



Para maiores informações sobre a questão das Versões da Bíblia, ver o subsite http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/ .


Quanto a bíblia NVI (Nova Versão Internacional): Ver artigos em http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/index.htm#NivNvi .
Ver particularmente os artigos:

Expondo os Erros da NVI. Junho 2000 -- Emídio. Folhetão amplamente divulgado e abençoado. Desmascarou a NVI (e outras bíblias TC).
NIV, NVI e ARA - são Tao Ruins Quanto a TNM dos Testemunhas de Jeova -- Helio
NVI / NIV / TC -- Porque Continuamos com as Bíblias Tradicionais -- Hélio et al. Livro 70 páginas A4, .doc 687 Kb. Analisa 1602 dos versos onde a Palavra de Deus foi falseada em grego ou no traduzir. RESUME PROVAS DA INFERIORIDADE DO TC/TRADUZIR, EM 86 + 1 NOTAS DE RODAPÉ, usualmente extensas e profundas.
NVI / NIV / TC -- Porque Continuamos com as Bíblias Tradicionais -- Hélio et al. Idem, .zip, 138 Kb.
Plano de Memrização da Bíblia Mais Rápido do Mundo, o -- James Knox
Tradutores Traidores? (na NVI / NIV?) -- Albert Euclides Hélio




*********************************************************************

{* Esta é minha estimativa, minha opinião pessoal}





Escrito por Hélio de Menezes Silva, em set.2010,
      baseado em um artigo de Rex Cobb e outro de Cooper Abrams (http://bible-truth.org/NIVtest.html),
que foram traduzidos por Valdenira Nunes de M. Silva,
      que também revisou o presente texto e ofereceu importantes sugestões.




[Por que os "altos escalões" dos seminários, da AIBREB - Associação das Igrejas Batistas Regulares do Brasil, e associações estaduais (APIBRE, AIBRECE, etc.) das Igrejas Batistas Regulares, ao invés de estudarem + agradecerem + aprofundarem + divulgarem alertas como este, os temem tanto e tentam a todo custo proibir que se os façam ante todos os membros de suas igrejas batistas regulares?!?! Hélio, 2011]